quinta-feira, dezembro 10, 2009

A importância de determinar...

Maria José Nogueira Pinto (sabem o que quer dizer pinto em "brasileiro") chamou palhaço a um deputado! Felizmente disse o nome dele! Porque se não tivesse dito qual deles era, 229 deputados ficavam indecisos...

14 comentários:

  1. É caso para dizer que é mais uma mulher com "tomates"!Gostei!

    eheheh

    ResponderEliminar
  2. Anónimo03:25

    acho impressionante estas palhaçadas na AR!

    esta senhora, bem como o deputado do ps deviam ser substituídos imediatamente!

    se todos os deputados tivessem medo de perder o seu lugar, acabavam por pensar 3 e 4 vezes antes de abrir a matraca!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo09:04

    É piada sim senhor,da negra mas é a mais inteligente piada do seu blog, infelizmente...AB

    ResponderEliminar
  4. DAniel10:29

    Cuidado ai com o significado de PINTO =D que você o ano passado disse-me numa das nossas aulas de dir comercial :P

    abraço

    ResponderEliminar
  5. E agora da senhora vai ter a ética à perna por causa de ter exercido em demasia o seu direito à liberdade de expressão!

    Há sempre paus de dois bicos em todo o lado...

    ResponderEliminar
  6. @beijoqueiro - ando com fraca memória para o que disse o ano passado e para a gaffe da década desta semana!
    abraço!

    ResponderEliminar
  7. DAniel14:04

    Parto do principio que o beijoqueiro serei eu =D

    ResponderEliminar
  8. Partidos à parte.
    Ora então diga lá, há que chamar as coisas pelos nomes.

    Se calhar até foi um mal entendido... a senhora apenas estava a anunciar a ida dos palhaços, da Operação Nariz vermelho, hoje ao parlamento.

    Abreijos

    ResponderEliminar
  9. Euzinha de cá memo20:34

    CLAP CLAP CLAP CLAP

    Haja alguém com coragem de chamar os bois pelos nomes que a xuxaria anda a fazer pouco dos portugueses e a hipotecar o nosso futuro enquanto Nação em prol de alguns maçons.

    Palhaço assenta que nem uma luva á maioria dos deputados do PS a começar pelo incompetente boneco de madeira.

    Ganda Zézinha! Gostei!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo20:43

    o maior palhaço foi o outro a tentar controlar as coisas e n teve maos nem tomates para coneguir resolver as coisas

    ResponderEliminar
  11. Anónimo20:55

    Será que o episodio se passou no parlamento português ou nalgum dos parlamentos da América Latina?
    Pois, as parecenças dos “actores” intervenientes, em muito se coadunam com as prestações levadas a cabo neste tipo de parlamentos (é caso para dizer feios, porcos e maus).

    ResponderEliminar
  12. Anónimo22:24

    Ficou uma dúvida no ar.
    Se o "palhaço" do deputado deveria ter respondido:
    Não sei se a mande à merda ou para a merda.
    >Teria sido uma resposta democratica.

    ResponderEliminar
  13. Admiram-se deste parlamento? Mas o que dizer de um de uma certa e determinada ilha...

    ResponderEliminar
  14. Ah Ah Ah
    Está muito boa!!!

    Eu acrescentaria, se me permites, o resto dos politicos se sentam na assembleia...

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!