sexta-feira, julho 30, 2010

O leitor escolhe o título...

Eu sei que não é simpática a premissa, mas o mais grave problema de Portugal são os portugueses, um estranho povo incapaz de se governar e deixar governar! A forma como cultivamos a maledicência, o boato e a calúnia são quase ternurentos, não fosse o pequeno detalhe de ser patético! Porque a mesquinhez e a inveja, apesar de características fundamentais da portugalidade, não deixam por isso de ser ridículas!

Os jornais, as televisões, as rádios e a Internet enchem-nos a paciência com o brocardo da crise, incapazes de perceberem o essencial, que pior que a crise do deficit ou das finanças públicas, pior que a crise na economia produtiva, que ainda pior que a praga do desemprego e da miséria, a mais grave crise que abala o nosso Pais é a crise de valores, de honra e ética!

Estas palavras azedas, não se escondem sequer numa qualquer constatação recente, num qualquer pseudo-facto que me tenha libertado um espasmo pessimista: encontram sustentação numa análise ao que se vai dissertando e vomitando por aí!

Dentro de cada português esconde-se um génio, um exímio especialista em assuntos gerais, alguém cujo extremo talento apenas não foi reconhecido por culpa de qualquer outra pessoa; para quem tem dúvidas do que fica escrito, basta ver os verdadeiros tratados de filosofia e politica que quotidianamente são recitados em cafés e tascos das nossas cidades, vilas e aldeias! Poderá algum leitor mais desatento, arguir que o portuga lida com prazer sensual com a corrupção, não cometendo a insensatez de votar em alguém apenas pela singela razão de que é corrupto encartado, que adora pedir e oferecer “cunhas” que cospe no chão, joga todos os tipos de lixo na rua, que é incapaz de ser pontual, mas é magnífico na arte da gazeta, mas, todas essas qualidades são meras idiossincrasias que não afastam o essencial: dentro de cada português esconde-se um génio incompreendido! Infinitivamente melhor do que qualquer outra pessoa, com excepção dele próprio!

E é por isso mesmo que o tuga é exímio em criticar todos os outros: especialmente os políticos, que convenhamos, são sempre um alvo acessível! Ou quem tem uma vida mais confortável com a nossa, porque estamos absolutamente convictos que aquilo que os outros têm, são coisas que por direito deviam ser nossas!

O que ajuda a explicar muitas coisas! E uma delas é muito preocupante: cada vez mais, os portugueses mais valorosos, aqueles que com mérito e muito esforço constroem carreiras profissionais, fogem dos lugares políticos, abrindo verdadeiras avenidas onde desfilam incompetentes! Porque se é verdade que muitos afirmamos que não nos importam o que os outros dizem de nós, temos ciência que a frase é uma falácia e que ninguém gosta de ver o seu nome enxovalhado em praça pública, quase sempre por uma corja de corajosos que se esconde no anonimato ou de penumbra de ninguém saber quem são!

Já o escrevi no passado, volto a fazê-lo hoje, com a certeza certa que o irei repetir no amanhã: agora mais do que nunca, Portugal precisa de pessoas competentes e credíveis, com coragem para traçar um rumo para uma nação confusa e perdida: o drama é que em Portugal ter credibilidade é uma impossibilidade natural...

A noiva, de Joana Vasconcelos


Durante um ano, fui oferecendo aos meus leitores as minhas interpretações daqueles que nos olhos deste leigo, são alguns dos mais importantes quadros da história da pintura! Depois... decidi por parar, não apenas por preguiça, mas porque senti que tinha esgotado os quadros que tiveram alguma importância na minha vida, aqueles que me apeteceu reflectir sobre eles! Com a certeza que um dia voltaria a reinterpreta-los ou a vida me ofereceria razões para me encantar por outros!
Nesta noite, evoco esses tempos para partilhar consigo a Noiva de Joana Vasconcelos, datado de 2001! Não é a minha obra predilecta da artista, mas foi o primeiro trabalho que recordo dela, pelo que, mais que homenagear a obra, trago-lhes a artista!
Joana Vasconcelos, beija os quarenta anos, nasceu perto do Sena com a triste sina de ser portuguesa, sendo que, apesar deste imenso handicap é uma das mais importantes artistas plásticas da contemporaneidade, expondo a sua arte, um pouco por todos os locais, nas galerias de referência do mundo, feito quase inaudito para quem se assume como portuguesa!
A Noiva é um lustre de mais de quatro metros, que nos remete para um qualquer palácio régio, onde reis, princesas, alta nobreza e meretrizes dançam ao som da miséria que se esconde para lá do palácio, onde o povo se alimenta da fome e de miséria; mas esta é uma noiva despida de todos os luxos, de diamantes cristais ou pedras preciosas, uma noiva vestida de feminidade, de uma pureza revelada, sem vergonhas, receios ou pudores!
A Noiva da Joana Vasconcelos, como muitas outras suas obras, não se constrói de materiais nobres, mas encontra a nobreza na criatividade comovente de uma artista que ousou, ainda ilustre desconhecida, fazer este lustro com tampões! Uma homenagem bela à coragem daqueles que no pouco encontram a fortuna!

terça-feira, julho 27, 2010

A um pequeno passo de fazer história!

Se és jovem, de idade ou sobretudo de espírito, gostas de desafios, se sentes atracão por coisas desinteressantes, se caminhas pela vida com o objectivo de construir a tua própria história, se lutas por um mundo melhor em geral e o teu em particular, se cultivas o prazer pelo inusitado e por vezes te sentes perdido apesar de saber onde estás, o Viagra e Prozac lança-te o quase desafio da tua vida! Torna-te no centésimo seguidor deste blogue e vais ganhar absolutamente coisa nenhuma! Sendo honesto, nunca percebi para que treta serve ser seguidor de um blogue nem como a coisa se processa: o que sei é que já são 99 e tu podes ser o número 100! Sentes-te com coragem para ser para o resto de tua vida uma efeméride desconhecida e irrelevante?

Esta é que é a merda...

E enquanto vingar este entendimento, eu não acredito no Aeroporto de Beja!

Faça o amor.. mas respeite o ambiente!

Eu não quero estar a chatear as pessoas...

... mas se algum leitor se der bem com o Pulido Valente, peça ao homem para instalar um hiper-mega-trenga-grande-big ar condicionado em Beja! É que está um calor que nem os pelos aguentam!!!

sábado, julho 24, 2010

Então buga lá falar sobre o Benfica

O ano passado fui daqueles que tive grande dúvidas sobre Jorge Jesus: mas é parvoice não reconhecer que fez um milagre e colocou um bando de coxos a jogar excepcionalmente bem, com um futebol que chegou a ser brilhante nos primeiros meses de campeonato!
Estou a ver o jogo com o Mónaco e, salvo erro, já vi dois outros jogos de preparação! O que permite algumas primeiras impressões! Desde logo há dois grandes reforços para esta época: o Airton e o Kardec, que, chegaram em Dezembro, estiveram uns meses a perceber o futebol português e este ano vão dar muito trabalho! Sobre o "Gaita" está longe de ser um Di Maria: joga para dentro, teme o um-para-um e faz com que o jogo seja demasiado central! O que reforça a extrema necessidade de Coentrão e de Maxi, porque são os únicos que conseguem ir à linha! Inequivocamente que o Benfica precisa urgentemente de extremos! E de um plano B! Já o ano passado não havia e com equipas muito fechadas a jogar duro, não são os "meia-lecas" Saviola, Gaita, Jarro e Aimar que conseguem furar o hímen!
Mas o drama está lá atrás! Deixemo-nos de merdas: o guarda-redes foi, na melhor das hipóteses, um erro de casting! E dos caros! Bastaram vinte minutos de um guarde-redes mediano (Júlio César) para perceber que, neste momento, Roberto não é jogador para o Benfica: fraco entre os postes, fraco a jogar com os pés, totalmente inapto para jogar fora da baliza!

Isto sim é que são noticias a sério!

Então... sente-se com calor?!

Sem comentários!

Recordam-se deste texto? Agora comparem com o que Miguel Sousa Tavares escreveu hoje no Expresso!

Açorda de Perdiz

Contra gosto, até posso reconhecer que uma açorda de perdiz não é propriamente um prato de verão, mas, se o leitor apenas comesse as mais adequadas iguarias, andava por aí muita mulher feia faminta, pelo que, nesta noite de quase Agosto, recomendo-lhe uma iguaria que podia ser alentejana!
O primeiro passo da receita é um passeio de carro no campo, por estradas secundárias, de forma a conseguir atropelar uma perdiz para posteriormente a cozinhar! Na eventualidade de, tal como eu, não conseguir distinguir uma perdiz de um gato, o mais seguro é comprar uma congelada no Modelo e, se tiver sorte, até pode ver uma menina decotada debruçada sobre a arca, aquelas de gelo, que deixam coisas rijas...
Depois é cozer a perdiz, apenas em água com sal, um fio de azeite; uns malucos têm a mania de colocar grão, mas isso provoca mau cheiro! Ao mesmo tempo e em simultâneo, esmague uns alhos, junte coentros e pimento verde, ofereça-lhe uns valentes murros, misture azeite alentejano e... quando estiver pronta a perdiz, misture neste mistela um ovo!
De regresso à perdiz, depois de cozida, trate de a esfrangalhar: como ela deve estar quente, não seja burro como eu e evite queimar os dedos!
Numa frigideira, junte ao azeite alho a gosto, de preferência um pequeno exagero e, quando começar a ficar bonitinho, junte a perdiz para fritar uns minutos!
Depois de juntar o ovo que mencionei no parágrafo seguinte, meta-lhe a água onde a perdiz esteva a namorar! Sirva com pão duro alentejano fatiado, sendo que, a perdiz, pode comer-se à parte ou misturada! Se gostar, diga como correu e mande ao tio H umas fotos! De preferência em lingerie...

* a escolha da foto é óbvia: se é um prato de caça, a foto é de uma caçadora!

sexta-feira, julho 23, 2010

Quase que valia a pena pensar nisto...

Sinceramente, só espero e desejo, que tenham usado preservativo!

Associação de Futebol de Beja

Foi ontem ou vai ser hoje entregue na Associação de Futebol de Beja a lista para as próximas eleições. Para Presidente da AFB concorre José Luis Ramalho, antigo Presidente do Instituto Politécnico de Beja, que se faz acompanhar, para o conselho de arbitragem por José Soeiro! No que diz respeito ao conselho de disciplina, José Luis Ramalho escolheu alguém pela sua enorme beleza e simpatia!

Contra a Discriminação - I

Vou tentar escrever este post, mas temo não conseguir dissertar com coerência, porque estas coisas enervam-me e as palavras calam-se! Só de pensar nisto, entra-me uma dor nos ovários que nem me aguento!
Quero partilhar com os leitores a aflição que sinto sempre que passo perto da Quinta da Marinha e penso naqueles pobres coitados, fechados dentro de um muro! Um verdadeiro muro da vergonha que sequestra lá dentro aqueles que a vida levou a morar na Quinta da Marinha!
As criacinhas nascem lá dentro, discriminadas, impedidas de conviver com outras crianças, excepto aquelas que crescem na mesma prisão, numa verdadeira ditadura da solidão! Porque têm lá a sua escola, porque os seus outros amigos não podem lá entrar livremente, porque o muro é guardado por polícia, polícia essa que, pasme-se, até são os seus desprotegidos pais a ter de pagar!
Para quando uma manifestação daquelas associações idiotas para proteger estes discriminados que vivem presos dentro do muro?!

Fui ver... (com Adenda)

Adenda: Por tudo o que escrevi no passado, sou profundamente imparcial para afirmar que a peça está muito boa! Que vale mesmo a pena ver! A Gisela tem as suas idiossincrasias, mas quando entro num teatro não quero ver pessoas, mas actores! E ontem vi uma óptima actriz, muitissimo bem acompanhada!

quinta-feira, julho 22, 2010

Ataque de SPAM

Por estes dias o Viagra e Prozac está a ser vítima de um ataque de SPAM! É tipo uma chuva de gajas boas, mas em vez de gajas é um chato e em vez de boas são comments a publicidade a uma treta qualquer! Por isso, por uns dias, vou activar aquela coisa chatissima de preencher as letras antes de postar comentário! As minhas desculpas, mas andar a apagar isto é chato que se farta!

Bricolage

Precisa-se urgentemente de ajuda para Bricolage! E acredite que é um caso de vida ou morte! Porque eu não tenho jeito absolutamente nenhum para isto e não me matei que nem para isso tenho talento! Por isso, se conhece a menina da foto, peça-lhe para vir cá a casa montar uma coisa...

Só não faço publicidade porque não sei o nome...

Não sei se alguma vez mencionei esse facto no blogue, mas eu gosto muito do Modelo! Também já fui feliz no Pingo Doce, mas eu sou mais Modelo. Raramente vou ao Intermarche, apesar de ter uma loja que me parece muito interessante, mas hoje tive de lá ir! Recordei-me que há lá um simpático senhor que arranja sapatos e meti na cabeça que era o local perfeito para fazer um buraco no cinto! (sim, estou mais gordo!).
Fui lá e o Senhor simpaticamente fez-me o buraquinho e quando perguntei quanto lhe devia, disse que não era nada! Recordei que uma outra vez que lá tinha ido, tinha sido igualmente de uma imensa simpatia, não me cobrando qualquer outra coisa que agora não recordo! Sem nunca me ter visto, sem que eu seja cliente! Envergonhado acabei por comprar um porta-chaves, de 6 Euros, por acaso bem giro!
Porque a simpatia compensa! Porque quando vamos a um sítio e nos sentimos realmente bem tratados sentimos vontade de regressar! Ou de fazer um público elogio num blogue!

quarta-feira, julho 21, 2010

Aqui não há quem viva...

Está a dar agora na Sic impressionantemente ruim, sem a menor graça! Mas elas têm umas maminhas tão giras, que um tipo fica distraído a olhar...

Coisas praticamente importantes...

Li esta notícia a primeira vez e só na segunda percebi a contradição da coisa! Podemos ser os primeiros naquilo, mas as outras refeições adoramos fazer fora de casa!!!

Eu não quero ser mal formado...

... mas sempre que na televisão passa um anúncio a tampões, fico mortinho de vontade de ser gaja! Nem que seja apenas por uma menstruação...

A revisão dos Passos

Apesar de fazer parte das minhas atribuições, por vezes confundo-me no número de vezes em que a Constituição da Republica de 76 já foi revista: porque desde há muito que temos a mania que mexendo a lei constitucional miraculosamente resolvemos os problemas da nação!
Ainda não tive paciência para ler o projecto do PSD: provavelmente nem o vou fazer porque é por demais evidente que é um nado morto! Aliás... tem cheiro de aborto premeditado, porquanto, parece-me, que já foi concebido para morrer antes de nascer! Do ruído que há coisas que me parecem fazer algum sentido, outras que são disparates e não me pareceu que se procure atacar o essencial: como não me parece que este seja o momento para abrir uma querela constitucional! Já temos demasiado que nos afaste para procurar novas divergências!
Mas quando ouvi a CGTP atacar tanto a proposta, pressenti que esta deve ter pontos muitissimo positivos: e confesso-vos, só para ver Carvalho da Silva elogiar tantos os últimos anos já valeu a pena esta brincadeira de Verão...

terça-feira, julho 20, 2010

Desculpem interromper...

... mas alguém me fazia o especial favor de explicar o que está aqui escrito? É que já li duas vezes e penso que não entendi!

Não vou entrar em pormenores...

Quando estou chateado, triste e magoado, invariavelmente vou ver os meus sobrinhos! E sei que me basta um sorriso da C. para ficar bem! Infelizmente ontem ela não estava cá! Por isso fui ao Modelo! E.. como me diverte e relaxa ir ao Modelo...

Adenda: Com direito a música nova!

Diário do Alentejo


Segundo dizem por aí, está aberto o concurso PUBLICO para o novo Director! Tem sido um parto difícil e bem espero que o feto não nasça com defeito...

Roberto...

Custou apenas 8 Milhões e já é considerado o guarda-redes de todos os sportinguistas e portistas! E é bonitinho: não é como aquele Quim que só sabia fazer defesas!

segunda-feira, julho 19, 2010

Ps - Obrigado!

Ninho de Empresas

Uma excelente notícia para começar a semana!

Os cuicos como exemplo da portugalidade

Este post exige uns preliminares que permitam a interpretação de quem tem paciência para me ler, mormente aqueles que, longe de Beja e sem ligações à nossa cidade, me dão a enorme honra de visitarem um blogue assumidamente parvo e regionalista!
Os cuicos é a designação pouco abonatória dos habitantes de um lugarejo chamado Monte Gordo, provavelmente a praia mais bonita do País, absolutamente estragada pela gula do betão, que conseguiu a inaudita proeza de estragar um local divino, com a particularidade extraordinário de nenhum prédio estar em harmonia com o que está exactamente ao seu lado. Monte Gordo, como boa parte do Algarve, sobrevive à custa dos turistas no mês do Verão (a escolha do singular foi propositada!). Apesar disso os cuicos tendem a odiar os turistas! (obviamente com excepções, eu própria na minha juventude conheci cuicas muito amigáveis!)
Obviamente que quando chega o Verão, em Monte Gordo o estacionamento é caótico: MG é em Portugal e este é um estranho País onde não se conhece a noção de ordenamento do território, pelo que impera a lei do tudo é permitido, ainda que estúpido e aberrante!
Mas aqui há peculiaridade que penso ser única no País e no mundo: os cuicos (e outros tais) para garantir estacionamento na porta de casa, reservam os lugares colocando garrafões de água: quem desrespeita a regra, contribui para o bem estar de bate-chapas e pintores de automóveis! E esta é uma prática que tem tantos anos que se tornou lei, sendo estes lugares propriedade dos moradores por usucapião!
O que diz muito de nós e do nosso País: apesar do Algarve viver do turismo, quem vêm de férias para esta zona sente em cada instante o indisfarçável incómodo com que são recebidos, os malvados turistas que vêm para cá ocupar os espaços dos outros, poluir as ruas, encher os restaurantes, provocar filas e bichas no pão e no supermercado! Para perceber a riqueza da metáfora, basta um fim-de-semana na Madeira, onde por honra e graça do Rei Jardim, os habitantes há muito interiorizaram que o turismo é uma fonte de virtude e dinheiro!
Mas os madeirenses são portugueses esquisitos: porque dentro de cada tuga do continente há um cuico, alguém cujo único desejo na vida é não ser incomodado, estando-se literalmente nas tintas para os outros!
E quando se pergunta porque Portugal é atrasado, a resposta é simples: por culpa do Sócrates, do Santana, do Barroso, do Guterres, do Cavaco, do Soares, do Balsemão, Sá Carneiro, Pintasilgo, Mota Pinto claro, Marcello e Salazar...

sexta-feira, julho 16, 2010

Hoje...

Hoje estou que nem posso! Só me apetece ganiiiiiiir!

Vamos lá falar de abortos...

(... não camarada, não estou a falar da sua vizinha), a conversa é mesmo sobre o que eufemisticamente chamamos interrupção voluntária da gravidez!
Regresso ao tema porque foi - ou vai ser - apresentado um estudo realizado no período da modernidade, ou seja, desde que é legal o aborto livre em Portugal!
Recordo a minha posição há três anos, que mantenho, onde votei envergonhadamente no sim!
Porque todo o processo foi um logro, como normalmente acontece em Portugal! Porque somos um País culturalmente atrasado. Porque somos um País preconceituosamente avançado!
Porque a Igreja entrou na discussão da lei do aborto e a Igreja não se pode levar a sério neste caso! Porque se admito que os dogmas exigem primados rígidos, quem tem posições irracionais sobre a sexualidade não pode ser ouvida numa discussão racional! Porque a pergunta foi vergonhosa, para satisfazer uma esquerda extremista que temia não conseguir ganhar se a pergunta não tivesse viciada!
Pelo que a estes exige-se que ajudem a corrigir a porcaria que arranjaram: porque continuam vivas as clínicas de aborto clandestino, porque o aborto legal é hoje usado como contraceptivo por quase 5% das mulheres que abortaram nos últimos 3 anos, porque continua a não existir educação para a sexualidade e as mulheres fogem das consultas de planeamento que, estupidamente, são depois e não antes da intervenção!
Mas claro que tudo isto não interessa nada! O importante é que somos modernos...

(o texto está fraquito, mas ver tantos testes de seguida dá comigo em doido!)

quinta-feira, julho 15, 2010

O Estado da Nação...

Por mais que se tenha discutido, a frase fica e é incontornável: o que lhe parece um governo PS-PSD-CDS?

Um passatempo de Verão..

E a culpa disto é do....?

Este é um daqueles post que ninguém entende! Excepto...

O meu teste de hoje:

António dedica-se a plantar e vender rosas vermelhas, enquanto a sua namorada Ana vende peixe numa loja perto do Mercado Municipal!

Ana identifica-se pela expressão “Eu sou gira que me farto” e a loja denomina-se de Florista! Porque terminaram o namora e ela não quer continuar perto dele, vendeu a loja a Carlos, para desgosto do senhorio!

Para pagar Carlos entregou-lhe um título por si aceite em que Daniel garantia o pagamento; porque não existia o valor das existência o titulo estava em branco! Ana acabou por colocar um valor mais elevado e transmitir o título a Eduardo, seu novo namorado, que ia usar esse dinheiro para comprar viagens para saírem do país!

Antes de ir, Eduardo comprou na net umas rosas a António; passado dez dias pretende devolve-las!

Quid Juris (7 valores)


Julgado de Paz...


Hoje "ficará marcada na história de Aljustrel pela inauguração do Julgado de Paz. Um momento há muito esperado que irá certamente trazer muitos beneficíos à população do concelho de Aljustrel.
Nesta cerimónia inaugural, marcada para as 11 horas da manhã, estarão presentes várias personalidades, entres elas o Secretário de Estado da Justiça e da Modernização Judiciária, José Manuel Santos de Magalhães, o Juiz Conselheiro, Cardona Ferreira, Presidente do Conselho de Acompanhamento dos Julgados de Paz e o Presidente da Câmara Municipal de Aljustrel, Nelson Brito.
Recorde-se que os Julgados de Paz são tribunais com características especiais, competentes para resolver causas de valor reduzido de natureza cível, excluindo as que envolvam matérias de Direito de Família, Direito das Sucessões e Direito do Trabalho, de forma rápida e a custos reduzidos. www.conselhodosjulgadosdepaz.com.pt"

Comentário: e será que a coisa não se pode reproduzir em outros concelhos?!

quarta-feira, julho 14, 2010

terça-feira, julho 13, 2010

Eu não quero ser má lingua nem estar aqui a criar boatos... II

... mas um dia destes são apanhados a fumar!

Curso de Solicitadoria

Como o IPBeja me paga imenso dinheiro e tratam-me com um petit prince fica o seguinte esclarecimento:
Atendendo a diversas dúvidas que nos têm chegado, cumpre esclarecer:
1. No Concurso Nacional de Acesso, o Curso conta com 30 vagas para o regime presencial e 20 para o a distância;
2. Adicionalmente e em atenção à grande procura verificada no Concurso de +23, foram criadas 10 vagas presenciais e 20 a distancia reservadas para estes;
3. As vagas que, eventualmente, ficarem por ocupar no Concurso Nacional ficarão disponíveis para o candidatos não colocados pelo Concurso para + 23;
4. Consequentemente, se todos os aprovados no Concurso de + 23 concretizarem a candidatura, os primeiros 30 seriados já têm vaga garantida, podendo os primeiros 10 optar pelo regime que mais lhe interessar, presencial ou a distância;
5. O regime a distância tem previstos Seminários presenciais e possibilitará a frequência das aulas sempre que os estudantes respetivos o desejarem, serão também acompanhados tutorialmente, na escola ou por via eletrónica, em todas as disciplinas existirão provas presenciais, a realizar na Escola ou em Instituições com as quais sejam estabelecidos protocolos específicos, apenas não será requerida a presença física dos alunos nas aulas.
Espero haver esclarecido as maiores dúvidas.

Eu não quero ser má lingua nem andar aqui a criar boatos...

... mas.. terei sido o único que ficou com a sensação de que o Iker Casillas está mais apaixonado do que a deslumbrante Sara Carbonero! Porque... ou ele não lavou os dentes ou ela não gostou muito daquele beijo...

segunda-feira, julho 12, 2010

Desculpem interromper...

... mas vale a pena ler isto e reflectir um pouco! Antes que seja demasiado tarde!

Vamos falar de coisas sérias!

Aproxima-se o tempo de férias, aqueles dias magníficos onde temos tempo e disponibilidade mental para ler os livros decentes! O que me aconselha a ler neste Verão?!

A grande questão que preocupa e divide os bejenses!

Os blogues pessoais acabam por ser um espelho de quem os escreve; no caso do Viagra e Prozac um estranho espelho, que leva alguns incautos a achar o H parecido com o Hugo! Os preliminares servem para explicar que após uns dias a lançar debates sobre temas absolutamente irrelevantes para os bejenses, chega o momento de colocar em cima da mesa o tema que verdadeiramente preocupa e divide a nossa cidade, por estes dias!
Confesso: não tenho posição sobre o tema. Não me debrucei demasiado sobre ele e estou indeciso se concordo ou discordo: tendencialmente, penso que ia preferir uma solução mista!
Vamos aos factos: a Câmara Municipal decidiu que os dois mega parques de estacionamento junto à nossa praia vão começar a ser pagos! O valor não é excessivo: 20 cêntimos por hora, pelo que presumo, mais do que o lucro, que vai ser generoso, trata-se de permitir que, quem quiser pagar, tenha sempre lugar e dissuadir, aqueles que como eu, chegavam a deixar o carro semanas naquele estacionamento! Um estacionamento onde fui muito feliz!
Lanço o repto aos leitores: concordam ou discordam que os lugares de estacionamento próximos da nossa praia sejam pagos?

Nota: este é o post 4000!!!! Que loucura!

sábado, julho 10, 2010

Pedro Caixinha no U.Leiria

A notícia é um pouco inesperada, mas um imenso acto de justiça. Que deve orgulhar todos os bejenses! Conheço o Pedro deste puto, perde-se a conta aos jogos rua-contra-rua, que umas vezes acabavam em petiscos, a maioria com cenas de porradaria, mas seria abusivo dizer que somos amigos. Mas publicamente deixo-lhe as maiores felicidades: o sucesso dele é o sucesso de todos aqueles que gostam dele e o admiram!

Base Aérea

A Base Aérea de Beja está hoje como as mulheres se querem! Para mais informações leia um comment em triplicado no post abaixo!

Jantarinho de Verão para uma Besta!

Partilho com V. Exa estas mal traçadas linhas, no início de uma noite de calor tórrido, num daqueles dias em que o Alentejo se funde com uma qualquer deserto, daqueles quentes! Não sei como é o seu metabolismo, mas nestes dias quentes nem quecas me apetece, quanto mais fazer jantar e comer! Passei no Modelo, vi uma ou duas gajas que não me importava de jantar e regressei a casa com a mão cheia de quase nada, sem apetite ou imaginação, decidido a petiscar algo leve! E assim quase que foi!
Comece com uma entrada de requeijão com marmelada, daquela com marmelos, não da outra: como é bom de entender, quanto melhor for o requeijão, melhor vai ser a iguaria; sobre a marmelada, as fatias finas são mais saborosas!
Depois - e tem tudo a ver - os pimentos padron, fritos em azeite Gourmet Modelo a um euro e tal, com alhos; depois dos alhos estarem com bom aspecto, junto os pimentos e deixe-os fundirem-se!
Como se trata de um jantar leve, experimente uma alheira de Mirandela frita: caso seja o leitor a lavar a loiça, será prudente fritar a alheira na mesma frigideira onde fez os pimentos, de forma a economizar uma lavadela! Acompanhe com tomate com sal! (os tomates da horta, não os seus). Só com sal e tomate; sem oregãos, azeite, vinagre ou outra mariquice qualquer!
Termine com uma fatia de melancia e depois sente-se, agarrado à barriga cheio de dores, fume um cigarro, beba um café e escrevo um post parvo!

Comprei por estes dias um Nokia E71

... mas confesso que estou insatisfeito com o mesmo! Um destes que está na foto é que era a minha cara!

sexta-feira, julho 09, 2010

Ainda sobre o Beja Wine Night - II

Para quem não foi à festa, fica um video! Que acho que fala por si!

Adenda: Lanço dois reptos! Primeiro: que a IV Beja Wine Night seja organizada por uma empresa privada! Segundo: que para o ano hajam duas Beja Wine Night: uma realizada no Castelo no primeiro fim-de-semana de Julho - como está determinado - e uma segunda, fora de Beja!

Andam a tentar fechar este blogue


... e claro que tinha de ser aquele gajo do PS!

A treta das Contas da CMB

No primeiro Conselho de Opinião após as eleições afirmei publicamente que a primeira medida de JPV devia ser uma Auditoria às contas! (antes tinha aconselhado em privado). Recentemente voltei ao tema, apelidando de erro capital não o ter feito!
Com frontalidade escrevo que o Jorge é o único responsável pelo deixar arrastar desta triste novela, por a sua omissão permitir todo o tipo de demagogia!
Por estes dias a CDU falou, afirmando "em declarações aos jornalistas, Miguel Ramalho, vereador da CDU, afirmou que no início do mandato do PS os eleitos começaram por falar em “dívidas na ordem dos 60 milhões de euros” e passado pouco tempo a dívida desceu para os “45 milhões de euros”. O vereador refere também que no mês de Abril foi aprovado por unanimidade o relatório e conta de gerência, onde o valor de “dívidas de médio e longo prazo” perfaz um total de “21,3 milhões de euros”.
Os valores espantaram-me, mormente os 60 Mil que falam, porque é valor que recorrentemente é jogado para o ar! Procurei nos arquivos e constato que JPV em 13/11 falava em 17 Milhões e em Dezembro numa nota para a imprensa o executivo afirmar " A facturação em dívida, e que transitará para o ano de 2010, é já de 7.453.299,04€, o que irá comprometer significativamente o Orçamento de 2010, constituindo-se como uma situação muito grave e perfeitamente ilustrativa da difícil situação financeira que a Câmara Municipal de Beja atravessa. Acrescente-se a isto que, para além da facturação em dívida, existe já um montante de 9.908.911,08€ de facturação potencial, passando assim o Orçamento de 2010 a estar comprometido em 17.362.210,12€, o que quer dizer que partindo do histórico de orçamentos anteriores isto quer dizer que praticamente 50% do mesmo estará já comprometido. A Câmara Municipal de Beja informa que à data de 16/12/2009 os compromissos de despesa correspondem a 41.571.093,72€."

Pelo exposto urge um esclarecimento: enquanto bejense tenho direito de saber o montante da irresponsabilidade e saber quem nesta história é sério, quem nesta história anda a gozar com a nossa cara! Porque sinceramente não há a menor paciência para virgens pêgas!

Maradona chrou com a derrota da Argentina!

quinta-feira, julho 08, 2010

Saramago é capa da Playboy!


Opine...

Carta Aberta para o Dr. Rui Sousa Santos, Administrador do Hospital

No passado tivemos convergências e dissidências, mas o meu espírito generoso leva-me a estar sempre disponível para contribuir! O Hospital Distrital de Beja, como todo o País, tem obviamente problemas financeiros, por muitas e variadas razões que extravasam a razão deste post, a paciência de quem o escreve, a tolerância de quem o lê!
Há dois caminhos: o percurso normal da lusofonia de estrebuchar e chorar ou o caminho de procurar soluções para aumentar o financiamento; quando se gere com sensibilidade, há ainda a possibilidade de aumentar o financiamento ao mesmo tempo que melhora a qualidade do serviço prestado, deixando felizes os funcionários e pacientes: pensem nisto!

Doçaria Alentejana

Foi uma deliciosa realidade há uns anos atrás, mas o desgaste dos anos furtou-nos uma das verdadeiras razões para amar Beja! Infelizmente a maioria de nós desconhece, mas a doçaria conventual de Beja é das mais importantes marcas da cultura portuguesa, um imenso tesouro sub-aproveitado!
Porque Beja tem de ser mais do que vinho, gostaria que fossem lançadas as bases para estruturar uma nova feira da doçaria tradicional, que se conjugassem vontades e empreendedores para ressuscitar uma das mais doces iniciativas do Sul do País! E se houverem fundos e vontades, que se faça de 2011 a Capital da Doçaria Conventual, desnudando para o País a excelência do Made in Beja!
Pensem nisso...

quarta-feira, julho 07, 2010

O dramatismo da etiqueta...

O erudito leitor poderá desprezar a minha preocupação com a etiqueta, mas assim aqui perante vós, no silêncio cobarde da minha sala quente, que de quando em quando erguem-se-me questiúnculas de etiqueta! Bem sei e reconheço que será uma preocupação menor, que é complicado dar relevância a uma ciência que tem como expoente nacional máximo uma Senhora chamada Bobone, o que, convenhamos, leva a que um macho lusitano pense em tudo, menos em regras de cortesia social!
Mas, eu sou um ser sensível e estes dramas morais agitam-me os escassos neurónios! Sem mais preliminares, partilho consigo - mas só consigo, por isso rogo aos outros para não lerem - a situação sub judice, de forma a auscultar o seu parecer!
Os factos são os seguintes: um tipo bem parecido, simpático e com tantas e tantas outras qualidades, tal como a modéstia, entra num estabelecimento comercial e é muito bem recebido por uma amável jovem, que simpaticamente exerce com excelência a sua função! Eis senão quando, num dado momento, aqueles escassos segundos que quase sempre parecem horas, tem a necessidade de se baixar, o bom gosto para usar calças de cintura descaída, exibindo um muito apetecível cuequinha fio dental! Pergunta-se então: quid juris nesta situação, ou seja, o que deve fazer um gajo?
a) hipocritamente fingir que não viu e olhar envergonhado para o outro lado?
b) olhar com olhos de sabugo, babar-se e ajoelhar-se rezando aos Deuses?
c) graciosamente encontrar forma de prolongar ao máximo esse momento, fazendo cara de Domingo de Páscoa?
d) fazer um comentário de trolha, procurar sacar o número de telefone e sair da loja com um estalo nas ventas?
e) perguntar delicadamente onde comprou as cuequinhas e começar a usar umas iguais para matar saudades?

Jorge Sampaio na SIC

Começo por esclarecer que nunca me senti atraído por Jorge Sampaio: reconheço que terá o seu charme, mas represente uma esquerda demasiado à esquerda, para os padrões deste que vos escreve! Votei nele um vez, uma única vez, por razões mais pessoais do que políticas! Foi um bom Presidente embora para a história o seu segundo mandato tenha a mancha de uma decisão absolutamente irracional!
Dito isto, foi uma boa agradável escutá-lo! Não que tenha dito nada de surpreendente, nada que a maioria das mentes lúcidas não saiba de certeza certa, mas pela audácia de o dizer com toda a frontalidade, sem refúgios ou meias palavras!
E Portugal precisa mais disto do que de sexo: são poucas as vozes com credibilidade e independência para dizer o que tem de ser dito! Por isso, quando uma destas vozes fala, seria prudente que fosse ouvido!

Agora vamos falar de coisas realmente importantes...

Ou seja, do tempo! O leitor e as gajas que vêm aqui já ponderaram a questão do tempo? Depois de uns dias de calor insano hoje a coisa acordou nublada e a ameaçar chuva tipo molha parvos?!!
Os mais eruditos podem pensar que isto tem alguma razão com o tal de aquecimento global que ataca os espaços húmidos da feminilidade! Mas estão absolutamente equivocados!
Há uma razão religiosa ou mística para hoje não estar calor, que passo a explicar! Ontem no FB fiz a quase promessa de hoje vir trabalhar de havaianas e boxers; como é sabido, S. Pedro tem facebook e ao ler aquele dislate, ciente que sou gajo para tal disparate, resolveu transformar o sol em chuva, privando a cidade de uma visão tão linda...

Até que enfim uma medida positiva para combater o deficit!

Uma excelente ideia! Que o Pulido siga o exemplo: porque se há coisa que não falta em Beja para isto é matéria prima...

Lesionem-me todo! Todinho!

Eu gosto é destes estudos! Tenho de começar a fazer teses sobre isto! Porque, mais que uma tese isto... é uma tese grande!!!
A tempo: a leitora concorda com o estudo?

terça-feira, julho 06, 2010

Aviso à navegação...

Por uma espécie de osmose o blogue está como o seu dono, i e, parvo! Nas últimas semanas, não apenas os post são absurdos, como absurdamente alguns dos comentários misteriosamente desaparecem do blogue, surgem horas depois, não chegam a surgir ou quaisquer outros fenómenos estranhos que não consigo explicar! Dizem-me que o Blogspot é tonto e que a coisa só se resolve se eu mudar de plataforma e coiso e tal, coisa que não sei como se faz e não me sinto mentalmente preparado para aprender!
Por isso, resta rezar para que a coisa se resolve! Nesse sentido, solicito às leitores que se ajoelhem e rezem: é por uma boa causa!

PS - Que fique claro que não se trata de apagar comentários ou outras modernices que os blogues a sério fazem!

As escavações arqueológicas

Começo a ficar farto da hipocrisia do actual executivo da CMBeja! Recebi ontem por mail e li hoje no site da Radio Voz de Beja Hoje que as escavações arqueológicas prévias à construção do novo edifício dos serviços técnicos da Câmara Municipal de Beja estendem-se agora aos terrenos onde esteve instalada a tipografia do Diário do Alentejo. Esta nova fase de prospecção foi antecedida da demolição de uma parte do edifício, um processo complexo uma vez que foi necessária a intervenção de uma equipa especializada na remoção da cobertura de amianto, nomeadamente, na remoção de chapas de fibrocimento e de asnas metálicas.
Não entendo a razão pela qual este executivo fala sobre isto, porque, como todos sabemos, as ruínas existentes foram construídas pelo PCP!

Ainda sobre o Beja Wine Night


Tem lido e ouvido nas ultimas semanas, com maior amplitude nos últimos dois dias, centenas de linhas e dislates sobre a Beja Wine Night, desde a polémica dos valores, aos VIP`s, ao facto de finalmente existirem placas a indicar, ao facto de não oferecerem comprimidos para a ressaca/azia, mas ainda ninguém me respondeu à pergunta realmente pertinente: quem é que eram aquelas gajas que estavam a fazer o check in?!!

Estacionamento na Praça da República! (Com Adenda)

Por vezes é complicado escrever estes post de concordância, porque alguns não têm sapiência para os ler e outros têm complexos com a lucidez, mas, se não o fiz quando era doloroso, também não é agora que vou deixar de dizer o que penso: concordo com os estacionamentos na Praça da República e não me parece que haja justificação para um limite de trinta minutos: se querem limitar, façam um preço mais agressivo!
Arrepiou-me quando ouvi boatos que estavam a ponderar abolir o estacionamento perto da Igreja do Carmo para devolver à cidade um campo de pedras! Sou o primeiro a reconhecer que a minha relação com o trânsito é passível de crítica, chamem-me pouco verde, retrógrado, conservador, pilinha linda ou mesmo poluidor, mas levantarei sempre a minha voz contra estas modernices de retirar o trânsito dos centros da cidade! Fica bem no papel, dá prémios verdes, mas rouba as pessoas aos centros das cidades e mata o nosso património: gostem ou não, a nossa sociedade não está preparada para a noção de deixar o carro e andar a pé! Ou nas bicicleta ressuscitadas!
Em suma, pelo que defendi aqui, saúdo o regresso do estacionamento para a Praça e anseio que o mesmo se estenda a outros locais! E por falar nisso, aproveitem para repor o trânsito na Rua dos Infantes e inverter a estupidez criminosa que se fez na Rua de Lisboa! E que se lance o debate sobre a abertura parcial do trânsito nas Portas de Mértola! E caso concordem, em vez de me dar os parabéns, arranjem-me o número das gajas do outro post!

Adenda: Por falar em estacionamento é inconcebível que no Tribunal Judicial de Beja não existam lugares suficientes para os Magistrados! Recusar esta pretensão no passado foi um erro, persistir no erro é um imenso disparate!

segunda-feira, julho 05, 2010

Calor - Posta II

Essa malta de Lisboa é incapaz de entender o que é o calor em Beja! Só para terem uma ideia: eram três da tarde, chegou cá uma menina frígida e pelas 5 da tarde já tinha procriado duas vezes! E vai agora para a terceira, porque desde pequenina que sonhou ter trigémeos...

É fácil, é barato e resulta!

Parabéns, Odemira! Que o exemplo seja seguido!

É oficial: Solicitadoria vai abrir no IPBeja (com Adenda)

Por tanta coisa que aconteceu no passado, tive óbvias reservas em falar publicamente na abertura do curso de Solicitadoria! Faço-o hoje, porque é oficial: contra muitos o curso será uma realidade!
Mais. Curso irá funcionar também em regime e-learning, sendo primeiro Curso de Licenciatura na área do Direito ministrado pela Internet em Língua Portuguesa. Sobre este ultimo aspecto, vou pensar um pouco, porquanto pondero fazer algumas considerações!
Para saber mais, informe-se: porque isto é um blogue e não uma empresa de comunicação e , não faço ideia porquê, o IPBeja não me paga o viagra!

Adenda: A notícia, com uma espécie de quase elogio..

Os carros querem-se porcos...

Já no passado fiz um ensaio sobre isto: os carros querem-se porcos e ir lavar o carro é coisa de gay! Até porque por vezes a coisa corre mal, muito mal e ficamos com o carro completamente lixado! Porque há Domingos que correm realmente mal...

Foi você que pediu o Verão?!

Com direito a música nova, alusiva à estação...

Felizmente há quem esteja atento ao realmente importante


Porque hoje não se fala de outra coisa na cidade: esta é a grande questão!

domingo, julho 04, 2010

O filho do Cristiano Ronaldo

Tinha prometido não falar nisto! Mais! Tinha assinado um contrato em que me comprometia a não dizer nada! Mas não resisti! Os meus leitores merecem a verdade, toda a verdade, nada menos que a verdade! Eu é que sou a mãe do filho do Ronaldo!

Beja Wine Night (Com Adenda)

Ponderei em baldar-me a opinar publicamente sobre a Beja Wine Night, sobre a qual, assumo agora, tinha algumas reservas! E, assumo agora o meu cepticismo, quando - na hora em que escrevo estas linhas - tudo se conjuga para ser um sucesso!
Cada pessoa tem os seus critérios para aferir a pertinência de um evento: alguns gostam se podem levar um vestidinho que compraram, outras se lhe dão bilhetes para oferecer, outros têm de criticar sempre porque a mesquinhez a isso obriga e outros apenas gostam das coisas que os amigos fazem! Estes, como deixei muitas vezes escrito, são os meus critérios!
E opino com base em duas premissas que me garantem ser verdadeiras:
- a CMB gasta no evento cerca de 15.000 Euros! (como bem sabem aqueles que jogam para o ar valores que eram claramente pornográficos);
- estão confirmadas a presença de cerca de 1200 pessoas, na sua maioria, de fora da cidade, para deleite de hotéis e restaurantes. Posto isto...

... há quem goste de mulheres tipo muçulmano, com muita roupa a cobrir, para permitir o efeito surpresa; pessoalmente prefiro de mini saia e sem cuecas, para saber exactamente com o que posso contar. Ou seja, fez-me confusão o manto de mistério sobre a festa e temi que isso afastasse as pessoas! Pelos visto, aqui o burro era eu e sei reconhecer o mérito a quem o teve!
O preço dos bilhetes pareceu-me excessivo: não vinha mal nenhum ao mundo que a festa fosse à porta fechada, deixando zurrar aqueles que não sabem fazer outra coisa!
Não vou à festa! Porque é o tipo de coisa que normalmente me aborrece solenemente e porque regressei de uma interminável viagem e estou exausto e cheio de trabalho atrasado! Mas estou presente no desejo que seja um estrondoso sucesso! Porque é deste tipo de eventos que a cidade precisa para que possa sem vergonha chamar-se capital!
Porque desejo que a Beja Wine Night seja a primeira de muitas que se possam seguir, impondo a cidade definitivamente nos roteiros do vinho, numa simbiose em que a cidade promove os vinhos e os vinhos divulgam a cidade!
Termino com um abraço! Para o Miguel. E não é porque faz anos! Pela coragem: ele sabe melhor que ninguém que se a noite de hoje fosse um fracasso ficava com o rabinho num estado lastimável! Com o sucesso da noite, obviamente que não cala os idiotas! Mas ganha o respeito dos outros...

Adenda: Gostei de ler isto!

Um milhão de pessoas nas ruas de Madrid

No passado fiz aqui algumas brincadeiras parvas susceptíveis de serem entendidas como homofóbicas! Garotices que agora me arrependo!
Por mera coincidência passei hoje por Madrid onde decorria a festa do Orgulho Gay, com mais de um milhão (!!!) de pessoas na rua a defenderem uma causa de cidadania, a luta pela igualdade, a repugnância de ter de lutar pelo direito a ser diferente!
Comoveu-me ver milhares de pessoas na rua a lutar pelo que a maioria de nós tem por adquirido!
Pessoas que todos os dias são atacadas, discriminadas, privadas do seu direito à felicidade! Comoveu-me sobretudo os mais jovens, que quando se assumem, quando perante a sua família têm a coragem de afirmar a sua diferença, de tornar pública a sua sociedade, são ostracizadas por aqueles que mais amam e muitas vezes expulsas de casa! Perante a apatia do Estado e da Sociedade civil, 0 que me deixa triste e revoltado!
Este post é, portanto, um grito de revolta: já é tempo de criarmos casas de acolhimento para jovens lésbicas! E porque a vida não se faz apenas de palavras vãs, ofereço o meu exemplo: apesar de morar numa casa pequena com um só quarto, estou disponível para acolher duas jovens lésbicas, preferencialmente que saibam cozinhar!

sábado, julho 03, 2010

Eu sou do Porto desde pequenino...

... tinha um metro e meio e já era do Porto..

Leitor, seja solidário com o meu drama!

É consabido que sou um fã do Modelo, que visito diariamente! (excepto a worten, que prefiro ir a outro lado!). E agora descubro isto!
Um gajo vai lá para ter e agora vêem uns malucos dizer que podemos ficar sem ela? Será que estou condenado a isto, que tanto me apoquenta?!!

sexta-feira, julho 02, 2010

Isto há coisas do Diabo...

TEste de Direito Comercial...

Salomão ficou com um grande melão, quando João, seu filho varão e informou que queria tirar Gestão! João Manuel, era belo como um quadro pintado a pastel, alto, moreno e olhos cor de mel, com um sorriso que derrubava o mais pérfido fel.

Para pagar o curso que decidiu estudar, andou semanas a ponderar, para depois decidir ir trabalhar, na empresa que criou para ensinar, rapazes e raparigas a mergulhar, seja no rio, seja no mar!

Denominou o local onde exercia a actividade de “testes de Direito que fazem rima” e para se identificar a expressão “gosto mais de ti do que da tua prima”! Com o primeiro dinheiro que ganhou, ofereceu a uma amiga um vinho tinto da Herdade do Grou!

As coisas na empresa corriam pelo melhor, até nos exames ter notas do pior, apesar do muito que estudou até fazer suor e de na Igreja rezar com o senhor Prior!

Decidiu, portanto, para seu grande desencanto, ceder a exploração do estabelecimento ao seu primo Bento, que se comprometeu a realizar o devido pagamento!

Como Bento não tinha dinheiro, pediu ao primo que era porreiro, para protelar o pagamento, entregando-lhe um título como forma de cumprimento; aceite por Bento e avalizado pelo Paulo que também é Bento. João sem saber para que servia aquilo, passou o título ao Aquilino, que o perdeu quando no bar bebeu demais e perdeu o tino! Quem o encontrou foi o Isaltino, que falsificou a assinatura, escreveu por extenso mais do que estava em numerário, para mais tarde o transmitir a Juvenal, que era bastante temerário. Por não saber o que fazer, Juneval assinou o título para depois o ceder, a Manuel que o dinheiro queria receber!

Se Juvenal era temerário, o seu marido era um pouco otário, comprou na Interne um computador importado, quase de certeza falsificado, usou dez dias sem grande cuidado e agora quer devolve-lo e receber o que tinha pagado!

Quid Juris! (7 valores)

A depilação de que ninguém fala!

Há meses e meses que não escrevia este tipo de textos, mas há momentos na vida em que temos de levantar a nossa voz para escrever as verdades que outros preferem calar, as realidades que alguns fingem não ver!

Sim, este post é sobre depilação, sobre a novelle arte de tratar os cabelos lá de baixo! Desde já uma declaração de interesses que assumo com frontalidade: eu sou tendencialmente contra a depilação, mormente esta mania quotidiana de rapar a totalidade da pelagem da terra prometida! Os pêlos estão lá por alguma razão: se não fizessem falta, o Senhor não os tinha lá plantado: pelo que retirar de lá os ditos cujos é tão ridículo como os galinhas não terem penas!

Diz-me o leitor mais desatento: mas antes de comer uma galinha temos de lhe tirar as penas! Pois bem, atente ao que fica escrito: só tiramos as penas no momento de as comer, o que confirma a minha premissa, de que andar a catar os pêlos sem razão, não se entende!

Mas não é sobre isto que vos quero falar nesta madrugada! (até porque estou a escrever isto às 7 da tarde a ouvir um discurso do Pedro Passos Coelho). Não vos quero falar de pintelhos, mas sim de coelhos, ou seja, os pêlos perto dos anús!

O que fazer as estes pêlos?!! Porque rapar na frente e deixar tudo igual atrás, será como ir à praia, bronzear a barriga e voltar para casa sem que as costas apanhem sol! Por outro lado, sejamos honestos, por mais que um gajo adore as suas gajas, há sempre um dia, que está doidinho para as ver pelas costas!!! Não falar destes pêlos, não os cuidar, desrespeita-los, é uma vergonhosa e inadmissível tirania totalitarista, uma espécie de fascismo capilar, uma intragável xenofobia!

E aqui é que se coloca o drama! Ir à esteticista, confessar à menina que o namorado aprecia o dito cujo e colocar-se em posição de frango assado? Ir para um ginásio, estar oito meses a fazer alongamentos, para ter ginástica suficiente para ser uma self made woman e rapar-se a si própria? Correr o risco de pedir ao amigo às cores para o fazer, correndo o risco de sentir uma penetradora surpresa?

Minhas concidadãs, temo não ser portador da verdade absoluta, que não abro o fecho e tiro uma solução milagrosa: para oferecer, mais não tenho, que solidariedade e preocupação e total disponibilidade para trabalhar convosco numa solução que possa agradar a todos!

quinta-feira, julho 01, 2010

Portugal perdeu contra Espanha

Infelizmente a esmagadora maioria das pessoas pensam que estou a falar de um jogo de futebol: porque a grande derrota foi a decisão da venda da "vivo"!
Mas isso não interessa nada! Porque afinal de contas o Bava ganha menos que o Ronaldo e, sinceramente, se tivesse ido ao Mundial não fazia muito melhor...

E depois...

E depois... há aquelas coisas de um tipo estar num Congresso sobre o uso da Internet no ensino de Direito.. e um congresso nao tem Internet! Ao menos, há as gajas: uma delas, tem menos de 50 anos e tudo...

Adenda: Como posso continuar agnóstico depois da prova que Deus existe! PS - não contem a ninguém, mas acho que o jantar vai ser sushiiiiiiiiiiiiii

Orgulhosamente tugas...

Escrevo estas linhas a correr, a preparar a viagem para um congresso, numa cidade ainda mais quente que Beja. Ao longe as notícias de uma Assembleia Municipal onde se grita a inexistência de dinheiro para fazer face aos compromissos que no passado foram assumidos!

Por estas linhas estarem a ser gravadas a meio da tarde de terça-feira, desconheço se o Ronaldo e companhia são heróis nacionais ou um bando de porcos ordinários que foram para África gastar o dinheiro que andam a roubar aos pobres e aos trabalhadores!

Provavelmente por culpa do Pulido, hoje deve ter sido o dia mais quente do ano! E quando digo quente, refiro-me à temperatura atmosférica e não sobre a discussão sobre a iniciativa Beja Wine Night que vai ter lugar no Castelo no próximo sábado.

Para muitos portugueses Julho é o mês perfeito para as férias; mas infelizmente cada vez são mais os portugueses que não podem ir de férias! Por culpa deste e dos outros governos o que confirma a minha tese que o Pais devia ser sempre governado pela oposição! Porque ano após ano percebemos que todas as oposições têm o segredo da perfeição e quem ocupa a governação é inapto para a função!

Veja-se o caso do PCP Beja que começou a semana a exigir transparência! Em mais de trinta anos no Governo da cidade nunca a praticaram e bastaram seis meses afastados dos Paços do Concelho para perceberem o quão importante é este valor!

Por falar em Paços do Concelho, nesta que será a ultima crónica desta temporada, deixo um conselho ao Passos que é Coelho: caso queira mesmo ser Primeiro Ministro, e ter de aturar os tugas, siga o conselho do Durão Barroso e fique quieto quietinho, que os portugueses têm pouco apreço por quem apresenta ideias!

Porque isto de ser português, este estranho povo que não se governa nem se deixa governar, este povo que se queixa confortavelmente sentado, mais que um fado é uma estranha forma de vida!