sexta-feira, dezembro 31, 2010

Dizem que dá sorte... (com Adenda)


Adenda: E eu que estava convencido que a sorte, era começar o ano sem elas...

Sinto-me algures entre o sensibilizado e o sensível...

Faz amanhã quatro meses que não fumo. Nem um cigarro! Para evocar e comemorar este facto, a Câmara Municipal de Beja vai dar esta noite uma festa, na Praça da República, com uma banda pop e a maioria dos bares da cidade. Dizem até que há farturas, fogo de artifício, montes de gajas molhadas com cuecas novas, sendo que, muitas delas, vão acabar a noite de 4, não necessariamente a vomitar!
O Miguel e o Jorge muitas vezes chatearam-me os chifres com a história de fumar muito, mas não era preciso isto tudo: excederam-se!
Mas confesso: fiquei comovido! Aliás.. com o entusiasmo até deixei sair um peidinho!

Camões...



Vestibular da Universidade da Bahia cobrou dos candidatos a interpretação do seguinte trecho do poema de Camões:

             'Amor é fogo que arde
             sem se ver,
             é ferida que dói e não se sente,
             é um contentamento descontente,
            dor que desatina sem doer '.

Uma vestibulanda de 16 anos deu a sua interpretação :

             'Ah, Camões!, se vivesses hoje em dia,
             tomavas uns antipiréticos,
             uns quantos analgésicos
             e Prozac para a depressão.
             Compravas um computador,
             consultavas a Internet
             e descobririas que essas dores que sentias,
             esses calores que te abrasavam,
             essas mudanças de humor repentinas,
             esses desatinos sem nexo,
             não eram feridas de amor,
             mas somente falta de sexo !'

A Vestibulanda ganhou nota DEZ: pela originalidade, pela estruturação dos versos, das rimas insinuantes, e também foi a primeira vez que, ao longo de mais de 500 anos, alguém desconfiou que o problema de Camões era apenas falta de mulher.

quinta-feira, dezembro 30, 2010

A merda dos blogues...

Eu gosto de blogues! Acho-os um excepcional meio de comunicação! Desde puto que escrevo, em pequenos cadernos, alguns que guardei, muitos que joguei fora: preciso de palavras! É com elas que me perco, são nelas que me encontro é com elas que converso! 
Como sou o primeiro a reconhecer que os blogues, especialmente em cidades mais pequenas, podem ser armas políticas: parece-me axiomático que a mudança em Beja também passou pela blogosfera! (aliás, não é coincidência, que logo após as eleições o PCP tenha promovido a criação de vários blogues!).
Muito por influência do João Espinho - e não reconhecer isto, era burrice! - a blogosfera bejense é desde há anos profundamente activa, colmatando a ausência de tertúlias e de espaços de reflexão, sendo, por estes dias, em Beja existem mais de uma centena de blogues activas, um número deliciosamente pornográfico!
Mas quantidade não é qualidade: e a blogosfera bejense está uma merda! Algo absolutamente intragável! E falo de todos, obviamente incluindo o meu! 
Não apenas andamos todos com imaginação - no meu caso, a este acresce uma profunda falta de paciência -, os textos andam fraquitos como, e isto é o mais importante, as caixas de comentários metem nojo! Aliás... se formos todos honestos, percebemos que há uns meses (ou um ano e pouco!!) que se tornou impossível um debate de ideias inteligente nos comentários, porque aparece sempre um parvo a insultar alguém! Quando os insultos não aparecem nos próprios textos... (aliás.. os comentadores mais interessantes, estão a fugir dos blogues, sem paciência para a ordinarice e baixa política!)
A responsabilidade é nossa e é de todos! Sendo maior daqueles que, como eu, há mais anos têm blogues, têm mais leitores e como tal mais responsabilidades! No meu caso, vou assumi-las: mesmo sem moderação, vou moderar os comentários, regressando ao velho hábito de não responder a provocações! E fico a repto para que os outros se esforcem igualmente no mesmo sentido!

Levei a coerência até ao fim...

... e não tive paciência para ver um único dos debates para as eleiçõezinhas de Janeiro! E... ainda pondero se me dou ao trabalho de ir votar em alguém!

Não é para me gabar...


... mas eu sou óptimo a fazer isto e por um preço bem mais simpático! (e não havia um dia melhor para o escrever!)

quarta-feira, dezembro 29, 2010

Estou chocado...

Vinte mulheres fazem compras no Continente de Beja só em cuecas para ganharem uma lagosta e uma garrafa de espumante ranhoso! Veja aqui a reportagem, com fotos!

E assim falou Zaratustra...

Confrontado com a novela de ano novo em que os protagonistas são o Presidente da Câmara de Beja e o Presidente da Câmara da Vidigueira, lavam a mútua roupa sobre a existência ou não de uma dívida da segunda para com a primeira, Manuel Narra afirmou: ganhem juízo!

Gadjets...


Eu gosto de gadjets! Também gosto de gajas, mas não foi lapso e serve o presente para confirmar algo absolutamente patético: eu gosto de gadjets! Tenho vergonha de gostar, mas gosto! Aliás.. esta premissa também se aplica a gajas!
Mas o mais patético da coisa é que gosto mas não percebo nada, não tenho a menor apetência, paciência ou jeito! Para os gadjets! E infelizmente, não apenas!
Perdi a conta a quantos telemóveis e portáteis tive, do meu especial talento para avariar estas máquinas maravilha, a minha total incapacidade para lidar com estas máquinas, a excelência com que eu não faço a menor ideia da razão porque estas coisas têm tantos botões e para que os maricas dos botões servem!
Envergonho-me quando compro gadjets, porque sei perfeitamente que é um desperdício de tempo e dinheiro, porque não sei lidar com estas geringonças e não tenho a menor paciência para aprender! Mas… ao menos sinto-me tuga e durmo mais consolado…

Personagem Regional do Ano

Pedro Caixinha! Melhor início era impossível... Aconteça o que acontecer no resto da época, 2010 foi o ano dele!
(António Zambujo e os Virgem Suta, também ficavam bem aqui!)

terça-feira, dezembro 28, 2010

Este país enlouqueceu...

Não consigo uma foto, mas pode ver o vídeo: algumas dezenas de gajos e gajas passaram uma noite em lingerie num centro comercial, para ganhar duas peças de roupa! (pela terceira, havia gajas que davam a pinta!).
Veja aqui, caso não acredita! Porque por vezes, temos mesmo de ver para acreditar!

Socorro...

... sou tio de um pré-adolescente que hoje faz 12 anitos e tem cabelo à fodasse! Mas ... mesmo assim sou doido por ele!

Como seria hoje notícia a história do capuchinho vermelho... (Com Adenda)



Telejornal - rtp1 - "Boa noite. Uma menina chegou a ser devorada por um lobo na noite de ontem... mas a actuação de um caçador evitou uma tragédia"  
JORNAL DA NOITE - SIC "Vamos agora dar-lhe conta de uma notícia de última hora. Uma menina foi literalmente engolida por um lobo quando se dirigia para casa da sua avó! Esta é uma história aterradora mas com um final feliz... o Sr. telespectador não vai acreditar mas, esta linda criança foi retirada viva da barriga do lobo! Simplesmente genial!"
JORNAL NACIONAL - TVI "... onde vamos parar, onde estão as autoridades deste país?! A menina ia sozinha para a casa da avó a pé! Não existe transporte público naquela zona? Onde está a família desta menina? E a Comissão de Protecção de Menores? Tragicamente esta criança foi devorada viva por um lobo. Em épocas de crise, até os lobos, animais em vias de extinção, resolvem aparecer?? Isto é uma lambada na cara da actual governação portuguesa."
CORREIO DA MANHÃ - "Governo envolvido no escândalo do Lobo"
JORNAL DE NOTICIAS - "Como chegar à casa da avozinha sem se deixar enganar pelos lobos no caminho"
Revista MARIA - "Dez maneiras de levar um lobo à loucura na cama"
LUX - "Na cama com o lobo e a avó"
EXPRESSO Legenda da foto: "Capuchinho, à direita, aperta a mão do seu salvador". Na reportagem, caixa com um zoólogo explicando os hábitos alimentares dos lobos e um imenso infográfico mostrando como Capuchinho foi devorada e depois salva pelo lenhador.
PÚBLICO - "Lobo que devorou Capuchinho Vermelho seria filiado no PS"
O PRIMEIRO DE JANEIRO"Sangue e tragédia na casa da avozinha"
CARAS - Ensaio fotográfico com Capuchinho na semana seguinte: Na banheira de hidromassagem, Capuchinho fala à CARAS: "Até ser devorada, eu não dava valor à vida. Hoje sou outra pessoa."
MAXMEN - Ensaio fotográfico no mês seguinte: "Veja o que só o lobo viu"
SOL - "Gravações revelam que lobo foi assessor político de grande influência"
DIÁRIO DO ALENTEJO - Pulido faz mal ao capuchinho apenas porque estava de vermelho! 
RADIO VOZ DA PLANICIE - Só porque é Natal não vamos contar as coisas terríveis que os eleitos do PS fizeram a vários animais domésticos da nossa região"

Adenda de um(a) anónimo(a): Versão H- Quem a mandou ir ter com a avó ? Sabe onde fica a minha casa

(recebido por mail com adaptação)

segunda-feira, dezembro 27, 2010

Quem nasce para monopolista...

... nunca consegue ser concorrência! Abdico de explicar a específica razão que me leva a escrever isto hoje, porque respeito a idade, porque respeito o passado, porque honro a experiência, mas... quem toda uma vida se habituou aos monopólios não se consegue enquadrar numa sociedade concorrencial! Aliás...este é um dos dramas do nosso País: uma estrutura empresarial habituada a chupar a longa teta do Estado, incapaz de sobreviver no mercado!

Nem vou comentar...

Porque não o sei fazer! Porque não sei se devo comentar o facto de a pirralha de 13 anos ter fugido de casa para ser cantora! Ou o facto de o namorado dela também ter fugido! Presumo que também de 13 anos! Que país este onde se namora antes de ter pintelhos!!!

Adenda: Parece que a miuda já apareceu. E aparentemente ninguém lhe deu um murro de boas vindas. Daqui a uns tempos logo voltamos a falar sobre a miuda!!

Há anos e anos que escrevo sobre isso...

... os grandes problemas de Beja são os seus esgotos! A imensa porcaria escondida nos esgotos da cidade!

Porque perguntar não devia ofender...

Quem foi a figura regional do ano?

sexta-feira, dezembro 24, 2010

Porque perguntar não devia ofender

Como é que funciona essa coisa do moche? Como se adere? Quanto se paga? Como é para ter net?!

Porque hoje é Natal!

Para contrariar esse mito absurdo de que eu não gosto do Natal, venho pelo presente firmar e afirmar de que hoje vou passar todo o dia vestido de Pai Natal! As interessadas, podem mandar-me mail a marcar hora, que eu deixo-as sentarem-se no colinho e sussurrarem-se os seus segredos...

quinta-feira, dezembro 23, 2010

Percebem o que significa... boas festas?!

Coisas aqui da terrinha!

Não é normal em mim, mas ontem fui ao Modelo! Ir ao Modelo é uma coisa que raramente faço, excepto praticamente todos os dias! Ontem até era coisa rápida: uns cogumelos frescos, pimentos padron, uma lata de feijão e um livro, para fazer uma feijoada de cabeça de leitão grande! (o livro era para ler!!!).
Indescritível a quantidade de grelos por metro quadrado: a coisa estava tão complicada que não havia um lugar vazio no parque de estacionamento! Desisti e decidi parar o dito cujo na porta de casa! Até que senão quando...
Havia carros terrivelmente e vergonhosamente mal estacionados! Em tudo o que era sítio! Um deles, em cima das zebras junto aos "carrinhos de mão": e foi nesse carro que entrou um Agente da GNR, fardado! Daqueles que ainda não percebe que ser agente policial obriga a dar o exemplo!

Crónicas (Pax e CorreioAlentejo)


1. Escrevo estas linhas horas depois de ter acompanhado o Dr. Rui Sousa Santos na sua última viagem! A notícia encontrou-me na cama, numa manha gélida de sábado e apesar de ter 4 mensagens com o mesmo texto, senti necessidade de ligar a um amigo para confirmar a notícia! Não era – e deixei-me sublinhar este ponto para evitar hipocrisias – amigo do Dr. Rui Sousa Santos, com quem tive tantas convergências como divergências, mas alguém que aprendi a respeitar, pela força com que lutava pelas suas convicções, pela frontalidade da sua divergência, pelo sentido cívico de alguém que tendo uma carreira onde se ganha bem, tinha paixão pelo serviço público!
João Espinho escreveu no seu blogue ao comentar a notícia que a morte é uma besta! Como tantas outras vezes discordo dele, penso que coloca as coisas na perspectiva errada: a vida é que é uma besta!
A brutidade cruel de uma morte não anunciada, especialmente de alguém que estimamos, obriga-nos a ponderar o sentido da vida, a meditar sobre as nossas escolhas, os nossos percursos, os nossos erros e falhas, as parvoíces que fizemos no nosso percurso! Mostra-nos de forma nua, crua e bruta como a vida é algo absolutamente raro e precioso para desperdiçarmos em amuos absurdos, na cobiça tresloucada pelos bens materiais, em guerrinhas estéreis e histéricas. Sobretudo, importa aprender a viver com decência, com honra, valores e princípios e, quando chegar a inevitável hora, ter a certeza de que se viveu, poder sorrir e dizer que fomos felizes, que vivemos, que não nos limitámos a estar vivos!

2. Perco a noção de quantas vezes falei do Centro Histórico de Beja, nestas e outras crónicas que subscrevo! Mas sei que foram muitas! Ou quiçá até demasiadas! Há uns tempos, um dos meus amigos comentadores anónimos, parodiava-me, sugerindo que o Pulido Valente me oferecesse a Praça da Republica para brincar aos eventos!
Gozem-me o quanto quiserem, mas defenderei sempre que a riqueza das cidades está na sua história e só conseguir conjugar o passado com o presente nos garantirá o futuro! E no último ano a Praça da Republica em Beja tem tido uma dinâmica muito interessante, que merece ser sublinhada e aplaudida! Claro que todos vamos desejar sempre mais, mas quando os Virgem Suta encerrarem este ano, será o quarto ou quinto evento significativo que a Praça recebe, invertendo uma tendência de décadas onde esta foi definhando, lado a lado com a cidade!
Infelizmente por estes dias, muitos ateus e alguns agnósticos, vão rezar afincadamente para que na passagem do ano chova horrores, para na semana seguinte encherem os blogues de comentários extasiados a festejar o fracasso da passagem do ano, recordando o “tempo da outra senhora” onde tudo era perfeito e fantástico! Porque infelizmente há demasiados e mesquinhos interesses em jogo, pessoas, associações e empresas com dinheiro a ganhar ou a perder, profunda mesquinhez, uma paixão pela maledicência e uma imensa incapacidade de aceitar a diferença!
Noticias como a desta semana, na sua bruteza, obrigam-nos a pensar, a distinguir o principal do acessório, a perceber que há coisas mais importantes do que aquelas com que estragamos os nossos dias! Porque sempre que morre alguém que ama Beja, Beja fica mais triste, fica mais pobre, fica com menos uma voz para a defender, dos bastardos que usam a cidade para se beneficiarem!

quarta-feira, dezembro 22, 2010

Porque é Natal

Penso, logo existo...

Eu sou geneticamente despistado! Não é apenas meter gasolina em vez de gasóleo, ou por mil e duas vezes deixar ligadas as luzes do carro, perder 342 vezes os óculos de sol, uma total incapacidade para decorar o nome das pessoas e trata-las por o nome da terra, linda ou maior, uma deliciosa propensão para tropeçar e torcer o pé, deixar ligado o ac aqui do covil, esquecer-me de ir ao correio e ter de pagar as contas todas com multa ou, cortar-me todas as semanas, pelo menos uma vez, enquanto faço jantares! Aliás... o penso rápido nos dedos, faz parte do meu estilo de vida!
Mas este post é para falar da mais cruel das pequenas feridas: a ferida no polegar da mão esquerda! Porque o polegar é um dedo importante e porque, mesmo para um gajo de direita, a mão canhota dá jeito! E a questão é esta: tem o leitor consciência da dificuldade em abotoar os botões do parque de diversões quando temos um dói-dói no polegar?! Tem a noção do drama de estar ali um ou cinco minutos a tentar enfiar o botão no respectivo buraco?!
Pode o mais distraído dos amigos pensar, que é sempre possível pedir ajuda! Nada mais falso! Se cometer a insanidade de pedir ajuda a uma amiga, ela começa com a história que sabe abotoar com a boca e quando protestamos e dizemos que onde ela tem a boca não é botão, elas respondem com aquela cara perversa, "não te apoquentes, que eu não estou a abotoar" e continuam ali feitas badalhocas, insensíveis aos nossos protestos! E já ouvi dizer, que alguns gajos fazem o mesmo!
Por tudo, devem os senhores fabricantes de calças de ganga, ressuscitar o velho "fecho das calças", porque, entre o risco de entalar a pila no fecho ou a mesma ser devorada por uma doida, entale-se a dita cuja! Até porque, sem ela, os homens eram bem mais felizes...

Porque dizem que é Natal..

Se o meu leitor pudesse escolher uma prenda de Natal, o que escolhia? (e não me venha com a treta da paz no mundo, que isto é um blogue, não um concurso de Miss)

terça-feira, dezembro 21, 2010

Porque 35 anos são 34 mais um...

Parabéns! E que venham mais 35.

Ana Brites Vasconcelos

Por óbvias razões, evito trazer para o blogue questões do futebol regional: abro a excepção para desejar todas as felicidades do mundo para a árbitra Ana Brites Vasconcelos (eu escrevo no feminino!) recentemente "contratada" pela Associação de Futebol de Beja.
Sem a menor dúvida que os nossos campos de futebol por estes dias andam mais bonitos...

A doce mania de atestar o carro...

Atestar o carro de gasolina não é má ideia. Excepto se o carro é a gasóleo...

segunda-feira, dezembro 20, 2010

Numa linha, porque estou sem paciência!

Mudanças estruturais não se fazem nas férias de Natal! Copiar os melhores não é plágio: é inteligência!

Porque perguntar não devia ofender!

Afinal o cheque da CMVidigueira é para pagar o quê?! Porque se é um pagamento adiantado para resolver os problemas dos trabalhadores, merece os parabéns! Porque se é a Vidigueira a pagar o atraso de Barrancos é, não apenas ilegal, como uma profunda parvoíce!

Posta roubado: os lugares não se deixam vazios!

Roubei este post ao Jorge Barnabé porque gosto do Jorge e, grosso modo, concordo com o que fica escrito! Mas sobretudo, apeteceu-me roubar o post, porque o Jorge gosta de ética no política e com a mesma verticalidade que critica opções do seu partido, não é cego a boas práticas no partido alheio!
"A nova dinâmica mediática do PSD no Distrito liderada por Mário Simões não é de estranhar. MS pode ter muitos defeitos, como todos, mas é combativo e determinado nas suas acções. Conheço-o do tempo em que confrontavamos as lideranças da JS e da JSD a nível distrital há mais de uma década. E sei que ele é assim, não desiste de intervir, mesmo que seja um disparate o que tem para dizer e muitas vezes o próprio sabe que será um disparate.
Mas tanto mediatismo não é despropositado. Vem da sua personalidade mas também de dois aspectos fundamentais em política: em primeiro, criou as condições de unidade em torno da sua candidatura e fê-lo sentando à mesa, em sua volta, as partes em conflito. É uma vitória indesmentível que o credibiliza até junto daqules que não simpatizam com ele. Que diz muito da sua capacidade de agir tanto como fala - e discordo do que tem para dizer na maioria das vezes; em segundo, ganha o espaço vazio deixado pelo PS regional, que sem intervenção coerente e estratégica, sem capacidade ou sem habilidade para defender os projectos regionais lhe permite semana após semana marcar a agenda política. E a haver eleições antecipadas...
Estes factores poderão parecer irrelevantes mas não o são porque em política quando comprometemos uns (PSD) e anulamos outros (PS) temos todas as condições para afirmar a nossa voz, mesmo que seja muita demagogia... sobretudo se for com demagogia. E Mário Simões sabe bem que se devem ocupar os lugares vagos".

sábado, dezembro 18, 2010

Coisas minhas...

Podemos construir mil teorias e sonhos, lutar contra moinhos de vento, procurar ter o mundo nas mãos, mas no fim da noite, quando nos encontramos connosco, só uma pergunta importa: és feliz?!

Até sempre, Dr.

Não éramos amigos íntimos! Com ele tive convergências, mas, não escondo, várias divergências. Mas há um respeito que sempre foi mútuo e que se sobrepõe a tudo o resto.
Quando vi a sms perdi o fôlego! Liguei a um amigo dele, que não me conseguiu confirmar a notícia, porque estava absolutamente chocado! E confesso que também estou!
O Dr. Rui Sousa Santos, com os seus defeitos e virtudes é alguém que sempre lutou pelas suas convicções: e eu admiro pessoas assim!
Eu sei que o texto está uma merda, mas esta notícia é daqueles que nos sem conseguir pensar! Excepto em como a vida é precária!

Sobre o estranho mundo das redes sociais - II

Não sei se os blogues são parte daquilo a que chamam redes sociais! Mas se o blogue for uma rede social isso significa que sou viciado em redes sociais! Sim, sem merdas, não vou esconder ou escamotear que o Viagra e Prozac é o meu vício! Talvez um dia ganhe coragem para contar como nasceu, talvez no mesmo dia que desnude a centésima razão para amar Beja, mas a patética verdade é que os disparates que aqui escrevo, tornou-se parte do meu equilíbrio! Ou do meu desequilíbrio, porque por vezes as fronteiras são como as cuecas!
Também tenho Facebook – da mesma forma que tive Orkut e Hi5, ou usava o yahoo Messenger ou o do MSN -, mas, não obstante até usar agora com alguma regularidade o FB, onde, pasme-se, não sou insultado porque lá as pessoas assinam, é no blogue que me perco e me encontro!
Mas prometi escrever sobre redes sociais, sobre o seu estranho fascínio, sobre a sua profunda dependência, sobre as suas contradições, sobre a solidão acompanhada!
Há algo de profundamente ridículo nas redes sociais! São tudo aquilo que eu não gosto: há uma clara exposição das nossas vidas, um desfilar imenso e intenso de trivialidades, virtualmente impossível trocar argumentos válidos porque os textos são demasiado curtos, tantas e tantas vezes, estas redes funcionam como putaria da velha e boa, onde homens e mulheres jogam a rede e procuram a sua sorte num motel perto de si ou num descampado agradável!  Claro que eu podia armar-me em erudito e desfilar aqui as razões ponderosas, brilhantes e eloquentes da sociedade da informação & conexos, mas o fascínio pelas redes sociais é a nossa atracção pela superficialidade, a paixão pela trivialidade! E pela cusquice: porque a malta masturba-se a ver as fotos de quem não conhece, a ver quem é amigo de quem, o que cada um escreve ou a quem escreve! E tantas e tantas vezes, mentes pequenas, chegam mesmo a pensar que aquilo que aparece escrito é verdade e convencem-se que conhecem os outros! 
Mas… qual o drama de no fim de um dia cansativo ser superficial, trivial, qual o pecado capital de no fim do dia, despir a gravata, enfiar o Dr.º na gaveta e ser apenas alguém que, apesar de tudo, ainda não desaprendeu a brincar, que goza consigo próprio, que finge que não sabe aquilo que nunca esqueceu?

sexta-feira, dezembro 17, 2010

Que treta!

Eu com a porcaria do telemóvel sou como as mulheres com as cuecas: passo o tempo sem saber onde está, estrago-os a um ritmo assustador! Acho que vou fazer como vocês e deixar de usar...

Cambada de aldrabões...

Uma Homenagem aos meus leitores machos


Tenho um conselho valioso para dar aqui: se acabaste de conhecer um rapaz, estiveste com ele algumas vezes e já estás começando a imaginar o dia do teu casamento e o nome dos teus filhos, pára agora e escuta-me! Na próxima vez  que o encontrares, tenta disfarçadamente descobrir como é a barriga dele.
 Se for musculosa, torneada, estilo atleta, foge! Começa a correr agora e só pares quando estiveres a uma distância segura. É péssima, vai por mim.
 Homem bom de verdade precisa, obrigatoriamente, de ostentar uma barriguinha de cervejoca. Se não, não presta. Estou-me referindo àqueles que, por não colocarem a beleza física acima de tudo (como fazem os malditos metrossexuais), acabaram cultivando uma pancinha adorável. Esses, sim, são pra manter por perto. E eu digo porquê.
 Nunca verás um homem barrigudinho tirar a camisa dentro de uma discoteca e dançar como um idiota, em cima do balcão. Se fizer isso, é para ter graça e provavelmente será engraçado, mesmo. E os atletas? Farão isso esperando que todas as mulheres do recinto caiam de amores - e eu tenho dó das que caem. Quando se sentam num bar, numa tarde de calor, adivinha o que os pançudos  pedem pra beber? Cerveja! Ou coca-cola, tudo bem também. Mas nunca os veras pedindo sumos, nestea ou Diet Coke. Ou, pior ainda, um copo com gelo, para beber a mistura patética de vodka que trouxe de casa. E não serás informada sobre quantas calorias tem um copo de cerveja, porque eles não sabem e nem se importam com essa informação. E no quesito comida, os homens com barriguinha também não deixam dúvidas.
 Nunca irás ouvir um "ah, amor, bife é gostoso, mas podias provar uma `McSalad? com água de coco. Nunca! Esses homens entendem que, se eles não estão em forma perfeita o tempo todo, tu também não precisas de estar. Mais uma vez, repito: não é para chegar ao exagero total e mamar leite condensado na lata todos os dia! Mas uma gordurinha aqui e ali não matará um relacionamento. Se ele souber cozinhar, então, bingo! Encontraste a sorte grande, amiga. Ele vai fazer para ti todas as delícias que sabe, e nunca torcerá o nariz quando repetires o prato. Pelo contrário, ficará feliz.
 Outra coisa fundamental:  Homens barrigudinhos são confortáveis!  Experimenta pegar na tábua de passar roupa e deitar-te em cima dela. Pois essa é a sensação de se deitar no peito de um musculoso. Terrível! Gostoso mesmo é encaixares-te no ombro de um fofinho, isso que é conforto.  E na hora de dormir em conchinha, então? Parece que a barriga se encaixa perfeitamente na nossa lombar, e fica sensacional.
 Homens com barriga não são convencidos, nem prepotentes, nem donos do mundo. Eles sabem conquistar as mulheres por maneiras que excedem a barreira do físico. E eles aprenderam a conversar, a ser bem humorados, a usar o olhar e o sorriso para conquistar. É por isso que eu digo que homens com barriguinha sabem fazer uma mulher feliz.
(recebido por mail!)

quinta-feira, dezembro 16, 2010

Ecografias

Vi agora uma ecografia e fiquei absolutamente extasiado! São absolutamente fantásticas! In casu era de um feto com 936 meses semana e deixou-me deliciado!

Hoje o dia acordou...

... com um calor realmente esquisito!

A wikileaks


Nas últimas semanas tenho assistido a orgasmos colectivos com a incontinência verbal do wikileaks, mormente sobre o desvendar dos segredos diplomáticos americanos! 
Deixei-me ser assertivo! Por nenhuma razão especial, apenas porque acho a palavra absolutamente soberba e sempre me apeteceu utiliza-la numa crónica matinal! Já agora, sou ainda assertivo para deixar claro um aspecto: nada me move contra a pornografia, mas esta apenas tem graça quando os interessados concordam com a existência da mesma!
Porque é de pornografia – e de pornografia da má – que falamos quando dissertamos sobre a wikileaks! De tudo o que foi tornado público não há absolutamente nada de profundamente relevante, com excepção dos locais estratégicos para atacar os Estados Unidos, pelo que, as famosas fugas de informação confidencial, privilegiada e estratégica são meras coscuvilhices de taberna, matérias de revistas cor-de-rosa de segunda categoria!
Percebo este encanto: espreitar pelo buraco da fechadura e ver a vizinha em cuecas fio dental poderá ter alguma graça; mas assusta-me quando estadistas se comportam como trolhas!
O que a Wikileaks fez por estes dias é perigoso e patético,  é tudo menos informação, em nada se relaciona com liberdade de informação, antes é uma devassa inadmissível de correspondência privada, uma devassa dos segredos de um país democrático, algo absolutamente intolerável num qualquer Estado de Direito Democrático.
Cheira-me mal, muito mal, este processo judicial onde o mentor da wikileaks é acusado de crimes sexuais, ainda que num País de democracia fantástica como a Suécia, com, acho vergonhoso e inaceitável as pressões económicas para matar o site! Mas com a mesma veemência que sou claro no que deixei escrito, não esqueço nem escamoteio que o citado senhor devia estar preso por violação grosseira de regras básicas do Estado de Direito e, confesso, que me faz confusão, como quem lutou pela democracia agora esteja cego e não perceba que estes actos são intoleráveis!
Não gosto da forma como as pressões sobre o site aconteceram, mas não esqueço o essencial: e o essencial é que estamos perante um inadmissível e canalha combate contra os EUA!


Porque com todos os seus infinitos defeitos e contradições, durmo melhor por saber que os Estados Unidos existem. Porque foram os americanos que salvaram a Europa uma vez, porque são os americanos que defendem, contra o mundo, a sobrevivência da nossa forma de estar na vida!

quarta-feira, dezembro 15, 2010

Carlos Pinto Coelho...

Portugal ficou esta noite mais pobre. A cultura portuguesa tem mais uma razão para saudade.
Até sempre...

Orçamento aprovado

O orçamento da CMB foi aprovado sem demasiado ruído, com uma posição cooperante dos vereadores CDU, que este ano fizeram o que deviam ter feito, ou seja, abstiveram-se! A ausência de grandes críticas faz intuir que o mesmo vá acontecer na Assembleia Municipal, oferecendo a JVP as condições para governar como entender.
Aplaudo esta posição da CDU, da mesma forma que aplaudi o PSD com o Orçamento de Estado: quem tem pretensões a governar, seja uma cidade ou um País, não pode limitar-se a ser demagogo: nos momentos cruciais tem de ser responsável e viabilizar orçamentos é uma forma de responsabilidade! Erraram o ano passado, emendaram a mão este ano e por isso estão de parabéns!

PS - Uma breve nota sobre tolices: é tão dificil reconhecer que fazer o ano novo na Praça foi uma boa ideia? Tanta cegueira faz aflição!

O teste de ontem...


Eles eram duas crianças a viver esperanças, a saber sorrir. Ela tem cabelos louros, ele tem tesouros para repartir. Numa outra brincadeira passam mesmo à beira, sempre sem falar.Uns olhares envergonhados e são namorados sem ninguém pensar, com medo do pai dela, que lhe prometeu uma sova, se ela namorasse antes dos dezoito anos.
Foram juntos outro dia, como por magia, no autocarro, em pé. Ele lá lhe disse, a medo: "O meu nome é Pedro e o teu qual é?" Ela corou um pouquinho e respondeu baixinho: "Sou a Cinderela, e se queres namorar comigo, tens de oferecer-me um iphone 4 comprado na Worten de Grandola”.
Quando a noite o envolveu ele adormeceu e sonhou com ela...Então, Bate, bate coração, louco, louco de ilusão, que a idade assim não tem valor e ele é menor mas trabalha desde os 16, mas como gasta o dinheiro todo a viajar entre Lagos e Évora, pediu emprestada à avó e ofereceu-lhe a prenda.
Crescer, vai dar tempo p'ra aprender, vai dar jeito p'ra viver, o seu primeiro amor. O seu, do Pedro, que era filho de pai invisual, profundamente rico e de uma mãe leviada, que dormia com outros homens, até mesmo um vizinho barrigudo de barbas grandes que em Dezembro vestia-se sempre de vermelho, presumo por ser do Benfica!
Cinderela das histórias, a avivar memórias, a deixar mistério, já o fez andar na lua, no meio da rua e a chover a sério, embora, quando isso aconteceu, ele tinha bebido demasiado e, perdidamente embriagado, comprou um guarda-chuva amarelo.
Ela, quando lá o viu, encharcado e frio, quase o abraçou, com a cara assim molhada, ninguém deu por nada, ele até chorou...
E agora, nos recreios, dão os seus passeios, fazem muitos planos, e dividem a merenda, tal como uma prenda que se dá nos anos, porque, como se sabe, é tradição dar uma prenda de aniversário!
E, num desses bons momentos, houve sentimentos a falar por si, ele pegou na mão dela: "Sabes Cinderela, eu gosto de ti..."
Quid Juris

Compra que é muito bom e nunca se avaria...

terça-feira, dezembro 14, 2010

O mundo é o lugar dos contrastes!

Uma pessoa lê isto e pasma-se: na minha terra, isto acontece em privado, quando usam saias e pedem!

As listas..

Eu faço listas! Gosto de fazer listas! Chegou mesmo a fazer uma lista onde consta fazer uma lista! Especialmente da única lista que sou incapaz de fazer, que é a lista das compras no Supermercado. Por pudor e por receio: receio de a lista ficar bem feita e começar a ir ao Modelo apenas uma vez por semana! E só ir um dia por semana ao Modelo será o mesmo que uma tipa masturbar-se com tesouras na mão!
Na minha mesa de trabalho, tenho 3 listas de coisas diferentes, uma pessoal - a tal onde escrevi que queria comprar um guarda-chuva e fumar menos, tendo falhado redondamente na primeira -, outra de artigos a escrever e outra de uma imensidão de pequenas coisas! 
Listas que se vão sobrepondo e renovando, listas onde invariavelmente falo no vício do blogue, listas onde escrevo os erros do passado que não quero repetir e repito outras e outras vezes, a lista das pequenas tolices que gostava de comprar mas que depois desisto de comprar exactamente porque são tolices, as listas das verdades que apenas consigo escrever!

Sou totalmente contra o Metro de Beja!

Por isto! No que depender de mim, jamais haverá metro em Beja!

Achei piada a isto!

segunda-feira, dezembro 13, 2010

Vão se fundir...

Embora ainda estejam nos preliminares, há reciproco desejo de se irem fundir! Uma boa notícia: defendo-o há muito tempo e era importante para a região ter uma verdadeira associação empresarial!

Havia tanto para dizer...

... mas agora não me apetece dizer nada!

Porque foi assim que aconteceu...

Por uma indisposição de um familiar, a tarde de Domingo foi passada no Hospital de Beja! Felizmente é local onde tenho parcas experiências, sendo que três delas são excepcionais! 

Obviamente que a parte da espera é terrível, mas a pura verdade é que fui muito bem recebido - a enfermeira da triagem era giríssima e quase que lhe pedi para me examinar todinho - o médico espanhol simpático e para este parvo que vos escreve pareceu competente, exames foram pedidos e feitos, com muita gentileza e simpatia por parte de todos! Claro que não me apeteceu ficar doente - embora pondero começar a ir passear para o Hospital em vez do Modelo - mas era bom que as coisas fossem sempre assim!
E porque raramente alguém se levante para elogiar os nossos serviços de saúde, faço-o esta noite!

sábado, dezembro 11, 2010

Obrigado Senhora Ministra

Um estudo - daqueles sérios e credíveis - da OCDE veio dizer que Portugal melhorou bastante na educação! E nenhuma notícia é mais importante do que esta: o maior pecado do País são as carências no sistema educativo, que forma gerações de iliteracia e de péssimos cidadãos! 
Mas estes resultados têm um nome: Maria de Lurdes Rodrigues! Por inúmeras vezes defendi a antiga Ministra, de quem sempre disse que a foi a melhor Ministra da Educação do Portugal democrático! Afirmei mesmo em 2007 que ainda teria direito a uma estátua!
Fez um trabalho excepcional - não obstante ser politicamente inábil - e este estudo internacional é a sua recompensa! Como põe a nu a hipocrisia! A hipocrisia de Sócrates que a deixou cair e agora esqueceu-a - colocando no seu lugar uma Ministra Aventura que a primeira coisa que fez foi abrir as pernocas aos sindicatos - a hipocrisia de todos aqueles que durante anos lhe fizeram a vida num inferno! Se Portugal fosse um País de gente normal o otário da Fenprof demitia-se esta semana e ia trabalhar como as pessoas!

Lombinho à Outono

Proibida a Leitura a Homens Casados

Minhas caras amigas, sendo que agora expresso-me concretamente para as casadas infiéis, ou fiéis mas badalhocas, esta noite pensei em vocês, com roupa e profunda decência e ofereço-vos uma receita simples e singela, mas capaz de enganar os tontos dos vossos maridos, que são levados a pensar que vocês passaram toda a tarde a cozinhar um delicioso repasto, enquanto vocês tiveram a fornicar padeiros ou outros artífices!
Mais do que isso!  Isto é tão simples de fazer que ate gajas conseguem!
A coisa começa como todos os meus outros cuzinhados: como uma ida ao Modelo! Depois de andar a passear a admirar as prateleiras - ou se preferir, olhar para as estantes - vá ao Pingo Doce e compre lombinho de porco, - branco se for para mulheres jantar, preto se for para homens -, cogumelos bons - nem pense em usar de lata nisto - e castanhas!
Parta os lombinhos em bocados do tamanho de bocados não muito grandes nem muito pequenos de lombinho de porco, junte-lhe louro, sal, um cheiro de vinho e deixe o lombo ir à vida dele por cerca de uma hora, mais hora, menos hora! Depois coloque uma frigideira ao lume com azeite e três dentes de alho inteiros! Quando os alhos começarem a pular de contentes junte o lombo, com os cogumelos partidos em quatro partes e as castanhas! Se tiver paciência e bom senso descasque as castanhas: se estiver com preguiça, parta-as ao meio e jogue-as lá para dentro! Se tiver companhia junte muito picante e flor de sal! Deixe cuzinhar devagar, deixando o calor penetrar levemente no cuzinhado!
Sirva quando estiver pronto! Com vinho tinto! Pode acompanhar com uma salada maravilha!

Uma verdade inconveniente...

Nós e a Europa!

sexta-feira, dezembro 10, 2010

Parabéns, Finalistas de Gestão!

Os meus pirralhos de Gestão estão piursos comigo porque me baldei ao Jantar de Gala desta noite! E têm razão: este ano não podia ter faltado! Vou agora tomar um café, mas hoje falhei!
Não há umas turmas melhores que outras, mormente em Gestão em que invariavelmente são turmas fantástico, sendo que perdi a conta das vezes que tive a honra de ser padrinho de curso! E não só de Gestão: quer na Estig quer agora na ESEB tenho tido o imenso privilégio de trabalhar com pirralhos absolutamente fantásticos, miúdos que me ensinaram muito, com quem aprendo todos os dias, sendo que não é segredo de estado, que continue no IPB e atura canalhices, porque adoro aquilo que faço, porque me divirto em sala de aula como os miúdos no infantário e não há dinheiro que pague o prazer de fazer o que se gosta! 
Mas se todas as turmas são especiais, os finalistas de Gestão deste ano são ainda mais especiais, por razões que são nossas! (por acaso.. há dois anos atrás, todas as turmas foram especialmente fantásticas!!)
Fica um pedido de desculpas! Com um orgulho imenso de terem arranjado um autocarro para beberem copos sem conduzirem depois!

A crise do açucar!

Há falta de açúcar nos Supermercados portugueses, sendo que, em alguns, já há mesmo racionamento!
Finalmente uma boa notícia! Já não há paciência para tanto cu obeso!

Apaguei um post.

Nunca o tinha feito. Não o voltarei a fazer! Mas... senti que sim!

Subscrevo integralmente!

Como o Orçamento de Estado de 2011 prevê um forte agravamento fiscal, algumas empresas portuguesas decidiram antecipar o pagamento de dividendos aos seus accionistas e, desse modo, evitar o pagamento de impostos. Entre essas empresas, destacam-se, por exemplo, a Portugal Telecom (PT). Em primeiro lugar, importa reconhecer que esse tipo de actuação é completamente legal! Contudo, num país à beira da bancarrota, é inacreditável que seja possível recorrer a esta imoralidade para evitar o pagamento de impostos.
   Mas foi exactamente isso que aconteceu! E com contornos bastante piores do que seria possível prever. Primeiro, o chefe do Governo disse alto e bom som, na TVI, que o procedimento da PT é "imoral". Contudo, depois disso, na Assembleia da República, o PS pôs-se ao lado do PSD e do CDS para chumbar um projecto de lei do PCP que impedia esse expediente da telefónica portuguesa.
   Repetimos: a PT pode fazer o que fez porque a lei lho permite! Mas, à luz do quadro que o país vive e da responsabilidade social que aquela empresa deveria ter, agir deste modo é um exemplo lastimável de oportunismo e falta de senso.
   No meio disto tudo, Sócrates voltou a dar o flanco e obrigou o PS a seguir o mesmo caminho ao lado da direita. Com isso, esmagou por completo a matriz ideológica do partido e todos aqueles que (como Inês de Medeiros, António José Seguro, Eduardo Cabrita, Ana Paula Vitorino ou Miguel Laranjeiro), apesar de não terem mostrado verdadeira coragem para votar contra, souberam, pelo menos, levantar a voz e manifestar desagrado com esta falta de coragem inadmissível. Assim se identificam, mesmo em tempo de grave crise, as razões históricas porque este país está à beira da desgraça.