terça-feira, maio 31, 2011

Porque há ideias que são ainda melhor do que o coito com insufláveis!

Andava mortinho para escrever sobre isto! Aliás, num dos "porque há conversas e outras conversas" cheguei a ameaçar fazê-lo, mas obviamente era necessário esperar por quem de direito publicitar o projecto! Este!
A coisa é uma espécie de farmville mas a sério! Ou seja: eu no meu computador estou a gerir a minha horta e nos imensooosssss terrenos da escola superior agrária de Beja, alunos da licenciatura de qualquer coisa agrícola, seguem as instruções, plantam, tratam, colhem e, pasme-se, remetem para casa! Eu próprio, se tiver inteligência para descobrir onde me inscrever, vou aderir, porque sempre soube que tinha especial talento para ser um agricultor de sofá!
A estupenda ideia é do Luis Luz, professor do IPBeja e sindicalista - mas dos sindicalistas a sério, não daqueles que usam o sindicato para perseguir pessoas que ousam pensar diferente - e é a prova provada de que quando lutamos pelos sonhos tudo é possível! Luís, muitos parabéns! A ideia é fabulástica!!

As razões do meu voto envergonhado: longo e chato!


Já o disse, já o escrevi e hoje reafirmo, Domingo ninguém pode ficar em casa! Porque abster-se – ou votar branco ou nulo, nestas eleições – é abdicar do direito de escolher, é colocar nas mãos dos outros o nosso destino, num abjecto egoísmo de indiferença! E quem se recusa a tomar uma posição, não tem direito para protestar depois! Pelo que fica dito, seja onde for, sejam quais forem os ditames da sua consciência, Domingo faça a sua escolha e vá votar!
Estou convicto que José Sócrates foi o melhor Primeiro-Ministro da democracia portuguesa! Carrego em mim a crença de que se Sócrates tivesse tido as condições únicas de Cavaco Silva, Portugal estaria hoje mais forte, mais sólido, sem necessidade de mendigar avultadas esmolas! Sócrates tem razão quando afirma que o grande problema de Portugal são as corporações: e foi excepcional quando teve coragem para enfrentar os lobbies da saúde e da educação, teve razão mas foi inábil, desastrado e mal aconselhado quando procurou reformar o cancro da justiça! O futuro vai dar razão a este PM pelo seu trabalho nas energias alternativas, na reforma na Segurança Social e na modernização na nossa parca indústria e numa visão estratégica de internacionalização!
Mas infelizmente lá para 2008 Sócrates deixou de governar e teve como única preocupação ficar no Governo! Rodeado de incompetentes, com demasiados amiguinhos do seu tempo de juventude partidária para dar emprego, perdido numa patética mania de fingir que governa apenas para agradar as sondagens, numa péssima relação com a verdade, sem rumo, sem norte, sem sentido, permitiu que Portugal caminhasse alegremente para o abismo! Repito o que uma vez já escrevi: estamos todos fartos do Sócrates, temo é que muitos estejam fartos pelas razões erradas! Porque o mau Sócrates não é o arrogante dos primeiros anos! O mau Sócrates é o que procurou dar tudo a todos quando já nada havia para dar!
Se votasse em Lisboa votava Paulo Portas! Apesar da irritante mania de falsificar gráficos! Porque apesar de tudo, dos cinco é o melhor preparado! Ou no MEP como fiz nas Europeias! Mas voto em Beja! E aqui votar MEP ou CDS-PP era desperdiçar um voto! Como me aborrece votar num candidato que ninguém sabe quem é! Pelo que, por exclusão de partes, com mais dúvidas que certezas, irei votar PSD! Sobretudo pelo Carlos Moedas!
Os políticos, tal como as mulheres e os melões, só depois de se provar é que podemos saber como são! Mas Pedro Passos Coelho oferece-me tremendas dúvidas! Assustam-me as suas companhias – basta ver quem o apoiou por Beja nas eleições internas -, parece-me impreparado, sem um rumo definido, confundido economia liberal com colocar o estado ao serviço dos interesses económicos privados, sem o arrojo para dar o necessário muro na mesa!
Mas apesar de tudo, é preciso mudar de vida! E quem nos conduziu até aqui já não tem a força, a imaginação, a coragem para inverter o rumo! E a credibilidade! Mal ou bem, Passos Coelho simboliza uma minúscula aragem de mudança!

segunda-feira, maio 30, 2011

Comentar ou não comentar, eis a questão!

Eu sei que anda impossível de comentar aqui! Nem eu consigo! Sei que desaparecem! Que bloqueia horas seguidas! Mas a culpa é do google! Ou do FMI! Ou do Sócrates! De qualquer um, menos minha, obviamente!
Eu bem sei que devia emigrar para fora do blogger! Mas... há uma regra que me recuso a abdicar: não vou gastar um cêntimo no blogue! Não sei mudar isto para outro local, recuso-me a pagar o serviço e, confesso, mesmo de borla, não ando com paciência para andar a aprender coisas novas! Por isso.. é esperar ou aborrecer-me de vez!

Porque há palavras e outras palavras e coisas que podiam ser coisas!


Noites. Calor. Luzes e sombras! Uma pequena história! Palavras escondidas! Lágrimas! Nadas que são tudo! Tudo que são quase nadas! Um olhar e um sorriso! O cão dos olhos amarelos! Um encontro esperado! Livros espalhados, livros perdidos! Palavras por dizer! As palavras ditas! As palavras nunca ditas! Um sorriso! Um olhar! Um gelado de chocolate e pistache! Banda desenhada e paixão! Um vazio por preencher! Uma esplanada! Um jantar! Uma cerveja estupidamente gelada! Um encontro inesperado!  Caracóis de comer! Caracóis de cabelo! Um cão com banho tomado! Um sorriso de criança! Outro de uma estrela! Um desassossego calmo! Uma frase infeliz! Um barulho estranho! Um encontro inesperado! Um sorriso! O cigarro que ficou por fumar! As estrelas quentes e as noites quase frias! Um recomeço! Uma sombra! Um bocado de nada! Um livro! Uma estrela! Um sorriso! Uma frase batida! Um nada que pode ser tudo! Um tudo que pode ser nada! Uma palavra calada! Um grito mudo!

domingo, maio 29, 2011

As questões praticamente importantes de dividem a Humanidade!

Bem sei que este é uma blogue javardeco! Que muitos destes textos apenas podiam ser assinados por um trolha! Ou pior! Mas quem me conhece sabe que não sou completamente ordinário e que, de quando em quando, até pareço uma pessoa quase decente! Com preocupações cívicas, culturais e umas tretas do género!
E sou um gajo que pensa nas coisas realmente importantes da vida! Aquelas que todas as pessoas pensam, mas apenas eu partilho! 
Mas vamos ao clitóris da questão, que já farta de preliminares! Minhas queridas leitoras, amigas e outras: o que se passa com os decotes?! E não me refiro a este saborosa mania de usar soutien apertados para as mamocas pularem cá para fora?! 
Como é sabido eu não aprecio mamas! Nunca percebi essa mania nacional de ficarem abichanados a olhar para as tetas, como se as mamocas fossem alguma coisa de especial, como se não fossem umas meras bolhas bicudas inchadas, uma espécie de inflamação, mas de caracter permanente! Aliás, ainda na semana passada, torci o pé, fiquei com uma mamoca no tornozelo e não andei feito otário a apalpar o inchaço, com olhos esbugalhados! 
O que me incomoda esta noite quente e partilho com os leitores, questionando: qual a atitude correcta que um gajo quase decente ter perante aqueles decotes soberbos que as gajas agora usam?! Olhar ou não olhar, eis a minha questão! Porque nenhum gajo decente gosta de olhar para os decotes das gajas e ter de suportar as mamocas a olharem os nossos olhos, mas, muitos como eu, sentimo-nos constrangidos a olhar, porque é uma indelicadeza para com as mulheres, que sofregamente andam com as ditas de fora, não dar umas espreitada, apenas para elas dormirem mais satisfeitas! Pelo que, caras amigas, se por estes dias deram com o tipo a galar-lhe as mamas, tenham a decência de dizer obrigado, porque, por vezes cansa, um tipo ser generoso e altruísta e não receber uma palavra amiga de consolação!

sábado, maio 28, 2011

O vicio do sábado de manhã, os segredos que não são secretos e uma queijada bem queimada!

Nunca escondi que o Miguel Sousa Tavares é uma das minhas referências! Tal como António Barreto, Lobo Xavier e o gajo que inventou as leggins! Mas Sousa Tavares junta o soberba análise, com uma escrita fantástica e um delicioso péssimo feitio! Nada na vida me dá mais gozo do que escrever algo na quinta e na coluna de sábado do expresso ver algo no mesmo sentido! Como hoje volta a acontecer sobre a bárbara agressão! 
Mas até os génios como MST por vezes se superam e não resistam a uma citação: "Enjoado mudo de canal e de cena. Agora estou na RTP-1 e no Rossio, os os "acampados".... propõem não se percebe bem o quê, contra o sistema, a política, a sociedade e o mundo em geral... têm um discurso muito solto, muito alternativo, e uma evidente e muito urgente necessidade de água e sabão azul e branco". Magnifico!

ps - ainda sobre o expresso, o Presidente da TAP fala da importância estratégica do Aeroporto de Beja. Mas o que é que o Presidente da TAP percebe de aviação! De aviação percebe o betinho de Cascais, as sumidades anónimas aqui do blogue e os intelectuais de taberna!

A "insuportável" leveza do ser, por Kundera

A insustentável leveza do ser é sem dúvida um dos Livros da minha vida, quiçá o que mais reli, quiçá o que mais me encanta! No silêncio cúmplice da noite chego a perguntar-me se não terei lido o livro jovem demais, se tudo não teria sido diferente se nunca o tivesse lido!
Se ler nos abre as portas das viagens pelo tempo e pelo espaço, poucos livros me fazem passear numa cidade desconhecida como este; com vergonha confesso, que quero conhecer Praga por este livro e este livro é a razão que sempre fugi de Praga: porque a Praga que amo é de 68, porque na Praga porque me apaixonei a Teresa e Sabina tomam café numa praça! E provavelmente ouvem Katie Malua, muito próximo da loucura!
Sim, reli agora mais uma vez! E agora olho ao longe as estrelas que sorriem tristes no horizonte, numa noite quente, abafada, insuportavelmente verão!

sexta-feira, maio 27, 2011

Leitoras, cuidado com os pepinos!

O Sorriso da Princesa, por um parvo qualquer!

Odeio reler o que escrevo! Abomino mesmo! Acho sempre insuportavelmente mau! Tenho artigos publicados com erros primários porque sou incapaz de fazer uma revisão decente! Ou até indecente! Como em cinco anos de rádio nunca consegui ouvir um programa! 
Mas esta manhã fiz um terrível esforço! Só a minha Kaka consegue isto de mim: como me comprometi ir ler uma história para a aula da minha sobrinha, estive a rever este texto, escrito há anos, que chamei o sorriso da princesa! Esteve anos perdido no meu computador! Hoje... fica aqui para alguém ler, se tiver paciência!

Porque a vida devia ser como uma banda desenhana onde a cinderela termina nos braços do príncipe apesar do sapato ter chulé! Com Adenda!

Começa no dia 28 e prolonga-se até 12 de Junho o VII Festival de Banda Desenhada de Beja. Este Festival é uma magnifica razão para amar Beja. Passei por lá duas vezes. E nunca senti especial apelo por voltar! E sei que a maioria da cidade infelizmente partilha do mesmo sentimento que eu! O que é pena.
Tendo pesquisado e lido, constato que a iniciativa é extremamente aplaudida no meio, sendo considerado com uma (ou mesmo "a") referência naquele mercado! Que carrila para Beja centenas de pessoas e contra ventos e tempestades, vai na quinta temporada, consolidando todas as condições para crescer e tornar-se ainda mais relevante!
Temos o defeito de pensar em turismo de massas, como se todo o outro fosse irrelevante! Cometemos o pecado de valorizar muito as grandes iniciativas, esquecendo que muitas pequenas podem ter mais premência que apenas uma grande. E nem sempre acarinhamos algumas iniciativas que passam a leste dos nossos interesses. O que é um erro crasso!
O Festival de Banda Desenhada pode ser um espelho da Beja que sonhamos: uma cidade que se faz notar pela diferença, que absorve as oportunidades que a vida lhe dá, que tem a coragem de inovar e ousar construir coisas. Ainda que sejam desenhos em livros de quadradinhos...




Adenda: Não conhecia o Paulo Monteiro, o pai do Festival! Ou penso que não conhecia, porque, como sou uma besta distraída, nunca tenho a certeza! Mas foi um gosto conhece-lo! Foi nosso convidado no programa "porque há conversas e outras conversas" e foi uma delicia ver o entusiasmo, o carinho, a ternura com que o Paulo Monteiro fala neste festival, como se entrega à sua organização, como vive este evento! Recomendo ouvir o programa: uma hora a falar de sonhos, de desejos, sem queixume, é uma benção! 
Descobrir que se consegue organizar este excepcional festival, que traz milhares de pessoas a Beja, por apenas 28.000 Euros é absolutamente extraordinário!
Obrigado Paulo! Beja precisa de gente como tu! 

quinta-feira, maio 26, 2011

É o drama de quem o tem grande!

Porque há o raio que o parta e o raio que o queima: para ler no Correio da Manhã, obviamente!

A pirralha agredida, as bestas que lhe bateram e os filhos da puta que assistiram! (Com Adenda)


Como qualquer outro português normal fiquei estupefacto com as imagens da bárbara agressão sobre uma pirralhita de 14 anos! Vi e revi as imagens e deixei-me invadir por uma profunda incredulidade ou, porque os eufemismos parecem obscenos neste contexto, como bem diz o povo, fiquei parvo a ver aquilo!
Desde puto que percebo mal a violência: não entendo esta coisa tão imbecil de que a razão se encontra no murro, a cretinice de partir para a força bruta ou o insulto gratuito pela incapacidade de argumentar com a força da razão!
Mas se percebo mal a violência, sou intransigente contra a crueldade: porque aquilo que vi é mais, é muito mais do que apenas violência bruta: contei mais de dez pontapés na cabeça, numa luta entre miúdas, com um nível de brutalidade que é de todo inaudito! Ali não houve uns empurrões e puxões de cabelos: ali existiu uma vítima cuja vida chegou a estar em risco porque, agressões com aquela brutalidade, podem deixar marcas para a vida! Sublinho-o, para que não se esqueça: aquela miúda podia ter morrido ali!
Entendo que o medo leva-nos muitas vezes a não intervir civicamente em casos de agressão! Mas já entendo muito mal quando alguém, sem nenhum risco para si, decide alhear-se e fingir que não está a ver o óbvio! E se isso me repugna, faltam-me as palavras para descrever o comportamento de um bando de energúmenos que perante uma brutal agressão, filmam, incitam, riem e têm como preocupação maior colocar as imagens no Facebook!
Que gente é esta, que valores a escola, a família e a vida lhes transmitem, o que vai nas cabecinhas desta gente que aplaudem quando duas bestas ressabiadas dão pontapés numa petiza que agoniza no chão, num total e completo desrespeito pelos mais elementares valores de cidadania?! Que bando de canalhas ordinários está esta sociedade a formar?!
Não me peçam para branquear o que está sujo de vergonha: sejam maiores ou menores, seja pelo código penal seja pela lei tutelar educativa, há meios para punir severamente aquelas bestas violentas, as que bateram e as que assistiram com aplausos, porque aquilo que todos vimos é demasiado grave para aceitarmos tretas psico-sociológicas! Gostem ou não, a impunidade é a mãe dos monstros e este país não suporte mais impunidade! Nem como escumalha como esta!

Adenda: Estas linhas foram escritas na manhã de ontem para a minha crónica semanal da rádio pax! Durante o resto do dia estive neste seminário sobre menores em risco, onde moderei por breves minutos um debate! Não resisti a introduzir o tema: e ouvi de um psicólogo, de uma procuradora e de uma juiz que este tipo de actos são recorrentes! Em aula confirmam-me! É assustador: qualquer dia, ainda vamos dizer, "ela é uma mãe tão má, tão má, tão má... que até deixa os filhos ir à escola!" 
PS - dizem-me que nas ultimas semanas tem sido quase impossível comentar no blogue! Desconheço a razão, que é culpa da google... mas aceitem as minhas desculpas!

Adenda Dois - Esta minha crónica tem uma falha vergonhosa da qual me envergonho! Omito o nome da agredida! Chama-se Filipa e não é apenas mais um número numa nojenta estatística! Filipa é apenas uma miúda! Boa sorte, Filipa!

quarta-feira, maio 25, 2011

Porque há coisas ainda piores que a época do Benfica...

... e esta campanha eleitoral é disso um bom exemplo! Porque mais do que pobre é paupérrima, mais do que fraquissima, uma triste bosta!  Uma total inépcia para pensar o País para além da crise! A incapacidade de perceber que o País vai ter de seguir um rumo, porque não podemos viver eternamente do dinheiro dos outros! Uma campanha onde as pessoas não têm ideologia, mas fazem parte de seitas, onde vale tudo e um pouco mais ainda! Aliás, basta ler comentários em blogues e facebook para perceber até onde vai a demagogia e podridão humana!
Mais do que um problema de políticas, o portugal de hoje tem um sério problema de legalidade: é preciso que a justiça funcione, porque só assim se separa a escumalha dos honestos e a ética, os valores e a honestidade não é património da esquerda nem da direita, dos cidadãos nem dos partidos! E esta é uma guerra que pode trilhar em conjunto! Como urge um largo consenso: um largo consenso não significa irem todos os partidos para o governo como se fosse um bando de gajas num bar! Um largo consenso é conseguir vasculhar os programas eleitorais e extirpar o que têm de melhor! Porque em todos há coisas positivas: desde o banco de terras do PCP, a requalificação energética que o BE defende, a reconstrução urbana que o PS fala agora, a extinção dos Governos Civis e outras empresas  entidades públicas acarinhadas pelo PSD e a politica de segurança que tem sido apanágio do CDS, para citar apenas uma de cada um deles!
Mas fazer as coisas simples é historicamente muito complicado...

terça-feira, maio 24, 2011

Dizem que é assim tipo uma orgia de ideias, com montes de gente inteligente...

Daqui a minutos vai começar o debate radio pax & associados sobre as legislativas com os cabeças de lista por Beja dos cinco partidos com cadeiras nos parlamento! Por razões profissionais não vou ouvir!
Deixe a sua opinião! Caso tenha!

Dizem que é uma espécie de seminário sobre crianças que levam porrada e mais não sei o quê!

Amanha, no Auditório do IPBeja vai decorrer o Seminário Crianças em Risco - Sinalizar Bem, Intervir Melhor - organizado pela Comissão para o protecçao de Crianças em Risco, numa parceria com a Ordem dos Advogados, IPBeja e CMBeja! 
Do que se lê no programa existe subjacente a esta temática uma lógica multidisciplinar, sendo que vai haver painéis com sociólogos, assistentes sociais, psicólogos, juristas, técnicos de saúde, força de segurança, enfatizando bem que esta é uma temática que exige respostas globais!
Há muitas e boas razões para amanhã ir assistir a este seminário, mormente a mesa redonda com que termina o dito cujo! Sublinho apenas a mais relevante de todas! Conhecer gajas! Se há aspecto positivo nestes eventos é o facto da sala estar cheia de gajas, algumas até são boas e, um tipo vai, faz uma cara de cão abandonado e passa por um tipo sensível, altruísta e preocupado com os dramas alheios! Pense nisso e apareça! As inscrições são limitadas mas a sala é grande que se farta!

Ambiguidades na vida de um gajo

Há uns anos os homens tinham apenas uma decisão importante a tomar na vida! Uma e apenas uma! Aquela que toda a gente sabe, pelo que seria redundante estar a sublinhar o óbvio! 
Mas os tempos andam esquisitos e mais complexos, as coisas deixaram de ser o que sempre foram e desafios de alto coturno e profunda densidade psicológico, colocam-se ao homem do século XXI! Para mim, a mais complexa de todas, comprar um champô!
Nem estou convencido que o champô seja realmente importante, mas habituei-me a por aquela treta na cabeça para acordar com a água a escorrer-me pelos cornos, enquanto penso o que vou vestir! Pelo que, apesar de desconfiar das suas valências, pelas circunstâncias da vida teimo em ter champô!
Mas por estes dias é dramático comprar a porcaria de um champô. Mais do que uma vez acabei por levar por engano amaciador e hoje descobri que estou a usar um para loiros! (o que explica muita coisa...)! Porque antigamente a malta ia ao supermercado e comprava um champô! Simples! Mas agora há para loiros, morenos, caracóis, cabelo ondulado, estragado, fino, grosso, com pontas destruídas, com e sem amaciador, para cabelos pintados e por pintar, para curtos e compridos e mais a #$%& que os pariu!
Senhores do marketing: eu percebo que haja tres mil tipos diferentes de tampões: afinal as mulheres não são todas iguais! Mas todos os homens têm o mesmo na cabeça, pelo que, se não for pedir demasiado, façam a merda de um champô normal! Muito Obrigado...

segunda-feira, maio 23, 2011

Peço desculpa por interromper...

... mas sou apenas eu ou já ninguém tem paciência para as catroguices da politica local?!

Fazendo uma introspecção ao exterior!

Sentado no silencio de um canto, olhando a noite quente e de lua cheia, procuro olhar em volta para conseguir ver, num dos sitios mais in de Lisboa por estes dias e constato o óbvio: a quantidade de dinheiro que algumas mulheres gastam em base numa noite, dá para alimentar uma pequena aldeia em áfrica durante um  mês... 

domingo, maio 22, 2011

O primeiro dia do resto da vida...

Hoje pode ser o primeiro dia do resto da vida de Beja! Porque é o primeiro dia do Aeroporto! Porque é hoje que começam os voos a sérios! Apenas um por semana? Sim! Claro que é pouco! Mas este é um projeto para décadas e que não se esgota na aviação comercial de passageiros!
Com a adaptação do Aeroporto foi-nos oferecida uma cana de pesca! Agora é a vez do alentejanos provarem que sabem pescar! Sem desculpas, sem tretas, sem merdas!

sábado, maio 21, 2011

Cinco anos não é uma vida! Mas é um disparate de tempo! Tanta palavra perdida na blogosfera...

Não há coisas mais parva no mundo que ter um blogue! Porque se há uns tempos até era coisa cool, assim tipo porreiro, agora é uma coisa fora de moda, sem charme, sem encanto, uma parvoíce de gajos retrogradas com a mania que são modernaços!
E se ter um blogue já é suficientemente mau, que dizer de um gajo que escreve no editorial que tem um mastro de 35 centímetros, mas precisava de viagra e prozac para escrever, que fala sobre gajas e mamas, com piadinhas tontas, que mistura com beja e política, um ordinarote que põe quadros no blogue para fingir que é erudito e inventa receitas péssimas para as gajas pensarem que é sensível! 
O mais ridículo é que o gajo criou o blogue para perseguir comunistas e conseguir um tacho do PS ou do PSD e defende um conjunto de disparates praticamente fascitas ou ainda piores, uma mão cheia de banalidades, numa escrita arrogante e patética que ninguém tem paciência para ler! Estou certo que blogues como este deviam ser censurados, ao abrigo do principio constitucional da liberdade de expressão! Mais! Ainda faz este post a dizer que o blogue faz anos para as pessoas escrever comentários bonitos, vaidoso de um real cabrão!
Diz o gajo que é um blogue intimo nas entrelinhas! Que há uma centésima razão para amar Beja que não conta a ninguém, que apenas mantém o blogue por uma misteriosa razão, que escreve dele para ele, procurando-se nas frases que brotam na tela! Mariquice mais parva! Se o gajo trabalhasse na agricultura, leva-se com sol e chuva nos cornos um dia inteiro, chegava a casa, bebia duas minis, peidava-se e dormia, em vez de perder tempo a olhar para as coisas para contemplar e pensar! Parvo do gajo!

sexta-feira, maio 20, 2011

Se eu fosse pessoa de dar concelhos, dava o de Odemira que tem praia...

... mas só uma pequena nota! Pedro Passos Coelho ainda corre o risco de ficar na história como o homem que perdeu a eleição impossível! Pedro Passos Coelho se tem estado calado, arriscava a maioria absoluta! Porque sim! 
Carlos Moedas parece-me um excepcional candidato por Beja. Penso que já afirmei publicamente que penso votar nele! Mas é importante o candidato aprender a gerir silêncios e ter extremo cuidado com as pessoas a quem pede conselhos! Porque esta semana correu-lhe mal, com afirmações que não lhe correram bem! Carlos Moedas tem de ser muito mais do que isto! Estou certo que se for visitar o Catroga ao Brasil, Carlos Moedas vai ser eleito deputado por Beja e vai ajudar a cidade! Temo que mais duas semanas de frases infelizes, coloque em risco uma eleição que por estes dias está garantida!


Adenda: esta noite veja o debate no Viagra! Vai ser giro... 

As estranhas obsessões sexuais das mulheres...


Não me considero um tipo retrógrado! Posso ser um pouco conservador, mas sou um tipo liberal nos costumes e respeito a intimidade de cada um: mas faz-me confusão a obsessão das mulheres por fazer trios, aquela fantasia recorrente de praticamente todas as mulheres que sonham e desesperam por irem duas para a cama com o mesmo homem, ao mesmo tempo e de preferência com ele ébrio mas ainda acordado!
Que fique claro: não tenho nada contra as lésbicas nem com as mulheres que têm sexo com outras mulheres, deixando claro que até acho graça! Excepto quando usam vibras! Não pela contradição de dispensarem os homens e depois de usarem um de plástico, porque pessoalmente sempre defendi que a única coerência na nossa vida são as nossas contradições! Mas uma coisa são contradições outra hipocrisias: e não entendo porque as lésbicas, que como todos são sabemos são todas de esquerda e ecologistas, pelo que não compreendo a apetência delas para gastar pilhas! Querem usar vibradores, então inventem vibradores ecológicos e acabem com essa treta de desperdiçar energia!!
Mas regressemos ao busílis da nossa meditação: porque estranha razão as mulheres tanto insistem em ir aos pares para a cama com o mesmo homem? Já não lhes chega irem juntas ao wc?! Compreendo e respeito as mulheres que querem ir para a cama com dois homens: afinal de contas, os homens em Portugal são tão ruins na cama, que com dois ao mesmo tempo a coisa pode até correr menos mal! Mas, duas só com uma pila? Será que elas são tão taradas que se esquecem de matemática? Por acaso se as minhas caras amigas vão ao Pingo Doce comprar um chourição levam seis sacos plásticos?!!
Humildemente confesso que até não tenho nada especialmente contra as badalhoquices, mas da mesma forma que de quando em quando devemos ver os níveis de colesterol, também era importante que as mulheres do meu País pensassem nas coisas realmente importantes na vida, que dessem valor às relações monogâmicas com poucos homens e deixassem de pensar nessa porcaria de passar o tempo a pensar em partilhar pilas!
Compreendo que em determinada idade da vida, vivemos a época de fazer experiências, andamos ansiosos por experimentar coisas novas e sensações diferentes: mas se têm tanta vontade de experimentar algo que nunca fizeram, porque não passar a ferro ou fazer uma feijoada com feijão sem ser de lata, vestir cuecas normais quando vão para os copos, ver os jogos do Benfica ou dedicarem-se à estranha arte de conseguirem fazer compras em menos de duas horas? Tudo exemplos de coisas que podem fazer em conjunto, até com um homem a assistir e dar instruções, de forma decente e com roupinha!

quinta-feira, maio 19, 2011

É assim uma espécie de coisa sem palavras e uma besta rectângular!

Vi ontem o debate dos partidos sem representação parlamentar! Já votei no MEP e apetecia-me ouvir ideias diferentes! Porque defendo que estes devem ter mais espaço nos meios de comunicação! Aliás... por mais que as virgens púdicas tenham maus orgasmos, quem grita contra os partidos de regime, que não devemos votar na canalha que nos conduziu até aqui, deveria votar num dos partidos que nunca esteve no parlamento, porque, esses e só esses, são os inocentes!
Infelizmente o debate tornou-se numa palhaçada! Porque um tal de Senhor Coelho - o tal idiota que teve 5% nas presidenciais - confundiu o debate com um circo, levou um cartaz ridículo, passou o tempo a exibi-lo e só parou quando a RTP forçou um intervalo, porque alguns dos participantes ameaçaram sair da sala! Deixo uma homenagem a quem esteve no debate: deve ter sido terrivelmente complicado não se levantar da cadeira e dar um democrático murro nos cornos daquele idiota! E enfiar-lhe a constituição... por onde desse!

Hoje não escrevo crónica: porque não tenho nada que me apeteça dizer!


Por vezes ficamos a contemplar uma folha vazia! Os minutos do relógio iniciam uma maratona, vasculhamos desesperados os confins da mente, mas sentimo-nos impotentes para gerar uma única memória, para construir uma reflexão, confrontamo-nos com o imenso vazio de não ter absolutamente nada para partilhar com os outros!
Quem gosta de pensar o mundo, quem se diverte a tentar contemplar o que o rodeia, quem se entrega na tentativa de procurar perceber a realidade que nos subjuga, quem procura um sentido agnóstico para a vida e para as coisas, quem gosta de pensar a vida antes de opinar sobre ela, por vezes fica esmagado com a força bruta do que não se consegue compreender!
Por regra não aplaudo teorias da conspiração! Sou um crédulo pouco inteligente que tende a acreditar que a explicação mais lógica é a verdadeira! Pelo que fico estupefacto, a pensar como alguém que tem o mundo na mão ataca sexualmente uma mulher indefesa? Será o tédio de tudo ter? Porque há coisas, que mais que pense, não percebo o que vai na mente de um juiz com vasto currículo, para escrever e fazer de acórdão, onde se lê que não há violação porque não há demasiada violência, fazendo-nos regressar a um vergonhoso tempo em que a mulher de mini saia era a culpada da sua violação!
Como este tempo esquisito em que um calor desumano nos traz uma chuva que nos afunda, não percebo uma campanha eleitoral que não nos traz uma pinga de esperança, onde em vez de se debater uma visão para o País, debatemos os catrogas deste mundo, as minudências insignificantes de quem não tem a coragem de enfrentar o cerne dos problemas!
Estranho País este que está na bancarrota e esgota os hotéis na pascoa, uma grande superfície vende milhares de plasmas no fds que oferece 20% de desconto em futuras compras, passam 2 big brothers na televisão, os centros comercias são intransitáveis ao fins-de-semana, onde se promovem 20 mega festivais de verão, enquanto, na penumbra do esquecimento, há velhos que morrem de fome e solidão! Hoje não escrevo crónica: porque não tenho nada que me apeteça dizer!

quarta-feira, maio 18, 2011

As palavras que nunca te direi...

Parabéns ao Futebol Clube do Porto que esta noite vai ser campeão da Liga Europa, somando uma grande conquista internacional ao campeonato! Com mérito, porque foi ambicioso, foi competente, foi audaz e teve a capacidade de lutar por aquilo que acreditava! É raro uma equipa portuguesa vencer no estrangeiro pelo que este deverá ser um momento de orgulho nacional! Dos escassos motivos para festejar!E a vitória do Porto nesta Liga parece-me imaculada!
Elogiar o FCP é estranho para mim! E não apenas por ser benfiquista! Porque elogiar o FCP é "engolir" muito daquilo que acredito! É premiar a indecência! É a tal velha história de elogiar um empresário porque a empresa que ele roubou teve magníficos resultados! Admitir como boa a tese que a única coisa que conta é o sucesso!
Mas na vida actual parece que o que conta são os resultados: e os resultados de Pinto da Costa são soberbos!

Eu sei o que tens na cabeça! Não precisas de deixar na calçada...

Este post foi encomendado! E parece-me um bom dia para falar de merda! Infelizmente, para regressar a um tema que já no passado tinha escrito! Em tons de civismo e com um ladrar triste! Porque adora cães e cadelas! Porque tenho pena de não ter em casa! Porque tenho saudades de quando tinha! E porque não percebo esta mania de os cães irem passear os donos e estes obrarem nos passeios e deixarem a poia para quem passa!
Não que eu tenha nada de especialmente contra as poias! Até estimo e contemplo as minhas! Mas agora vai chegar o Verão e as gajas querem-se despidas e de sandálias! E não quero ser esquesitinho, mas prefiro-as lavadinhas e sem dejectos nos pés! Porque, a malta um dia chateia-se, juntamo-nos uns quantos e vamos obrar na vossa porta! Pode ser que apreciem...

Post Scriptum - Aproveite e vá vacinar-se hoje! Ou o cão! Não percebi bem que li apressado enquanto preparo uma conferência! É uma coisa do Hospital Veterinário de Beja e o Zig explica tudo!

terça-feira, maio 17, 2011

Desculpem estar a incomodar, mas estou confuso...

Estou confuso em relação ao tipo do FMI! Afinal de contas ele é um explorador capitalista que atacou a indefesa criatura porque está convencido que pode fazer tudo o que lhe apetecer, destruindo países e pessoas para enriquecer obscenamente ou é o grande defensor dos países pobres do Sul que foi vítima de uma nojenta conspiração entre os americanos e o Sarkozy, porque não quis defender os interesses ilegítimos do Dólar e do Euro?!! Ajudem-me que eu não sei se o mate se o endeuse!

PS - embora, perceba-se algo: um gajo que paga 2000 euros por um quarto de hotel, facilmente está convencido que o tudo incluido, é com empregada!

Ainda mais deprimente que mau sexo...

... é a forma como está a correr a campanha eleitoral, cá pelo país! E sobretudo o drama de dia 5 à noite quando a realidade confirmar a tragédia que as sondagens anunciam inexoravelmente! O PS vai ter mais votos e mais deputados, sem que isso seja uma vitória! Mas ninguém calará Sócrates!
O PSD vai perder as eleições mais fáceis do mundo, porque não sabe comunicar, porque tem um programa que cede aos lóbies, porque tem um Catroga e a distrital do Porto, porque mostrou que era amador quando se exigia profissionalismo! Porque se esqueceu que quando as pessoas têm medo, não gostam de experiências!
Paulo Portas está a fazer uma campanha brilhante! Mente com os gráficos, mas infelizmente em Portugal ninguém se chateia com isso! O PCP é fiel a si próprio e o grande beneficiário com o aumento da esperança média de vida e Louça anda perdido a procurar o Francisco! 
Apenas estranho uma coisa: ainda não ter surgido um escândalo judicial ou sexual com um dos candidatos como acontece sempre na América do Sul e em Portugal!
Mas o realmente giro, vai ser o dia depois: o que vai fazer Cavaco com uma vitória PS e uma maioria PSD/CDS-PP disponível para governar?! Que o dinheiro do FMI chegue antes! Depois... isto fica como sempre foi: uma estranha terra que não se governa nem se deixa governar...

segunda-feira, maio 16, 2011

Os conselhos do tio H ou verdades da vida que devem ser dizidas!




Este Verão pense duas vezes antes de se divorciar! Dê mais uma oportunidade ao seu marido!

Podia ser uma rapariga com um brinco de pérola ou um piercing na orelha!

Eu esqueço-me que as parvoíces que escrevo aqui são lidas por outras pessoas! Escrevo de mim para mim, como desde que me lembro de existir escrevi em cadernos! Que depois perco ou escondo de mim mesmo! Claro que tenho contador e sei que mil pessoas partilham as minhas insanidades e miudezas mentais, mas quando no silêncio da noite debito aqui palavras, faço-o de mim para mim! E uma ou outra pessoa que consegue perceber o que aqui não escrevo! E não é segredo que não ligo ao que pensam de mim! Ou, para não fugir da verdade, que não valorizo nem me incomoda! 
Como fico sempre meio incomodado quando me fazem perguntas sobre o blogue! Porque o blogue não é meu, mas dum estranho gajo chamado h que habita algures na minha mente! Mas por vezes a realidade bate-nos na porta do pensamento e coloca-nos dilemas! Na quinta fui "não jantar" com uma turma dos meus finalistas, um bando amoroso de jovens! Uma das jovens - uma ternura de pirralhita - chegou de carro com a mãe que, sabe-se lá porque razões, é leitora deste blogue, pelo que, de mim, conhece apenas o h. O que me leva a uma questão ético-existencial: que sobressaltos terá uma mãe, que deixa uma filha pós-adolescente num jantar, onde eu sou um dos convidados e chega a casa e lê este post! No mínimo assustador! Se fosse a minha sobrinha, ficava proibida de ir ao jantares... 

domingo, maio 15, 2011

A ilógica lógica das coisas que não têm lógica nenhuma, mais os clones e coisas que nem sei ou sei mas não digo!

No dia 5 de Junho deste ano Pedro Passos Coelho vai publicar o livro "como perder as mais fáceis eleições da história", com prefácio de Eduardo Catroga! Os cem primeiros compradores ganham uma colecção de pêlos púbicos de mulheres quase famosas e de homens trapezistas! 

sábado, maio 14, 2011

A verdade tal como ela é!

Beja enche duas vezes por ano! Com a Ovibeja e com a Benção das Pastas! Por muito que isso irrite a muita gente!
Pessoalmente... gostei da festa e estou orgulhoso dos meus meninos! Onde quer que vão, levem Beja com eles e um dia regressem para matar saudades!

Mais depressa se apanha um mentiroso que um ferrari!

Por isto! E mais não digo! Porque tenho vergonha! E porque estou no sofá a coçar os catrogas e não me apetece escrever! 

sexta-feira, maio 13, 2011

Nota aos leitores!

O blogger amuou! Desde ontem que foi impossível entrar no blogue! Como post desapareceram! Como é impossível comentar! Como estou a escrever isto e ninguém vai conseguir ler! Presumo que seja mais um milagre de 13 de Maio... Porque, afinal... sexta-feira 13 ainda é o que podia ser... 

Porque hoje é dia 13 de Maio...

Eu sou agnóstico! Mas acérrimo defensor das religiões! Especialmente da católica! Acho admirável uma religião que desde petizas, ensina as jovens a ajoelharem-se e rezar...

quinta-feira, maio 12, 2011

Leitura expressamente proibida a não finalistas, pessoas com dores nas costas, homens a fazer dieta e mulheres ninfomanicas ou taradas!


Sábado de manhã poderia ser mais um sábado! Um sábado igual a todos os outros, cujas manhas terminam a ler o expresso no café de sempre! Para a maioria dos ouvintes, será apenas um dia comum, que não fica não deixa história nem fica na memória da gente! Mas para algumas centenas de jovens e milhares de familiares, este sábado é um dos raros dias cuja memória se estende por toda uma vida, aqueles instantes eternos que passamos a vida a perseguir!
Quando a cidade ainda estiver sonolenta a despertar do sono torpe de uma sexta-feira, os finalistas do IPBeja comemoram a Benção das Pastas que, de certo modo, simboliza a conclusão da sua licenciatura! E vou lá estar a sorrir com eles! Mentiria se dissesse que perdi a conta de quantas vezes fui padrinho de curso, porque recordo todas e cada uma, porque é sempre um convite que me envaidece e me deixa feliz, o pedaço de partilha!
É um privilégio trabalhar com jovens adultos e adultos menos jovens há treze anos! Especialmente os mais novos; conhece-los miúdos, carregados de borbulhas, dúvidas e medos, senti-los a crescer, vê-los a rir, perceber que choram e sofrem, perceber que fazem tantas asneiras – as mesmas que eu fiz, quando tinha a idade deles – que lutam, se esforçam e sonham para construir um melhor amanhã, - nestes tempos confusos de tantas e complexas tempestades, tantas vezes o orgulho dos seus pais que abdicaram de si por eles! E depois, reencontrá-los, homens e mulheres feitos, que nos cumprimentam com um abraço, um sorriso e uma palavra de ternura! Que se fornique a decência, mas é verdade que sonho ter 70 anos e já caquéctico e baboso, arrastar-me nos corredores da escola, procurando partilhar o muito pouco que sei!
Quando sábado subir ao palco para entregar as pastas, vou abraçar um bando maravilhoso de miúdos, muitos deles que sofreram com lágrimas quando descobriram que estavam condenados a estudar numa estranha cidade chamada Beja e hoje, são mais bejenses que tantos energúmenos que viveram sempre aqui, jovens que vão para onde forem leva um pouco de Beja com eles e uma imensa saudade e o desejo de regressaram tantas vezes como possível, que partem em lágrimas com tristeza imensa de deixar aquilo que nos feliz e vamos recordar para sempre! Sábado vou abraçar quem está, recordar em silêncio quem partiu, - porque as lembranças são eternas - , e dizer obrigado, as meus finalistas, aos outros finalistas, aos que já foram ou um dia serão, agradecendo-lhe a imensa honra de há tantos anos me ensinaram tanto!  E repetir o que digo há anos: sejam quais forem os caminhos da vossa vida, façam-me o especial de favor de ser obscenamente felizes!


ADENDA: Eu sei que devido a um problema no blogger os comentários desapareceram! Mas não os esqueci! Obrigado!

quarta-feira, maio 11, 2011

Ainda sobre o Festival da Canção, uns gajos que cantam, outros que berram!

Dizem-me que este sábado houve Festival da Canção! Obviamente que não vi! Carrego em mim quase todos os defeitos do mundo, mas não sou tão má pessoa ao ponto de ser obrigado a ver aquela patetice! Até porque me entristece ver como matam pedaços bonitos na nossa história!
Dizem-me que ganharam os Homens da Luta! Os Homens da Luta que são dois humoristas de dúbia qualidade! Mas que não são cantores! Mas que ganharam o Festival da Canção! Porque em Portugal para ganhar um Festival da Canção é irrelevante saber cantar! Ou mesmo cantar! 
Porque em Portugal o mérito decide-se por chamadas telefónicas! 
Confesso que estou-me nas tintas para quem ganha o Festival da Canção! Não faço a menor ideia de quem foram os dez últimos vencedores! E como qualquer pessoa normal acho ridículo este ano terem ganho dois parvos! Mas não me tira o sono! Diferentemente irrita-me que me tentem dizer que aquilo é uma canção de intervenção! E que apareçam idiotas iluminados a procurar comparações com a Tourada, a Desflorada ou com o Depois do Adeus! Ou que quando aquele tonto diz que representa Zeca Afonso ninguém lhe pregue, respeitosamente, um par de estalos! Porque pensar que esta gente representa uma geração, era chamar palhaços a toda uma geração!
Deixemo-nos de tretas! Aquela votação é a prova provada dos perigos da democracia! Porque quem vota aqueles palhaços é a mesma gente que votou Coelho nas Presidenciais e que amanhã vota na extrema esquerda ou extrema direita! Embora, neste caso, tenha sido apenas uma piada, ainda que de mau gosto! Porque é uma falta de respeito pelas pessoas que em Portugal dão o melhor de si pela música! 

Adenda: repito o que escrevi no dia do festival! Embora tinha decidido não voltar ao tema! Mas quando se começa a dizer que não foram qualificados por perseguições políticas, pelo peso do capital e por tanto outro disparate, sinto-me constrangido a recordar o óbvio: a música era uma merda e foi por isso que foram eliminados! Mas... o Tuga é incapaz de reconhecer o seu demérito...

Aula Aberta sobre empreendedorismo

Na próxima quarta-feira, 11 de Maio, pelas 18h, na sala azul da estig, organizo uma aula aberta de Direito Comercial sobre empreeendedorismo, tendo como convidados Filipe Ramos, João Machado e Vitor Hugo Luzia! Fica o convite para os alunos e ex-alunos de gestão, para comparecerem com a única certeza importante na vida: as dúvidas!

terça-feira, maio 10, 2011

Desculpem chatear com essa coisa chamada realidade!

Se os juros vêm a 5,5%, há coisas que urge repensar!!!

E assim falou o Dr.º Barriga!

O Dr.º Barriga teve a amabilidade de conversar comigo antes de dar esta entrevista! Desta vez, como em tantas outras, estamos em sintonia! Aliás.. basta ler o que escrevi aqui sobre as medalhas... 

Adenda Fora de Contexto: Enquanto tudo acontece, em Beja o grande tema era a CMBeja ter apoiado financeiramente a Semana Académica do Algarve, quando não paga o que deve! O apoio foi colocar um link no site da CMB! Reitero o que escrevi há quase um ano: com esta oposição, até o Rato Mickey governava melhor! Mas... eu quero mais, do que apenas melhor que os outros! 

Faça amor com a luz desligada: poupe a sua parceira de imagens que podem provocar pesadelos!

Quando digo ou escrevo que combater a crise é uma missão de todos, quando sublinho aquilo que de tão óbvio ofusca as pessoas, explicando que o destempero orçamental é um mal de todos e que urge reduzir despesas, reiteradamente, chamam-me aquilo que apenas se deve chamar aos árbitros! Porque isto das responsabilidades é bem mais simples assacar que assumir!
Queremos combater o monstro? Então... vamos falar de energia! Nem vou perder tempo a explicar o óbvio, que é um crime contra a pátria e contra a inteligência a energia solar não ser obrigatória no Estado e nos prédios, porque, falo disto há tanto tempo, que estou rouco! Como não vou falar em certificação energética, porque o BE agora fala nisso!
Queremos poupar energia, então vamos começar a gastar menos! Vamos obrigar os autarcas a ligarem a luz uma hora mais tarde e desligarem uma hora mais cedo! Desligar os semáforos desnecessários! Mudar as luzes da iluminação urbana para mais económicas e ... desligar um em cada dois candeeiros, sempre que seja possível, sendo que, na maior parte dos casos, é possível! Vamos desligar as luzes dos edifícios depois da hora de serviço! Convencer as pessoas a desligarem computadores, televisões e tudo o resto quando não está a ser utilizado! Vamos gastar tempo e dinheiro em sensibilização e, quando perceberem que com campanhas não vamos lá, vamos mudar as regras da cobrança de energia para, com respeito pelas famílias numerosas, todos os que consomem acima de padrões razoáveis, seja penalizados por isso! E depois, vamos fazer o mesmo com a água!

segunda-feira, maio 09, 2011

domingo, maio 08, 2011

Zarolhos, coxos, o cão dos olhos amarelos e esta estranha coisa de ser português

Durante um ano e tal disseram que quando o FMI chegasse a Portugal fodia isto tudo! As pessoas acreditaram e durante a Ovibeja largas centenas de mulheres foram lá exigir a quota parte a que tinham direito! Mas muitas delas acabaram a feira sem conseguirem facturar! Já nem no FMI se pode acreditar...

Podia perfeitamente ser uma espécie de homenagem à Ovibeja e à feira de Castro

Em plena crise do FMI, mais da troika ou troica, despedimentos, cortes, impostos, e mais qualquer coisa, só porque cheira a verão, as mulheres do meu País, após os primeiros raios de sol, têm uma única preocupação na cabeça: como ficarem gajas boas a tempo do Verão!
Basta um passeio pela cidade, para vê-las em hordas a caminhos dos ginásios, manadas de cuzudas a passear na passerelle das anafadas, procurando em trinta dias encontrar o corpo perfeito! Pelo que a pergunta exige-se: quais os requisitos para que um homem qualifique uma mulher como um gaja boa?
Sendo uma questão que suscita perturbantes e acutilantes obras de investigação sociológica, no Vigra e Prozac juntamo-nos a esse estudo! E depois do complexo esforço de observar cus, mamas e pernas, pensamos ter a conseguido alcançar a conclusão que há anos atravessa o espírito humano!
O que para um homem faz com que uma mulher seja uma gaja boa é … ter pouca roupa! Uma gaja quase despida, é sempre uma gaja boa! E tudo o resto são tretas!
Os críticos e os puritanos vão contradizer-me; alegar que nem todos os homens pensam assim! Sim! Terão razão! Há homens que não pensam assim: chamam-se paneleiros!
Agora macho que é macho, arrota, peida e chama boa a qualquer mulher que mostre mais carne do que oculta! As mamocas (bolhas, como antes expliquei) podem ser grandes, pequenas, descaídas, arrebitadas, uma ou até três, que, desde que estejam visíveis, a malta olha e gaba! As mamocas mais feias do mundo, quando desnudas, tornam-se apetecíveis bolhas! E não há macho neste mundo que, sejam bonitas ou feias, novas ou velhas, resista a espreitar para qualquer decote que desfile na sua frente!
E que dizer das pernas? Há por aí homens que se preocupe se as pernas são esbeltas, elegantes, musculadas, firmes? O que a malta quer é que estejam à mostra; a qualidade da perna é inversamente proporcional ao tamanho da saia! E digo mais, minhas leitoras: se o vosso marido/namorado/"desenrascador" vos disser: "já vistes, que pernas feias ela tem?"; tenham cuidado: ou anda a come-la ou a tentar! Até porque, vamos ser honestos: as pernas apenas servem, para se abrirem!
Um cu bom? Desde logo, é um que se possa utilizar!!! Porque se for só para ver, há revistas da especialidade! E depois, macho que é gajo, depois do quinto whisky, qualquer cuzinho é um bom rabo; mesmo o dos amigos, quanto mais o das amigas!
A questão do rosto? Não há caras feias! O que há são homens que ainda não beberam o suficiente; mulher feia à meia noite, é girinha às duas, bonita às quatro e às seis da manha é linda de morrer! Especialmente quando a seguir se levanta e vai directa para casa!
Por fim, a vossa famosa vossa celulite (da das outras, que as minhas leitoras não têm!): acham mesmo que quando tiram as calcinhas a malta está preocupada com a celulite? Acham mesmo que é para aí que a malta olha? Honestamente, Já alguma de vez ouviram a frase: “não querida, coito anal agora não quero, porque se vê a celulite; passa-me a patareca se fazes favor!”?
Minhas queridas leitoras, querem ser gajas boas? Esqueçam os ginásios e as dietas, ignorem os cremes, poções e mezinhas: DISPAM-SE e todas serão gajas boas para os nossos angelicais olhares!

sábado, maio 07, 2011

Isto sou eu assim tipo a pensar com os meus botões, tipo reflexões que um gajo faz quando não tem nada que fazer!

Já que fazem concurso de tanta coisa, porque não e para quando, um concurso para eleger o cuzinho mais bonito da Ovibeja?!


Com Adenda: ontem fui ver a feira! E fiquei por lá! Podem tentar enlamear a ovibeja e repetirem a maledicência de tantas outras vezes, mas, quem esteve por lá, quem viu aquele oceano de gente, percebe que, apesar de crise a que ninguém está imune, a Ovibeja está bem e recomenda-se! Porque mais do que tudo, a Ovibeja é um espaço de afectos! Obrigado, Ovibeja!

sexta-feira, maio 06, 2011

...

Cada vez, tenho mais a certeza, daquilo que nunca tive dúvidas...

A insuportável pobreza do ser ou o drama do eleitor, parte um...

Para quem vota por convicção religiosa ou com o mesmo fanatismo com que se é adepto de um clube de futebol, as próximas eleições são apenas mais umas eleições e, como em todas as outras, votam em quem o partido o mandou votar, porque a religião não se discute, aceita-se! Para quem vota tendo por fundamento apenas e tão somente os seus interesses mais egoístas, presumo, que seja simples a decisão de votar!
Mas para aqueles que em cada eleição formam a sua convicção do que será melhor para o País, tendo por base uma análise de pessoas e propostas, esta eleição é dramática, pela profunda dificuldade em escolher! 
Nesta eleição ninguém deve abster-se ou votar em branco! Se queremos protestar contra a classe política, vamos massivamente votar em branco nas eleições europeias, porque essas, efectivamente, não servem para nada: mas nunca agora! Nunca nestas eleições! As coisas são demasiado complexas para deixar outros escolher por nós! 
Durante três anos o FMI vai exigir rigor na governação, algo a que sempre tivemos alergia! E ganhe quem ganhar vai governar com o FMI! Mesmo que uma coligação PCP/BE ganhasse, obviamente iriam governar com o FMI, engolindo o que têm gritado! Porque a realidade tem muita força e as coisas são como são! O PCP grita em Lisboa contra o grande capital e as construtoras, mas em Beja abriu as pernas para o Modelo, 3 Pingo Doces, Intermarché, Lild, Preço Certo ou como se chama aquilo no mercado, alterou o PDM para vir o Vivaci, os empreiteiros ganharam dinheiro a rodos e obviamente que os executivos comunistas trabalham com a Banca! Porque as coisas são como são e não como sonhamos que deviam ser! 
Portugal está falido e importa reconstruir o País, tarefa hercúlea, mas não impossível! Agora mais do que nunca, precisamos de homens excepcionais! E não os temos! Pelo que será mesmo com estes que temos de lavar a triste cara deste abatido País! 
Primeiro que tudo, Portugal tem um grave problema de tráfego de influências e ilhas de corrupção, que urge resolver! Sendo que, tal como as moscas, é junto dos partidos do poder que se alojam os corruptos, porque é o poder que sacia o libido dos desonestos! 
É preciso ética, mas, sobretudo, que Portugal seja um Estado de Direito que consiga prender criminosos: não é aceitável que num estado com tanta corrupção, só Vale e Azevedo e Oliveira e Costa estejam a contas com a justiça!É verdade que o drama do País não é poucos roubarem muito, mas muitos roubarem pouco: mas, só há legitimidade moral para prender os pequenos criminosos, depois de atacar os grandes!
Por outro lado, não é admissível que o Estado continue a ser fraco perante os três grandes cancros que minam o nosso desenvolvimento: o poder do dinheiro, o poder das ordens profissionais e o poder dos sindicatos!

quinta-feira, maio 05, 2011

Prezadas leitoras, cuidem da vossa saúde mental! (Com Adenda)

Saiba como! (roubado à Sofia Piçarra, uma miuda que é talentosissima e com imenso sentido de humor! Mas trabalha no Correio da Manhã)

Adenda: é por esta tipo de informação que eu gosto tanto do Correio da Manhã!

Uma espécie de feira com montes de animais, alguns deles com 4 patas


Por estes dias, entre bocejos sobre o pacote do FMI ou, para ser rigoroso,  do trio a que toda a gente chama troika essa palavra genuinamente portuguesa made in Russia, porquanto dizer-se tríade seria provincianismo e redigir troica com “c”é coisa de gente que tem a mania, os bejenses vão passar horas a dizer mal da Ovibeja! E do Castro e Brito, esse malandro que insiste em trazer gente, publicidade e dinheiro para Beja, aborrecendo a cidade com pessoas, barulho e movimento!
O “argumentário” da crítica é por demais conhecido, mas sempre giro de recordar: é o facto de a feira estar sempre igual, as bandas que são sempre más, excepto quando são boas, sendo que, neste caso, as pessoas não vão ver a feira mas as bandas, o facto de a feira ser demasiado curta, quando antes era demasiado comprimida, porque os bejenses são como as mulheres e nunca se satisfazem com o tamanho, o esbanjamento de dinheiro privado e, a mais popular de todas, os preços dos bilhetes, porque, cá pelo burgo, todos os preços são bons, menos os da Ovibeja!
É fácil criticar a Ovibeja! Porque criticar é a arte mais simples do mundo! E se a crítica é feita na penumbra do anonimato, então, ainda se torna mais simples, a deliciosa verticalidade dos corcundas que escondidos na sombra atiram pedras a quem passa, orgulhosos da sua cobarde coragem! Aliás, no conforto do meu sofá branco, eu se fosse treinador do Real Madrid tinha ganho o jogo em Barcelona, porque, obviamente, mesmo sem perceber nada de futebol, sou melhor que o Mourinho!
Obviamente que ver tantos bejenses a atacar a Ovibeja é abjecto, nojento,  ordinário, mas, importa olhar para isto com candura, perceber que este prazer autofágico faz parte de nós, que em cada bejense se esconde um misantropo masoquista, que este prazer pela maledicência faz parte daquilo que somos, este estranho fado de ser tuga e, consequentemente, sendo tuga melhor que todos os outros! Por mim, repito o que antes já fiz e termino estas mal desenhadas linhas com um obrigado ao Castro e Brito e a todos aqueles que com ele ergueram esta feira: porque com todos os seus defeitos, a Ovibeja é o melhor que Beja tem para oferecer…

Adenda: Convido os leitores a lerem a crónica do Paulo Barriga que irá sair amanhã com o DA! 

quarta-feira, maio 04, 2011

Não há maior humilhação na vida que a incapacidade de um tipo se rir de si proprio!

Sim, mudei de roupa entre as aulas! Mas em minha defesa, quase que tenho uma boa razão! Lamentável, mas boa razão! Caricato, porque, infelizmente, já nem nisto sou virgem e já no passado me aconteceu algo em tudo semelhante! Há uns anos, na sala 5, na cave da Estig antiga, mas, claro que já não me lembro!
Em sala sou profundamente disciplinador! Em regra as aulas são leccionadas num silêncio descontraído: até as minhas queridas galinhas, tantas vezes mais de 60 numa sala de 40, comportam-se sobejamente bem!
Mas... hoje os miudos estavam terríveis! Não havia forma de sossegarem! Mesmo depois de uma chamada de atenção, a coisa não acalmou! Num primeiro momento pensei que fosse o efeito Ovibeja que deixa os grelos loucos, depois pensei que me gozavam por ter umas meias do BugsBunny, mas, porque a verdade
é como o amor e o azeite, a triste realidade entrou na sala: o gajo que estava a dar aulas, tinha um terrível rasgão na parte posterior das calças! Ao menos... hoje tinha cuecas...

Noticia Exclusiva Viagra e Prozac



Osama bin Ladan está vivo e vem à inauguração da Ovibeja!E aproveita fica por aqui para o Festival Islâmico!

terça-feira, maio 03, 2011

Então vamos lá conversar sobre trios..

Não dos badalhocos! Mas do trio do FMI, UE e BE que andam por cá a emprestar dinheiro a Portugal, porque o País já nem tanga tem! 
Não vi a declaração do Senhor ainda PM, porque estava a ver o Barcelona (que tristeza, ver uma equipa que é um hino ao futebol, passar noventa minutos a simular agressões e faltas!!!), mas, pelos resumos, parece que foi igual a si próprio e desenhou um Portugal no meio do oásis maravilha! 
Pelo que ouvi, parece que o pior cenário não se verifica! Mas... reitero, parece, porque, isto de falar antes de tempo é como a ejaculação precoce! Não sou capaz de opinar sem saber qual a taxa de juro - porque é o essencial no meio de tudo isto - e, preferia um acordo a cinco anos e não a três, como parece! 
Assusta-me esta visão optimista do "afinal a coisa não vai ser assim tão mal", porque, temo que não se façam as reformas que são crucias! Embora... há uma única razão para ser optimista: Portugal e os portugueses são óptimos a ser mandados, a cumprir as instruções dos outros, pelo que, três anos a fazer o que o FMI manda, até pode ser positivo! 
Aliás... por mais que não se goste de ouvir, a razão pela qual o Luxemburgo que tem uma enorme percentagem de portugueses tem excelente produtividade, deve-se ao facto do nosso talento para obedecer... 

Particularidades na vida da um aldeia na planicie...

A politica regional cada vez mais faz-me recordar o Titanic, aquele momento ternurento em que o barco afundava e os violinos continuavam a tocar! Porque, mais vale morrer com boa música! No nosso caso, ainda se discutem as medalhas...