quarta-feira, dezembro 31, 2008

Está quase a terminar.....

... a merda do ano de 2008. Um ano patético, em que os meses gozaram com as semanas, os dias desiludiram as horas, os segundos mentiram às estações, depois de Outono que parecia risonho, veio uma longa primavera triste, um verão sem chama e um inesquecível Inverno que desnudou a verdade das muitas mentiras...

Hoje....

... não brilham estrelas no céu. Está um imenso breu...

terça-feira, dezembro 30, 2008

Retrospectiva do ano que finda…

O ano de 2008 poderá ser comparado a uma mulher com hemorróidas, o chamado annus horribilis! Procurando recordar o ano que ora se enterra (com excepção do nascimento do meu pequeno Daniel) não recordo um acontecimento positivo. O petróleo andou a jogar ténis com a Euribor, tendo ambos atingido valores obscenos, desnudando as inúmeras falhas de um mercado que se acha um casino; os financeiros e a irresponsabilidade subjectiva fizeram o mundo mergulhar numa crise cujos contornos ainda estão indefinidos. No Iraque e na Faixa de Gaza a merda de sempre e como os meus leitores bem sabem não sou Obamamaniaco, pelo que não fecho o ano a acreditar em milagres.
Pelo país (e não é erro ortográfico usar “o” pikeno) foi o ano da choradeira dos professores, o ano que o Serviço Nacional de Saúde parou com medo de mudar, o ano da não alternativa no PSD (a guerrilha no PSD faz-me lembrar as guerras Benfica-Sporting sobre quem ficava em segundo), foi o ano em que a palavra “nacionalização” regressou do pesadelo do PREC, o ano da decepção olímpica e futebolística, o ano em que o Benfica voltou a ver os outros passarem, o ano que se discutiu Ota ou Alcochete sem cuidar de pensar se Portugal precisa mesmo de outro mega aeroporto, mais um ano onde nos deleitamos a discutir o acessório por imperícia de tratar do principal.

Cá pelo burgo, um ano parado, paradinho. Se na penumbra os partidos fizeram o seu jogo, se prepararam o trilho para a guerra do poder, pouco ou nada de significativo aconteceu na cidade: continuo a desfalecer placidamente, contemplativa, sem ideias, sem projectos, sem empreendorismo, sem iniciativas relevantes: mesmo a Ovibeja, viveu a sua última semana, para se reduzir a pouco mais de um fim-de-semana. O aeroporto continua sem rumo, o Alqueva lá está sem se perceber qual a sua primordial valência, o IP8 é bonito no papel, as fábricas chinesas continuam na China, o Centro Comercial é ainda apenas um projecto, a ligação da cidade ao rio uma miragem, entre muitas outras coisas que fazem de Beja uma cidade de sonhos e sonhadores!
Pessoalmente, escrevi algures neste blogue um desejo para 2008! Falhei! Redondamente! E mais não digo! Quiçá 2009 seja um ano melhor! Mas… sou assumidamente pessimista e misantropo, pelo que temo que ainda vamos sentir saudades de 2008!

Ainda se lembra....

... que este foi o ano que pariram a lei contra os fumadores?

Falta um dia...

... para terminar esta sondagem. Por enquanto Pulido Valente vai isolado, seguido de Francisco Santos. Irá haver reviravolta de último dia? Quiçá...

Há gajedo...

Há gajedo que faz quilómetros para arranjar um vagino ou em busca da pirilaua perdida. Eu faço centenas de quilómetros para comer sushi! Para quando sushi aqui no burgo?

segunda-feira, dezembro 29, 2008

O Presidente no País do toucinho e vinho tinto...

A fortíssima declaração ao país do Presidente Cavaco Silva fez-me recordar as gajas que se oferecem a um tipo, tiram-nos a roupinha e depois ... fogem com medo!
Vamos a duas premissas em tom de preliminares: o Estatuto dos Açores é uma trampa sem nenhum real interesse e o Tribunal Constitucional vai declarar inconstitucional este disparate! Dito isto, vamos ao conteúdo da coisa! Quem diz o que o Presidente disse, que fala sobre "deslealdade", "precedente muito grave", "quebra no regular funcionamento das Instituições" e na "sobreposição de interesses partidários aos interesses do País" só podia terminar com a destituição da Assembleia da República.
Fazer o discurso (onde esteve bem) e sair com cara de mau, sem mais, faz lembrar aqueles lingrinhas a que fogem e gritam "agarrem-me se não eu vou-me a eles"...

Onde jantar em Beja...

... na noite de ano novo e antes de ir ver o grande Marco? Aceitam-se sugestões ....

Há saldos em Beja...

... vendem-se praticamente todas as lojas da cidade por baixo preço...

Amália, o filme...


Fui ver o filme Amália. Um filme que não é sobre Amália. Um filme que não é sobre fado. Um filme que não retrata Portugal. Porque Amália é o fado. Porque Amália é Portugal.
PS - O filme é arrepiantemente soberbo. Sem dúvida o melhor que se fez em Portugal!

Adenda: com direito a música nova, obviamente...

domingo, dezembro 28, 2008

Hoje foi tarde de futebol cá no burgo...

... e eu congelado fui assistir ao Desportivo de Beja - Despertar ou vice-versa! O resultado final foi um empate a um e provavelmente uma gripe.
Como tinha escrito aqui, quebrei a "promessa" de não assistir aos jogos do Distrital enquanto formalmente exercesse funções na AFBeja e fui ver o jogo entre os mais representativos clubes da minha cidade. Comprei o bilhete de CINCO EUROS cedo para evitar as filas e deixei o carro perto da sede do Despertar para fugir das bichas.
Decidi ir ao fim da manhã para comer umas bifanas e entremeadas com vinho tinto, comprar cachecóis nas inúmeras barraquinhas de merchadising e ocupei o meu lugar na bancada central, com bancos aquecidos e protegida da chuva e frio. Ambiente intenso, com o risco acrescido de as claques estarem demasiado próximas o que podia propiciar uma batalha tribal! Aliás, um reparo para a PSP que foi displicente na revista na entrada do estádio, permitindo que as claques entrassem com very lights e chouriço de vinho.
Sobre o jogo, teve duas partes, sensivelmente de quarenta e cinco minutos e vinte e tal jogadores, dividos por duas equipas. Na primeira mandou o Desportivo, uma equipa mais adulta, com melhores jogadores e com uma táctica que gosto especialmente (uma mistura entre 3-5-2 e todos ao molhe e fé no Xico): infelizmente, após marcarem o golo desistiram de jogar, permitindo que toda a segunda parte fosse do Despertar, uma equipa jovem (acho que andava lá um feio que é meu aluno) muito à imagem do seu treinador: dá tudo o que tem, disputa todos os lances e não vira a cara à luta. Pelo que o empate é merecido.
Nota final: uma boa arbitragem, num jogo em que os atletas entraram em campo apenas para jogar à bola! E fizeram o que podem e sabem...

Porque hoje é dia 28 de Dezembro...

O que lhe falta fazer em 2008?

sábado, dezembro 27, 2008

Viagra e Prozac recomenda: O Café do Parque...

Acredito que a "coisa" até terá um nome e tudo, mas confesso a minha consabida ignorância no que ora se concerne à nomenclatura! Sobre o Parque da Cidade já muito foi dito e escrito: é o mais agradável local da cidade de Beja e estou claramente desconfiado que muitos bejenses fazem filhos para ter uma boa desculpa para passar tardes no Parque.
Mas hoje quero falar do café do Parque. Por razões profissionais estive indirectamente ligado ao surgimento do processo e constatei o empenho do Ricardo no Café. Como ao longe acompanhei o enorme investimento feito para alargar o espaço, devido aos caprichos de um arquitecto e dos erros relacionados com a propriedade intelectual do espaço. Mas hoje não quero ser fatalista.
Deixo o elogio ao café do Parque o local mais aprazível para passar um fim de tarde na cidade (não conheço o espaço à noite). Reconheço que o serviço nem sempre é "fácil": mas quem aprecia facilidade vai aos bares de alterne. É verdade que as tostas demoram, mas vale a pena esperar por elas e acompanhá-las com um chocolate quente! E um bom livro, sentido a chuva lá fora...

Amanhã todos à bola....

... é dia de grande clássico: Desportivo de Beja - Despertar. Assim uma espécie de Benfica-Sporting ou Salvada-Cabeça Gorda!* Eu só não vou se me esquecer! E você?

* Informam-se os leitores não baixo-alentejanos que Cabeça Gorda é o nome de uma terrinha aqui perto e não uma alusão ao dono do blogue!

Acho indecente...

... a mórbida curiosidade das pessoas pela vida sexual dos outros! O que o motiva uma pessoa a passar o dia a perguntar se os outros tiveram boas festas?!! Eu recuso-me a responder a perguntas sobre intimidade sexual!

sexta-feira, dezembro 26, 2008

Parabéns, PSP...

Palavras minhas neste blogue já foram muito criticadas pela PSP-Beja. Mas da mesma forma que no passado provoquei, hoje deixo os meus sinceros parabéns à PSP de Beja. Por isto! Porque merecem!

@ C@m@r@ Municip@l de Bej@

Um estudo da Universidade do Minho concluiu que a Câmara Municipal de Beja tem um dos piores sites do País. O que apenas prova o que há muito se sabia!
A Universidade do Minho é incompetente, os seus investigadores são ex-comunistas primários e secundários e este estudo foi comprado pelo grande capital, para atacar os direitos e garantias dos trabalhadores, numa lógica de desestabilização do serviço público com o deliberado intuito de proteger as perversões devassas da banca, seguros, restauração e da indústria dos derivados! Ou algo similar!

Winx

Se o meu paciente leitor e tarada leitora não têm pirralhas, provavelmente o título do post parecer-lhe-à estúpido: mas se tem uma diabinha em casa sabe bem do que se trata. Para esclarecer as Winx são as barbies da geração morangos com açúcar, seis bonecas parvas, mais cd de música, mais jogos para a PSP (que custam 44,99), mais trotinetes, mais um sem fim de trampas made by merchandising.
Porque falo nisto? Pois bem. A nova boneca da moda tem ar de pêga, veste-se como meretriz* e é pornograficamente anorética. Impressiona. Como não surpreende ninguém eu brinco com bonecas, mas, honestamente, não me recordo de ver uma boneca tão escanzelada, tão estupidamente magrinha. É sem dúvida um produto a evitar. Porque não devemos ser tolerantes com a devassa tentativa de criar perigosos valores morais e estéticos nas nossas jovens. Pense nisso: se a minha leitora brincava com as barbies e o resultado é o que o espelho mostra, imagine a sua petiza a crescer brincando com uma boneca ainda mais pêga e anorética!

*meretriz é uma palavra fina para puta, sendo que prostituta é aquilo que os homens chamam a uma mulher boazona, que se veste provocantemente e recusa-se a ir com eles para a cama!

quinta-feira, dezembro 25, 2008

O que as pessoas procuram na net na noite de Natal

Os termos infra são um apanhado das pesquisas feitas nesta noite no google para chegarem a este blogue. A prova provada do espírito natalício nesta época especial de paz, solidariedade, fraternidade e compaixão. "Mulheres Taradas" (provavelmente com o intuito de as redimir), "mulheres taradas por fo**" (perceberam que por ser Natal não escrevi o palavrão), "pu*** de Ourique" (infirmando o que as más linguas dizem...), "mulheres em cuecas" (presumo que alguém preocupado com a pobreza extrema que não permite comprar roupa), "gordas fod** menos" (a prova de que as pessoas se preocupam com o excesso de calorias nesta época), "mulher deitada na marquesa" (repare-se a compaixão com Nossa Senhora deitada nas palhas"), "blogue das mamadas" (presumo que seja alguém a procurar receita de gemada"), "como se faz um filho" (LINDO! Admito que seja para se informar melhor sobre o nascimento do menino Jesus" e, finalmente, uma pérola: "loiras put** a tirar a virgindade na con*" (repararam na redundância).
Com pesquisas destas, será que é legítimo desejar que tenham um Santo Natal?

Porque hoje é noite de Natal...

... escolha se quer beber ou se quer conduzir. Porque ter umas boas festas depende de si...

quarta-feira, dezembro 24, 2008

Concordo com o meu Presidente...

... a casinha nova foi mesmo o melhor de 2008. E haver dinheirito para a segunda fase, é uma excelente notícia...

PS - Peço desculpa aos leitores por interromper a programação de Natal, mas só nós sabemos o frio que passamos durante o Inverno nos Pavilhões maravilha...

Para as leitores do Viagra e Prozac...


... os meus mais sinceros desejos que nesta patética época tenham umas boas festas...

Para os leitores do Viagra e Prozac...

... os meus mais sinceros desejos que nesta patética época tenham umas boas festas...

terça-feira, dezembro 23, 2008

A Ministra da Educação matou hoje a avaliação

Demita-se a Ministra. O PS até pode ter conquistado hoje a maioria absoluta: mas provou que governa para ter o poder, não quer o poder para Governar!

Das coisas boas da vida...

... é ter memória curta. Depois de tanto ataque a Pulido Valente por ter saído da Câmara Municipal de Mértola, o PCP já tinha o precedente de Castro Verde e agora é o caso de Aljustrel, onde José Godinho abandona para preparar o caminho ao seu sucessor!

Eles não compram nas grandes superficies...

... preferem uma forma mais tradicional de adquirir os seus presentes de Natal...

É adorável...

... quando um excelente café se arma em arrogante e mete na cabeça que é tasca, das más!

Não se esqueça que amanhã é dia...

... de comer o bacalhau. Não seja egoísta. Partilhe o seu bacalhau com quem mais precisa e permita umas boas festas...

segunda-feira, dezembro 22, 2008

As pesquisas no Google....

Do mais giro de ter um blogue é o que as pessoas procuram no google para entrar nesta casa mal frequentada! Mas algumas não têm a menor piada! Hoje alguém chegou aqui procurando "beatas e a biodegradação". Se todos os momentos são inadequados para hostilizar a fé dos outros, acho inaceitável pesquisas destas em época de Natal!

Uma outra foi "a minha mulher já não me ama e dorme com outro"! Pergunto: acha mesmo que ela e o outro... andam a dormir???

Gosto tantoooooo........

... de passar dias seguidos a ver testes e casos práticos...

Acho ternurento...

... o facto de o Governador Civil estar optimista para 2009. E presumo que não deve ser o único: Bin Laden também deve estar!

Viagra e Prozac recomenda...

... a Galeria do Desassossego! Um local que confesso não ser cliente! Apesar da simpatia do Jorge, duas más experiências com o sound check fizeram com que passasse longos meses sem entrar. Por outro lado, hipocrisias de lado, digamos que, aquela não é propriamente "a minha música".
Regressei nesta quinta feira com os pitinhos turistas, para um jantar de Natal. Casa cheia. Gente bonita. Diferente. Sem sound check. Sem encontrões nem espaço a abarrotar (saí perto da meia noite). Bom preço. Bom serviço. Excelente comida. Repito: excelente comida. O bife à indiana, com caril e banana é absolutamente extraordinário. As batatas animadas. O bife com queijo azul estava estupendo. Boas entradas. Sangria agradável. Excelentes os tomates no sal (e palavra de honra que não estou a falar dos meus!). Beterraba com vinagre, foi uma ideia excelente. Eu vou voltar. E você: tentado a conhecer? Ou a regressar?

PS - Esta publicidade é gratuita. Mas o dono do blogue é subornável com gastronomia!

domingo, dezembro 21, 2008

Acham mesmo que é coincidência... (Com Actualização e outra actualização)

... o facto de o Pai Natal não se vestir de verde e branco?

Actualização: acham mesmo que é coincidência o Pai Natal não vestir de azul e branco?

Outra Actualização: Pedro Henriques não acredita no Pai Natal

Eu gosto...

... do sol de Inverno. De blusas de malha com calças de ganga. De ver filmes parvos sentado no sofá. De pipas. De um bom livro a ouvir música. De escrever post parvos quando não há assunto!

Personalidade Politica do Ano (com Adenda)

Aproximando-se o final do ano, sugere-se uma sondagem aos leitores. Num leque de cinco pessoas, pergunta-se qual a personalidade politica que marcou o ano que ora se finda. A escolha é plural: Presidente da Câmara, vereador Miguel Ramalho, Governador Civil, candidato a Presidente, Deputados da cidade, Vereador João Paulo Ramôa.
Nota: avisam-se os leitores, que esta sondagem tem ainda menos valor que a do Expresso...

Adenda: Ainda há uma semana para votar: a coisa vai animada e a discussão parece ser entre Pulido Valente e Francisco Santos! Quer dar a sua opinião?

sábado, dezembro 20, 2008

Há piadas que é obsceno fazer...

... por isso não faço aqui referência ao facto de o Karas estar a oferecer aos seus clientes um capacete e um colete à prova de bala...

Jantar de Gala

Ontem foi noite longa no jantar de gala de gestão de empresas. Ainda ponderei partilhar com os leitores umas fotos, mas, como eles são terrivelmente feios, achei que podia ser considerado poluição visual. Confesso que é sempre um jantar especial: sobretudo para reencontrar jovens que terminaram os seus cursos há três, quatro, cinco anos, que conheci como miúdos assustados e reencontro-os agora, homens e mulheres, que, apesar de longe, continuam apaixonados por a nossa cidadezinha e pelo muito que aqui viveram.
Se estas linhas servem para agradecer o convite aos finalistas, eles vão compreender que faça esta menção aos ex! E as vinte e quatro caloiros das 9h da manhã! Têm razão: é uma vergonha...

sexta-feira, dezembro 19, 2008

Obrigado, leitores do Viagra e Prozac

Fui informado que um grupo de leitores deste blogue me vai oferecer um portátil com uma net DECENTE de prenda de Natal, para que o blogue continue a ser devidamente alimentado. Obviamente que tenho de deixar o meu público agradecimento, por um acto que me deixa embevecido de orgulho.
A campanha está a ser divulgada pela Rádio Voz do Município e pelo Diário do Alentejo e foi da iniciativa do Sindicato de Professores. Os donativos podem ser entregues na Câmara Municipal de Beja e no Governo Civil, bem como na sede Concelhia do PS ou na Distrital do PSD.
A prenda irá ser entregue no jantar de Natal do Viagra e Prozac a realizar no restaurante Espelho de Água, pelo Presidente da casa do Futebol Clube do Porto de Beja. Na sequência do jantar, o Arte Pública vai estrear a sua nova peça, coreografada pelo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Beja, num espectáculo apresentado pela Carla Matadinho que terminará com a actuação da Tuna da Moderna. As inscrições para o jantar, podem ser feitas em alguns blogues da cidade e o preço inclui bilhetes para o Pax Júlia, com direito a passeio no Autocarro Municipal pelas obras da Pólis.

Lendo a "Impresa" aqui do burgo...

Destaca-se no CorreioAlentejo o elogio às pinturas rupestres que adornam o Castelo de Beja, para gáudio dos imensosss turistas que escolhem Beja; ainda neste semanário em Editorial aplaude-se o bom momento no Desportivo de Beja. No Diário do Alentejo em editorial diz-se algo ponderadissimo, na obcessão por defender José Sócrates e faz manchete o facto inadmissivel de o piso do Parque de Feiras e Exposições ser responsável por centenas de alentejaninhos se espalharam com as bundas no chão frio!
Na Rádio Voz do Munícipio conta-se a história da PSP que foi "cantar as janeiras" a vários domicílios, tendo recolhido donativos branquinhos e seis voluntários para causas sociais (no Conselho de Opinião afirmei que isto ia acontecer antes do Natal...), sublinha-se o optimismo dos sindicatos para 2009 e enaltece-se o facto do PCP Aljustrel comemorar o Natal com uma enorme árvore no centro da povoação, para comemorar o facto de a Mina não fechar!
Na Rádio Pax o Presidente Francisco diz que o Natal é sempre que o homem quiser e que por isso o Vivaci pode começar hoje.
Com toda a certeza que os blogues dizem coisas muito boas, mas a minha net está uma lindissima trampa, pelo que este objectivo post finda por aqui, desejando a todos aqueles que não são meus leitores, um Natal cheio de porcarias que causam o "colestrol" e que a árvore tenha bicho da madeira, para aprederem e começarem a visitar a casinha do H.

Mais um....

... porque afinal de contas as virtuais são mais ecológicas e em tempos de recessão urge poupar!

quinta-feira, dezembro 18, 2008

É por isto que eu gosto de eleições...

Isto!

Hoje é dia de dar OITO... (Com Adenda)

... mas infelizmente para dar oito não basta ter vontade!

Adenda: Como a estupidez tem limites, claro que não vi o jogo! Dizem que perdemos: o que me parece muito bem. O Benfica é uma equipa coerente e com princípios. Afirmou no inicio do campeonato que queria ir à Champions e não jogar na UEFA e, como não foi, recusou-se a jogar na UEFA. E fez muito bem. E digo mais. Para conseguir desviar as atenções, faço aqui um elogio ao Bruno Alves. Acho vergonhoso que se critique a atitude deste jogador e depois se teçam elogios à Telma Monteiro que faz exactamente o mesmo, ainda que com menos força!

Uma outra cidade...

O facto de ter 33 anos e de por razoes profissionais estar muito ligado a jovens, nomeadamente na sua passagem da adolescência para a idade adulta, poderia dar-me um conhecimento privilegiado! Por outro lado, mesmo os muitos que discordam das coisas que acredito e defendo, reconhecem que sou razoavelmente bem informado sobre a cidade onde nasci e teimo em continuar a viver.
Serve o presente intróito, com o qual desperto o ouvinte nesta gélida manhã de Dezembro com cheiro a Natal, para falar do tema que domina as conversas de toda a cidade. Não para dissecar os factos em concreto: não sou apreciador de conversas de porteira e por imperativos profissionais confio nos tribunais e acho que é a estes que compete apurar a verdade material. No caso específico do Tribunal Judicial de Beja sei de ciência certa que é composto por um brilhante leque de profissionais, que terão a sapiência para aplicar Direito ao caso concreto, condenando na pena que for mais justa!
A reflexão que partilho consigo nesta manhã é a de uma cidade que nasce quando o Sol se põe, uma cidade habitada por criaturas, tal qual como qualquer um de nós, com comportamentos que pensamos que apenas existem nos romances e novelas, uma cidade que a esmagadora maioria dos bejenses desconhece.
Não procurem nestas linhas a diabolização da noite e dos espaços nocturnos: culpar os bares é tão absurdo como sustentar que por existirem claques violentas se deve acabar com o futebol. Obviamente que a noite propicia os excessos, catalisa a propensão para os dislates! Os jovens de hoje, como os homens de ontem, bebem excessivamente, tomam substâncias ilícitas, vivem sofregamente como se aquela fosse a última noite das suas vidas, têm comportamentos sexuais nem sempre responsáveis, conduzem embriagados e praticam toda uma enorme diversidade de tolices. Mas, por mais que sejam duras estas palavras, todas essas asneiras são etapas do crescimento, porque a maturidade bebe dos nossos erros e fazer no momento certo os pequenos disparates próprios de cada idade, tem a utilidade de formar adultos mais resistentes e responsáveis, com menor apetência para cometerem despautérios numa idade onde se exige uma maior rectidão de comportamentos.
Mas não é de essa Beja que falo. Falo hoje de uma cidade de Beja que desconheço, que o meu ouvinte estava convicto que não existia: uma Beja que dorme de dia, que desperta de noite, repleta de grandes excessos, de imensos e perigosos disparates, de comportamentos desviantes, onde a diferença de classes se faz entre consumidores de heroína ou cocaína, onde passeiam armas e cães que são usados como revolveres, uma cidade que não dorme nem deixa dormir! Uma cidade onde demasiadas pessoas não trabalham nem estudam, que vivem na dependência de subsídios do Estado ou da mesada dos pais, que abdicaram de sonhar, de confiar no futuro, entregando-se sofregamente ao próximo prazer. Mesmo que o próximo prazer seja o ultimo…


Falta uma semana para o Natal...

quarta-feira, dezembro 17, 2008

Rapidinha entre relatórios, crónica e aulas...

Nunca partilhei do sentimento maioritário de que Pedro Santana Lopes é pior que Judas, um completo incompetente populista: reconheço-lhe falhas, como lhe reconheço muitos méritos. Mas a minha opinião não é partilhada por Manuela Ferreira Leite que abjecta a forma de Santana Lopes estar na política. Dar-lhe o palco de Lisboa é algo absolutamente contra natura. Se aqui defendi Ferreira Leite, hoje acordei com saudades de Marques Mendes...

Perguntas da uma da manhã após mais um dia cão...

Esta noite tive o prazer de jantar (e muito bem!!!) com um padre. Simpático, culto, inteligente, bem parecido, uma conversa agradável e menos de trinta anos. Vou dormir com uma pergunta na cabeça: o que motiva um jovem numa sociedade como a nossa para o sacerdócio?

Conversas de café...

Na fila para o café e a água académica, dou por mim a ouvir a presente conversa:
- O buraco está larguíssimo e quando enfio fica muito largo. Agora só consigo quando meto no outro!

Sim, a meio da tarde, na fila para o bar, conversavam sobre isto!

terça-feira, dezembro 16, 2008

Espaço Vol em Beja...

... infelizmente apenas por uma semana. Beja precisava de um espaço assim! A tempo: alguém me sabe informar se no VOL vendem isto?

Auto-Estrada de Beja...

A imagem retrata um alentejano esperando a construção da auto-estrada ou um IP ou uma qualquer trampa decente para se deslocar. Será que os poderes estão convencidos que com estradas más, conseguem demorar a fuga da planície? (post sobre isto!)

Comércio tradicional de Beija

Na sequência deste post, nasceu a dúvida! Afinal quantas lojas chinesas há na cidade de Beja? O vencedor tem direito a não ganhar prémio...

Ajudem-me nesta lista: 1- Centro Comercial; 2- onde era o Cortiço; 3- frente ao Pingo Doce; 4- a outra perto do Pingo Doce; 5 - descida para o Jardim do Bacalhau; 6- Jardim do Bacalhau; 7- fim da rua Capitão João Francisco de Sousa, onde era a Bejauto; 8 - frente ao antigo cortiço; 9- onde eram os Armazéns da Cidade; 10 - ao lado do Luís da Rocha; 11 - Onde era o Alfredo e Honório (salvo erro era assim que se chamava); 12 - onde era o Supermercado Urbanos (ou já fechou esta?); 13 - Avenida Miguel Fernandes I; 14- Avenida Miguel Fernandes II; 15 - Junto ao Mercado Municipal (antiga Skoda); 16 - nas traseiras da "cozinha"; 17 - Rua das Lojas; 18 -

segunda-feira, dezembro 15, 2008

Prémio Internacional...

Não conheço nem a revista, nem os critérios de escolha nem o método da nomeação. Nem conheço o trabalho do autarca. Mas fico satisfeito quando um baixo-alentejano é distinguido no estrangeiro. Independentemente do resultado final, Parabéns ao José Pós-de-Mina, presidente comunista da câmara de Moura. (foto roubada ao Alvitrando)

domingo, dezembro 14, 2008

Tiroteio em Beja (Com opinião e Actualização)

Segundo notícia Rádio Pax, na madrugada de hoje foi morto a tiro um jovem adulto. Vou regressar ao tema, caso se justifique...

Adenda: Os factos ocorreram nas primeiras horas da manhã, já os bares da zona estavam encerrados e estes lamentáveis factos não ocorreram em nenhum bar, não se confirmando que a tenham existido agressões prévias num bar!

Opinião: Para quem conhece a cidade, era óbvio que este seria o tema do dia o assunto de todas as conversas! Não vou comentar a patética tentativa de procurar conspurcar um determinado bar com este incidente, porque não tenho por hábito cultivar o acessório: se fiz a "adenda" foi apenas por gostar de factos e não de especulações.
Sobre os factos, as primeiras palavras vão para o falecido! Desconheço a pessoa, não conheço as suas idiossincrasias, mas, independentemente de qualquer coisa, sempre que uma vida humana se perde devemos sentir pesar. Por isso, para a sua família e amigos ficam escritas as condolências.
Os factos de ontem infelizmente resumem-se a uma discussão frívola, uma agressão com faca, seguida da insana estupidez de balear o alegado autor da primeira agressão. Não consigo imaginar o despertar dos pais, com um filho no hospital depois de uma grave agressão e outro que está a fugir às autoridades, suspeito de um crime grave! (entretanto, já detido na PJ de Faro).
No meu ensino uso muitas vezes a expressão: mais que criminosos, há pessoas que cometem crimes e, cada um de nós, é um homicida em potencial! E terá sido o que aconteceu: um jovem num momento inqualificável ceifou a vida a outro. Deverá ser ouvido amanhã no Tribunal, onde o espera uma medida de coação algures entre a pulseira electrónica e a prisão preventiva, um longo e difícil processo onde uma certeza já temos: nada na vida deste jovem será como antes. Porque na vida as coisas não são preto ou branco, porque na vida mais do que vilões, há pessoas, com bons e maus momentos, que acertam e erram, que fazem coisas bonitas e enormes parvoíces...
Actualização: Como se alvitrou aqui, o suspeito ficou em prisão domiciliária com pulseira electrónica, aguardando o desenrolar do processo!

Coisas aqui do burgo...

Aqui na terrinha está um frio do pirilau! Porque ando mariquinhas não usei esta foto para ilustrar o post, mas era adequada! Ontem aqui na terrinha perdi duas coisas que valiam realmente a pena: uma palestra de António Paisana, - de quem tive o privilégio de ser discente e me ajudou a perceber que tinha de seguir Direito -, e o Coro do Zig, também designado de "Coro da Câmara" que ontem ofereceu música à cidade - se eu não fosse paraplégico dos ouvidos, teria ido". Por falar em música, depois de ouvir a nova musica do Rui Reininho, mudei a música do blogue para a versão original desta. Ouvi hoje no café comentar que ontem teria havido um qualquer jogo de futebol, mas, como não vi, não conta. Por falar em contar, conto ao meu bom leitor que ontem tive "jantar com meninos", - não comentem, mas é uma turma especial - que acabou no novo bar da cidade, Sei Lá, novo projecto do Pirra (um gajo da noite, nunca deixa a noite, por mais queixas e queixumes) agora acompanhado da Ana Pardal. Recomendo! Por falar em recomendações, brilhante vitória ontem à tarde dos Hoquei de Beja sobre o Estremoz, por 3-2 na classe de benjamins, com excelente exibição de um rapaz muito jeitoso que teoricamente é defesa. Por falar em defesa, a Sofia e a Alexandra vão defender nos próximos dias o trabalho de fim de curso, com o rapaz a arguir, pelo que agora é tempo de passar a tarde a ler os trabalhos para segunda e quarta fazer cara de mau e dizer barbaridades. Por falar em barbaridas, este post vai longo e parvo. Por falar em parvoice, vote nesta eleição, que terá direito a um excepcional prémio para os leitores. Com efeito, irá ser sorteado entre todos os leitores que votarem um enorme capaz virtual cheio de coisa nenhuma.

sábado, dezembro 13, 2008

Presidente do Desportivo de Beja foi DEMITIDO (Com Adenda)

Conforme informa a Rádio Voz do Município, (sempre actuante a defender os seus!!) Nuno Abreu, presidente do Desportivo de Beja, foi demitido, uma decisão inédita no historial do mais representativo clube da cidade.
Lembram-se deste post?

Adenda: A resposta de Nuno Abreu!

Porque perguntar não devia ofender...

Depois do BPN e do BPP, será que se um Banco de Esperma tivesse problemas financeiros, o Governo ia a correr injectar "capital"?

A Suprema Justiça...

A prova provada da veracidade do brocardo popular, Nosso Senhor não dorme, é o facto de cada vez que é oferecida a uma mulher uma bundinha absolutamente perfeita e imaculada, quando se vira, percebemos que tem um rosto feio...

Comércio Tradicional na cidade de Beja

Ontem de tarde percorri quase todo o comércio tradicional de Beja para comprar as meretrizes de umas luvas azul escuro! Acreditam que vinte e sete bazares chineses depois, não consegui encontrar um único parzinho??!!

sexta-feira, dezembro 12, 2008

Advogados a 1 Euro...

Pode usar aqui. Ainda dizem que os advogados são ricos e cobram caro...

Coerência política...

Num momento em que se cala de coerência política, fico o rosto do politico português que no pós-25 de Abril teve o mais coerente posicionamento político. (com excepção de Álvaro Cunhal!)

Lendo a "Impresa" aqui do burgo...

No CorreioAlentejo (além da cronicazinha aqui do rapaz) destaca-se o Editorial - onde curiosamente se expressam ideias similares - e a catastrófica situação do Desportivo de Beja (onde se confirma a vontade de Nuno Abreu abandonar, aqui referida e depois refutada - e a abertura de um Julgado de Paz em Castro Verde (boas notícias!). No Diário as queixas sobre a fuga da GNR de Ferrreira, as palavras do patrão Jerónimo em Cuba, o destaque do novo dono das minas de Aljustrel e o imenso destaque à candidatura de Pulido Valente!
A rádio Pax destaca críticas à Edia, in casu dos agricultores (antes estes, que os habitantes da aldeia da luz, que deviam ter vergonha do queixume). Na Voz do Municipio fala-se de neve artifical nas portas de mértola (se critico as luzes....) e a excelente noticia do canil: depois dos factos que o ano passado envergonharam a cidade, uma óptima noticia!
Os blogues andam meio parados, tirando o boato da senhora do relógio que anda com aquele senhor que tem cabelo, as conversas de porteira estão em período de Natal, está frio e chuva, o meu carro tem a meretriz da jante fornicada, o Pax Julia estoirou para o Quebra-Nozes e para a festa do ballet da sobrinha mais fofinha do mundo, e, mais coisa menos coisa, a cidade acordou ontem como se deitou hoje ou o vice-versa!

A pré-campanha bejense...


Quando estas linhas forem impressas*, provavelmente já será oficial que Jorge Pulido Valente é o candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal de Beja. E mais do que isso: provavelmente o primeiro candidato socialista com verdadeiras possibilidades de vencer a luta autárquica, terminando com a hegemonia comunista. Numa disputa eleitoral que será titânica!
O PCP parece demonstrar no panorama nacional uma vivacidade que parecia perdida; numa conjuntura nacional e internacional favorável, aproveitando o vazio de oposição no PSD e a descredibilização de Paulo Portas, cujas boas propostas não passam na comunicação social, fiel ao principio de que a democracia não se esgota no voto, tem usado – e bem – as ruas para conseguir o protagonismo que lhe foge nos votos. Enquanto isso, o Bloco de Esquerda perde-se em futilidades e o PS, ofuscado com o poder pelo poder, abdicou de pensar e arrisca-se a perder a sua esquerda. Mais. O PCP - Beja é um animal político, que arrisca muito do seu prestígio autárquico na Câmara de Beja, pelo que irá arregimentar-se para uma batalha que será hercúlea.
O PCP - Beja sabe ganhar eleições, conhece o seu eleitorado e é um partido de mulheres e homens trabalhadores, que nunca se esquecem de fazer o seu trabalho de casa, bem cientes que existe muito de político e de pessoal em jogo nas próximas autárquicas: e a campanha já começou! Compreendendo que Pulido Valente é um perigo real, sendo difícil escamotear que fez obra em Mértola, importa descredibilizar este trabalho, trazendo à colação o argumento do despesismo, independentemente de ser um facto ou ficção. Por outro lado, importa desgastar a imagem do Partido Socialista a nível nacional para retirar proveitos locais, o que fará com que o PCP venha apoiar directa e indirectamente todas as fumaças de queixume ao Governo: foi assim com os médicos em Albernoa, o lar em Baleizão, os atrasos no IP8 e no Aeroporto, as queixas dos professores contra a Ministra (ainda que o apoio passe por oferecer o uso do autocarro municipal ou do Pax Júlia), as queixas dos alunos – por razões que nem os alunos sabem –, os mineiros de Aljustrel e será assim com qualquer outra manifestação de descontentamento!
Mas é injusto reduzir o trabalho do PCP a uma mera soma de queixumes, desprezar a sapiência do seu trabalho autárquico: é um Partido que conhece o seu eleitorado e, desiludam-se aqueles que não reconhecem os méritos do actual mandato! Mesmo numa conjuntura financeira complexa, onde Francisco Santos teve de pagar a festa da Pólis, a tolice da Colina do Carmo e enfrentar os acréscimos de gastos na construção das escolas, a Câmara teve a arte e esperteza de governar para o seu eleitorado. Por não ignorar que perdeu o voto jovem e urbano, focou a sua atenção nas freguesias rurais e no voto da terceira idade: para contentar os primeiros, distribuiu eleitoralmente campos desportivos, apoiou as iniciativas locais e é omnipresente nas estruturas associativas locais; no segundo caso, o melhor da autarquia teve como alvo a terceira idade, sendo disso bons exemplos a Universidade Sénior, os novos lares e melhoramentos em alguns que existiam, as feiras conexas com a Rural Beja, o cartaz de ano novo, que depois do Toy, oferece-se o palco a Marco Paulo (espera-se, por valores que fiquem longe da obscenidade dos 45.000 Euros de há dois anos!) com o deliberado intuito de servir a sua freguesia eleitoral.
Dito isto, impõe-se a questão de saber como Pulido Valente pode ganhar as próximas eleições! Desde logo, Pulido Valente conhece o PCP por dentro e sabe a forma como funciona a máquina comunista. E provou que sabe ganhar eleições a este Partido. A seu favor, joga ainda o difícil momento do PSD que não vai conseguir repetir o excelente resultado de João Paulo Ramôa, arriscando-se mesmo, caso o candidato seja do “grupo da distrital”, perder o vereador que conquistou. Por outro lado, é um homem capaz de reunir consensos, de manter o voto socialista e conseguir os votos de anti-comunistas e dos desiludidos com mais de trinta anos de políticas vermelhas: o anseio da mudança que se respira por todo o País, joga no caso de Beja a favor do PS. Contrariamente a outros momentos eleitorais, Pulido Valente terá tempo para construir um projecto e uma equipa: a decisão de se candidatar foi tomada a ano e meio das eleições e o “fumo de vitória” irá permitir reunir à sua volta um grande número de personalidades, quer socialistas, quer independentes. Claro que, existe sempre o risco de falsos consensos, a necessidade de resistir à tentação de se rodear de todos os descontentes: com tempo, Pulido Valente poderá ouvir propostas e fazer o seu próprio programa, impor ao Partido a sua equipa, saber rodear-se das pessoas certas e afastar outras, sendo que, in casu, a apatia das estruturas oficiais no PS na região, será mais vantajoso do que prejudicial.
Pulido Valente sabe e pode ganhar eleições autárquicas: mas vai ter de trabalhar tanto ou mais do que o PCP: compreender que as eleições ganham-se nas freguesias rurais, que se perde no voto da terceira idade, tem de conquistar o voto jovem, nomeadamente daqueles que nunca votaram, conseguir ganhar os independentes e as associações cívicas, oferecendo propostas sérias, um projecto para a cidade, ambicioso, que parta de uma premissa fundamental: colocar Beja no mapa! Sob pena de a cidade definitivamente se evaporar...
* esta crónica foi escrita segunda-feira à noite, enviada terça ao fim da manhã para o CorreioAlentejo

quinta-feira, dezembro 11, 2008

Este blogue é contra pneus... (com Adenda)

... e contra amaricados carros prostitutos que não têm a meretriz de uma roda sobresselente!

Adenda dentro do contexto dos comments"

A nível do ensino básico, o ratio professor/estudante é de um para 11, abaixo da média da OCDE (16); e no secundário é o mesmo, também abaixo da média (13) - com a curiosidade de no privado haver um ratio superior. Sendo um dos países da OCDE com menor PIB per capita, Portugal está, nesse grupo, entre os que melhor paga aos professores. Por outro lado, se os professores portugueses em início de carreira estão entre os mais mal pagos da OCDE (em termos de poder de compra comparativo), a partir de 15 anos de carreira sobem na escala, ultrapassando a Suécia, a Itália e a Noruega, e no topo estão ao nível dos salários dos seus congéneres alemães e finlandeses, acima da Dinamarca, do Reino Unido e da França. Por fim, o tempo total de trabalho exigido aos professores portugueses (1440 horas/ano) está mais de 250 horas abaixo da média da OCDE. Dificilmente o retrato de uma classe mártir e explorada. Antes pelo contrário.

(publicado hoje no dn, roubado ao Jugular, por Fernanda Câncio)

Sclorari não gosta disto...

... conforme se pode ler aqui! Fica Queiroz, afinal, estás perdoado!

As luzinhas de Natal

O centro da cidade está iluminado com luzinhas de Natal; admito que a cidade esteja mais bonita com a iluminação alusiva à época. Como, se por umas horas vestisse as calças de Presidente da Câmara Municipal em ano de eleições, admito que também decidisse gastar os vinte e oito mil Euros na iluminação natalícia, bem ciente que um bando de abutres iria atacar o Município caso este o não fizesse.
Mas será que se justifica? Será que ainda existe comércio local que legitime o investimento na iluminação nas zonas tradicionais de comércio? Os comerciantes ganham efectivamente algo com este dispêndio de dinheiros municipais ou com ou sem luzes seria a mesma miséria?
Repito que não procuro com estas palavras criticar a CMBeja: esta entidade fez o que todas as outras fazem e seria muitíssimo criticada caso não o fizesse. Mas, dito isto, não acho que hoje se justifique este investimento.
Admito que as minhas palavras possam estar a ser influenciadas de um preconceito contra o Natal, ou, em concreto, este patético natal onde ninguém se recorda do menino Jesus e nos deleitamos com o Pai Natal da Coca Cola, onde a solidariedade perdeu protagonismo para o consumismo, uma época que era de fraternidade e hoje exacerba o valor da solidão, em que o altruísmo de outros tempos venera o egoísmo que caracteriza os tempos modernos.
Sou assumidamente agnóstico, mas confesso a inveja daqueles que Acreditam, daqueles que compreendiam a espiritualidade do Natal e eram activos na partilha, na entrega aos outros, ainda que por breves dias o que é sempre melhor do que nunca! Mas irrita-me o Natal dos Centros Comerciais ou dos bazares chineses, em que procuramos comprar o carinho e o respeito com prendas ridículas pagas com o cartão de crédito, este patético Natal que antes era a festa da família e agora a salvação dos comerciantes.
Reconheço que desligar as luzes de Natal das nossas cidades pouco ou nada fazia para alterar este miserável cenário: mas há momentos em que se devem sobrepor princípios a tacticismo, alturas em que se exige um murro na mesa que nos obrigue a parar para pensar! E engalanar as zonas comercias das nossas cidades é contribuir activamente para a perversão do que um dia foi o espírito de Natal.

"Sem" Anos...

Manoel de Oliveira ou a triste sina de nascer em Portugal, um país, que definitivamente não é para velhos!

quarta-feira, dezembro 10, 2008

Hugo Guerreiro Treinador do Despertar

Eu gosto do Hugo Guerreiro. O Hugo tem um nome bonito e foi meu "capitão" quando eu jogava excepcionalmente mais ou menos futebol. Eu gosto da esposa do Hugo Guerreiro. Eu acho que o Hugo Guerreiro não mereceu a forma como foi tratado no Desportivo. Eu desejo boa sorte ao Hugo Guerreiro como treinador do Despertar. E gostava de o ver como adjunto do Caçoila no Desportivo de Beja durante uns anos.

Sondagens....

Esta sondagem feita para o Expresso, deu origem a este Conselho de Opinião. Quentinho...
Quer opinar sobre estes números?

Parabéns e Boa Sorte...


Passava da meia noite e ainda estavam os "meus meninos" a trabalhar no Auditório. Para organizarem isto que pode ler aqui!

Adenda: Referia-me aos alunos do terceiro ano; hoje não me sinto amiguinho dos alunos do segundo...

É oficial... (com adenda)

Reuniu esta noite a Concelhia de Beja do Partido Socialista de Beja, tendo decidido que o candidato do partido à CMB vai ser Jorge Pulido Valente!

Adenda: a notícia que ontem avançou aqui em primeira mão é hoje confirmada pela Rádio Pax e Rádio Voz do Município.

terça-feira, dezembro 09, 2008

Tal como Aimar...

















... também Vítor Constâncio tem um ordenado milionário. Dos melhores na Europa. Por razões que também não consigo entender...

Liga dos Últimos...

O Liga dos Últimos é um programa de televisão que mostra o Portugal real: aquele que os partidos em Lisboa não sabem que existe. Via Ricardo, pode ver a sua passagem por Beja, para acompanhar a época do Despertar! Depois da Santa Rata do Assobio, Azinhais do Meio e Vila Nova da Rabona, o programa escolheu Beja. Porque será...

O drama da página vazia...

... sentado frente ao computador, olho uma folha vazia, sem ter ideia do que escrever para a crónica de quinta...

Porque a vinda a Beja...

... do Tony Carreira dos anos 80 merece destaque, há música nova no blogue. Porque Marco Paulo merece...

Em defesa das mulheres que vão de fato de treino às compras!

Bem sei que o meu bom leitor, penetra na leitura destas linhas, com um preconceituoso sorriso de desconfiança, erroneamente convicto que não há perdão para a parolice de ir ao Domingo de fato de treino ao Modelo. O que é extremamente injusto: desde logo o Modelo em Beja já não existe e, mesmo quando existia, ao Domingo fechava de tarde, pelo que só por vil preconceito poderá falar nas domingueiras de fato de treino! Mas, refutar com esta argumentação, seria não invadir o cerne da questão e é imperdoável quando não vamos ao cerne da coisa!
Começo com uma declaração de interesses: sou acérrimo defensor da prerrogativa constitucional de uma mulher usar fato de treino no hipermercado, por um acervo de razoes que vou inventar a seguir! Desde logo condeno esta tendência fascizante de obrigar as mulheres a andarem sempre bem vestidas, obrigando-as a no Sagrado Dia terem de tomar banho e lavar os sovacos, pentearem-se e porem a porcaria dos cremes, vestir roupa lavada a fazerem depilação vaginal para irem ao supermercado, como se as compras fossem pagas em géneros e não em euros. Por outro lado, a verdade verdadeira obriga a deixar escrito que defender o fato de treino é defender as tradições lusitanas, a portugalidade. São inaceitáveis as concessões que fazemos aos bárbaros costumes de outros povos, mormente, a desvalorização da versatilidade no vestuário, em proibir socialmente o uso de uma roupa que dá para ir correr ou dormir, lavar o carro ou a loiça, desfilar no centro comercial ou na alameda das rabudas! E mais do que isso: toda a gente sabe que ir às compras é o jogging do século XXI e, todos acharíamos piroso, ver uma gaja a correr no matagal de mini-saia e saltos altos, excepto, se tivesse a ser perseguida por uma cuzuda ressabiada!
A mulher que usa fato de treino no supermercado é uma mulher completa e sensual, em paz com a sua sexualidade, sem a obsessiva necessidade de em cada momento agradar aos pornográficos olhos dos caçadores furtivos do meio urbano; contrariamente a essas frustradas que têm bimbys, as mulheres de fato de treino são suficientemente fêmeas para cozinharem no fogão e preferem um barrigudo que lhes oferece uns conjugais estalos, que deleitarem-se com um amante a pilhas. Reconheço que a mulher do fato de treino compra lingerie no chinês, mas, apenas o faz, porque sabe distinguir o acessório do principal e sabe que a verdadeira riqueza da mulher não está na lingerie que ostenta, mas no seu interior! Na sua mente, obviamente…

segunda-feira, dezembro 08, 2008

Coisas realmente quase importantes...

José Sócrates foi eleito por uma revista espanhola o sexto homem mais elegante do mundo! Depois do prémio a Cristiano Ronaldo, sem dúvida que temos razões para estar felizes e satisfeitos!

Eu sei que não é todos os dias que o Benfica dá seis...

... mas acho excessivo hoje ser feriado nacional por causa disso!

PS - Não percebo porque dizem que o Marítimo jogou com menos um 70 minutos: não repararam que o Benfica tinha 10 jogadores e o Aimar?

domingo, dezembro 07, 2008

Beja: noites animadas..

.... Camané encheu o Pax Julia é o Jerónimo os Bombeiros da Cuba.

Patinagem em Beja

Foi um sucesso o espectáculo de patinagem que decorreu na tarde de ontem em Beja. Paulatinamente a cidade luta para reconquistar o prestigio nos desportos com patins, muito devido ao excepcional trabalho que Nuno Palma Ferro e a sua equipa (a equipa que trabalha a sério, não aqueles que apenas deram o nome) tem realizado na Associação de Patinagem.

Uma possível solução para revitalizar o Centro histórico...

... seria aproveitar a janela de oportunidade aberta por estes encerramentos e aproveitar para transformar Beja numa cidade verdadeiramente de esquerda moderna e tolerante...

sábado, dezembro 06, 2008

O FCPorto...

... até pode ganhar hoje cinco a zero e amanhã os "jornalistas" dizem que foi brilhante: mas a verdade nua e crua é trinta minutos de uma arbitragem NOJENTA e VERGONHOSA com cerca de DEZ faltas mal apitadas em trinta minutos. Mas... os portistas gostam e estão habituados a estes árbitros...
PS - E claro que ter um ordinário na Sport Tv a comentar dá sempre jeito para enganar os parvos!

O pirilau do Pai Natal...

Como os meus bons leitores bem sabem, não sou um gajo de preconceitos nem um puritano: mas acho indecente estas fotos com o pirilau do Pai Natal!

sexta-feira, dezembro 05, 2008

A iluminada Rotunda

Já tem iluminação a assustadora rotunda do Continente e MacDonalds.O que acho mal: pelo menos, no escurinho da noita, o pessoal passava por lá e não tinha de ver aquela aberração redonda!

Lendo a Impresa aqui do burgo...

Constata-se que o drama social da mina de Aljustrel faz poker na imprensa regional. No Diário do Alentejo fala-se da greve dos professores e da greve dos professores, do jantar do Jerónimo e a ceia do Passos Coelho e do lar de Baleizão. No CorreioAlentejo o destaque vai para a Câmara de Almodôvar! A Radio Pax diz que a ASAE veio à China Beja (afinal a ASAE ainda existe!!!) e que Sócrates vem oferecer a solução para as minas: será fome e miséria?
Para alem disso cá na terrinha já há luzes de Natal o frio parece que ainda não congelou e aproxima-se um fim de semana que é como se querem os pitos: grande!

Caminho marítimo para a China: em busca da pilha perdida..

Um tipo elogia a edilidade e, vai daí, os tipos cancelam a visita! É só para chatear....

300.000

Não tem vergonha de contribuir para ajudar este número a crescer? Tome juízo e comece a usar o seu tempo para ler blogues que façam sentido!

quinta-feira, dezembro 04, 2008

Intimidades

Há acontecimentos que nos obrigam a meditar sobre o sentido da vida: e a partida de alguém ainda jovem, ensina-nos que a imortalidade não existe. E compreendemos que esse alguém pode ser uma pessoa próxima, que nos habituámos a chamar amigo, porque esteve ali todo o tempo, sem nunca pararmos para lhe oferecer demasiada atenção, na certeza errada que no outro dia voltaria a estar ali!
A geração que está nos trinta é sem dúvida uma geração especial: cresceu com as convulsões num ensino que lidou mal com a democratização no acesso à educação, procurou ser rebelde mas não tinha causa, sobrevive num cenário de extrema instabilidade profissional e com o ónus de perder muitos rendimentos quando chegar à idade da reforma. Esta geração é a primeira a crescer em liberdade, com manifestações de alguma libertinagem, num ambiente de livre sexualidade, dominada pela futilidade do consumismo, que transformou frivolidades como os telemóveis em bens de máxima necessidade; uma geração em que tudo é fast food, tudo é efémero e imediato, demasiadas vezes, mesmo os sentimentos que não raramente se desmoronam nas primeiras dificuldades da sinuosa estrada da vida!
A minha geração perde-se hoje no fascínio pelo acessório, o sucesso contabiliza-se em bens materiais, os valores medem-se em Euros e as preocupações sociais limitam-se ao preço do petróleo e às taxas da Euribor. E procurar garantir que no próximo ano ainda vai ter emprego!
Desiludidos com trinta anos de democracia, fartos de ver mudar as moscas, mantendo-se o resto, esta é uma geração que demonstra profundo desinteresse pela “causa pública”, sendo pouco exigente com a democracia! Consequências de um péssimo ensino e de um quotidiano exigente, é pouco desperta para a cultura e cultivou uma estranha apetência para o telelixo. E, sobretudo, perdeu a capacidade para se indagar sobre o sentido da existência, indecisa se o melhor caminho é viver intensamente cada dia como se fosse o ultimo e os confrangimentos de uma educação judaico-cristã que nos obriga a comportamentos tipificados.
Mais do que viver, esta é uma geração que se habituou a sobreviver: ainda que de forma irracional, tende a sonhar o futuro a acreditar que o amanhã lhe trará o que hoje lhe falta. Porque esta geração acredita que ainda tem tempo! Acredita que por ter trinta anos, ainda vai a tempo de fazer escolhas erradas, de acertar e falhar, de escolher caminhos ínvios, regressar atrás e partir para outros destinos, de correr atrás de sonhos, de contornar pesadelos. E ainda não perdeu a ilusão de que a felicidade existe e é tangível e que pode expressar-se das mais estranhas maneiras.
Até que a vida nos dá uma bofetada: e nos prova que a imortalidade é frágil. Que estar vivo é apenas um estado transitório que não augura nada de bom! E que corremos sempre o risco de a vida passar por nós, sem deixar rasto. E morrermos sem deixar rasto na nossa vida…
PS - Crónica em jeito de homenagem em memória do Jorge, dedicado à sua mãe, mulher e filhos!

Marco Paulo no fim de ano em Beja

Soube hoje a notícia. Estou aqui que nem aguento o grelo de tanta excitação!

quarta-feira, dezembro 03, 2008