terça-feira, julho 26, 2011

Não há mais bela coerência que as incoerências!


Aborrecem-me as pessoas certinhas, comportadinhas, tributáveis: gosto de excessos, de quem luta por aquilo que acredita, que tem coragem para dar um murro na mesa, de quem assume rupturas, falhas, defeitos, paixões exacerbadas e erros terríveis! Irrita-me o facto de não fumar há onze meses, porque me enerva esta coisa do higienicamente correcto! Sou absurdamente doido por crianças, mas carrego em mim a frustração de não ser pai! Sou terrivelmente cioso da minha intimidade, mas há 5 anos e uns trocados que alimento diariamente um blogue que convida ao voyeurismo, onde, pasme-se, imensas pessoas estão certas que me conhecem apenas por ler as palavras que aqui vomito! Mesmo sendo um blogue onde não se fala de cães amarelos, na desesperada busca pela trombeta azul, de sindicalistas com falta de pénis no anús, eufemismo para pau nas nalgas, ou de centésima e única pura razão para amar Beja, ou das razões pela qual vou ao modelo, que deixariam de lágrimas tristes o mais empedernido e frígido homicida! 

Não faço ideia quem são os meus leitores de hoje! Se são os de sempre, se alguns se fartaram pelo caminho e foram surgido novos! Sei que nunca como este ano foi tão lido este mal frequentado blogue, mas ignoro quem são! Até porque sempre abominei falar sobre o blogue! Porque sempre me pareceu que era escrito por alguém que não eu ou por eu que já não fui e posso ter sido um dia! Mas tenho esta incoerência coerente de ser viciado neste blogue e não gostar da blogosfera, de nunca ter tido grande paciência para frequentar e comentar blogues! Cheguei aos blogues academicamente através de um artigo jurídico e sempre me fascinou a excelência de usar um blogue para fomentar a cidadania, sempre me repugnou que sejam armas para cobardes anónimos vomitarem ódios e frustrações, que, como diz e bem Sousa Tavares, sejam o ambiente perfeito para o pior da portugalidade, a maledicência canalha dos idiotas! 

16 comentários:

  1. Anónimo00:13

    Hehehehehehe ! Do melhor que escreveu nos últimos tempos !!! Aí é que é…
    Não gosto mas como
    não gosto mas oiço
    não gosto mas sou livre

    ResponderEliminar
  2. Anónimo00:15

    Ninguém controla ninguém nem nós somos livres para nos controlarmos a nos próprios.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo01:03

    Isto é um "deja vu"!

    Desta vez , não entendo a razão!

    ResponderEliminar
  4. clap, clap, clap!!!!!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo14:58

    Discordo consigo: muitas vezes são as "pessoas certinhas e comportadinhas" que mais afincadamente "lutam por aquilo em que acreditam".

    se não sabe quem são os leitores do seu blog, pq é diz que é "mal frequentado" ?

    acredito que tudo o que escrevemos tem sempre que ver com o que somos ou negamos ser, com o que pensamos ou evitamos dizer, no fundo, com uma das imensas tonalidades da nossa personalidade e modos de estar na vida, assumidas ou não!! Assim, qdo refere que quem lê o que escreve ilude-se em conhecê-lo, acredita mesmo que o seu vomitado nada tem que ver consigo ??

    pq é que insiste em chamar à baila a "centésima e única pura razão para amar Beja" se esta tem que ver com a sua intimidade e, logo, quase impossível de ser revelada aqui?

    ps: não se incomode em responder; já deixou bem claro que o silêncio é uma das suas respostas preferidas.

    ResponderEliminar
  6. Dica15:03

    Escrever é e será sempre um acto de LIBERDADE !!!

    Contudo, a ela deverá ter-se em conta a responsabilidade do que se pensa e escreve .

    ResponderEliminar
  7. anónima - Dizer que este blogue é mal frequentado,,, faz parte da história deste blogue! E de uns tempos onde o blogue era muito mais viagra que prozac!

    Sobre silêncios, palavras e respostas... é tudo uma questão de saber ler ou de eu deixar que seja lido!

    ResponderEliminar
  8. Pois fique sabendo que deste lado escreve e visita-o quase todos os dias, alguém que o acompanha praticamente desde o inicio =D...
    E pasme-se, fui trazida aqui através de si lol
    (Sou uma privilegiada, e convencida lol)
    Bjs Cota Adoravel =D

    ResponderEliminar
  9. Anónimo16:50

    Os teus "viagrismos" são por vezes prozacs para o meu cerebro, pk precisamos disto!! Um sorriso,um pensamento mais profundo, uma verdade, uma ordinarice no bom sentido, critica construtiva e mm destrutiva pk por vezes tb merecem e tudo o que te passa pela cabeça!
    É teu e quem te segue aqui, mm não te conhecendo "por dentro" decerto que te admira... Senão nem se davam a tanto trabalho de virem espreitar todos os dias como eu!!! Bjs
    X

    ResponderEliminar
  10. Anónimo19:00

    ACREDITO QUE SEMPRE QUE ESCREVE COLOCA UM POUCO DE SI!
    ATE PODE DIZER QUE NAO MAS.....SE PENSAR BEM....DA ME RAZAO!
    SABE NOS POMOS SEMPRE UM POUCO DE NOS EM TUDO QUE FAZEMOS COM PAIXAO.......

    ResponderEliminar
  11. Anónimo22:35

    acha que respondeu a alguma das minhas questões ?? (agora percebo o porquê de tantos silêncios !!)

    ResponderEliminar
  12. anónimo - há coisas que nem a mim respondo!

    ResponderEliminar
  13. Anónimo00:25

    adoro a forma como dança com as palavras!

    ResponderEliminar
  14. Anónimo16:47

    até aí é fácil intuir...e alguns dos seus posts revelam isso precisamente: colocar à discussão a sua procura de respostas. Contudo, nem sempre elas vêm no momento em que são precisas.

    Anyway.... é o seu "my way"...

    ResponderEliminar
  15. If your baby suffered a birth defect and you took Prozac® during pregnancy, you should consider consulting a birth injury lawyer. Some antidepressants may increase the risk of birth defects in children whose mothers take the medication while pregnant. For more information, contact our Prozac® birth injury attorneys.

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!