quinta-feira, julho 28, 2011

promete-me que terás saudades minhas...


... porque hoje é um dia tão bom como outro dia qualquer...

74 comentários:

  1. Anónimo00:08

    Claro que vou ter saudades tuas!
    É neste dia que ninguem desconfia...


    PS-Amo-te

    ResponderEliminar
  2. Anónimo10:10

    Claro que vamos ter saudades suas caro H :)
    Aqui deixo um beijo tão terno como o quadro do Klimt expressa :)

    Beijo
    eng. da mente

    ResponderEliminar
  3. Anónimo11:15

    Foi um blog excelente! E claro que vamos sentir saudades tuas!
    Abraço, meu amigo!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo12:35

    saudades ? Só do futuro.

    ResponderEliminar
  5. Foi o fim? ... ou é tempo de lazer! Acabou o Viagra ou o Prozac? Há sempre alternativas. Que tal Cialis uma vez por semana e Socian à noite?
    Fico a aguardar.

    ResponderEliminar
  6. Zéi16:54

    Acham mesmo que foi o fim?
    Um provocador nato como o H, é claro que está a aproveitar a silly season

    ResponderEliminar
  7. Anónimo22:58

    Se foi o fim, foi o fim de um grande blog vai deixar saudades!
    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Anónimo20:53

    volta, tenho saudades!

    ResponderEliminar
  9. ja tou com saudades... vá volte...esta perdoado =)
    bjs*

    ResponderEliminar
  10. Anónimo16:49

    Deixe de brincar, cheguei de férias e ... nada.
    TOCA A ESCREVER.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo14:53

    Tenho pena que o h não esteja no activo para comentar a história da calçada da Salvada. Ele certamente teria uma justificação relacionada com o anterior mandato sobre esta vergonha e sobre o facto de pulido valente arrastar de forma vergonhosa o nome de Beja para a lama.
    Ao menos podia o Reinaldo Louro/Dica aparecer a defender o homem.

    ResponderEliminar
  12. Anónimo12:51

    Nao me recordo de ler o H atacar o passado para justificar o presente! Se estou enganado, dê um exemplo: um que seja!

    ResponderEliminar
  13. Anónimo11:31

    Volte depressa, sentimos saudades!

    ResponderEliminar
  14. Anónimo18:10

    Mas onde é que tu andas??? H?? Consegues "partilhar-te" com os teus seguidores ou não??

    ResponderEliminar
  15. Anónimo01:28

    Fico triste por vir aqui e não te encontrar!

    ResponderEliminar
  16. Anónimo11:18

    promete-me que não tornas muito a voltar! beijo.
    eng. da mente

    ResponderEliminar
  17. Anónimo14:50

    Se pedirem com muito geitinho, mas com muito geitinho mesmo, ele volta.
    Vamos lá fazer uma corrente para o seu regresso.

    ResponderEliminar
  18. Anónimo00:58

    O teu amigo Pulido deve ter-te cortado o pio. Afinal já metias em cheque algumas das medidas dele!

    ResponderEliminar
  19. Anónimo15:10

    Voce é realmente um charme!

    ResponderEliminar
  20. Reinaldo Louro22:30

    Hugo,

    VIAGRA & PROZAC

    O teu BLOGUE era um espaço de democracia e de debate, o hábito de o visualizar, comentar um pouco daquilo que se sabe e deve ser do conhecimento público, a cidadania que praticavas apenas te direi pelo passado, o meu obrigado !

    Acredito pelo que te conheço que um dia voltarás, está nos teus genes e fazes falta a Beja e ao Alentejo .

    ResponderEliminar
  21. Anónimo21:25

    Dá raiva vir aqui e não haver novidades! Voltaaaaa

    (gostei de o ver no seu Modelo!)

    ResponderEliminar
  22. Anónimo15:14

    Escolheste um bonito dia para acabar com o blog!!!!

    ResponderEliminar
  23. O blog terminou?!
    Visitar este blog tornou-se uma rotina para mim porque aqui sempre encontrei palavras directas, ideias pouco convencionais e um maneira de expor os assuntos muito própria e interessante. Sou fã do que o H escreve!
    De qualquer forma e sendo sincera penso que todas as coisas "fortes" são mesmo assim...cíclicas, e têm de cessar de repente para quem sabe se transformarem e/ou voltarem a renascer. Espero que continue a partilhar os seus pensamentos na blogosfera. Tenho também de dizer que ultimamente havia algo neste blog que já não me estava a agradar. Demasiado "bate-boca" político com palavras muito pouco interessantes e raciocínios vazios que alguns users escreviam nos comentários, a maior parte das vezes acusando-se uns aos outros, quando o sítio indicado para fazer isso nunca seria aqui ou na blogosfera em geral. Dão-me zanga essas pessoas que, cobardes, e incapazes de dizer abertamente o que pensam a quem pensam se fazem usar do anonimato ou do facto de não se ter de encarar o interlocutor para dizerem uma quantidade disparatada de....disparates! Enfim...fora isso espero que regresse! ;))

    ResponderEliminar
  24. Anónimo14:43

    Já chega! Volte. Temos saudades!

    ResponderEliminar
  25. Sandra23:10

    Volte. Também tenho saudades. ;)

    ResponderEliminar
  26. Anónimo18:04

    Diz-me que não acabou! Preciso de 5 minutos de Viagra e Prozac por dia!

    (linda a homenagem!)

    ResponderEliminar
  27. Anónimo12:02

    volte lá porque isto já começa a ser fastidioso aqui vir e nada de novo encontrar...

    Abraço,

    JH

    ResponderEliminar
  28. Anónimo21:11

    Voltaaaaaaaaaa

    ResponderEliminar
  29. H tenho aqui um grupo de 17 virgens que te querem conhecer,mas só te posso contactar por aqui.......urgente!!:)

    ResponderEliminar
  30. Anónimo18:58

    Volte isto está a desabar(http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?q=C/NEWSSHOW/45430)

    ResponderEliminar
  31. Anónimo10:57

    Tenho tantas saudades de te ler...

    ResponderEliminar
  32. Anónimo15:55

    Se voltar, ofereço-lhe a minha ratinha! LOL

    ResponderEliminar
  33. Anónimo11:52

    VOLTEEEEEEEEEEEEEEEEEE! E aproveite a ratinha da leitora de cima! ehehehehehe

    ResponderEliminar
  34. Anónimo16:29

    Fiquei impressionada com a sua calma e classe, quando cobardemente perseguido por comunistas ressabiados no seu local de trabalho!
    Bem haja!

    ResponderEliminar
  35. é a sério?! sério mesmo?!

    ResponderEliminar
  36. Anónimo16:12

    ele nao gosta de ratinhas so de ratas de mulheres a serio!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  37. Anónimo02:04

    Não faço ideia do que o H gosta, mas... há muita gaja doida para oferecer-lhe a pinta!

    ResponderEliminar
  38. Anónimo12:19

    O fim??? do blog é um acto da mais pura cobardia.Na altura em que era suposto defender as bandeiras que andou a agitar, foge.Podia ao menos ter assumido a desilusão, os seus leitores mereciam isso.

    ResponderEliminar
  39. Anónimo23:10

    E depois aparecem anónimos a falar em cobardia: haja paciência para a mediocridade!

    ResponderEliminar
  40. Anónimo08:54

    Claro, depois aparecem anónimos a malhar nos anónimos, mas só naqueles com os quais não concordamos, porque os outros não são anónimos são amigos. Haja paciência...

    ResponderEliminar
  41. Anónimo10:48

    @anónimo - eu sou anónimo; mas não ando por aí a chamar cobarde a quem dá a cara por aquilo que acredito! Porque ser anónimo é uma coisa: ser parvo é outra!

    ResponderEliminar
  42. Anónimo11:10

    Tendo por boa a teoria deste anónimo, o blog do PCP acabou porque o Pulido está a governar muito bem?! Haja paciência!
    H, bloqueia estes otários e volta, porque temos saudades de te ler!

    ResponderEliminar
  43. Anónimo11:14

    "dá a cara por aquilo que acredito!" 10:48
    Porque será que este anónimo é pouco anónimo?
    Um chupa para quem adivinhar o nome do h omem anónimo.

    ResponderEliminar
  44. Anónimo20:04

    Não seja Palerma anónimo! Sou amigo do H, apesar de discordar dele politicamente e tenho pena que o blog tenha terminado! Porque o blog fazia falta! E se dois meses depois você ainda aqui vem concorda comigo! Por isso deixe de ser palerma e não ofenda as pessoas!

    ResponderEliminar
  45. Anónimo18:49

    Pelo que li no Facebook o H acabou mesmo com o blog. Beja fica mais pobre!
    Abraço e felicidades!

    ResponderEliminar
  46. Anónimo14:49

    Tenho tantas saudades tuas...

    ResponderEliminar
  47. Beja não precisa de pessoas que desistem, embora também tenha desistido, Beja não precisa de pessoas que deixam a coisa estar e andar, embora eu também deixe a coisa estar e andar, é dificil andar sempre numa guerra constante a defender aquilo em que se acredita, ser incompreendido, deixar de viver a nossa vida pessoal por uma ideologia e ver que pouco ou nada isso ajudou à nossa bandeira... mas tal como eu o H vai perceber que não vai conseguir estar a olhar sem nada fazer, pode não voltar a haver Viagra e Prozac, mas alguma coisa vai haver, mas aqui afinal a sua luta mudou alguma coisa, afinal valia a pena...

    ResponderEliminar
  48. Anónimo02:04

    Como o aeroporto e a avaliação dos professores já foram para o espaço, as grandes bandeiras do Hugo, este decidiu meter a viola no saco.

    Fez bem. Já chega de ridículo. Um módico de realismo nunca ficou mal a ninguém.

    ResponderEliminar
  49. Anónimo00:52

    Estes anónimos metem nojo! Compreendo o Hugo: deve ser terrível baixar ao nível destes merdosos!

    ResponderEliminar
  50. Anónimo00:54

    Ainda esta sexta ouvi o H a defender o aeroporto na Radio Pax! E você anónimo, tem coragem para defender o que acredita?

    ResponderEliminar
  51. Anónimo12:15

    O novo blog do H é ainda melhor que o Viagra!

    ResponderEliminar
  52. Anónimo11:05

    Ainda não acredito que isto é o fim!

    ResponderEliminar
  53. Anónimo07:11

    E hoje, não será um dia tão bom como outro dia qualquer para voltar?!
    Vá lá...

    ResponderEliminar
  54. Anónimo15:44

    H, estejas onde estiveres, recebe este beijo! Na boca!

    ResponderEliminar
  55. Anónimo10:55

    Estamos a organizar uma campanha no Facebook para o H regressar ao Viagra!
    Adere!

    ResponderEliminar
  56. Anónimo16:49

    Tenho muitas saudades do charme com cheiro a rosas vindo das palavras que vão da tua mão AMO-TE

    ResponderEliminar
  57. Anónimo18:01

    Nunca mais vou ao Modelo! 09/06/2012

    ResponderEliminar
  58. Boa tarde.
    Infelizmente o seu blog encerrou, mas acredito que um dia voltará.
    Entretanto, criei o meu. Não é tão bom como o seu, mas há-de chegar lá (:P): http://maisbeja.blogs.sapo.pt/

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  59. Anónimo23:30

    http://youtu.be/tlavXSWjwFc

    ResponderEliminar
  60. Anónimo16:22

    Amo-te tanto que sinto tua falta todos os dias, penso em ti ao deitar, sonho contigo, acordo a pensar em ti. Penso se estás bem??? O que andas a fazer, se falta-te algo??? Se tens o que comer, onde dormir, se estás feliz... penso porque é que estás longe de mim e tão perto do meu coração. Não vivemos num conto de fadas, a realidade é muito mais difícil de encontrar felicidade e quando enfim encontramos sempre há algo que nos impossibilita de viver intensamente cada momento. Não passarei de meras lembranças aquelas que as vezes pode estar bem lá no fundo. Só espero um dia jamais ser esquecida, afinal amar é deixar o nosso amor livre é sofrer para ver quem amamos. Amar e dizer eu te amo é na realidade saber que o amor nos faz sorrir e nos faz sofrer. Mas jamais desisto do meu amor por ti. Meu amor é real, sincero, verdadeiro, simples mais tão imenso que nem eu mesma dou conta do tamanho!!!!!
    Isto é poder dizer.... eu te amo!!! amo-te!!! adoro-te!!!

    ResponderEliminar
  61. Anónimo12:15



    Quando o dia entardeceu
    E o teu corpo tocou
    Num recanto do meu
    Uma dança acordou
    E o sol apareceu
    De gigante ficou
    Num instante apagou
    O sereno do céu

    E a calma a aguardar lugar em mim
    O desejo a contar segundo o fim.
    Foi num ar que te deu
    E o teu canto mudou
    E o teu corpo do meu
    Uma trança arrancou
    O sangue arrefeceu
    E o meu pé aterrou
    Minha voz sussurrou
    O meu sonho morreu

    Dá-me o mar, o meu rio, minha calçada.
    Dá-me o quarto vazio da minha casa
    Vou deixar-te no fio da tua fala.
    Sobre a pele que há em mim
    Tu não sabes nada.

    Quando o amor se acabou

    E o meu corpo esqueceu o caminho onde andou

    Nos recantos do teu

    E o luar se apagou

    E a noite emudeceu

    O frio fundo do céu

    Foi descendo e ficou


    Mas a mágoa não mora mais em mim

    Já passou, desgastei, p’ra lá do fim

    É preciso partir

    É o preço do amor

    P’ra voltar a viver

    Já nem sinto o sabor

    A suor e pavor

    Do teu colo a ferver

    Do teu sangue de flor

    Já não quero saber…


    Dá-me o mar, o meu rio, a minha estrada,

    O meu barco vazio na madrugada

    Vou-te deixar-te no frio da tua fala

    Na vertigem da voz quando enfim se cala.

    ResponderEliminar
  62. Anónimo01:33

    Dá-me o mar, o meu rio, a minha estrada,

    O meu barco vazio na madrugada

    Vou-te deixar-te no frio da tua fala

    Na vertigem da voz quando enfim se cala.

    Sempre perto de mim
    sei que não querias estas
    mas as nossas almas
    Podíamos partilhas

    Quando leio as tuas palavras
    sinto a tua canção
    foi naquela noite de baile
    que ficas-te no meu coração

    ResponderEliminar
  63. Anónimo16:21

    Beijo na Boca !

    ResponderEliminar
  64. Anónimo15:59

    bom ano gaijo bom!!!mts beijocas

    ResponderEliminar
  65. Anónimo15:34

    é uma pena ver um sitio como este abandonado e entregue à solidão!

    ResponderEliminar
  66. Anónimo23:18

    Um espaço que acolheu durante tanto tempo diversas opiniões que questionou e com toda a certeza fez evoluir todos aqueles que o seguiam com mais ou menos assiduidade
    Pergunto-me eu porque deixam de existir estes espaços? Este era completamente entro sexual sem esquecer o machismo de simulado entre palavras de encantamento seduzindo senhoras com subtileza e classe …

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!