terça-feira, fevereiro 23, 2010

Animatu - I


Segundo li este fim de semana, a Organização do Animatu decidiu não realizar a edição de 2010. Nos blogues CDU critica-se a actual CMBeja por este facto. Desconheço qual o papel da edilidade na suspensão do festival, porquanto, inexistindo orçamento, não é possível saber se a iniciativa iria ser ou não apoiada e em que condições.
Com os dados disponíveis, pergunto, porque perguntar não ofende: Honestamente, para fazer um festival é mesmo necessário que haja dinheiros municipais? Será que nada se pode fazer neste País sem implorar ao Estado que pague a festa?
Da mesma forma que crítico a Câmara quando merece, não me dói a alma defende-la! Este motivo para o cancelamento, tem cheiro a desculpa esfarrapada!*

* sendo que não se deve inferir destas palavras, uma crítica a quem teve a ousadia e a coragem de criar o festival, dando muito de si, em termos financeiros e pessoais: para estes o meu respeito!

14 comentários:

  1. Anónimo09:30

    Tou mesmo a ver que anda aí mãozinha da CDU.
    Facto o Festival sempre se realizou.
    Facto este ano não se vai realizar.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo11:13

    Hugo, uma cidade para ser capital tem realmente que o ser e este tipo de iniciativas fazem com que tal aconteça! permite-me apenas duas observações com pergunta, sobre a questão dos dinheiros municipais:
    1-As pessoas que fazem o ANIMATU (um dos melhores e mais reconhecidos festivais de cinema de animação do país) fazem-no por amor e não com uma perspectiva de lucro até porque têm outras profissões... pergunto: se tu pudesses fazer uma coisa ao nivel das melhores do nosso país na tua área e em beja ainda achavas que os financiamentos municipais não seriam importantes?;
    2-Quando vier com aquele festivalzeco do amor, feito por uma empresa, vamos ver se a câmara não apoia... Pergunto:é mais justo apoiar as coisas associativas e sem perspectiva de lucro ou apoiar outras que é como quem está a dar o nosso dinheiro a uma empresa privada?
    Agradeço desde já as tuas respostas.
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Anónimo11:26

    Dizia o mesmo se a CMB fosse CDU?

    ResponderEliminar
  4. Hugo, desta vez, mesmo com esforço, não consigo concordar contigo numa virgula.
    1º Não conheço as razões pelas quais o Festival foi cancelado este ano, nem sei se a organização se refere a apoios municipais ou estatais. Sei que ao contrario do que dizes não são desculpas, mas sim razões. Conhecendo o Marco como conheço, acho que o que ele menos precisa são desculpas, quem tem trabalhado tanto, disponibilizado tanto tempo, muito possivelmente dispendido meios financeiros próprios para a realização deste importante evento, só com uma razão muito forte cancelaria o festival.
    2º Acho errado e de mau gosto, colocar a merda da politica em tudo, o festival, o marco Taylor e as poucas pessoas que o ajudavam nesta realização, nada tem haver com politica partidária.
    3º “ Será que nada se pode fazer neste País sem implorar ao Estado que pague a festa?” Esta tua pergunta esta mal colocada, levamos a pensar que quem anda a organizar ou a produzir estas merdas que não interessam a ninguém pelos vistos, são uma cambada de chulos parecidos com os agricultores. A cultura não é um investimento a fundo perdido. É um investimento no futuro, e não te vou explicar os benefícios pessoais e colectivos que um bom investimento na cultura representa, há vários estudos que o explicam. Mas vamos apenas olhar para números, que é o que o povo gosta. Sabes quanto custa um spot publicitário numa rádio nacional como a Antena 3? Sabes que esta rádio sempre apoiou o festival dando-lhe amplo destaque? Quanto é que isso custava? Sabes quantas refeições e dormidas são feitas em Beja durante o festival? E o quanto isso representa para os EMPRESARIOS ? Mas mais importante , sabes quantos milhares de crianças e adultos assistem ao Festival?
    Só mais uma palavra de solidariedade para com o marco, que escolheu esta cidade para estudar e viver, e ao contrario de muitos que aqui nasceram tem contribuído desde os tempos de estudante para o desenvolvimento cultural desta cidade. Esta é a nossa politica de fixação de pessoas, corremo-las á varada. É assim.
    Politicas a parte, porque estou-me literalmente a cagar para politiquices de (não vou repetir o palavrão)fico triste por o festival ter sido cancelado, vejo acabar coisas importantes.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo12:56

    A questão de financiamento das actividades culturais não é, de todo, pacífica nem consensual. Até aqui arrisco a dizer que estamos de acordo. Vamos ver daqui para a frente.

    Se é verdade que, idealmente, qualquer actividade deverá ser auto sustentável para sobreviver, também é verdade que, num país ainda não tão envolvido culturalmente como seria desejado, e numa cidade como Beja, tal ideal é distante. Acredito pois que, por enquanto (e infelizmente), a cultura de nichos (não confundir com elites porque não é disso que estamos a tratar) só é sustentável à custa de todos nós. Um custo económicamente quantificável mas socialmente incomensurável que nem sempre queremos assumir.

    Em segundo lugar, neste contexto (não noutro) pouco (me) interessa que a oferta seja particular ou associativa, com objectivo de lucro ou não. Aliás, se queremos cultura autosuficiente, teremos que conviver melhor com o seu lado empresarial e lucrativo pois só teremos melhores artistas e agentes culturais se criarmos conjuntura para que vivam (hoje apenas se sobrevive) da sua actividade porque, infelizmente, a sociedade não se compadece com o romantismo de outrora.

    Dito isto, no caso da ANIMATU, e na qualidade parcial de espectador e conhecedor do esforço pessoal de quem o põe de pé ano atrás de ano, é com mágoa que vejo o interregno (recuso-me a que seja um fim) que se prevê. Não sei quais os motivos, não sei de quem será a responsabilidade nem, francamente, me interessa. Interessará resolver. Resolver este e muitos outros problemas que se prendem com uma política cultural demasiado vaga e pouco incisiva para primar pela diferença (não é uma crítica a ninguém. é a todos nós que ficamos em casa quando há coisas para ver e fazer na rua. é a esta maneira comodista de ser que se reflecte em quem tem o poder de planificar e decidir).

    Não sei o que está por detrás desta situação. Não sei se é questão de vontade (política ou não), de prioridades, de visão, de opção, de (falta) de apoio, ou de qualquer outro factor pelo que não me vou alongar em juízos de razão. Vou ficar-me pelos sempre parciais juízos de valor.
    A Animatu é, de facto, importante. Aparentemente mais importante no panorama nacional que a nível local, a julgar o número de autóctones que lá costumo encontrar. O facto da sua projecção ser maior fora do nosso burgo (palavra que te é tão querida a ti, meu anfitrião) é um problema ou será uma oportunidade?
    A Animatu encontrou um nicho e criou um espaço. Se acabar, alguém fora daqui se encarregará de o preencher. O seu impacto a nível local e adesão do público bejense? Não o será o suficiente, dirão uns... Nunca é.

    J.

    PS-ainda aceitas um abraço de parabéns atrasados?

    ResponderEliminar
  6. Descartes18:25

    ANIMATU (um dos melhores e mais reconhecidos festivais de cinema de animação do país


    ãe ... presunção e água benta ...

    ResponderEliminar
  7. João Ratão18:58

    Pelo que sei o Marco disse que não conseguia fazer o festival com o dinheiro que a Câmara lhe dava todos os anos e que era pouco e que ele se andava já a endividar. Acho que esta câmara lhe ofereceu o mesmo dinheiro para este ano mas ele acho que ja tinha dito aos anteriores que por esse dinheiro não fazia o festival.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo19:51

    h., desculpe que lhe diga e repita mas voce atingiu um ponto esperado..

    o envolvimento que manteve enquanto teórico da campanha socialista obriga-o à defesa desta câmara e ao mesmo tempo ter que suportar toda a verborreia e ressabiamento dos apoiantes da anterior força política.

    custa-me a mim ver colagens ou pelo menos nada dizer quando acontecem situações como a tal queda de um tecto falso e que, aproveitando para fazer baixa política se prefere dizer que a camara anterior deixou atingir um estado de ruina quando ja no começo do mandato tal se havia identificado. o nada ter sido feito (alem de dizer a culpa é do pc) quando parecia premente, é exemplo de laxismo e incompetência. já você nada dizer sobre isto me parece ser por ter ficado demasiado envolvido na candidatura que depois nao se permite efectuar criticas aos vencedores.

    o caso do ANIMATU é mais do mesmo, o carnaval (ainda que mais compreensivel) também ajuda e temo que outros (alguns dos quais já estão na fase boato) se avizinhem, demonstrando a dificuldade de respeitar programas e ideias, que, em campanha eleitoral são tão mais fáceis de proclamar..

    olhe, não sou, nunca fui e não serei votante pc, do mesmo modo que não voto ps mas porra homem, em si acreditei e desiludo-me quando vejo que está a pagar pelo apoio que deu, ao qual, de modo infelizmente expectavel, parece ficar demasiado compungido quando a critica é merecida!

    Se beja não mereceu 35 anos daquele comunismo, estes primeiros meses de socialismo não estão a ser muito diferentes...

    ResponderEliminar
  9. Segundo anónimo, Revez e J - Amanhã vou tentar ter tempo para escrever umas linhas sobre a Animatu! Hoje quis apenas fazer uma brincadeira!
    Mas, quis deixar claro, o meu respeito por quem criou este festival!!!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo23:11

    A verdade é que se fosse no passado você iria criticar a Camara!

    ResponderEliminar
  11. @penultimo anónimo - Eu insinuei que o tecto caiu por causa da antiga Presidência?!! Onde?!!!

    ResponderEliminar
  12. Anónimo04:09

    Peço perdão se me exprimi mal, nao era minha intenção dizer que tenha insinuado tal. De facto não o fez e louvo-o por tal mas melhor que eu sabe que tal foi feito!

    Isso para mim é sinonimo de baixa politica, sinonimo de vale tudo e repito-lhe que nao sou nem comuna nem socialista, pelo que em nenhum desses partidos votei! Apenas me vi forçado a defender os tipos da foice, os quais pelos vistos ainda estão embaraçados com a questão do uso de meios camararios em campanhas eleitorais do pc...

    ResponderEliminar
  13. Anónimo19:36

    Milhares de pessoas assistiram?!! Esta gente está parva ou é parva?!

    ResponderEliminar
  14. here you can find Viagra the best solution for ED treatment ,
    Viagra every 6 hours every day.

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!