sexta-feira, fevereiro 19, 2010

Coisas com piada

O Editorial do Diário do Alentejo fala de liberdade de expressão e independência!

20 comentários:

  1. 與朋友在一起,分擔的痛苦是減半的痛苦,分享的快樂是加倍的快樂。..................................................

    ResponderEliminar
  2. Anónimo17:14

    LOL liberdade de imprensa é cada um dizer o que pensa! Tal como o jovem dos caracteres chineses do comentario das 12:00

    ResponderEliminar
  3. É por estas e por outras que encontrar alguém lá dentro para comandar as "tropas" é no minímo ingénuo.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo17:33

    Este blog está sempre a falar do Diário do Alentejo porquê? Então o senhor Hugo já não fala com o Polido Valente e não lhe diz o que pensa sobre as coisas como dizia na campanha. Como todos nós sabemos, foi o chefe deste blog que elegeu o Polido porque é muito influente e, alias, se ele quisesse ser o candidato, o Polido não tinha entrado na corrida das eleições porque o povo de Beja estava todo à espera de ser o professor Hugo a estar á frente da lista. Como dizia a propaganda do código postal o prof. Hugo foi meio caminho andado para a vitória do Jorge Polido.
    Portanto, senhor Hugo, diga lá ao Polido para entender que já devia ter mudado a chefia do Diário do Alentejo pondo lá um homem da sua confiança como o Hugo ou o Cocas. Se calhar assim as opiniões do diretor não falavam destas coisas e eram um elogio pegado ao PS…

    ResponderEliminar
  5. @anónimo - Desde o dia das eleições que estou afastado e penso ficar! Por outro lado, nunca ponderei ser candidato e se tivesse sido, jamais teria ganho!
    Limitei-me a apoiar uma alternativa que os bejenses escolheram!
    Sobre o DA a minha posição é conhecida e assumida: sem me esconder!

    ResponderEliminar
  6. Anónimo18:07

    Meu Kerido H
    Porque não assume o Sr PC de Beja o acto de eleger ou nomear o director do DA?
    Tem receio do que, concretamente?
    Olhe que isto ja chateia e cinco meses apos as eleições continua tudo na mesma.
    E o Director do DA ja colocou o lugar à disposição à 3 meses.
    Afinal o que se passa?
    Responda quem sabe
    Um abraço

    ResponderEliminar
  7. Kerido Vidigueira - sei o que vem na Imprensa! E o que se diz na imprensa é que vai ser escolhido alguém entre os actuais jornalistas!
    E não será uma escolha de uma pessoa, mas de todos (incluindo o seu!)!
    O que se pretende é evitar um novo comissário político!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  8. Anónimo19:53

    H, ou os Coreanos do Norte ou os Chineses te andam a controlar!!!!

    ResponderEliminar
  9. Hugo da Silva Carulo20:05

    Tenho a plena convicção, que tal graçola vai ficar na história do anedotário político regional. E já agora: desde quando existe repressão da liberdade de expressão em Portugal? (Vide a revista "International Living").
    Se utopicamente a mesma existe, e as detracções, as injúria e as barbaridades veiculados por supostas pessoas que se auto intitulam de jornalista (MMG e outros activistas circenses) florescem a um ritmo alucinante, com uma impunidade terceiro mundista, é caso para tentar imaginar o que seria se a tal "mordaça" sobre a imprensa não existisse.

    Oiçam e reflictam.....

    ResponderEliminar
  10. @carulo - ao ler pensei: é o fim do mundo em cuecas! Mas felizmente são fio dental!

    ResponderEliminar
  11. Anónimo22:43

    Meu Kerido H
    Acha que o P.V. vai aceitar que seja o C.P. o director do jornal?
    Acha mesmo isso?
    Eu explico o receio do JPV.
    A decisão que tomar agora pode voltar-se contra ele daqui a dois anos quando outro galo mandar na AMBAAL e na CIMBAL.
    Por isso tanto cuidado, porque a vontade vontadinha você sabe e eu também.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  12. Meu Kerido Vidigueira
    Há umas semanas falámos no blogue sobre o tema: a solução pode não ser a ideal, mas é boa! Incomparavelmente melhor à vergonhosa actual!
    E foi tomada por consenso, sem ser imposta por uma facção..

    ResponderEliminar
  13. Anónimo23:33

    Como podemos ter confiança na competência e capacidade de autarcas que demoram 6/7 meses para resolver um problema que muito simplesmente consiste em alterar a linha editorial de um Jornal Regional ? Ou numa linguagem ainda mais clara e objectiva: deixar de obedecer ao PC e passar a reportar ao PS ? Tanta conversa e tanto tempo para tão pouco.

    ResponderEliminar
  14. @anónimo - passaram 3 meses. E a lógica é deixar de obedecer a partidos. Mas percebo que tenha dificuldades em entender...

    ResponderEliminar
  15. Kerido Vidigueira: aqui vai o que vem na imprensa de hoje!!
    Para tal, explicou, um júri, composto por três autarcas das forças políticas representadas no conselho directivo da AMBAAL, "vai entrevistar os três jornalistas" para "encontrar uma solução interna".

    O júri será composto por Jorge Pulido Valente, também presidente da Câmara de Beja (PS), e os autarcas da Vidigueira, Manuel Narra (CDU), e de Almodôvar, António Sebastião (PSD), também vogais do conselho directivo da AMBAAL.

    "Esta parece-nos a solução mais adequada", mas "se considerarmos que não é ainda a solução, adoptamo-la provisoriamente e teremos que procurar outra forma de resolver o problema da direcção" do jornal, previu.

    Por outro lado, admitiu, se nenhum dos três jornalistas se mostrar disponível para assumir a Direcção do jornal, a AMBAAL vai recorrer a uma "solução externa", como a "análise de alguns currículos propostos" ou concurso público.

    Segundo Jorge Pulido Valente, o actual director do Diário do Alentejo, o jornalista João Matias, "colocou o cargo à disposição logo a seguir às eleições autárquicas" do passado dia 11 de outubro.

    "A continuidade de João Matias não fazia sentido", disse, lembrando que "os autarcas do PS sempre contestaram a nomeação" do jornalista, feita pelo anterior presidente do conselho directivo da AMBAAL, o autarca comunista de Serpa, João Rocha.

    ResponderEliminar
  16. Anónimo15:12

    Meu Kerido H
    Que tipo de entrevista vai este juri fazer.
    Nenhum tem formação na área, e alguns jornalistas estão rotulados.
    A solução parece que pode vir de fora.
    Mas quem paga, sabendo-se que os municipios financiadores da Ambaal (Vidigueira e Serpa) não parecem muito dispostos a continuar com esse papel?
    Vai JPV escolher o director e os outros autarcas pagarem o seu salário?
    Não me parece um cenário viável mas.... quem sabe!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  17. Kerido Vidigueira - serão os 3 a fazer as entrevistas! O seu incluido! Não confia nele?!

    ResponderEliminar
  18. Anónimo11:41

    São recorrentes as vozes que se queixam da actividade cultural na cidade de Beja. Amiude também a minha voz fez essas com coro, deixando escapar lamentos sobre a qualidade ea diversidade da oferta, insinuando falhas na divulgação dos eventos.

    Durante anos a cidade Viveu sem espaços dignos para a Realização de Eventos Culturais: do ponto de vista arquitectónico a casa que chamam de Cultura foi Oferecer sem sobrevivendo como menores e Condições de dignidade, por uma década, o esforçado Capricho era o único local para os Cinéfilos desalentados matarem o vício de assistir a um filme na tela.

    In: http://ireflexoes.blogspot.com/2008/06/oferta-cultural-bejense.html

    Não poderia estar mais de acordo após saber hoje que A edição de 2010 do Animatu – Festival Internacional de Cinema de Animação Digital - que se realiza em Beja, desde 2004, não se vai realizar devido à falta de apoios oficiais, anunciou a Organização.

    É pena pelo evento em si, pela envolvência voluntária e notoriedade exterior que já ia cimentando, é pena porque mais uma vez é uma iniciativa associativa que termina. Beja perde com o término destes eventos.

    ResponderEliminar
  19. Anónimo11:51

    porque há imagens que valem mais que palavras...

    http://www.festivalanimatu.com/2009/fotos_2009.htm

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!