sexta-feira, outubro 02, 2009

Ai como eu gostava...

... de ser uma mosca!

16 comentários:

  1. Eu, às vezes, penso que já sou uma. Principalmente quando reparo que a minha vida consegue ser uma merda...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo14:58

    Ele sabe onde fica a EDIA?

    ResponderEliminar
  3. Anónimo21:15

    Lá estás tu e o teu mau feitio.
    O que tem de preocupante os candidatos visitarem a EDIA, assim os restantes não poderiam visitar a câmara, a biblioteca, o jardim público, as piscinas, etc, etc, etc.
    Não faças política tão reles. O Pulido é ADMINISTRADOR não é DONO da EDIA, tal o outro é PRESIDENTE e não é dono da câmara.

    Isto é que é isenção política.
    (e agradeço que não venhas com conversa de cassete pirata).

    ResponderEliminar
  4. @anónimo - Onde critiquei o facto? Foi e devia ter ido mto mais vezes!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo21:22

    Hugo, és inteligente. Mas, não sbstimes a inteligência dos outros...

    ResponderEliminar
  6. Se não entendeu o post, peça-me com educação, que posso explicar!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo21:30

    Não me parece que lhe tenha faltado em educação. E de qualquer das formas, conheço-o tão bem, que basta um olhar, para saber aquilo que pensa.
    Muito agradecido, mas não preciso de explicações.

    ResponderEliminar
  8. Entendeu-me mal! E que fique claro que foi educado comigo! Apenas entendeu mal o post! Se quiser e me pedir, posso explicar! E verá que não tem razão!
    Até me quiseram provocar para politizar a visita, mas não o quis fazer!!

    ResponderEliminar
  9. Anónimo21:41

    Então vá lá explique-me por favor. E peço desculpa porque a minha intenção não é ser mal educado.

    ResponderEliminar
  10. Não foi mal educado! O que quis dizer com o post... é que gostava de ser mosca para ver o cumprimento na edia entre PV e FS!
    Confesse: não ia achar graça?

    ResponderEliminar
  11. Anónimo21:49

    Já sei que se encontraram frente a frente, penso que em Cabeça Gorda, e trocaram panfletos.
    Assim é que eu me revejo na democracia.
    Os candidatos são adversários, não inimigos.
    É esta a ideia que eu gostaria de passar para todos os leitores.
    Vale a pena lutarmos todos por Beja, independentemente de quem ganhe.
    Concorda?

    ResponderEliminar
  12. @anónimo - Desconhecia! E acho muito bem! Assim é que é a verdadeira democracia!
    E concordo com o que diz! Pessoalmente sempre defendi um pacto para o desenvolvimento, com todos! Aliás... se tiver muita paciência, tente ler as primeiras páginas do programa!

    ResponderEliminar
  13. Anónimo22:00

    Já li, acredito na tua intenção, faria uma coligação contigo, mas, numa lista de independentes, porque com ligação a partidos, peço desculpa, mas insisto, é dificil de pôr em prática. O PS vai interferir e a ideia é boa, mas .... percebes a minha ideia?!

    ResponderEliminar
  14. Anónimo22:20

    eu percebo.

    o PS de Beja não é perfeitinho.

    Talvez daqui a algum tempo um conjunto de pessoas independentes se possa juntar, pois programa o H já o fez, e pelo que li, concordo.

    Mas o que fazer dia 11?

    Tive em tempos na Universidade um Grande Professor que dizia que existiam dois tipos de pessoas: As que perante um problema apenas pretendiam arranjar culpados e lamentar-se sobre o sucedido, e o outro tipo que imediatamente procurava arranjar soluções.

    Estou farto de ouvir que a culpa no nosso marasmo é sempre do governo, e da crise, e sempre de factores externos, e por que raio outras cidades se desenvolveram e nós não.

    Como candidato mais bem posicionado este Sr. JPV acho que deve merecer o beneficio da dúvida, não valerá a penar tentar mudar após 35 anos do mesmo.

    Basta que ele consiga concretizar 75% do programa, já me deixa satisfeito.

    Bem hajam, e que pensem individualmente o que será melhor para todos nós.

    ResponderEliminar
  15. Anónimo22:39

    Eu sou democrata o suficiente para respeitar o resultado do dia 11.
    Apenas expressei a minha percepção e a minha opinião. Nada mais.

    ResponderEliminar
  16. Anónimo22:29

    O semanário SOL na pág. 12 apresenta um estudo intitulado “Vive-se bem em Portugal”.
    É a conclusão do estudo nacional que avalia a Qualidade de Vida nos Municípios.
    A cidade de BEJA aparece entre “os melhores municípios para viver.
    Angra do Heroísmo; Portimão, Albufeira; S. João da Madeira; Funchal; Beja; Bragança; Cartaxo; Covilhã; Estremoz; Figueira da Foz; Grândola; Guarda; Leiria; Lisboa; Odivelas; Portalegre; Porto; Santo Tirso; Vila Real.
    Este ano, Évora é um dos concelhos que se junta aos participantes.
    Então, meus amigos, estão espantados? Pois eu não estou.
    Beja, é uma cidade com qualidade de vida, em termos de: Identidade, Cultura e Lazer; Acessibilidades e Transportes; Turismo; Diversidade e Tolerância; Felicidade; Saúde; Economia e Emprego; Ensino e Formação; Urbanismo e Habitação; Ambiente.
    Francisco Santos é sem dúvidas um grande Homem, e um Grande Presidente.

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!