segunda-feira, outubro 26, 2009

Sentes um poeta dentro de ti?

Então participa! Vais ver que tal como o anal, não dói nada!

13 comentários:

  1. Oh hugo, define-me "O anal", por favor,

    ResponderEliminar
  2. Ah e queria saber o que usaste, para não te doer, querido!

    ResponderEliminar
  3. @aninhana - Ainda sem idade para saber o que é?!!
    Mas.. devo sublinhar e aplaudir a vontade em aprender!

    ResponderEliminar
  4. @H querido, não me respondeste. A pergunta permanece

    Não sei se é da idade ou não, mas estou sempre disposta aprender coisas novas, que sejam úteis, ou que sejam bonitas ou prazeirosas.

    Agora é a sua vez de responder. :P

    ResponderEliminar
  5. @aninhana - O que posso dizer, é que nunca me doeu! Mas admito que a coisa dependa da perspectiva com que se enfrenta o problema...

    (PS - Escrever isto num post sobre Neruda, vai custar-me caro...)

    ResponderEliminar
  6. @H és um homem muito inteligente! ;) Mas eu já tinha dado por ela.

    Tenho que ter cuidado.

    ResponderEliminar
  7. nada como saber contornar a questão colocada, é sempre uma questão de perspectiva !

    ResponderEliminar
  8. @mcv - sublinho a escolha do verbo "contornar"! Porque é mesmo essa a questão!!

    ResponderEliminar
  9. Desculpem interromper, mas o que é que se "contorna" por aqui?

    ResponderEliminar
  10. Maroto23:24

    Desculpem interromper mas hoje houve rastreio visual na Câmara Municipal? Será para os funcionários e utentes começarem a ver Beja com lentes cor de rosa? ;)

    ResponderEliminar
  11. contorna-se o contorno da questão!

    ResponderEliminar
  12. Anónimo19:34

    Isso deve ser da alergia que te dá pensar em "Pablo Neruda" "Saramago" e outros tais ...

    ResponderEliminar
  13. E porque ia sentir essa estranha alergia?!!

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!