sexta-feira, fevereiro 04, 2011

Felizmente estas coisas nunca acontecem com os meus alunos...

8 comentários:

  1. Anónimo12:10

    Gosto da sua forma irónica e divertida de chamar a atenção para os problemas e, como Professor, fica-lhe muito bem alertar para o problema do alcool e da droga nas aulas! Mas tenha cuidado porque pode ser mal interpretado, porque nem toda a gente entende a ironia!

    ResponderEliminar
  2. @anónimo,
    sei que os outros também vêm aqui ler, mas escrevo para pessoas inteligentes! Num estilo que, bom ou mau, é o meu!
    E sabe, importo-me pouco com o que dizem de mim, com a ideia que os desconhecidos têm de mim, com base nas parvoíces que aqui escrevo!
    Em relação aos meus alunos, eles sabem a razão porque destaco este estudo!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo12:38

    Jovens até aos 35?

    ResponderEliminar
  4. Um dia destes ouvi isto:

    http://a-vidaebela.blogspot.com/2011/02/noite-que-ela-nao-esqueceu.html
    ;)

    ResponderEliminar
  5. A juventude é um estado de espírito! Uns aos 35 são jovens, outros.. cotas!

    ResponderEliminar
  6. Anónimo13:46

    "A única pessoa livre, realmente livre, é aquela que não se importa com o que os outros pensam dela."

    ResponderEliminar
  7. Eu fiquei atónito. Para não dizer até algo preocupado.

    Passo a explicar, não que interesse a alguém, mas enfim.
    Olhando para os números 45% de rapazes fazem sexo nessas condições contra apenas 20% das raparigas.
    Logo:
    1- ou não fazem sexo entre si (os 45% e os 20%);
    2- ou as raparigas alinham também em "menages a trois";
    3- ou metade dos rapazes fazem sexo entre si.

    Ora este estudo nada tem de novo. Sempre se fez sexo sob efeito de álcool e drogas.
    Mas pelo que ouvi dizer, porque se participei alguma vez estava mesmo KO e não me lembro, no meu tempo a opção 1 podia acontecer mas a 3 nem se falava, muito menos em números de 50% dos rapazes.

    Logo, para mim a conclusão deste estudo é, os alunos podem estar cada vez mais gays.

    ResponderEliminar
  8. Paulo: curioso o seu raciocínio :)

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!