terça-feira, fevereiro 15, 2011

O meu blogue e a gente parva...

Por razões de saúde tive dois três dias sem conseguir entrar no blogue! E quando há minutos reabri o mail, quando li um bando de comentários, fiquei algures entre o nojo e a vergonha! Nojo por ler algumas coisas, uns ataques imbecis, provocações baratas e vergonha por ser dono de um blogue onde os leitores são expostos a certo tipo de comentários.
em Dezembro escrevi sobre isto e temo começar a repetir-me, mas, a pura verdade é que começo a ponderar seriamente se vale a pena escrever para gentalha desta! Não que isto seja um problema dos blogues ou da internet: é um problema de uma sociedade cobarde, de pessoas incapazes de assumir posições, propensas à má língua, com mesquinha e inveja, que encontram no anonimato o paraíso dos idiotas! A minha resposta é não lhe responder, limitando-me a pedir desculpas aos leitores. Pelos comentários que são obrigados a ler, por algo que me sinta obrigado a ter de fazer!
Triste país onde quem ousa ter opinião e assumi-la é atacado pelas suas convições, patético viver numa região onde se confunde divergir com ofender!

24 comentários:

  1. Anónimo14:47

    A melhor forma de responder aos energúmenos é continuar o blog com a força e o espírito de sempre! Porque por cada otário que lê o seu blog somos centenas de pessoas que gostam do que aqui se pode ler!
    MR

    ResponderEliminar
  2. Enquanto sentires motivação continua,parece-me que tens valor para expressares as tuas opiniões num outro contexto,o blog tira-te muito e dá-te pouco.Continua a ser um prazer ler o teu blog embora esteja muito politizado,por culpa dos comentários,o que é uma pena visto que na minha opinião a politica é para os politicos os que os seguem são tolos.Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Meu caro JC, o problema é que as pessoas confundem uma coisa nobre - política - com algo feio e sujo - os partidos!
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. O problema não é nitidamente do blogue. Nem do autor.
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Anónimo16:30

    Quem te mandou apoiar o Pulido!

    ResponderEliminar
  6. H quem "faz" politica são os partidos não existe uma entidade pessoal mas sim regras partidárias,nas quais vale tudo para obter votos,há 37 anos que sempre tem sido assim.

    ResponderEliminar
  7. Infelizmente a nossa democracia tornou-se numa péssima partidocracia! Admito que seja ingenuidade, mas ainda acredito com uma revisão do sistema eleitoral que dê primazia a eleições uninominais e com um sistema de justiça que funcione e puna os corruptos, podem construir uma democracia e uma cidadania saudável!

    ResponderEliminar
  8. @anónimo - o seu comentário fala por si!

    ResponderEliminar
  9. Anónimo17:15

    As ofensas não foram de indole politico , mas sim pessoal ao autor e aqueles que assinam.

    O problema poderá ser do autor do blogue , na medida em que permite que aqui se diga tudo, mesmo que isso ofenda terceiros.

    ResponderEliminar
  10. Educação civica,é a chave!!!!

    ResponderEliminar
  11. @anónimo que não assina! Neste blogue não se moderam comentários! Algo arriscado, mas que se assume desde sempre!
    Porque moderar comentários levanta questões jurídicas, morais e éticas!
    Mas.. o autor do blogue nunca tolerou ataques a terceiros: sempre que isso aconteceu, tomei posição!
    Consegue dar um exemplo do contrário?!

    ResponderEliminar
  12. aliás, anónimo - a mesma ordinarice que leio aqui, leio nos sites nos jornais de referência, nos programas de rádio e televisão que dão a voz ao cidadão e em muitos outros movimentos! Mas... acusar os outros é sempre mais simples, não é?!

    ResponderEliminar
  13. Anónimo17:29

    Falamos de ambitos diferentes!
    Comparar um blogue pessoal , onde comentam amigos e conhecidos e porque se trata de um blogue que toda a gente conhece toda a gente (ou pensa que conhece) , é um disparate !

    Dava-lhe um exemplo , mas perante a sua resposta , é desnecessario .
    Desculpe não assinar , mas não tenho intenções de me aborrecer.

    ResponderEliminar
  14. Anónimo, não dá exemplo, porque não tem exemplos para dar! Porque mais do que uma vez lancei reptos semelhantes e nunca me responderam!
    (ps - não percebi a sua comparação, nem a sua qualificação, mas o lapso deve ser meu!)

    ResponderEliminar
  15. Anónimo17:37

    Sou leitor do blogue há anos e antes do Hugo ter sido um dos rostos da Beja Capital não haviam ataques destes! Gostem ou não da verdade, estes ataques pessoais fazem parte do ADN de determinado partido político!

    ResponderEliminar
  16. Anónimo17:50

    Hugo, os comentários desgraciosos e fora de contexto que vão sendo feitos no teu blogue, são apenas um reflexo de que o mesmo é lido por vasto número e género de leitores.
    Só acaba por ler esse tipo de comentários quem anonimamente se revê nos mesmos. Os demais leitores procuram apreciar e desenvolver os pensamentos que expressas e partilhas.
    Mas sem dúvida que não abalarão a tua vontade de continuar o teu caminho, neste veículo que traz vida e sabedoria aos teus leitores mais interessados.

    ResponderEliminar
  17. Anónimo19:04

    H, em todos os grandes blogues é assim! Infelizmente há quem não saiba respeitar a liberdade de pensamento, que confunda liberdade com libertinagem, liberdade de expressão com direito à ofensa!
    Seja sempre igual a si próprio e não se preocupe com a gentalha!
    MM

    ResponderEliminar
  18. A nível profissional tenho a oportunidade de participar em foruns (on-line) com gentes muito diferentes e ideias muito contrastantes, e tem sido mesmo muito interessante e enriquecedor.
    É a sério, resulta mesmo.

    Eu acho que a chamada "gente parva" julga que não tem ideias/reflexões que sejam suficientemente interessantes para partilhar...E eu lanço o desafio a esses "anónimos" para que não tenham medo de partilhar as suas convicções, pior mesmo é esconderem-se nas agressões furtuitas. Tentem expressar o que sentem ou pensam, com uma atitude construtiva, e enriqueçam aqui o debate; para conversas de surdos já chega a vida real...Boas postagens :)

    ResponderEliminar
  19. Dica23:52

    H,

    A liberdade de expressão levou dezenas de anos a ser conquistada pelos militares de Abril, mas ela implica em Democracia, aquilo que muitos defendem e alguns não respeitam que é a responsabilidade no que se diz e escreve.

    Quando se expressa opinião, alguns continuam a pensar e mal, que se tem inimigos como na guerra, quando deveriam racicionar que são apenas e só adversários, sem insultos e com respeito pelos outros como gostariam que os respeitassem a eles próprios.

    ResponderEliminar
  20. pantera09:37

    Doutor Hugo:
    Sou leitora do seu Blogue algum tempo! Faz-me rir!! Sentir feliz!! Normalmente leio os seus textos para os meus colegas!! E o nosso dia de trabalho torna-se divertido!!
    Quero pedir que não abandone este blogue e autorização para fazer os meus comentários...(Peço desculpa se dei algum erro ortográfico)
    Obrigada! Por os bons momentos!

    ResponderEliminar
  21. Pantera - quando me atacam a mim, é algo que estou habituado! Mas irrita-me que o meu blogue seja usado para atacar outras pessoas, que procurem usar a privacidade dos comentários para a pequena mesquinhez do ressabiamento!

    ResponderEliminar
  22. Não podia deixar de vir aqui comentar, na medida em que em parte a razão deste post é também “mea culpa”, assim como, me perece importante explicar o que tentei dizer através de comentários que aqui deixei
    Já disse noutro sítio e repito aqui, que os blogues são um excelente mecanismo de informação, partilha de opiniões, onde é possível aprender, ensinar, discutir ideias, ou então brincar. Quem lê e tem blogues sabe que aqui há de tudo, desde o bom ao mau. Mas o bom compensa, e muito, o que há de mau. Claro que ataques anónimos à nossa integridade física e à dos que de nós dependem são um dos extremos mais escabrosos e baixos, para além de infames e cobardes. E pode até não ser por nós, ousados que somos sempre com a maluquice que nada nos ofende nos sentimos imortais e intangíveis. Mas por eles sim, estremecemos.
    Digo isto e repito reforçando a “mea culpa “ na medida em que chamei “parolo” a um desconhecido em defesa de uma desconhecida. Se me arrependi? (…) Como disse, lamento, por aqueles que de algum modo se sintam lesados porque são nossos em sentimentos. Quem nos ataca, pode até não entender o que está por trás das pessoas que nós somos, não nos conhecem. Ou então julgam que conhecem. Quem o faz, fere, com danos colaterais que desconhecem.
    Deixo assim um manifesto lúcido sobre a ( i) lucidez dos outros , que adormecem com o mal e com o mal se levantam .
    Disse aqui que moderar comentários, pode ser uma forma de evitar situações, que possam ferir terceiros e foi me respondido “sempre tomei posição” e este post é a prova disso. (H: era isto que eu queria dizer …).
    Cada um faz do blogue aquilo que bem entender e este não é um blogue qualquer!

    Abraço e as melhoras:)

    ResponderEliminar
  23. Raquel pode-me explicar o que são ataques anònimos á integridade fisica?Estou a brincar não se ofenda.......:)

    ResponderEliminar
  24. JC: Não me ofende! Corrige-me! Acrescente-lhe lá o “moral e psíquico” se achar pertinente.:))

    (é uma grande responsabilidade vir para aqui dizer estas coisas bum blogue de gente de Direito )

    O importante mesmo era a palavra integridade , o resto é “palha “ e quanto a integridade não preciso explicar de que se trata de íntegro que pode significar: inteiro, completo, excato,imparcial,etc. penso que este significado corresponde à possibilidade de um indivíduo manter-se inteiro, completo, no sentido de que deve ser respeitada a sua convicção, sem alguém querer tentar mudá-la,ou seja..........respeito !!

    Ps: só lhe respondi porque gosto de ler o que por aqui escreve :)) (não se ofenda)

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!