sexta-feira, julho 23, 2010

Contra a Discriminação - I

Vou tentar escrever este post, mas temo não conseguir dissertar com coerência, porque estas coisas enervam-me e as palavras calam-se! Só de pensar nisto, entra-me uma dor nos ovários que nem me aguento!
Quero partilhar com os leitores a aflição que sinto sempre que passo perto da Quinta da Marinha e penso naqueles pobres coitados, fechados dentro de um muro! Um verdadeiro muro da vergonha que sequestra lá dentro aqueles que a vida levou a morar na Quinta da Marinha!
As criacinhas nascem lá dentro, discriminadas, impedidas de conviver com outras crianças, excepto aquelas que crescem na mesma prisão, numa verdadeira ditadura da solidão! Porque têm lá a sua escola, porque os seus outros amigos não podem lá entrar livremente, porque o muro é guardado por polícia, polícia essa que, pasme-se, até são os seus desprotegidos pais a ter de pagar!
Para quando uma manifestação daquelas associações idiotas para proteger estes discriminados que vivem presos dentro do muro?!

9 comentários:

  1. Anónimo00:39

    Deve-se promover já um abaixo assinado a nível nacional contra a discriminação a que esses pobres infelizes são sujeitos. Não há direito! Somos todos portugueses!

    ResponderEliminar
  2. Contra os muros da vergonha , já, Looool, só tu me fazes rir assim.

    ResponderEliminar
  3. Desde já te aviso que detesto esta merda destas letras, vou amuar :(

    ResponderEliminar
  4. Quase que adivinho qual será o post II !

    Neste caso I , talvez a melhor solução seja falar com o Bispo daquela Diocese...

    ResponderEliminar
  5. Eu também sou contra os muros! Os inacabados! Ou bem que se cerca tudo e não entra nem sai ninguém, ou não faz sentido o muro... (má, eu!)

    ResponderEliminar
  6. Lou - também detesto! Vão ser apenas uns dias até o spam acalmar...

    ResponderEliminar
  7. LOL! Uma bela de uma gargalhada ao almoço...;-)

    ResponderEliminar
  8. Mas afinal essa coisa dos muros não é exclusiva dos ricos nos condomínios?
    Essa mania que toda a gente tem que ter o mesmo, em toda a parte, tem que acabar ... e já.

    ResponderEliminar
  9. Bom eu não tenho tempo de quem contribuiu para se auto discriminar. Os meninos da Quinta da Marina que se resolvem e quebrem os muros..... (ihihih)ou será que eles gostam de lá viver?

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!