quinta-feira, março 24, 2011

O nosso Desgoverno!


Quando escrevo estas linhas ainda nada se sabe sobre o futuro de José Sócrates, o mais desejado candidato ao desemprego no nosso alegre Portugal! Mas alea jacta est e Portugal vai hoje dormir com um PM que já é um fantasma político, pelo que, quando estas palavras forem ouvidas na Rádio, José Sócrates é, oficialmente ou não, um PM demissionário!E muita gente vai acordar feliz, confortados na ingenuidade de que a mudança de primeiro-ministro vai resolver algum dos nossos problemas!
Aqui e nos outros espaços em que exerço opinião, tenho procurado contrariar a maré violenta cega e bruta da demagogia, tentando defender a classe política porque, os políticos e os partidos são um mal necessário da democracia e, a democracia, com todas as suas falhas, insuficiências e defeitos, continua a ser o menos mau de todos os sistemas conhecidos!
Mas depois desta absurda crise política, que vai custar horrores a Portugal e os portugueses, torna-se complicado dizer coisas simpáticas sobre os atuais agentes políticos! Porque esta é uma triste fotografia, onde não há virgens inocentes, apenas um bando de mesquinhos e pornográficos interesses!
Porque é inaceitável que o discurso de posse do PR tenha tido cheiro a birra e recalcamento! Porque José Sócrates quando se viu à beira do precipício resolveu dar um pulo em frente, carregando com ele o País! Porque o PSD está mortinho para voltar a ser poder e já não conseguiu aguentar mais! Porque Paulo Portas sentiu o cheiro a sangue e não conseguiu resistir, porque há coisas que são mais fortes do que ele! Porque Louça foi o primeiro a procurar a crise, porque depois de apoiar Manuel Alegre precisava de provar que estava mais longe de Sócrates do que o PCP! O PCP que desde que se tornou o mais pequeno partido no parlamento quer ir a votos para se vingar dos portugueses que teimam em não perceber que o nosso modelo de desenvolvimento deve ser a Correia do Norte e não esta gente ruim e pecaminosa da Europa central!
Os próximos anos vão ser terríveis! Através da força bruta, os portugueses vão ter de viver de acordo com a sua pobreza! Destes partidos ninguém acredite em soluções: porque eles vão passar o tempo a dizer quem devemos culpar…

16 comentários:

  1. Antigo aluno00:08

    H.. Palavras Sábias! Aliás, como (quase) sempre...

    ResponderEliminar
  2. Esta foi uma crise provocada pela demagogia e arrogância de algumas pessoas e neste momento muitos vivem momentos de euforismo,passados estes momentos, a campanha eleitoral e a tomada de posse do novo governo, Portugal vai a banhos e na volta vão acordar e vão desejar ter continuado a dormir. Enfim.....

    ResponderEliminar
  3. Dica00:23

    Achava interessante e um acto de coragem política e sem medo o grupo dos 4 ( PCP, BE, PSD e CDS ), em face do acordo da nega do PEC 4, tomarem embalagem e realizarem uma coligação governamental como o fizeram no acto do voto, porque maioria já a tem antes da eleição.

    Decerto que os mercados enfregam as mãos de contentes por este desgoverno, com a bolsa a descer e os juros da dívida a aumentar, onde e quem vai agora buscar mais dinheiro e a que preços ?

    Ao virar da " esquina " está já aí o PEC 5 ( a UE não dorme em serviço ) e vai sem sombra de dúvidas impôr, bem mais penalizador que este PEC 4 agora apresentado e quem vai sofrer as consequências será o zé povinho ...

    ResponderEliminar
  4. No fundo vamos perceber que Sócrates é o mal menor: http://31daarmada.blogs.sapo.pt/4894702.html

    ResponderEliminar
  5. Anónimo01:09

    Venha quem vier, que não traga mentiras, umas atrás das outras... Que tenha o mínimo de dignidade e não insulte a inteligência de meio Portugal. O Guterres, com todos os seus defeitos - como, aliás, todos nós temos - era um homem digno! Quem se lembra de algum outro PM de Portugal envolvido em tantos escândalos como o actual demissionário? Será que a má língua para o Sr. Pinto de Sousa foi só fruto do acaso? Por favor! Repararam que o dito senhor abandonou o parlamento quase no início da sessão de hoje? Que feio...

    ResponderEliminar
  6. Anónimo09:42

    O dono do blog é mesmo anticomunista! Paciência! Se conhece o programa do PCP (já desde 1965) sabe que a liberdade e a democracia são princípios inalienáveis do PCP. A prática política do PCP é própria, sua, e nada tem a ver com outras comparações que, provocatóriamente aqui deixa. "Não havia nexexidade" pois não? Já agora porque não compara os EUA a um (é só escolher) outro país integrante do sistema capitalista e daqueles onde se reprime e explora até à medula e concluí o mesmo?

    ResponderEliminar
  7. Excelente texto no qual concordo plenamente.

    ResponderEliminar
  8. @anónimo - não sou anti-coisa nenhuma! Apenas defendo o que acredito!
    Sobre a Correia do Norte.. são os lideres comunistas portugueses que têm dúvidas se é ou não uma democracia! (berbardino soares!).
    Sobre democracia.. há diferentes conceitos! E o seu é diferente do meu! Você entende que Cuba é mais democratica que os EUA! Eu acho que Cuba é uma ditadura! São opiniões!
    Vamos assumi-las! Vamos todos falar verdade! Já chega de mentira e hipocrisia!

    ResponderEliminar
  9. memória13:36

    E tudo começou com a aventura do 1º ministro mais incompetente de Portugal - Guterres - que por coincidência também é do PS!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo14:52

    Meu Kerido H
    Realmente essa tendencia para a Coreia e para Cuba....
    Hoje devíamos todos preocupar-nos sériamente com Portugal.
    Com a vida que aos poucos vão deixando de ter vida e condenando os culpados (sejam eles quem forem) não perder muito tempo com os palavrosos que nada trazem de bom ao país e catapultando os homens de trabalho para o centro de decisões.
    Assim sim teríamos uma democracia que nos podia engrandecer, em vez desta que tende cada vez mais a nos empobrecer.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  11. Meu Kerido Vidigueira,
    acho que precisamos de verdade na vida pública! E que cada um assuma o caminho que deseja! E... eu não falei no PCP, falei de todos! Mas.. há verdades inconvenientes..
    Abraço

    ResponderEliminar
  12. Zéi17:42

    Penso que o principal mal é o nivelamento por baixo, muito por baixo dos politicos activos.
    O que leva a que, quem encare o serviço público com seriedade nem sequer equacione prestar serviço ao pais. Simplesmente não está para ser enxovalhado por incompetentes que se agarram ao poder com todos os tentáculos possiveis.
    E, enquanto não se perceber isto, ( e subsequente enxota de pseudo-politicos) não vamos ter politicos sérios, que defendam a causa nacional e ponham o interesse nacional acima de todas as prioridades.

    ResponderEliminar
  13. Zéi - tem toda a razão! E.. é algo que me tento lutar! Mas... sabe... é complicado lutar, porque, recorrentemente, quem dá a cara é alvo dos mais canalhas insultos!
    Aliás.. ainda esta tarde alguém que assina como "zéi" o fez aqui...

    ResponderEliminar
  14. tenho medo de dizer quem sou19:13

    Deviam explicar aos Portugueses que o pec4 imposto pela UE foi porque na auditoria dos técnicos europeus há 2 semanas encontraram nas contas marteladas deste governo de sucesso um buraco de mais de 2 mil milhões de euros e ainda faltavam la várias parcelas que vão agravar o deficit em 3 ou 4%.
    É pela aldrabice destes últimos 6 anos que estamos onde estamos.

    ResponderEliminar
  15. Wanderlei21:51

    O português vai até seu chefe (português também): - Chefe, nossos arquivos estão abarrotados. Será que nós não poderíamos jogar fora as pastas e documentos com mais de vinte anos??? - ótima idéia! Mas antes tire uma copia de tudo.

    ResponderEliminar
  16. Anónimo14:58

    Fala-se do desgoverno e dos maus politicos, mas também há bons politicos, ou menos maus. Niguem fala da vergonha de comentadores que enfeitam as nossas televisões, esses sim projectos de politicos falhados

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!