quinta-feira, março 24, 2011

Porque perguntar não devia ofender!

Só uma perguntinha para o Mário Simões & Associados: quantas pessoas é que, desde ontem, são do PSD desde pequeninos?!

16 comentários:

  1. Anónimo12:05

    Fabulosa a tua frase no Facebook!

    ResponderEliminar
  2. Zéi13:27

    Você e a sua família também se bandeiem bem para onde dá jêto, compadri!

    ResponderEliminar
  3. zéi - é o tipo de comentário patético, de quem apenas sabe insultar! Eu e quem na minha família exerce opinião, assina o que pensa, defende o que acredita e não esconde convicções! Alguem mais à esquerda, eu mais à direita! Sem subterfúgios, sem receios e sem procurar compensações!
    Mas... "Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu" (Mateus 5, 3-12)

    ResponderEliminar
  4. Dica14:48

    Acabei de ouvir à instantes o Passos Coelho ao dar uma entrevista aos média, afirmar que não lança impostos nos rendimentos ( vencimentos e pensões ), mas que admite realizar no consumo.

    Ora no consumo só pode ser mais IVA no IVA, por outras palavras bens alimentares, combustíveis, rendas de casa, compra de electrodomésticos e carros, resumindo impostos sobre TUDO o que compramos e pagamos.

    A sede de poder foi cega e irresponsável e já nos está a brindar com anúncios de mais e mais impostos, que postura de um hipotético líder do 1º ministro e actual presidente do PSD, quando ainda ontem mandou reprovar um PEC e já está a aplicar outro bem mais severo que o anterior, sem saber se ganha ou não as eleições.

    A máscara começa a cair-lhe logo no dia seguinte, uma vergonha e um descaramento nada ético é o que nos espera de mal a pior.

    Que comentários vamos agora ter dos solidários no voto conjunto de ontem dos esquerdistas na AR dos BEs e dos PCs ?

    ResponderEliminar
  5. Demagogia


    Dão nas vistas em qualquer lugar

    Jogando com as palavras como ninguém

    Sabem como hão-de contornar

    As mais directas perguntas


    Aproveitam todo o espaço

    Que lhes oferecem na rádio e nos jornais (E NA NET)

    E falam com desembaraço

    Como se fossem formados em falar demais


    Demagogia feita à maneira

    É como queijo numa ratoeira


    P’ra levar a água ao seu moinho

    Têm nas mãos uma lata descomunal

    Prometem muito pão e vinho

    Quando abre a caça eleitoral


    Desde que se vêem no poleiro

    São atacados de amnésia total

    Desde o último até ao primeiro

    Vão-se curar em banquetes, numa social


    Demagogia feita à maneira

    É como queijo numa ratoeira

    Letra e música de Luís Pedro Fonseca
    Álbum Perto de ti, Lena d’Água 1982

    ResponderEliminar
  6. Anónimo17:04

    Animem-se isto ainda não bateu no fundo pq não há fundo nesta triste pátria!!!!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo17:41

    Já há duas candidatas a Governadora Civil de Beja, uma PSD (Beja) e outra do CDS (Moura).

    ResponderEliminar
  8. E o que lá está já está a fazer as malas ou aguarda pelo reeleição do "morto vivo"...

    ResponderEliminar
  9. Anónimo18:15

    Pois e se o Socrates voltar a ganhar? Ca me parece que ele não fugiu as responsabilidades, e o "povo" como os politicos lhe chamam pode muito bem reconhecer que outros dificilmente fariam melhor! A verdade é que a crise abalou um edificio frágil, que é o nosso pais, mas não é frágil só derivado das politicas do Eng. Socrates, as raizes são bem profundas e anteriores a isso. Alem de mais, duvido que algum politico tenha sido mais achincalhado e "acalcado" que este em termos de politica obscura e desleal por parte das forças de oposição. Vamos outra vez mergulhar nos processos "ocultos", mas o nosso sistema de justiça é o principal culpado: se um processo corresse de maneira célere e assertiva, e se fizesse justiça, saberiamos com o que contar, quem é culpado é condenado, e quem usurpou a justiça e a utilizou como arma de arremesso politico, não escaparia impune!

    ResponderEliminar
  10. Tristes as mentalidades mais esclarecidas, pobres memorias de quem tudo esquece com uma reviravolta destas desde a acomodação espiritual tipica deste povo, eternamente ingovernavel, se esquecendo porem que este 1º Ministro está no poleiro há 6 anos, com visões do futuro descabidas enganaram os eleitores mais optimistas! Tristes dos portugueses que se inclinam aos factos, que sem restea de esperança se perdem em pessimismo compulsivo...

    Falando nisso vou comer um pires de tremoços e umas minis frescas, que tanta filosofia dá uma sede descabida!

    ResponderEliminar
  11. Anónimo 18:15: Não poderia expressar-me melhor ...

    ResponderEliminar
  12. O PS nos ùltimos 15 anos governou "APENAS" 12 anos, por isso entendem estes senhores que os culpados da crise são as oposições(PSD), nunca eles, que lá estiveram todos estes anos a engrossar a "LULA". Sim a "LULA" é a verdadeira culpada da crise económica em que nós estamos. Há 15 anos tinhamos um "POLVO" que com o passar dos anos foi-se transformando numa "LULA". O "POLVO" tinha uma cabeça pequena mas uns tentáculos grandes que serviam para trabalhar e o país ia progredindo. Mas o PS transformou o animal, cresceu a cabeça e atrofiaram os tentáculos.
    Na cabeça ficaram os "boys", os "amigos", os "militantes", os "incompetentes", os "arrogantes", os "caceteiros" e os "bufos". Estes são os 25% que têm intenção de votar no Sr. Engº. São os "amanhados" na cabeça da "LULA", são aqueles que não fazem nada apenas supervisionam o trabalho dos tentáculos atrofiados, são uma média de 3 para 1 na função pública. São os mesmos a quem o governo de Durão e de Santana, tanto incomodou e por isso tinha de ser derrubado quanto antes, não foose o "TACHO" abalar. São os mesmos que acham que a culpa da situação do país é da oposição e por isso "GRITAM" as 4 ventos, tal não é a agonia, que os outros não são patriotas. São os que estão confortávelmente na cabeça da "LULA" a ver os outros trabalhar e a ganhar o ordenado de competências que não têm, mais as despesas de representação, as ajudas de custo, os kms quanto mais melhor e o cartão de crédito de valor ilimitado. São os que estão preocupados com a entrada do FMI e são os que "acreditam" no Sr. Sócrates.
    Portugal pode mudar, Portugal deve mudar, Portugal vai mudar... está nas mãos do POVO PÁ!!!Vamos acabar com a "LULA"...

    ResponderEliminar
  13. "quantas pessoas é que, desde ontem, são do PSD desde pequeninos?!"

    Esquecia-me da resposta:

    São os mesmos que até há 3 dias eram do PS desde pequeninos!! Aqui as moscas são sempre as mesmas e a m@@@@ também!!! "Nã vareia"

    ResponderEliminar
  14. @eu - evidentemente! Como escrevi aqui nas autárquicas, centenas de bejenses sairam de casa para ir à manif, sem saber se iam à da CDU ou à BejaCapital!

    ResponderEliminar
  15. se passos coelho continua a fazer "curto circuito "desta forma http://aeiou.expresso.pt/passos-coelho-prepara-subida-do-iva=f639764
    e aqui :http://www.jn.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=1816234

    acho que vamos ter a prova de quão estúpidos somos , (reiteradamente) !!

    ResponderEliminar
  16. Anónimo16:57

    Não sou, nem nunca fui do PSD desde pequenino, assim como também tal aplico a qualquer 1 das outras forças políticas reinantes. Todavia, parece ser por demais evidente que a figura de Sócrates se encontra gasta e totalmente egocêntrica.

    O eng.º Sócrates assemelha-se cada vez mais com o famoso ministro da propaganda de Saddam Hussein, ao garantir num dia a saída da crise, para no outro o seu (des)governo anunciar medidas de austeridade. Dir-se-ia no mínimo pouco fiável...

    A este PM reconheço-lhe, contudo, uma qualidade (porventura obcessão), já que, ao contrário de Durão Barroso, persiste na ideia de continuar ao leme dos desígnios nacionais.

    O poder corrompe!PSD e PS são a prova acabada de tal afirmação, facto que, deveria levar os votantes a optar por outras opções políticas, quaisquer elas sejam!

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!