quarta-feira, abril 21, 2010

Prémio Cornudinhos 2010

É assim uma espécie de tradição deste blogue. Falo do Prémio Cornudinhos que visa distinguir o melhor sítio para comer caracóis na cidade de Beja. Como sempre o vencedor vai ganhar o excepcional prémio de coisa nenhuma, pago em diversas prestações de nada. Se tiver sorte, ainda tem o privilégio de me oferecer um pires dos dito cujos.
Bem sei que o tempo anda cabrão, mas já se começa a sentir o cheiro na cidade! Para uma primeira triagem, convidam-se os leitores a sugerir os concorrentes ao prémio, dissertando sobre onde comeram este ano uns caracóis que mereçam referência!

15 comentários:

  1. Posso participar na avaliação das tascas a concurso? :D

    ResponderEliminar
  2. Nicole - Até mais do que isso! Ganhou o direito de ir, a expensas suas, comer um pires à tasca vencedora!

    ResponderEliminar
  3. este ano ainda não comi caracois, nem o tempo ajuda esou da moda antiga, sardinhas e caracóis só se comem em meses sem R. Mas se já tivesse comido e se fosse em Beja os melhores seriam os do pulo do Lobo, de certeza, beijos

    ResponderEliminar
  4. Ganhei o quê, afinal? Bahh :)

    ResponderEliminar
  5. Nicole - O Direito a um pires de caracol, pago por si! ehehe

    ResponderEliminar
  6. Um dia vou embebedar-me para ver se consigo provar um caracol!
    LOL

    ResponderEliminar
  7. Anónimo17:21

    Comi na Leitaria Bejense e gostei muito!

    ResponderEliminar
  8. Anónimo17:44

    Os caracóis são uns moluscos repugnantes a cuja classe também pertencem as lesmas. Portugueses e franceses gostam de comer estes bichinhos - Paciência o gosto é deles, que lhe faça bom proveito. Singular o aparelho sexual destes bichos, cada um possuidor d dos dois sexos precisam de um parceiro para realizar a fecundação a que se dedicam 4 ou 5 vezes por ano, com a duração, por acto de um dia.
    Causam imensos prejuizos às plantas, particularmente às videiras, chegando a sugar tudo oque a bondosa da planta reservou para as uvas e depois para o vinho. São, portanto merecedores do que homens e mulheres lhes reservam - o abate, a cozedura a altas temperaturas, depois comê-los e por fim chupá-los. Terr´vel a vingança! Vai começar a temporada, não a do S.Carlos,mas nas nossas esplanadas, numa mistura de graves e agudos, estranhas sinfonias iremos ouvir, provenientes da sucção que constitui o acto de chupar no caracol.Para a mais linda melodia o proprietério deste blog também podia propor um prémio.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo: Adorei o seu comentário , independentemente de gostar ou não de caracois...

    ResponderEliminar
  10. Raquel, isso deve ser "mal" do pessoal do Norte. Tenho dois cunhados, um de Braga, outro de Bragança e ambos têm aversão aos bichinhos. Prove. Acompanhados de uma cervejola e pão com manteiga, numa esplanada, ao fim do dia, é uma delícia...

    ResponderEliminar
  11. SZ: É verdade! `
    Em Braga não se encontram cafés ou tascas que vendam caracois.
    Desde criança que só vejo em Beja .
    Mas conheço Bracarenses que gostam...aí uns 2 , mas conheço. heheh

    Já tentei provar , mas quando vejo a malta a "chupar" os carcois e vejo aqueles corninhos no canto da boca.....fujo...:)

    Mas dizem que é bom!Eu acredito, mas , como disse, só embriagada!

    ResponderEliminar
  12. @anónimo - Nunca tinha pensado no prémio orquestra... mas que a ideia está gira, está!!
    Gostei!

    ResponderEliminar
  13. Anónimo22:27

    Na Leitaria Albicastrense, na 25 de Abril

    ResponderEliminar
  14. Os da Zona Azul dizem que estão muito bons. Ainda não provei, fica para maio.

    ResponderEliminar
  15. Anónimo11:12

    Cervejaria Belga. OS melhores! E no só café!

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!