quarta-feira, maio 19, 2010

Dar música...

Numa cerimónia para comemorar o Dia dos Museus, esteve em Beja ontem um Secretário de Estado com um nome esquisito, que não reproduzo para não correr o risco de espetar aqui um erro ortográfico.
Disse uma banalidades simpáticas sobre o nosso Museu, que agora tem a honra de ser mais um em cento e tal. Estou com uma erecção de todo o tamanho de felicidade.
Isto à parte, deu mais uma excelente notícia para quem critica a interiorfobia dos Governos: vai transplantar para o interior do País o Museu da Música, até agora provisoriamente instalado há quase vinte anos, em Lisboa. São óptimas notícias: há excesso de Lisboa na nossa economia e cultura, pelo que aplaudo sempre a descentralização.
O único problemazito, coisa insignificante, é que o senhor secretário de Estado do nome esquisito, teve a abençoada ideia de vir dar a boa nova, de que o Museu ia ser transplantado para Évora, na nossa linda e amada cidade, pelo que, me apetece dizer, "e se fosse para a trampa", respeitosamente, claro está!
Não acredito que Beja tenha condições para receber hoje este museu ou que se tenha candidatado a tal, mas vir a Beja anunciar projectos para Évora é algo que, subjectivamente, dá-me vontade de mandar pessoas à merda, com todo o respeito, obviamente: faz sempre recordar aqueles casais de revista, que praticam o coito no meio da rua, para mostrar aos desgraçados que é bom, fazem bem, mas os outros não podem ter!
De toda esta parvoice, há num entanto um ponto positivo: esta trapalhada deu capital de queixa, possibilidade de exigir algo, de negociar com o Governo uma mais valia para a cidade a título de compensação pela grosseira ofensa! E não consigo pensar em algo melhor, que a Loja do Cidadão! Que está mais do que na hora de aterrar em Beja!

27 comentários:

  1. Anónimo14:08

    Porra...tanta azia com Evora...tome Rennie

    ResponderEliminar
  2. @anónimo - não tenho azia com Évora: gosto muito e fui lá muito feliz na adolescência.
    Mas defendo a igualdade de tratamento entre as duas capitais do Alentejo. E assumo-o!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo14:36

    Confirma-se o que me disseram uma vez: quando anda triste e chateado, escreve ainda melhor, mais assertivo e bem humorado!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo14:47

    Sr. presidente J.P.V. as pessoas do Porto Peles e da Vila Azedo tambem sao gente, veja la se arranja a nossa estradinha com algus tostões que os comunistas deixaram.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo14:50

    Nem tostoes ficaram: só dividas!

    ResponderEliminar
  6. Maria18:31

    Face ao desastre em que se encontram as finanças do País, é mesmo o que faz mais falta cá no burgo é uma Loja do Cidadão. LOL

    Com as enoooormes distâncias que vão de uns serviços a outros, só se for para satisfazer mais clientelas partidárias com uns lugarzinhos de chefia com "insenção" de horário.

    Tenha juizo!!!

    ResponderEliminar
  7. Tem razão Maria. Deve haver em todo o País menos em Beja. Aqui não é preciso emprego: o que precisamos é de foguetes e festas!

    ResponderEliminar
  8. Anónimo19:01

    H, nem vale a pena responderes. Porque a ideia foi tua eles têm de criticar. Nem têm culpa: está-lhe no ADN!

    ResponderEliminar
  9. Maria19:03

    Por acaso em Évora acho que não há LOL

    ResponderEliminar
  10. Em Évora - concelho - não. Mas há no Distrito, como em praticamente todos os distritos do País. Menos em Beja: porque fomos mais espertos que os outros todos...

    ResponderEliminar
  11. Anónimo21:20

    O comboio Alfa pára em Évora; a autoestrada passa por Évora, as sedes da CCDR - BP - etc estão em Évora; e muito mais haveria para dizer, já para não falar no nº de habitantes que esta cidade alberga.

    Independentemente de partidos politicos e de edilidades camarárias, Évora tem vindo ao longo dos anos a ser a cidade preferida pelos sucessivos governos. Qualquer Director REGIONAL está em Évora...

    ResponderEliminar
  12. Apetece-me fazer algumas considerações:

    1 percebi que o H tem ereccoes com pouco
    2 o que disse so vem confirmar aquilo que sempre disse, deviamos oferecer a malta da capital um mapa de Portugal porque eles tem a estupida mania de se desorientar no espaco e pensam que tudo e paisagem excepto a sua grandiosa cidade.
    3 nao percebo porque toda esta euforia com Evora ultimamente, ja que como capital do Alentejo ficam extremamente deslocalizados para a grande maioria dos Alentejanos ( entenda-se ficam longe como o raio dos locais do Alentejo com mais populacao) terao subornado alguem do governo?
    4 concordo plenamente com a sua ideia da loja do cidadao por uma questao de justica e porque so quem nao sabe o que e andar em Beja de servico ha hora do calor ( hora em que estao abertas as repartições) e que acha nao ser necessário.
    Bem hajam as tuas ideias H, mas ve la se comecas a levantar os valores por mais :)

    ResponderEliminar
  13. Epa eu queria dizer de Servico em servico :)

    ResponderEliminar
  14. @anónimo - tem toda a razão. E essa tem sido uma das minhas lutas.

    ResponderEliminar
  15. ZÉ DO CASTELO23:12

    Mais uma vez se demonstra que os " politicos " locais , militantes do PS, não fazem positivamente nada. O que faz esse Sr. Ameixa e essa Srª Casanova no Parlamento?Têm lugar cativo nas cadeiras , caladinhos para não dizerem borrada .Ás 2ªs feiras visitam Instituições no Distrito , mas unicamente aquelas geridas por " malta do partido ".O Sr. JPV permanece num estado de dormência total.O rapazinho do fatinho , aquele que é vereador , não diz nada ?

    ResponderEliminar
  16. Maria23:55

    @Louca

    "Évora ... como capital do Alentejo ficam extremamente deslocalizados para a grande maioria dos Alentejanos ( entenda-se ficam longe como o raio dos locais do Alentejo com mais populacao)"

    Só pode estar a brincar ou então é mesmo tótó á séria LOL

    Quais são os locais do Alentejo "com mais população" a que se refere? Parece que temos de lhe oferecer um mapa do Alentejo porque a sua geografia anda muito baralhada.

    Bons sonhos :)

    ResponderEliminar
  17. maria - se o seu fetiche é comigo, ofenda-me a mim. Quando ofende os meus visitantes, eu fico enciumado!

    ResponderEliminar
  18. Minha cara Maria, picou-se ? Sim a parte mais povoada do Alentejo, foi e sempre sera o litioral, para alem de ser a zona em maior expansao, Evora, para alem da zona urbana e como o restante Alentejo quase despovoada e que eu saiba a populacao flutuante de estudantes nao e la grande estatística, para alem do que Beja e muito mais central, como ve nao preciso que me ensine geografia. Alem de ficar mais perto de lisboa nao vejo qual o motivo de se colocarem a maior parte dos servicos em Evora, sou contra e bastante, pelo que se tiver alguma coisa a tratar ou vou a beja ou a lisboa, recuso-me a ir ao cu de judas onde fica Evora :)

    ResponderEliminar
  19. Anónimo13:43

    O cu de judas de Évora tem AKI,tem Staples,tem Pull and Bear,tem Mercado Abastecedor,tem 2 hoteis de 5 estrelas,etc...

    Só falta o Continente loool

    ResponderEliminar
  20. E tem a Zara e gajas boas!

    ResponderEliminar
  21. Anónimo13:56

    E Beja tem a estudantina que espero ainda ser do Chico e do Joao, desde aqui um grande abraço

    ResponderEliminar
  22. Ainda é! Só desconheço se são leitores!

    ResponderEliminar
  23. Anónimo17:45

    antao e o nosso aeroporto internacional onde fica? em evora nao! queriam éra ver os avioes passar.

    ResponderEliminar
  24. Pedro19:09

    Mais depressa ganho o Euromilhões do que esse MEGA, SUPER E IMPRESCINDIVEL projecto da Loja do Cidadão venha. Esses e outros à várias décadas falados...

    ResponderEliminar
  25. Pedro - também tenho esse receio. E no meu caso, nem jogo no Euromilhões

    ResponderEliminar
  26. Anónimo18:44

    Caros amigos, penso que não devemos abrir uma "guerra" contra Évora. Afinal somos da mesma família, seria muito mais proveitoso, estas cidades rumarem no mesmo sentido como complemento uma da outra.
    Não é por acaso que Porto/Gaia formam uma grande "metropole" no norte do país. Bem sei que a próximidade é maior, mas hoje as distancias não se "medem" em Km, mas em tempo percurrido. Há que apróximar Beja/Évora e o resto vem por acréscimo, assim haja boa vontade entre as partes.

    ResponderEliminar
  27. Anónimo18:46

    Perdão, "percorrido".
    Esta coisa de escrever em caixas pequenas leva-nos a escrever com gralhas.

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!