quarta-feira, março 31, 2010

Hortas Comunitárias

Não ignoro que muitos leitores achem mais divertidas as hortas do facebook, mas tenho mesmo de sublinhar esta notícia.Porque fui efusivo a defender esta ideia e porque durante meses, um comentador sempre que vinha ao blogue usava o argumento para tentar gozar comigo! Todos sabemos como a irresponsabilidade deixou as coisas: mas também sabemos que com imaginação e empenho, podem fazer-se coisas bonitas, gastando pouco dinheiro! Pelo que se saúde e deseja que rapidamente estejam a funcionar!

Adenda: Musica nova, em Alentejano, com pronúncia do Norte!

11 comentários:

  1. Tal e qual como as hortas virtuais são uma excelente maneira de educar as crianças a nível económico, de programação de tempos e outros vários aspectos que tenho desenvolvido com o meu filho, como o dar para receber, acho esta ideia simplesmente fantástica, para além de ser proveitoso a nível familiar também o è como forma de convivio e de terapia ocupacional, excelente ideia.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo14:43

    O que sente quando lhe copiam os post?

    ResponderEliminar
  3. Anónimo15:04

    Por acaso gosto da ideia, até pq ouvi a mesma ser dicutida ao vivo e a cores e de imediato gostei!

    Quanto aos terrenos...podem ser privados?

    ResponderEliminar
  4. @anónimo - desconheço pormenores! Foi algo que defendi há muito e que me vai agradar muito ver em prática, até porque pode ser o primeiro passo, para a criação de um projecto interessantíssimo, para daqui a uns anos!
    Agora.. apenas sei o que vem na Imprensa!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo15:20

    Eu estaria disposto a ceder terreno!

    Obrigada

    ResponderEliminar
  6. @anónimo - com a falta de dinheiro que há, estou certo que vão aceitar! Tente contactar a CMBeja (por acaso, não me recordo qual o vereador que tem este pelouro!)

    ResponderEliminar
  7. Anónimo15:25

    Isso será por inscrição ou como é que demonstra interesse na ideia ?

    ResponderEliminar
  8. @anónimo - não faço ideia! Penso que a melhor forma é utilizar o site da CMBeja e colocar a questão, numa plataforma de apoio ao munícipe!

    ResponderEliminar
  9. Ao fim de 5 meses de novo executivo, finalmente uma medida (não é bem uma medida, é mais uma intenção). Depois de 5 meses de queixumes, o novo executivo lança a ideia de fazer alguma coisa e logo em grande, esta medida a ser implementada tem um alcance económico, social e politico. Já estou a ver o rendimento das famílias do concelho a subir em flecha, os velhotes e desempregados todos a trabalhar a terra e finalmente vai ser implantada a reforma agrária em Beja “a terra a quem a trabalha”
    Abraço Hugo

    ResponderEliminar
  10. Revez - contrariamente a muita gente, sempre defendi muito esta intenção! E se as coisas correrem bem, ainda me vais dar razão!
    Nestes 5 meses uma coisa tem corrido realmente bem, embora se fale pouco: o licenciamento para empresas! E acredito que daqui a meses se vai perceber a importância disto!

    ResponderEliminar
  11. Anónimo11:34

    Há vários munícipios no país a pôr esta ideia em prática e com bons resultados. Por exemplo com adesão de jovens e não apenas dos reformados como é uso dizer-se com intenção de gozo. Com projectos de educação e formação em áreas tão distintas como agricultura biológica, hortofloricultura, lazer, etc.
    Sofia

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!