sábado, abril 25, 2009

Nova Ruralidade, por Jorge Pulido Valente - Parte II

Tinha ameaçado aqui regressar a este tema, apesar de não tencionar transformar o Viagra e Prozac no órgão de propaganda da candidatura da qual sou assumidamente apoiante! Mas tinha prometido uma palavra sobre uma proposta que me agradou sobremaneira.
Refiro-me à criação de hortas comunitárias em vários locais do concelho. A ideia consiste em permitir a que habitantes da cidade, aldeias e vilas possam dedicar-se ao pequeno prazer da agricultura, cultivando aquilo que lhe aprouver, num espaço público, bem arranjado e usufruindo de alguns instrumentos da autarquia. Mais que ajudar a contribuir para a economia doméstica em tempos de crise (o que só por si justificava a ideia), agrada-me sobremaneira colocar ao serviço dos cidadãos, um local de convívio e práticas de vida saudável, espalhados pelo nosso concelho!
Bem sei que provavelmente devia aqui falar nas ideias mais importantes ou da forma inovadora de construir o programa de governo autárquico, mas... gostei muitissimo desta ideia! (que obviamente não é minha!)

29 comentários:

  1. Anónimo00:57

    Hortas comunitárias?! HUm...é preciso explicar isso bem. O que resta dos sabiam tratar de hortas, t~em hernias que partem da cervical e vão até onde começa o traseiro. Por esta via não se resolve a crise.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo01:15

    Por acaso conheço alguns paises europeus onde já acontece e estas hortas são tratadas na maior parte dos casos por pessoas ja reformadas
    Seria uma excelente ideia...ha imenso espaço, ha muita população (desocupada)que sempre trabalharam no campo e tiveram as suas hortas e que agora, por vontade dos filhos, sao obrigados a viver na cidade em apartamnetos...
    Concluindo gostei da ideia, para alem de "difrente" pode ser aplicada de uma forma "ocupacional" e "produtiva" ,tendo em conta os tempos de crise!

    Ainda comtinuo curiosa quanto às outras ideias...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo14:51

    Então quantas pessoas estavam nesta iniciativa? E quantas eram de Beringel? Desta vez a radio oficial da campanha não revelou os numeros. E se esta foi a ideia ou será melhor dizer "pilar" que mais lhe chamou á atenção imagino as outras.Estão no bom caminho para perpetuar os comunas no poder em Beja.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo15:18

    Hortas comunitárias?! É essa a mais-valia de JPV?! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    Decidamente esta cidade não é para jovens e eles sabem-no!

    Ana
    (de Beja)

    ResponderEliminar
  5. Anónimo15:32

    Eu li...que esta é apenas uma ideia...parece que há mais, e esta é uma excelente ideia!!
    não considero desde já uma derrota!
    Se são jovens, deveriam ler com atenção e ser optimistas. Tambem seria bom usarem o espirito critico para novas sugestões...

    tambem aproveito para dizer que existem "jovens" a frequentar licenciaturas no ambito da agricultura..e outras areas que poderiam ser possiveis candidatos na realização deste projecto!!

    Ou não??

    ResponderEliminar
  6. @Por acaso, estavam bem mais pessoas do que era expectável. E claro que sem autocarros!
    Sobre as propostas, foram bastantes. E se procurar ler o texto, perceberá isso! Se falei apenas numa, foi porque me agradou bastante.
    O candidato tem uma forma inovadora de trabalhar, que o tempo dirá se certa ou errada: permitir que sejam os cidadãos a construir alternativas, fazer propostas, para depois construir não apenas um novo modelo de governação, como um projecto sério e credível para o desenvolvimento da cidade, que congrega tantos contributos como possíveis!
    E, no tempo devido, as propostas serão do conhecimento publico, divulgados por quem de Direito.
    Haja calma e serenidade!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo16:56

    pois...mas isso nao e novidade para beja...
    Fsantos tambem ja o tinha indicado no mandato corrente...nao e uma ideia nova...e sim uma ideia que vou lançada..mas n finalizada...

    ResponderEliminar
  8. Se a ideia já existe, fico satisfeito e é sinal que, contrariamente ao que alguns aqui escreveram, é uma boa ideia!
    Mas, esclareça-me: há alguma a funcionar? Ou foi mais uma das promessas que ficaram esquecidas no papel?

    ResponderEliminar
  9. Anónimo19:54

    Eles andam cagados de medo, amigo h!
    Continue!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo22:02

    Mais que hortas comunitárias, uma boa iniciativa em Beja (e não só) teria sido desde há muito a disponibilização de lotes de terreno a preços não especulativa para construção de habitações térreas com quintal como quase todos fomos habituados por cá: a crescer em liberdade.

    Mas não!

    Optou-se pela especulação imobiliária e pela construção "em altura" de caixotes de betão com ar condicionado e vidros duplos que, um pouco por toda a cidade, tèm descaracterizado e vulgarizado a cidade tal como a conhecemos.

    É tarde para dar a volta a isto. Pode-se apenas inverter um pouco esta situação assim haja vontade política mas como uma das receitas da Autarquia é tipo de impostos (IMI) ...

    ResponderEliminar
  11. @anónimo - foi um dos temas em discussão. Um tema sempre complexo. Pessoalmente não escondo a minha simpatia pela criação de condições que permitam recuperar os centros da nossa cidade e das nossas vilas e aldeias, papel que a CMB podia e devia ter adoptado.
    Mas.. a escolha foi a que conhecemos!

    ResponderEliminar
  12. Anónimo23:15

    Meu Kerido H
    Hortas comunitárias?
    Excelente ideia?
    Quem vai trabalhar nas hortas?
    Isso de ser boa ideia para os outros trabalharem, porque sinceramente, não estou a ver o H agarrado a uma enchada para cultivar qualquer coisa.
    Não brinquem com coisas sérias, pois há pessoas a viverem, não, a sobreviverem, e que esperam muito mais daqueles que só falam e que nada dizem, mas infelizmente ocupam o lugar de decisão.
    Parece que os pilares tem areia a mais e cimento a menos.
    Assim.......não chegam lá.

    ResponderEliminar
  13. Kerido anónimo - Gostei mto desta proposta, pelas razões evocadas no post! Acho importante que a coexistência da nova agricultura com a tradicional.
    E acho que permite a quem quiser a possibilidade de se dedicar á actividade agrícola mto importante!
    Vejo que discorda. Uma opinião respeitável.
    Para mim, o mais importante de tudo é o debate de ideias, porque penso que em conjunto podemos chegar a melhores conclusões!
    Cumprimentps

    ResponderEliminar
  14. Anónimo00:14

    H..acha que alguem quer entender, seja lá o que for, se o verdadeiro espirito desta mentalidade é CRITICAR...sem sequer se dar ao trabalho de LER com atenção!!
    E quando dizem" Quem vai trabalhar nas hortas?" percebe-se logo....TUDO!!

    ResponderEliminar
  15. hpalma13:45

    Acho a ideia muito interessante!
    Ao contrario do kerido anómino, que parece que não lhe agrada a ideia de vergar a mola, conheço algumas pessoas (uns reformados e outros não) que no fim do dia ou no fim de semana, rumam às aldeias que foram trocadas pela cidade, para se dedicarem à sua horta. Esta dedicação não tem a ver apenas com o que da horta podem tirar, mas é também um passatempo como outro qualquer. Além disso, basta olhar para alegria dessas pessoas quando oferecem a alguém o produto do seu trabalho! Para todos os que gostariam de ter a sua horta e não têm terra, esta é uma grande ideia!

    ResponderEliminar
  16. Anónimo17:13

    ó H., você já analisou bem o privilegiado que é? Isto de ter um blog deste calibre, escrever o que lhe dá na real gana, apoiar uma candidatura distinta da do poder vigente em Beja e vincular-se a ideias contrárias à mentalidade oficial/vigente no município, não é para todos!

    Paradigma desta situação privilegiante é toda a legião de anónimos que "assinam" os comentarios. Não de 74, sou de 80 mas sempre achei curioso que muitos dos que arvoram paladinos da liberdade ou se auto intitulam "free thinkers", escolham o anonimato quando podem ser ligados a eventuais críticas ao actual poder camarário, mas também, não tenho grandes dúvidas, a um eventual edil de cor distinta!

    Viva o 25/4, não há dúvida e enquanto possa vou assinando algumas linhas..

    Sem mais,

    JH

    ResponderEliminar
  17. @JH - Diz coisas que me fazem pensar. Honestamente não sei se ter o Viagra & Prozac seja um privilégio, mas tenho muito prazer em escrever aquilo que me apetece, sem poder as consequências do efeito de algumas letras.
    Como é curioso a proliferação de anónimos, o receio de dar a cara pelas convicções.
    Um dia, quiçá escreve a história deste blogue, explicando como começou e porque. E acredite, que vai valer a pena ler!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  18. Anónimo20:40

    Kerido H
    Continuo a não ver nenhum candidato para as hortas.
    Porque será?

    ResponderEliminar
  19. Kerido Anónimo - que pretendeu dizer?!!

    ResponderEliminar
  20. Anónimo22:12

    Lá está o JH a mandar postas de pescada, uma legião de anónimos!

    Então e isso de JH é o quê?

    É o seu nome no BI.

    Abstenha-se V Exa de criticar por criticar, para si tudo está mal, só o que é de fora de Beja é que é bom.

    ResponderEliminar
  21. Anónimo23:20

    Kerido H
    Já reparou que os comentaristas gostaram da ideia, mas para os outros.
    Não vi aqui, nem um, a dizer:
    Boa ideia, ganhem lá as eleições, ponham isso em prática que eu sou JÁ voluntário para lá ir cavar nas minhas horas vagas.
    Um pequeno promenor. Reparou, com certeza.

    ResponderEliminar
  22. Kerido Anónimo - Reparei. E não estranhei. Os destinatários desta medida, não são propriamente as pessoas que consultam este tipo de blogues.
    Achava preferível centrar as propostas apenas nos meus gostos pessoais?
    Mantenho. Ganhe quem ganhar, que avance com esta medida. Que não duvido que vá ser um sucesso, complementada com outras que em breve serão apresentadas!

    ResponderEliminar
  23. Anónimo23:58

    Kerido H
    Não me refiro ao que escreve, refiro-me aos que comentam.
    E volto a dizer, que as pessoas esperam propostas para além destas.
    E não são só as de Beja, são as de todo a País.

    ResponderEliminar
  24. E foram discutidas mais de uma dezena, apenas deste tema. E avaliadas por quem assistiu!
    E.. no devido tempo, irá surgir o programa eleitoral. DA mesma forma que surgiram os pilares fundamentais.
    Apenas.. se está a fazer as coisas de forma diferente: ouvindo as pessoas. Algo estranho para alguns...

    ResponderEliminar
  25. Pedro17:24

    Para mim, começa mal. Tanta coisa a faltar à cidade, vão falar de pequenas hortas? Não discuto se é boa ou má ideia, mas há temas bem mais importantes.
    Que tal discutir como o Sr. Pulido Valente deixou a C. M. de Mértola na falência?
    Ou como foi parar à EDIA?

    P.S.: Não tenho nada contra o autor deste blog, nem o facto de apoiar o candidato A, B ou C. Mas há aspectos que deveriam ser esclarecidos por quem quer ser Presdidente da cidade.

    ResponderEliminar
  26. @Pedro, trÊs breves notas!
    1- foi discutido mto mais que as hortas e a seu tempo vai ser tornado publico. claro que as mudanças na agricultura foi um tema central!
    2 - a questão da falência na CMMertola já foi mais que desmentida: foi uma tentativa de fazer politica pelo boato!
    3 - A minha posição sobre a saida de candidatos a meio do mandato é clara: novas eleições!

    ResponderEliminar
  27. Anónimo20:03

    Gosto imenso deste meu estimado anónimo que se ofende comigo por eu considerar que se come terrivelmente mal em beja, preferindo fazê-lo em serpa ou évora.

    Peço desde logo desculpa por discordar quando me assacam delitos de opinião destes mas são irrefutáveis certas situações de marasmo em que a nossa estimada cidade caíu. Não se retire destas minhas palavras que não gosto de Beja, porquanto eu sou como muitos outros que sentem a "necessidade de se sentir sob a protecção do Torre do Castelo".

    Agora, directamente meu caro anónimo deste e doutros posts, tem razão quando me pergunta se JH consta do BI mas permita-me retorquir que mais não representam as iniciais do meu nome, o qual o dono do blog sabe perfeitamente qual é e tem maior facilidade em me assacar responsabilidades por eventuais ilícitos que possa cometer.

    Agradeço-lhe a sua preocupação para com a minha pessoa e eventual desconhecimento de quem possa ser mas asseguro-lhe que continuarei a dizer o que bem entendo e estar-me nas tintas para com a sua opinião sobre os meus "bitaites"! ;)

    Grato pela atenção,

    JH

    Perdão,

    João Honrado

    Ps: se precisar do numero de BI para confirmar, disponha.

    ResponderEliminar
  28. Eu confirmo a identidade. E vou mais longe! Era bem mais cómodo para o João aceitar a doutrina local dominante e dizer que está tudo maravilhoso na cidade!
    Teria mais facilidades laborais. Eu sei isso, o João sabe isso.. e o anónimo agora também sabe!

    ResponderEliminar
  29. Great service, easy transaction, discreet packaging, product works as expected. Viagra I received 132 pills instead of 120 + 10. My package was opened by US Border Patrol. Confirmation email showed discounted price for buy viagra. I called the toll free and spoke to an service representatice in Mumbai India. She was very helpful and pleasant.
    FDA approved mens health medication viagra is not a drug to be taken lighliy you should read all about the pros and cons regarding the medication before you ! or if you would like just to read about Buy Viagra Online you can visit this location!
    I will keep using it. Have had the most incredible experience using viagra. By that I mean that I am well into my 50s and it gave me that little extra something that I had lost. Thank you i will by more
    Online Pharmacy
    Buy Cialis Online
    hrydrocodon no prescription
    hydrocodone no prescription
    buy phentermine online
    phentermine online
    phentermine online
    phentermine online
    buy phentermine
    buy phentermine
    buy phentermine
    buy phentermine
    buy phentermine
    buy phentermine
    phentermine no prescription
    phentermine no prescription
    phentermine no prescription
    xanax no prescription
    xanax no prescription
    buy xanax online
    xanax no prescription
    buy xanax online
    buy xanax online

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!