sexta-feira, julho 25, 2008

Coisas - Parte UM: este blogue...

Nunca confidenciei isto a absolutamente ninguém, pelo que confio no meu amigo leitor para guardar sigilo.

Na mesma semana que se iniciou o Ireflexoes (primeiro nome do agora Viagra e Prozac) comecei um outro blogue, com nome lindo, que na divulgo. A decisão, apareceu na penumbra de uma noite estrelada (como um ovo!) e depois de anos a estudar blogues, em usa-los no meu ensino, decidi ter um blogue pessoal! Porque sou garganeiro, optei por dois: um onde comentava a minha cidade e o mundo, outro onde apareciam os meus mais íntimos devaneios, pensamentos meus e pequenos textos, sobre tudo e coisa nenhuma. Blogues totalmente anónimos, sem contadores ou outras mariquices, escritos pelo simples prazer de escrever, de mim para mim, aberto aos outros!

Mas inconscientemente, comecei a debitar teorias tolas e outras no Ireflexoes e o outro foi caindo no esquecimento, até evapora-lo da blogosfera. Em finais de 2006, instalei um contador no Ireflexoes e fiquei meio parvo (fácil, no meu caso) ao perceber que tinha 40 a 50 visitas diárias.

Terá sido por essa altura que comecei a “postar” mais assiduamente e o blogue começou a crescer! Tendo chegado a números que a mim me impressionam! Aliás, ainda este mês, voltou a crescer nas suas audiências!

Mas nunca deixou de ser o meu blogue pessoal: já o disse antes e repito, não sou hipócrita e claro que gosto de saber que o blogue é lido e acarinhado! Mas assumo-me como uma mau anfitrião: respeito muito os meus leitores, mas não acho que o blogue seja um serviço público: sempre entendi que o blogue iria existir enquanto me desse prazer escrever aqui!

Há algo no blogue que me agrada muito e hoje quero aqui sublinhar: apesar do autor assumir o seu pensamento político, de defender posições nem sempre pacificas ou consensuais, este é um espaço frequentado por pessoas de esquerda e direita, diferentes partidos e ideologias, diferentes crenças que, apesar das discordâncias, sentem-se bem neste espaço, onde são tratadas com respeito e respeitam quem por aqui passa! E quiçá esse tenha sido o mais interessante contributo do Viagra e Prozac: permitir um debate de ideias, duro algumas vezes, mas com respeito pelos intervenientes, discutindo ideias, não pessoas!

Não foi fácil construir este blogue! Desde os ataques pessoais que muitas vezes fui alvo ao início (a célebre teoria do protagonismo e do anti-comunismo primário), as pessoas que melindrei ao assumir posições (quantos leitores habituais não ficaram ofendidos comigo, uns desaparecendo e outros ficando em silencio, magoados com palavras minhas!), a sensação que gerei ódios de estimação (com a certeza que não são retribuídos) e a maledicência de mentes pequenas que procuram ler em textos irónicos (Momento Cosmopolitan…) falhas de carácter ou o apelo à pornografia!!! (seria interessante algumas pessoas consultarem um livro chamado Dicionário!).

Quando olho para trás, tenho a clara sensação de que com este blogue perdi muito mais do que eventualmente ganhei: mas tenho uma certeza! Se hoje fosse dia 21 de Maio de 2006, voltaria a começar este blogue e faria tudo igual! Ou talvez ainda pior…


Fora de contexto: Musica nova: Tim e Marisa, no Fado do encontro

6 comentários:

  1. H, tens o meu apoio total!
    Continua em força e com toda a pujança com que todos os dias nos brindas com estes artigos de deliciosa "prosa". E então quando botas uma imagem... é fatal! Eh, eh, eh!
    És grande e um exemplo.

    E para muitos, que como eu, têm esta actividade de publicar um pedaço de si mesmo nos blogues, TU és uma das INSPIRAÇÕES.

    Go, go, go, very nasty!
    Slam them all!!!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo11:48

    atão e como é que chama o outro?

    ResponderEliminar
  3. É por todos os motivos supra-mencionados e por tantos outros, que eu gosto de aqui vir. A verdade é que motivas quem aqui passa, a fazer uso da liberdade de pensamento e expressão. E isso, meu caro H, vale por todas as ideologias!
    Tutti bacci

    ResponderEliminar
  4. Anónimo18:19

    Tornei-me visita diária desde que o descobri.
    O valor atribuido às ideias e ao seu debate e o respeito pela diversidade são, talvez, a sua imagem de marca, para além dos assuntos abordados de inegável interesse.
    LG

    ResponderEliminar
  5. rui p18:43

    Coerência, Sensatez .... são tantos os adjectivos que te cabem.

    Continua, um abraço deste sempre amigo (e agora leitor).

    ResponderEliminar
  6. Acredita, só comecei a entender este teu blog a partir da altura em que te conheci pessoalmente, pela simples razão que tu, em pessoa, não és nada daquilo que dexias aqui transparecer. Quase diria que és do signo gémeos, duas personalidades, o que nem sempre é negativo (sou gémeos...).

    Boa continuação!

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!