quinta-feira, junho 21, 2007

Engolir ou não engolir, eis a questão…

Esta é uma das mais complexas querelas dos nossos dias, dividindo a doutrina de mais alto coturno. Como é consabido, a temática tem sido objecto de simpósios, seminários e congressos, bem como de duas teses de Doutoramento: "Os homens são de Marte, as mulheres de Vénus e o esperma de Saturno" e " O Amor e o Engolimento" (N.A – isto é humor inteligente, pelo que peço desculpa aos leitores que não vão entender a excepcional piada…)
Ainda em jeito de preliminares (que vão longos, como devem ser) não é colocada nesta análise uma terceira hipótese, ou seja, o estádio intermédio: aquela coisa de cuspir!!!
Minhas adoradas amigas: (e leitores que também praticam o desporto, porque aqui no Viagra e Prozac não somos preconceituosos para paneleiros, rabetas, maricas, bichonas, larilas cagam ao contrário, …) cuspir é feio!!! Achavam bem que o vosso gajo fosse jantar a casa da sogra e no fim, mesmo na parte do fim, desatasse a cuspir pela casa toda?? Leiam esse ícone da cortesia e boas maneiras, Paula Fazme Bobone, para perceberem o quão insolente e desrespeitosa é essa patética mania!
Indo ao conteúdo, ao coito por assim dizer, indaguemos a problemática: engolir ou não engolir o leitinho.
Os argumentos anti-engolimento são conhecidos: o sabor não é muito agradável, é muito espesso, tem como contra-indicação impedir a continuação da degustação do acto, irritação na garganta e susceptível de causar inveja à outra pessoa que participa no trio!
Sinceramente, todos os estudos feitos na Universidade Independente provam que os factos podem não sugerir a factualidade que visa ser prosseguida, pelo que os meus carecem de análise de pormenor conclusiva que permite concluir uma conclusão! Por outras palavras: são uma merda de argumentos!
Obviamente que se deve engolir: por um conjunto de considerandos que são insofismáveis, axiológicos!
Desde logo o argumento higiénico: não sujar os lençóis, o carro ou a cadeira do cinema!
Depois o argumento matrimonial: pretender casar é estar disponível para engolir os sapos do nubento: logo, quem engole sapos, por maioria de razaõ…
Argumento financeiro: pode sempre gravar o acto e divulgar na Internet, recebendo os Euros com isso; quanto mais ingerir, mais recebe!
Argumento Saúde: não foi eufemismo utilizar a expressão "engolir o leitinho"; estudos confirmam que o esperma tem vitamina A, B, C e W, pelo que o seu consumo é benéfico para a saúde, não sendo apenas uma salutar dieta, como combate as dores no anús!
Argumento feminilidade: para a arte de bem engolir, exige-se colocar em prática um ancestral truque feminino: faze-lo acreditar que foi o primeiro!
Crucial é o fundamento maternal: se o seu filho não quiser comer a sopa porque não sabe muito bem, é espessa, retira o apetite para outras gulodices, não o vai obrigar a comer? Então.. ensine-o com o seu exemplo!

Post Scriptum – claro que há quem insista no argumentozinho da SIDA; parece-me um pouco abusivo: afinal a doença não é assim tão grave…

4 comentários:

  1. após uma pesquisa exaustíssima tenho k concordar k a vitamina W apenas se encontra neste salutar alimento, bem haja a quem promove estudos desta natureza imprescíndiveis para o bom e saudável desenvolvimento da espécie...
    p.s. também encontrei outro atributo fantástico: é rico em vitaminas e pobre em gorduras, ou seja trata-se de um produto light podendo ser ingerido em quantidades enormes sem interferir na dieta...

    ResponderEliminar
  2. Sugestão para as que se queixam do sabor: e que tal juntar um pacotinho de açucar???

    ResponderEliminar
  3. Anónimo12:10

    ESTA MANHA INGERI ALGUMA QUANTIDADE, NÃO SEI QUE TIPO DE ALIMENTAÇÃO POSSO FAZER AO ALMOÇO, UMA VEZ QUE SAO TANTAS AS VITAMINAS, TENHO MEDO QUE ME FAÇA MAL

    ResponderEliminar
  4. Carpe Diem21:12

    Huuummm, interessante este post... Rico na sua enorme argumentação na defesa de bons hábitos alimentares. Gostei, caríssimo H, gostei mesmo, aliás há umas semanas atrás vi um documentário muito interessante sobre este tão interessante tema num canal conhecido, o Playboy, o tema do documentário era: "Cospes ou Engoles?" e chegou-se à conclusão que a maioria das senhoras até nem gosta muito de engolir... Vai-se lá saber porquê?! Visto esse alimento ser tão rico e completo! Também não acredito que se goste do sabor de determinados xaropes e temos que engoli-los, certo?! Deixo aqui um conselho a todas aquelas que receiam o sabor de tão nutritivo alimento, que tal uma pastilha?! Não é má ideia, pois não?! Além de que à velocidade que o alimento sai da respectiva embalagem, nem se sente bem o sabor... Vá lá, experimentem, vão ver que irão ter companheiros bem mais felizes e satisfeitos! Já agora caríssimo H, não existe nenhum estudo quanto ao consumo de claras de ovo ou gelatinas? Já agora, vale a pena pensar nisto, ou como quem diz, neste também tão interessante tema...

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!