sexta-feira, fevereiro 27, 2009

Porque ainda há boas notícias...

Há umas semanas no Conselho de Opinião vaticinei que o PS - Distrito de Beja fosse cobardemente seguir a voz do dono, fazendo o pino na posição sobre a regionalização! Quiçá me tenha enganado, quiçá não! Embora honestamente pouco me importe, porque sustento que com um ou dois Alentejos a regionalização é nefasta!
Volto ao tema para aplaudir Jorge Pulido Valente: numa época de medo e carneirismo, gosto de vozes com coragem, pelo que me alegrou ler JPV defender a solução da região Baixo Alentejo. Mais. Em ano eleitoral é refrescante perceber que enquanto Francisco Santos segue o que Lisboa manda e defende uma única região - usando um argumento desonesto de que no Referendo o Alentejo votou SIM, esquecendo que se votou SIM a dois Alentejos, não a um - ouvir Pulido Valente a colocar os interesses da cidade acima dos interesses de Lisboa. E como Beja precisa de vozes que pensem primeiro na cidade e só depois nos escusos interesses partidários...

8 comentários:

  1. Anónimo15:45

    E porquê 2 Alentejos?

    Qual o mal de uma unica Regiao Alentejo?

    ResponderEliminar
  2. De certo modo, falo sobre isso na crónica do CA. É uma questão de ambição: há uns que acham Beja demasiado insignificante para ser capital e ficam felizes por serem subalternizados por Évora; outros que acreditam e defendem esta cidade.
    Excepto eleitoralmente para uns, tem lógica - se bem que usar a expressão lógica para falar de regionalização seja um contrasenso - que uma região seja 1/3 do País? Se a ideia era aproximar dos eleitores, não é um óbvio disparate criar uma região tão extensa?
    E, devolvo-lhe a pergunta: o que justifica uma mega região Alentejo?

    ResponderEliminar
  3. Anónimo17:05

    Maior coesão e unidade territorial...somos,em meu entender,a região do País mais forte em identidade cultural...

    ResponderEliminar
  4. Não posso concordar. A região do pais com mais forte identidade cultural? Porque seriamos maiores em kilometros? Não me parece. A verdade, é que a região Alentejo unico, só iria agravar o que há muitos anos se sente, a centralização e a fuga de serviços públicos, empresas e postos de trabalho de Beja para Évora. Será que alguém pode com convicção afirmar que a região Alentejo é bom para Beja? Será que não é evidente que seriamos assim cada vez mais uma terriola perdida no Alentejo, ainda mais profundo, com cada vez menos peso económico e politico....sempre em detrimento de Évora. Espero que os politicos deste concelho e deste distrito coloquem directrizes partidárias de lado e tenho o carácter e coragem de defender os interesses locais. Gostaria de ver o PCP local, um pouco mais livre e democrático, defendendo essa posição. Regionalização para mim, sempre e só se, com uma região Baixo Alentejo.

    ResponderEliminar
  5. Jorge Pulido Valente, ora ai está alguém inteligente, capaz e com algo muito importante que falta ao actual executivo camarário, é urgente acabar com uma gestão do dia a dia, do voto a voto. é preciso alguém com visão de futuro.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo23:11

    Sempre com medo de Évora...hihihihhi

    ResponderEliminar
  7. Anónimo11:02

    ainda conheci há pouco tempo o jpv a defender uma regiao alentejo com unhas e dentes. coerencias, coragem, atitude,,,,e mais o que lhe queiram chamar.isto de andar ca ja ha algum tempo ´é tramado.M&M

    ResponderEliminar
  8. Mudar de opinião, é muitas vezes sinal de inteligência :) não concordam?

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!