terça-feira, abril 14, 2009

Porque perguntar não devia ofender...

... seis euros para a Ovibeja não é um pouco excessivo? Está quase ao preço de uma brasileira...

26 comentários:

  1. piruças08:07

    Cá em casa vamos tirar á sorte a ver quem vai!!!

    ResponderEliminar
  2. 6 euros???? dá vontade de voltar 10 anos atrás em que a malta ia pela linha do comboio e pulava a rede!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo10:20

    Se a Câmara, por exemplo, desse uma ajudinha a coisa ficava mais barata. Mas não, vão para lá armar-se aos cágados e não deixam um cêntimo para a organização. Depois queixam-se que as coisas são caras. A Ovibeja é uma festa integralmente privada, sem dinheiros da câmara nem do governo. O que me espanta é que ela ainda exista.

    ResponderEliminar
  4. J&B11:13

    E a tendência é para piorar.

    Já não há feiras com 9 dias, agora fazem somente com 5 dias, mas isto é como as multinacionais o objectivo é a facturação do ano passado mais x%.

    Quanto aos expositores parecem que pagam o mesmo e teem menos dias para facturar, será que resulta, na minha opinião vai haver muito expositor que vai ficar a arder, depois jamais voltarão. É a minha opinião.

    Já agora uma pequena simulação com a ida de uma familia à feira (2 adultos e 2 crianças pagantes):

    entrada: 24€
    divertimentos para os putos: 20€
    carne grelhada e regada: 70€
    mais nada: 0€
    Total orçamento: 114€

    Comparação:
    Hotel Montechoro 4 estrelas "Praia da Oura" para o mesmo casal 1 noite 100€

    ResponderEliminar
  5. Acho exagerado! Para quem está longe de Beja e puder escolher, de certo irá à Fiape: 2€ de entrada, o mesmo cartaz - José Cid, Rita Red Shoes e Tony Carreira!

    http://www.estremozmarca.com/mod/noticias/noticia.asp?n=127

    ResponderEliminar
  6. @scbmf - Evidentemente que esse risco existe. Especialmente para quem se desloca de fora para ver os concertos!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo14:02

    Já cá faltava a Câara para dar uma ajudinha pois claro...
    Proponho que a CM Beja dê uma grande ajuda mesmo, ofereça á ACOS o Parque de Feiras todinho e de graça.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo14:24

    É impressionante o que se passa ali naquele couto de caça privativo. Não se preocupem amigos, crise é vocábulo que a feira desconhece( ou qualquer coisa assim assim)

    ResponderEliminar
  9. Anónimo15:20

    A Ovibeja já era, convençam-se disso! Como muitas outras coisas nesta cidade-capital-não-sei-do-quê, com a própria cidade-capital-não-sei-do-quê.
    O "maior feira do sul", "o melhor parque de feiras não-sei-do quê, ... são apenas propaganda para enganar os papalvos!

    OVIBEJA, já desde há muitos anos, NÃO OBRIGADA!

    ANA

    ResponderEliminar
  10. @Ana - Goste-se ou não - e em muitas vezes critiquei - a Ovibeja continua a ser a grande referência da cidade!

    ResponderEliminar
  11. Anónimo21:10

    "A palavra crise não consta do vocabulário da Ovibeja"

    A preços destes é normal que não conste

    ResponderEliminar
  12. Anónimo23:07

    H uma brasileira já faz o servicinho por 20€,e com sotaque! Oi!

    ResponderEliminar
  13. De facto, a altura é mal escolhida para aumentar os preços dos bilhetes. Há uma indiscutível crise económica no mundo e naturalmente também em Beja e ainda por cima, ainda não se saber quando é que ela vai acabar. O facto de agora essa feira apenas contar com 5 dias acho secundário para o preço do bilhete. No entanto, temo que essa filosofia da "menina do leite" não vai dar certo, infelizmente. Muita gente (de fora) vai pensar duas vezes se vai deslocar-se a Beja, mas os bejenses vão continuar a aparecer em massa nesta feira, disso estou convencido.

    ResponderEliminar
  14. Anónimo11:07

    Há aqui claramente gente de fora a fazer campanha contra a Ovibeja, em favor de outras feiritas que acontecem lá para as bandas de Évora. E os papalvos desta cidade, que deviam apoiar as suas melhores iniciativas, põe-se mesmo a jeito da propaganda dos fecha-à-roda.

    ResponderEliminar
  15. Pedro12:51

    A Câmara não tem que ajudar. Não tem que dar uma espécie de subsídio para que a "malta" pague menos de entrada para ir à Ovicopos apanhar uma bebedeira.

    Realmente é muito. Se não arranjar outra forma, só meto lá os pés 1 vez.

    ResponderEliminar
  16. Anónimo14:31

    6 euros é muito ainda que para ver o Alentejo Todo deste Mundo. Dá para comprar um vodka no Caras, para meter meio Euromilhões, para pagar um Big Mac Menu ou para ir de comboio até à Cuba, esse colosso de desenvolvimento para onde a Ovibeja se deveria mudar.

    ResponderEliminar
  17. Anónimo19:42

    11:07 AM

    "feiritas que acontecem lá para as bandas de Évora"?!

    Não fale do que não sabe, OK? Para quem saiba "despir a camisola" a FIAPE é, cada vez mais, uma grande Feira que tem vindo a crescer e a melhorar de ano para ano. Quanto á OVIBEJA é cada vez mais irrelevante mesmo para quem vive por cá e atrai cada vez menos visitantes de fora.

    O nosso triste e estúpido complexo de inferioridade em relação a Évora (e não só!) só mostra quão pequeninos somos ... enfim!

    ANA
    (de Beja)

    ResponderEliminar
  18. piruças22:53

    Ana, quem tá mal que se mude!!

    ResponderEliminar
  19. Anónimo13:09

    Pode a boa da Ana começar a mudar-se lá para Estremoz. Já agora: a Ovibeja tem apenas seis vezes mais expositores que a Fiape e quase 10 vezes mais visitantes e não é paga pelo dinheiro de todos nós, como essa feirinha é paga integralmente pelo orçamento da Câmara. Aqui em Beja, a Câmara não apenas se não envolve na Ovibeja, como faz dela propaganda negativa. Está como essa Ana.

    ResponderEliminar
  20. Anónimo14:58

    A distinta comissão organizadora da Ovibeja revela não só falta de bom senso como desajustamento em relação ao momento.Constituida por pessoas habituadas aos subsídios são os próprios que vêem,agora, penalizar os mais desprotegidos.
    Querem saber quem eles são dêm-lhe o mando do patrão.

    ResponderEliminar
  21. Anónimo15:22

    O que vejo e sinto é que a Ovibeja gera muita inveja e dor de corno. Vamos mas é todos curtir a nossa feira em grande e bem regada!

    ResponderEliminar
  22. Estremocense17:54

    Sr. anónimo que tanto ataca a FIAPE, fique a saber que se a Ovibeja tem 6 vezes mais expositores que a FIAPE, então esta, este ano terá apenas um expositor, pois com a quantidade de expositores que este ano não vão estar presentes na ovibeja, sendo eu um deles...
    Já nem a fermentopão quer trabalhar com eles, que tristeza...
    Pois olhe convido-o a visitar a FIAPE, e pago-lhe os 6€, com os quais vai poder ver Angélico, José Cid e Rita Redshoes...

    ResponderEliminar
  23. Anónimo19:17

    piruças, o problema de Beja é precisamente o de todos os dias muitos se mudarem de cá. E não penses que não fazem falta, fazem e muita porque todos por cá já somos poucos para isto ser viável e habitável com alguma decência e dignidade.
    Todos saímos daqui de vez em quando (felizmente) e todos sabemos o que se pensa e diz de Beja lá por fora e, gostemos ou não (ninguém gosta!) a imagem da cidade e das suas gentes não é boa!

    Ana
    (de Beja)

    ResponderEliminar
  24. Anónimo19:19

    Para o anjinho/a das 1:09 PM

    A Cãmara não se envolve ...

    cada um acredita no que quer! HAHAHAHAHAHA

    ResponderEliminar
  25. Anónimo11:12

    Está Enganada, a Ana. Fiz o trabalhinho de casa, fui perguntar a diferentes pessoas ligadas à organização e não só, e a conclusão é a seguinte: a Ovibeja tem este ano mais expositores que em 2008! Se não tem a Fermetopão não sei. Nem sei se alguma vez a Fermentopão participou na Ovibeja. O que sei é que nunca deixei de molhar a sopinha na Ovibeja. Com ou sem Fermentopão, que é uma boa empresa de Beja e se não está devia estar na Ovibeja. Quanto aos preços dos bilhetes também lhe digo que preferia que fossem mais baratos ou até de borla. Mas tratando-se de uma feira feita com dinheiros exclusivamente privados e com o total abandono da autarquia local e das outras entidades públicas, não me espanta que as entradas custem tanto dinheiro. É uma pena. se calhar não posso ir todos os dias. Mas pelo menos existe Ovibeja, a maior e melhor feira do nosso Alentejo e uma das melhores de Portugal. Quanto à FIAPE digo que é uma fotocópia mal tirada da Ovibeja e feita com o dinheiro de todos nós. Essa Ana queixa-se dos preços da Ovibeja mas só paga se lá for. Enquanto todos nós, indo ou não à Fiape, pagamos a entrada daqueles que lá vão.

    ResponderEliminar
  26. visitem por favor a FIAPE antes de falarem: o programa da FIAPE 2009 foi apresentado em Janeiro, o da Ovibeja em Março, a FIAPE sempre se realizou nestas datas final de Abril, inicio de Maio, a Ovibeja tem vindo a aproximar os horarios.
    .
    Quanto a financiamento: a FIAPE é realmente organizada pela Câmara Municipal de Estremoz, mas em parceria com a Acor, e alguns anos a FIAPE até dá lucro, como a avaliar pela fortíssima afluência deste ano será.
    .
    É também graças à FIAPE que Estremoz tem um dos melhores parques de feiras, que Estremoz tem alargado a oferta de eventos e que Estremoz tem ganho parceiros de negócio como a Sonae Distribuição (proprietária do Continente, Modelo, Worten, etc) que está a construir uma avenida novinha na cidade.
    .
    Só por curiosidade já avaliaram a zona de impacto da Ovibeja quando comparada com a da FIAPE, a FIAPE só não será maior se os estremocenses não quiserem.
    .
    Vale a pena ter uma "pequenita feira lá para os lados de Évora" ou não
    .
    Portanto anónimo antes de mais dê a cara, e depois informe-se.

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!