domingo, setembro 16, 2007

O zelo da GNR-BT

A notícia é do PortugalDiário! E conta-se em poucas palavras: uma ambulância vai a caminho do hospital, coisa estranha, tem o desplante de levar um doente que precisa urgentemente de ir à urgência, algo inesperado, e a BT resolve mandar parar numa operação de mera rotina, que demora uns míseros vinte minutos. Alegadamente a BT desconfia que o malandro do condutor, leva as luzes de emergência ligadas, sem que existe motivação suficiente.
Por isso, depois de vinte singelos minutos a pedir os documentos e a realizar o teste do balão, duas vezes, a BT vai até ao hospital para comprovar se o paciente da ambulância tinha uma necessidade premente de ir a um hospital!
Felizmente, poucos minutos depois, o paciente morreu! Sorte do condutor da ambulância que se safou a uma multa!

11 comentários:

  1. O que não falta por aí são condutores de ambulâncias avariados que chegam a alugar ambulâncias e a contratar doentes fingidos só para poderem levar as luzes de emergência a piscar e apitar ti-nó-ni.
    É destes e doutros prevaricadores de igual calibre que se devia ocupar o novo código penal.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo12:11

    E são estes os nossos "guardadores" de trânsito... Cada vez mais tacanhos e mal formados!

    ResponderEliminar
  3. Pois é, temos mesmo situações únicas. Se não fosse a morte de um ser humano diria que esta piada era sublime...

    ResponderEliminar
  4. Anónimo17:26

    Terrifico...acutilante...directo...irónico...
    Está demais...
    Pior do desgraçado q morreu...e agora, de quem é a responsabilidade?...Para variar, neste país, a culpa deve 'morrer solteira'...

    ResponderEliminar
  5. Luis Moreira23:24

    É a diferença entre autoridade e prepotência!

    Faziam as perguntas no hospital,depois do doente ter dado entrada.Mas, isso, não dá gozo nenhum!

    No fundo,poucos acreditam que vivemos num Estado de Direito!

    ResponderEliminar
  6. Anónimo15:11

    Espero que, c/este lamentável exemplo, os agentes da autoridade, de futuro,tomem as providencias adequadas, ao interceptarem o condutor, do modo a que não haja atrasos na prestação de cuidados médicos, os quais, em princípio, são de presumir essenciais... Isto, evidentemente, sem excluir a existência de eventuais prevaricadores...
    Parabéns pela forma, tão peculiar, como deu eco à notícia.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo00:11

    Para a próxima é preferivel a BT cagar para o condutor, e fazer o interrogatório ao doente. Quando este deixar de falar deve mandar a ambulância seguir o mais depressa possível para o Hospital, e de preferência com a BT a abrir caminho, no final sempre se irão sentir mais úteis.
    L

    ResponderEliminar
  8. Great service, easy transaction, discreet packaging, product works as expected. I received 132 pills instead of 120 + 10. My package was opened by US Border Patrol. Confirmation email showed discounted price for buy viagra. I called the toll free and spoke to an service representatice in Mumbai India. She was very helpful and pleasant.
    FDA approved mens health medication viagra is not a drug to be taken lighliy you should read all about the pros and cons regarding the medication before you buy viagra! or if you would like just to read about Viagra you can visit this location!
    I will keep using it. Have had the most incredible experience using viagra. By that I mean that I am well into my 50s and it gave me that little extra something that I had lost. Thank you i will by more
    Online Pharmacy

    vicodin without prescription
    vicodin no prescription
    buy viagra online
    xanax online
    buy xanax
    xanax onlien
    vicodin no prescription
    hydrocodon no prescription
    hydrocodon online
    vicodin online
    hydrocodon online
    buy vicodin
    buy vicodin
    buy vicodin

    ResponderEliminar
  9. here you can find Viagra the best solution for ED treatment ,
    Viagra

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!