quinta-feira, setembro 27, 2007

Praxes - Parte II

Está ainda a decorrer na Mata da Cidade de Beja uma iniciativa da Comissão de Praxes da Estig, que consiste na limpeza da mata. Quem assistiu, pode comprovar que na recolha do lixo participaram todos os estudantes, independentemente de ser caloiros, não caloiros, finalistas ou veteranos!
O que assisti esta manhã foi uma excepcional demonstração de civismo, cidadania, de paixão pela cidade e pelo ensino por parte de um bando de extraordinário bando de miúdos (jovens adultos, peço desculpa)!
Importa realçar que a iniciativa teve todo o apoio da CMB, estando no local o vereador Miguel Ramalho! Merece ainda sublinhar a adesão dos Média a esta iniciativa, estando presentes no local a Rádio Pax, Rádio Voz da Planície, Jornal Público, RTP e SIC.

A todos os alunos da Estig (ÚNICOS responsáveis pelo sucesso da iniciativa, porque ter ideias todos os tolos têm, sendo que o mérito resulta da capacidade de as colocar em acção) os meus sinceros parabéns.
Reitero: estou profundamente orgulhoso dos meus meninos!

ADENDA: O Jornal de Notícias acompanhou a iniciativa e fez uma reportagem acompanhada de fotos. Por lapso meu, tal não foi referido. Agradeço o reparo ao Teixeira Correia e as minhas desculpas agradecidas ao JN

16 comentários:

  1. AMRevez11:58

    Registo a edificante acção de limpeza da mata e se ela envolveu todos os estratos e sub-estratos que a praxe instituiu entre os estudantes universitários, tanto melhor. Contudo, estas e outras acções positivas (eu próprio participei numa aula fantasma a convite de uns colegas praxistas, e transformei-a num momento de desconstrução irónica da universidade), não devem escamotear ou obscurecer o fundamental: a essência discriminatória, formalista,hierarquizadora, divisionista, e moralmente paternalista, da praxe académica e seus rituais e cerimoniais.
    É a praxe no seu todo que importa discutir e reflectir, e, sempre que for o caso, louvar algumas acções concretas.

    ResponderEliminar
  2. AMRevez12:10

    E quanto à "participação de todos os estudantes", congratulo-me que tenha sido assim, mas se indiquei o contrário foi porque tomei como referência o que foi noticiado...:

    "Os caloiros da ESTIG efectuam durante a manhã de hoje uma acção de limpeza na mata de Beja, utilizando o equipamento adequado. A supervisionar esta tarefa vai estar um professor da escola e também alunos da Comissão de Praxes." RVP

    É que entre "limpeza" e "supervisão" vai a clássica divisão-social do trabalho...

    ResponderEliminar
  3. @amrevez - também tenho imensas objecções sobre as praxes! Mas, infelizmente, não conseguimos acabar com as mesmas.
    Pelo que.. quem não pode vencer, junta-se a eles! In casu, alguns órgãos da escola procura acompanhar as praxes...
    No caso da iniciativa de hoje... há um lapso; em momento algum o docente presente foi... supervisionar! Apenas.. estar presente, acompanhar!

    ResponderEliminar
  4. Ó rico! Não quer levar os seus meninos à apresentação do meu livro?... Tenho tanto para ensinar aos caloiros que nem imagina... Já lhes ensinou a limpar a mata, agora eu ensino-lhes a penetrar na mata... Assim, ambos prestamos um serviço público.
    Mtos beijos

    ResponderEliminar
  5. Anónimo13:50

    As voltas que você deu para dizer que a brilhante ideia foi sua, admiro a sua imaginação embora muito mais pequena que o seu ego.
    Ele há cada figurão nesta terrinha...

    ResponderEliminar
  6. @anónimo - NUNCA confundi a minha actividade profissional com a minha participação cívica. Os milhares de jovens e menos jovens com quem trabalhei, são as melhores testemunhas!
    Sobre o seu comentário... na ansia de me tentar ofender, elogia-me! Mas.. está a ser injusto com os alunos! Como estou muito bem disposto, nem me dou ao trabalho de o mandar.. às fezes!
    Apareça.. o blogue também é seu!

    ResponderEliminar
  7. Entre tantos exemplos maus das praxes, este parece ser um bom.
    Nunca ninguém vai conseguir acabar com as praxes, isso é certo, sendo assim toca a melhorá-las.

    ResponderEliminar
  8. tive pena d n ter participad m, cm j lhe diss os prof n deram autorrização e tive k tar presente nas aulas,( sendo k pelo menos uma da aula foi tao secante k mais valia ter ido ajudar a limpar a mata, mas olhe n s pode ter tudo) lol... m fiko feliz por est demonstração de civismo.... so no meu ano n haviam koisas destas =)...

    k

    ResponderEliminar
  9. mais em www.aeestig.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Concordo com o amrevez. Infelizmente o que vi hoje na televisão não foi o q vi ontem no Jardim do Tribunal. Telefonei para a PSP a solicitar que fizessem qualquer coisa para acabar com aquela vergonha, o telefonema não foi anónimo. A PSP não apareceu. Não vou descrever a "praxe" que ali ocorreu. Mas é revoltante ver seres humanos a humilharem outros. E pior ainda é ver seres humanos a deixarem-se humilhar para terem oportunidade para humilhar no próximo ano.

    ResponderEliminar
  11. @mr - não assisti, mas acredito. Não vou escamotear que existem exageros intoleráveis. Mas... acho injusto confundir todas as praxes. O que vi hoje de manha foi bonito e deixa-me orgulhoso!
    E foi isso que quis sublinhar!
    Se não conseguimos acabar com as praxes, mais vale juntarmo-nos a elas e procurar optimiza-las!
    E reitero: aqueles miudos sao fantásticos.

    ResponderEliminar
  12. Teixeira Correia10:39

    O Jornal de Notícias foi oúnico que trouxe duas notícias Antecipou e acompanhou. Ambas com foto.
    Teixeira Correia

    ResponderEliminar
  13. Great service, easy transaction, discreet packaging, product works as expected. I received 132 pills instead of 120 + 10. My package was opened by US Border Patrol. Confirmation email showed discounted price for buy viagra. I called the toll free and spoke to an service representatice in Mumbai India. She was very helpful and pleasant.
    FDA approved mens health medication viagra is not a drug to be taken lighliy you should read all about the pros and cons regarding the medication before you buy viagra! or if you would like just to read about Viagra you can visit this location!
    I will keep using it. Have had the most incredible experience using viagra. By that I mean that I am well into my 50s and it gave me that little extra something that I had lost. Thank you i will by more
    Online Pharmacy

    vicodin without prescription
    vicodin no prescription
    buy viagra online
    xanax online
    buy xanax
    xanax onlien
    vicodin no prescription
    hydrocodon no prescription
    hydrocodon online
    vicodin online
    hydrocodon online
    buy vicodin
    buy vicodin
    buy vicodin

    ResponderEliminar
  14. In some cases Viagrais the best solution
    Viagra Alternative
    viagra no prescription the popular insomnia relief,
    viagra without prescription
    here you can find Viagra the best solution for ED treatment ,
    Viagra every 6 hours every day. Buy Viagra

    yes or no Viagra

    There are many online pharmacies were you can find

    Viagra
    online and prices will be much cheaper
    , Generic Viagra more over you can always Viagra On the street, Viagrafor money to
    Buy Viagra Online is the best.viagra no prescription

    In adition you can use Cheap Viagra you can buy Cheap Viagra online yes now you can buy Cheap Viagraor you can look for

    ResponderEliminar
  15. In some cases Viagrais the best solution
    Viagra Alternative
    viagra no prescription the popular insomnia relief,
    viagra without prescription
    here you can find Viagra the best solution for ED treatment ,
    Viagra every 6 hours every day. Buy Viagra

    yes or no Viagra

    There are many online pharmacies were you can find

    Viagra
    online and prices will be much cheaper
    , Generic Viagra more over you can always Viagra On the street, Viagrafor money to
    Buy Viagra Online is the best.viagra no prescription

    In adition you can use Cheap Viagra you can buy Cheap Viagra online yes now you can buy Cheap Viagraor you can look for

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!