quarta-feira, abril 09, 2008

Amore, isto não é o que parece!

Questão: Meu bom leitor, não seria menos arriscado ser apanhado pelo marido da gaja?

1 comentário:

  1. RUI P11:07

    Este post faz lembrar outras atitudes menos arrojadas, é tudo uma questão cultural. Senão vejamos:

    Quem cometer adultério na região Sul de Angola (e for apanhado), terá de pagar uma multa (ukoi), ou seja, o homem prevaricador terá de pagar ao homem chifrudo geralmente 1 ou 2 cabeças de gado bovino, de acordo com o tempo em que já ocorre o adultério e das possibilidades do autor.
    Ukoi é uma prática que beneficia + os homens mas ao mesmo tempo prejudica-os.
    Contudo há angolano com esperteza no cabeça, pois o homem combina com a sua esposa para que esta seduza alguém, que tem mostrado interesse ou não por ela, prepara a “ratoeira”, de modo a serem apanhados em flagrante.
    Com o desenvolvimento cultural daquelas cabeças, há quem já advogue ser injusto ter de pagar 1 ou 2 cabeças de gado, pois na prostituição paga-se apenas 1Kg de carne.

    Ora, se o visado na foto tivesse conhecimento desta história, bastava-lhe propor ao chifrudo em questão o pagamento de 1 Kg. de carne de Vitela (Aba Grossa em promoção no Modelo de 8 a 15 de Abril de 2008 – passo a publicidade), vestia-se nas calmas, saía pela porta da frente e pagava somente a módica quantia de € 3,25 (três euros e vinte cinco cêntimos).

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!