sexta-feira, dezembro 19, 2008

Lendo a "Impresa" aqui do burgo...

Destaca-se no CorreioAlentejo o elogio às pinturas rupestres que adornam o Castelo de Beja, para gáudio dos imensosss turistas que escolhem Beja; ainda neste semanário em Editorial aplaude-se o bom momento no Desportivo de Beja. No Diário do Alentejo em editorial diz-se algo ponderadissimo, na obcessão por defender José Sócrates e faz manchete o facto inadmissivel de o piso do Parque de Feiras e Exposições ser responsável por centenas de alentejaninhos se espalharam com as bundas no chão frio!
Na Rádio Voz do Munícipio conta-se a história da PSP que foi "cantar as janeiras" a vários domicílios, tendo recolhido donativos branquinhos e seis voluntários para causas sociais (no Conselho de Opinião afirmei que isto ia acontecer antes do Natal...), sublinha-se o optimismo dos sindicatos para 2009 e enaltece-se o facto do PCP Aljustrel comemorar o Natal com uma enorme árvore no centro da povoação, para comemorar o facto de a Mina não fechar!
Na Rádio Pax o Presidente Francisco diz que o Natal é sempre que o homem quiser e que por isso o Vivaci pode começar hoje.
Com toda a certeza que os blogues dizem coisas muito boas, mas a minha net está uma lindissima trampa, pelo que este objectivo post finda por aqui, desejando a todos aqueles que não são meus leitores, um Natal cheio de porcarias que causam o "colestrol" e que a árvore tenha bicho da madeira, para aprederem e começarem a visitar a casinha do H.

3 comentários:

  1. hpalma12:33

    E lendo a imprensa nacional: (Agência Financeira)
    "Sindicato: adesão à greve pessoal de manutenção é superior a 100%"

    À grande Sindicato!!

    http://www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=1024963&div_id=1728

    ResponderEliminar
  2. Anónimo13:57

    Sao assim tantos turistasEM BEJA?LOL

    ResponderEliminar
  3. Em relação às "pinturas rupestres" é pena que Beja não seja mais zelosa com o seu património! Enfim, um reflexo do modo como se encara a cidade: entre o aborrecimento e a indiferença.

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!