quarta-feira, dezembro 17, 2008

Perguntas da uma da manhã após mais um dia cão...

Esta noite tive o prazer de jantar (e muito bem!!!) com um padre. Simpático, culto, inteligente, bem parecido, uma conversa agradável e menos de trinta anos. Vou dormir com uma pergunta na cabeça: o que motiva um jovem numa sociedade como a nossa para o sacerdócio?

10 comentários:

  1. Mulheres de joelhos?...
    O vinho da eucaristia?...
    A farda?...
    Ter um patrão que está em todo o lado?...
    ...
    Mistério...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo08:44

    Ama a sua profissão e entrou nela porque tem esperança que as regras do vaticano se alterem... e possa vir a estar com mulheres sem ser criticado! Será?

    ResponderEliminar
  3. Anónimo08:44

    Ama a sua profissão e entrou nela porque tem esperança que as regras do vaticano se alterem... e possa vir a estar com mulheres sem ser criticado! Será?

    ResponderEliminar
  4. Conheci muitos padres assim nas minhas viagens com as peças de Padre Cartageno e sinto um grande apreço por eles - é que, há razões para serem assim que ninguém se imagina, pelo menos ninguém de fora desse tipo de vida, tipo de vida que pode ser bastante gratificante, diga-se de passagem!

    Nem tudo na vida é dinheiro, ambição e gajas boas - e mais não digo, senão, sou mal compreendido!

    ResponderEliminar
  5. Tb nunca percebi...é uma vida muito diferente...
    Mas quem sabe igualmente boa...

    ResponderEliminar
  6. Anónimo12:27

    H,
    depois de ler e pensar um pouco na pergunta que fez, é a minha vez fazer uma pergunta: o q leva uma mulher a ir para freira?... com tanto homem giro por aí... bem mais giros q jesus cristo!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo14:29

    Nem só de pão vive o homem...M&M

    ResponderEliminar
  8. piruças21:21

    Opção??Vocação??Fuga??Capacidade de amar (incondicionalme) a Deus??Fé desmedida?Puro altruismo?Forma de encobrir a sua sexualidade??Não sei...mas não concordo com os votos de castidade, pois um padre sendo um servo de Deus , deveria servir a comunidade em seu nome, mas nunca deixar de ser Homem, poder casar constituir familia tal como acontece com os pastores de outras religiões!

    ResponderEliminar
  9. Não é fácil aceitar este chamamento. Também não é nada fácil entender aqueles que o aceitam.
    "A messe é grande e os operários são poucos" (LC 10, 1-9)

    já agora aproveito para fazer esta pergunta ao piruças: Quantos Homens não se casam para encobrir a sua verdadeira orientação sexual...

    ResponderEliminar
  10. APiruças14:55

    noctivaga ..á piruças :) tem razão há quem case para esconder as suas tendências sexuais, mas aí, das duas uma ou disfarçam muito bem ou então têm uma "aliada" . De qualquer forma cada um é livre de escolher o seu caminho, mas seguramente, se essa escolha fôr feita em função dos outros (o que pensam ou o que dizem) então aí a palavra Felicidade deixa de fazer qulquer sentido.

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!