sábado, dezembro 13, 2008

Presidente do Desportivo de Beja foi DEMITIDO (Com Adenda)

Conforme informa a Rádio Voz do Município, (sempre actuante a defender os seus!!) Nuno Abreu, presidente do Desportivo de Beja, foi demitido, uma decisão inédita no historial do mais representativo clube da cidade.
Lembram-se deste post?

Adenda: A resposta de Nuno Abreu!

11 comentários:

  1. Sempreempé18:17

    Que história tão mal contada!...

    Afinal de quem é na realidade a culpa. E quais os verdadeiros factos que levaram a tão humilhante demissão.

    Atacam-se uns, defendem-se outros. Vá lá zamguem-se comadres...

    ResponderEliminar
  2. @sempreempé - E sobretudo, ver quem quer ser solução e não apenas problema. Já viste este filme com Romão e depois dele o vazio...

    ResponderEliminar
  3. 100vagar19:49

    O Nuno Abreu é um palhaço irresponsável que só teve o que mereceu...um "beto" que se quis mostrar á cidade...não tem carácter nem carisma e ainda afundou o clube mais um bocadinho...com as mãos nos bolsos não se vai a lado nenhum....

    ResponderEliminar
  4. 100vagar - Não conheço em pormenor os problemas do CDBeja. E não vou falar nas anteriores direcções nem de quem os apoiou: agora, deixo apenas uma pergunta: o Nuno Abreu é tudo isso, ou a expressão que usa também se aplica a quem o colocou no lugar e aos que lhe tiraram o tapete?

    ResponderEliminar
  5. 100vagar21:16

    Independentemente de que lhe tirou o tapete, Nuno Abreu não teve capacidade nem maturidade para levar o CDB (ou lá o que quer que seja) a bom porto, procurava um "tachinho" e promoção (????) pessoal.As miúdas (tolas) apreciam muito os presidentes de qualquer coisa e se lhe viraram as costas, porque o fizeram, na verdade?Isso eu também não sei responder!

    ResponderEliminar
  6. Caro H existem comentários que pelas ofensas pessoais, não merecem e deveriam ser banidos do teu blog...!
    Não sou defensor nem acusador de ninguem mas parece-me que se deve salvaguardar o respeito pelos outros.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo08:31

    Não conheço a pessoa em causa, de onde veio,quem é e o que faz mas parece-me importante realçar o seguinte.
    O artigo da RVP é vergonhoso,sintomático da mediocre qualidade jornalistica desse orgão de informação,publicado por mediocres jornalistas com apenas o interesse de "servir"a esquerda.
    Rádios e imprensa com o comportamento da RVP deveriam ser proibidas de exercer.

    ResponderEliminar
  8. Com "amigos" assim...e, desta maneira, o Desportivo de Beja deu mais um passo em direcção à extinção - infelizmente!

    E assim vai a nossa cidade...

    ResponderEliminar
  9. @JC - Tenho uma politica de comentários que é conhecida: só apago nos termos da lei, ou seja, quando são MANIFESTAMENTE ILICITOS, e não quando são apenas tolos ou deselegantes.
    Nuno Abreu pode ter falhado: admito que sim! Mas foi para o CDBeja para ajudar e fazer o seu melhor. Infelizmente, há pessoas que apenas são eximias na arte de destruir, sem apresentarem soluções ou alternativas!

    ResponderEliminar
  10. Não acho que in casu a noticia da RVP tenho algo relacionado com a esquerda ou direita, mas outra preocupação.
    Quando ao jornalista que assina a notícia, tenho-o por sério e competente, um excelente jornalista desportivo!

    ResponderEliminar
  11. Anónimo23:00

    Ao falar do nuno não o consigo fazer apenas com a razão mas também muito com a emoção.

    O nuno é uma pessoa que conheço há muitos anos, posto ser meu amigo e colega de infância, motivo pelo qual julgo poder considerá-lo como um amigo.

    Quando soube que o nuno se tinha candidatado e sido eleito presidente do desportivo, sabendo de antemão o "buraco" que aquilo aparentava ser, considerei ser mais um acto irreflectido de sua parte. E talvez o tenha sido...

    Verdade é que o nuno se disponibilizou para dar a cara quando todos os outros a preferiram esconder, encabeçou uma lista quando o deserto de ideias parecia graçar..

    Não sou nem nunca fui sócio do desportivo, razão pela qual não sei os exactos contornos desta decisão (necessariamente desonrosa para o demitido) mas não posso deixar de me solidarizar com este, sendo que a única crítica que lhe posso assacar é ter sido demasiado voluntarioso para algo que, aparentemente, não dominava bem!

    Daqui lhe envio um forte abraço e manifesto o meu desprezo por todos aqueles cuja tomada de posição nesta situação é o de escárnio e maldizer mas que no momento da verdade recusam a dar a cara!

    JH (João Honrado)

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!