sexta-feira, agosto 20, 2010

Então vamos lá conversar sobre livros...


Tenho a estranha mania de passear nas livrarias até que um livro me escolha: uma das minhas teorias maravilhas, de que nós não escolhemos os livros, mas os livros é que nos escolhem a nós!
Este hábito, leva-me a comprar imensa porcaria, por passar períodos onde não consigo ler uma coisa decente! Tenho os meus escritores que não abdico e faço questão de ler tudo: Eça, Garcia Marques, Dostoievski, Miguel Sousa Tavares, Grisham (sim, eu leio Grisham e não tenho vergonha de o assumir e continuo a ser a única pessoa a defender que ele tem um livro que é uma obra prima!), mas gosto de me deixar surpreender com coisas novas! Ou pelo menos, novas para mim!
Nas férias sou um leitor entre o compulsivo e o obsessivo: voltei ao Mário Zambujal na sua Rua de Trás, passei momentos agradabilissimos com o violoncelista espanhol, achei bastante razoável uma biografia de Marcello (quiça demasiado próxima...), foi uma surpresa muito agradável a escrita de Rodrigo Guedes de Carvalho, Machado de Assis será sempre Machado de Assis, interressou-me a História de Portugal através das Amantes dos nossos Reis, mas o que me surpreendeu com paixão, foi a escrita ousada e escorreita de Eduardo Pitta, que nos oferece uma cidade proibida, um Portugal que não sabemos que existe, uma mistura entre dois livros que sempre me fascinaram, Curiosidade, Prozac e Dúvidas e uma Forma Estranha de Vida, de um português chamado Carlos Ademar. Palavra que recomendo, especialmente aos muito machos!

1 comentário:

  1. isto este ano tem andado tão mau de livros para mim...parece inacreditável mas o cansaço é tanto que nem me apetece ler :(. mas adoro sugestões, aborrece-me comprar livros à parva e agora tenho aqui uma série delas obrigado

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!