quinta-feira, março 13, 2008

Paneleirices…

Não escondo que algumas vezes tenho duvidas e raramente tenho certezas! Como todo e qualquer bom Tuga também se esconde em mim um vouyer anónimo que hoje trago para a luz do dia, numa tímida e sábia reflexão! Ou, para ser honesto com quem é tarado ao ponto de me ler, partilhar convosco inquietações quotidianas, algumas perguntas que desassossegam os espíritos mais intranquilos. Por exemplo, meditando agora sobre o canibalismo, ou seja, quando um homem come outro homem! Procurando expressões hábeis e ágeis para manter com dignidade o post, questiono-me, por mera curiosidade intelectual, sobre o sexo entre dois gajos: se um tipo está a fazer o amor com outro tipo, considera-se que a queca foi boa, quando qual dos dois tem orgasmo? O senhor activo ou o tipo que está a ser enrabado? Eu não quero ser amaricado, mas se o bom da coisa é enrabar, não seria preferível um cuzinho de gaja que, salvo honrosas excepções, sem tem menos pêlos e é mais lavadinho?
Uma vez que o tema de hoje são inquietações, partilho com o meu bom leitor e leitora boa, o caso de uma pessoa próxima, não intima! Desde sempre que essa pessoa se dizia presa no corpo que não era o seu, pelo que a prisão terminou com a amputação do pito e o nascimento de um par de mamas, mas, compreenda-me meu bom leitor, falo de um valente par de mamas, de deixar com inveja o médico da Floribela e da Matadinha!
Bem, mas, deixando a parte clínica de lado, penetramos na factualidade, deixando claro o que ficou insinuado: esta pessoa nasceu gajo e agora é gaja!
Não me move o preconceito: se uma tipa pode meter um piercing, não vejo mal nenhum a que um tipo corte o pito: é mais ou menos a mesma coisa!
O que me incomoda no drama da minha amiga é que depois de anos e anos a lutar para deixar de ser gajo para ser gaja, mas mesmo gaja a sério das que têm mamocas, vagina e tomam banho, virou lésbica! Ou, no caso específico dela, paneleira, que me parece mais adequado! Anos e anos a querer ser gaja e agora anda a mamar em outras gajas! E pior! Por estes dias, pediu-me ajuda para a acompanhar a uma Loja da Badalhoquice (Sex Shop) para comprar um vibrador, daqueles com cinto que se pretendem à cintura, fingindo ser um pirilau! Se já faz confusão à minha pobre e angelical cabecinha que duas gajas, digam que não gostam de sexo com gajos usem vibradores para terem prazer, o que dizer de um gajo que quis ser gaja e agora que é gaja quer comer gajas com um vibrador para comer gajas como se fosse um gajo?
Digo isto com altruísmo: se as minhas leitoras boas querem ter experiências lésbicas utilizando vibradores, digam qualquer coisa, que eu ofereço-me para ser o vosso vibra, permito que me amarrem à vossa coxas e, com jeitinho, até deixo que me enfiam as pilhas no … local que acharem mais adequado!

9 comentários:

  1. Isso que se passa com essa tua amiga é mesmo um dilema do caraças.

    No entanto parece-me que a dita gaja-que-já-foi-gajo evoluiu realmente como uma mulher.
    Pois passou a mulher e... lésbica!

    Ora um gajo nunca na vida vai poder ser lésbica... só "paneleiro" como apelidaste (gay é mais amigável). Assim , já não se pode pensar nesse ser como "um" mas sim como "uma".

    Enfim, isso é mesmo um dilema do caraças. Só de pensar que já teve um bacamarte a sério e agora tem de usar um de brincar... sem mais palavras!

    Olha lá... e ao menos ficou uma mulher bonita e a passar por mulher?
    Ou ainda tem o ar de homem?

    ResponderEliminar
  2. Anónimo11:34

    Mais uma vez, espectacular...
    JC

    ResponderEliminar
  3. @paulo - claro que ficou toda boa, bem feminina, tipo Castelo Branco!

    ResponderEliminar
  4. vanity19:52

    Relativamente à situação da sua amiga que já foi homem e virou mulher, mas quer comer mulheres e não ser comida por homens, acho que não vale a pena dizer nada... H já aprofundou e bem o estranho da situação.
    No entanto quero comentar a parte em que h diz que numa relação entre 2 homens "o bom da coisa é enrabar". É que ao que parece, no caso dos homens, o bom é ser enrabado... H nunca ouviu falar em estimulação da próstata? Ao que parece muitos homens têm prazer e atingem o climax quando se lhes enfia o que quer que seja no dito cujo...
    Portanto é mais provável os homens gostarem de sexo anal do que as mulheres, uma vez que estas não têm próstata...

    ResponderEliminar
  5. @Vanity: eu nada digo.. apenas faço perguntas!
    Sobre a sua observação de que as mulheres gostam menos, felizmente é apenas uma opinião...

    ResponderEliminar
  6. @vanity: caramba aparece por aqui cada revelação... Ainda bem que não quero saber nada disso... e quero continuar a acreditar que as mulheres adoram.

    Pode saber mais aqui (e atenção que não é um site pornográfico mas sim falar do assunto):
    http://aaliyahlane.wordpress.com/

    A Aaliyah (é uma mulher que revela a sua descoberta pelo sexo anal) diz lá para as mulheres que "A porta de traz é a porta do prazer maior."

    ResponderEliminar
  7. Rui Borges12:00

    O que custa é a primeira vez! Depois de tirar a virgindade é só desfrutar. O cú tens que ser preparado primeiro para receber o pénis. É bom demais, muito melhor que o vaginal. Provei a primeira vez, gostei e vou repetir mais vezes.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo12:04

    F@da-se vai lá vai até a barraca abana. Eu gosto é de cona, agora cú? Cú é para cagar e não para levar porra. Não sei qual é a pica em empurrar merd@.... Cambada de peneleir@gem, parece doença...

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!