sexta-feira, junho 25, 2010

Publicação!

Para quem gosta destas coisas, fica o convite para ler "uma breve análise ao casamento descartável", por mói meme!

7 comentários:

  1. Anónimo17:03

    O verão rima com praia mas também rima com mais tempo livre para as crianças e jovens que se encontram a gozar o maior período de férias lectivas.



    É justamente a pensar na ocupação de algum desse tempo livre que a Câmara Municipal de Beja coloca à disposição dos mais novos uma série de actividades que envolvem áreas de interesse tão distintas como a dança, leitura, desporto, fotografia, teatro, expressão plástica, expressão corporal, cerâmica, visitas temáticas, entre muitas outras actividades.



    Os Ateliers de Verão decorrem durante os meses de Julho, Agosto e o início de Setembro em diversos espaços públicos da cidade e nas freguesias rurais do concelho. Estas actividades de ocupação de tempos livres realizam-se na Biblioteca Municipal de Beja José Saramago, nas paragens da Biblioteca Andarilha, nos pólos da Biblioteca nas freguesias rurais de Albernoa, Salvada e Santa Vitória, Casa da Cultura, Casa do Lago e Piscina Municipal descoberta.

    O processo de inscrição das crianças e jovens nos ateliers inicia-se na próxima segunda-feira, 28, em todos os locais onde irão decorrer as actividades de acordo com a informação em anexo.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo14:42

    Contribuir assim, desapegadamente, com um estudo científico de uma questão tão actual, só demonstra a humildade do seu autor.

    Pena é que muitos não o saibam ler ou que outros tantos prefiram não o querer fazer, ou aleivosamente imputar-lhe condições que não as pretendidas aquando deste post!

    Fora isso, parabéns por mais um bom contributo jurídico!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo, claaaaaro15:06

    "estudo científico"!!

    LOOOOOOOOOOOOOL

    ResponderEliminar
  4. @anónimo das 15 - Leu?! Ou tentou e não conseguiu?!
    E não se trata de um estudo: é um paper de uma conferência. Destinado a juristas; não a tolos...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo15:23

    Peço perdão por me ter esquecido de assinar o comentário das 14:42, foi um erro de simpatia meu!

    Também poderia ter colocado umas aspas aquando do estudo científico mas preferi deixar como ficou.

    É notoriamente mais fácil apelidálo de presunçoso, ou tentar uma qualquer outra ofensa mais ou menos velada mas, por saber que se tratam de situações abjectamente normais, estou certo que o chiar destes pardalitos órfãos não incomodam por aí além!

    Um abraço,

    JH

    ResponderEliminar
  6. Anónimo17:40

    tchii na tenho pachorra para tanta leitura, acredito que seja um grande texto

    ResponderEliminar
  7. Finalmente li....continuo a achar piada ao titulo!

    ;)

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!