quarta-feira, março 04, 2009

Devo estar a ficar ainda mais parvo...

... mas ao ler a noticia em que o título é "Igreja quer impedir que menina de nove anos aborte", pergunto-me: a notícia não devia ser, menina de nove anos foi abusada e está grávida?!!

11 comentários:

  1. Anónimo17:26

    acho que a igreja não ve mt bem o lado humano e o lado economico da coisa

    ResponderEliminar
  2. Anónimo18:18

    a rapariga devia de abortar e ainda ter acompanhamento psicologico

    ResponderEliminar
  3. A alegação da igreja, de que "devemos salvar vidas", é totalmente ridicula. Será que a igreja acredita que uma criança com nove anos tem estrutura física (nem falo em psicológica)para suportar uma gravidez de gémeos? Na minha opinião, a interrupção será permitida, ou perder-se-ão três vidas!

    ResponderEliminar
  4. A notícia não devia ser: "Igreja quer impedir que o padastro seja capado"?
    Violada desde os 6 anos????
    Sabem o que é uma criança com 6 anos? O que pensa? O que sente?
    Fico doente com estas notícias..

    ResponderEliminar
  5. Deve ser para a malta ter a certeza que a TVI já não é dos padres...

    Seja como for, o aborto já aconteceu! A ver em:

    http://oglobo.globo.com/pais/cidades/mat/2009/03/04/menina-de-9-anos-gravida-realiza-aborto-em-maternidade-do-recife-754680479.asp

    ResponderEliminar
  6. Não vou dizer que sou a favor do aborto, pelo menos da forma libertina como agora é permitido. Concordo com o aborto em todas as situações que estavam descritas no código Penal. Neste caso concreto "aborto" mesmo é deixar que a gravidez desta criança continue. Assumo, sou Católica, mas não sou extremista ao ponto de não compreender estas aberração.

    ResponderEliminar
  7. a mim faz.me um pouco de confusao o quê que leva uma pessoa a violar outra, e ainda mais se tiver 9 anos de idade =S o que sera que se passa na cabeca destas pessoas?

    ResponderEliminar
  8. Pedro18:58

    Se a Igreja não defendesse esse tipo de valores deixaria de ser Igreja e passaria a ser uma Instituição qualquer, sem grande importância na sociedade e principalmente dos ideais que transmite. Não percebo o porquê do espanto.

    ResponderEliminar
  9. @PEdro - Apesar de agnóstico, tenho profundo respeito pela Igreja Católica; desde logo, porque soube manter os dogmas sem cair no fundamentalismo!
    Não estamos perante um caso de aborto, nem sequer de uma violação e subsequente aborto. Estamos perante uma criança de nove anos, que foi esbulhada da pureza e da meninice: e igualdade é tratar de forma desigual situações desiguais. Não esperava que a IC defendesse aqui o aborto: mas nunca pensei ver a IC a fazer campanha para obrigar uma menina a este suplicio!

    ResponderEliminar
  10. Pedro20:12

    Ter 9 anos ou 39 anos é igual para Igreja.
    É assim a Igreja, e se fosse diferente ninguém falaria da Igreja Católica. Passaria desapercebida. Serviria apenas e só para satisfazer os sonhos das mulheres que querem casar na Igreja, ponto final.

    ResponderEliminar
  11. @Pedro - Pode ser ingenuidade minha, mas sempre distingui a Igreja Católica de seitas e fundamentalistas...

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!