terça-feira, junho 03, 2008

Évora...

Por estes dias um leitor fez aqui um óptimo comentário sobre as diferenças entre Beja e Évora! Não lhe nego razão em muito do que diz! Mas... esqueceu o mais importante! Se Évora é hoje uma cidade e não uma vilazeca, deve-se em grande medida ao Estado que sempre pugnou pelo crescimento de Évora! E não falo apenas na centralização nesta cidade do Alto Alentejo de dezenas de serviços públicos. O investimento louco no TGV (como se fosse rentável Lisboa-Évora!!!) é mais uma prova do factores que explicam o progresso de Évora!
Mas claro... os bejenses podem sempre ir a Évora apanhar o comboio...

11 comentários:

  1. rui p19:36

    H � tens raz�o quando dizes que o crescimento de �vora, se deve em grande medida � vontade do Estado (� boa vontade...), digo eu tb.

    Contudo, essa vontade s� surte efeitos pelas for�as que desde sempre comandaram aquela cidade (tanto o PCP como o PS).

    � uma quest�o de orgulho local, n�o tem a haver com politica, tem a haver com as pessoas.

    Para se perceber melhor esse orgulho local que falo, eles at� usam uma express�o que mostra bem em sumult�neo esse dito orgulho e o desd�m que sentem por outros:

    "v�-se mesmo que � de Beja!..."

    ResponderEliminar
  2. rui p19:37

    H - censurado!...

    Ou é um problema de acentos!...

    ResponderEliminar
  3. rui p - aqui não se censura ninguem!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  4. fairwind02:42

    Podem não !! Já vamos para quem não sabe os comboios para Lisboa ou melhor Barreiro era Beja/Evora... Desde pelo menos um ano os senhores de Evora tem direito a comboios só para eles... quem quiser de cá ir nessa hora e chegar por ex. perto das 8 da manha a Lisboa... só se for no minimo dos minimos até Casa Branca ...
    Já me aconteceu vir desde do Porto e devido a isso ter que esperar uma hora e meia na Gare do Oriente pois o comboio das 18 e qualquer coisa (não me recordo a hora certa) era "especial one" para os meninos de Evora...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo21:46

    Deve-se também ao facto de as cabeças pensantes (e mandantes) de Évora não serem tão provincianas como as do nosso burgo. A pequena política que por cá vai fazendo carreira contrasta com a mentalidade deles. Eles unem-se mais pelos interesses da região. E ainda bem. Bela Évora, onde alarguei os meus horizontes e onde conheci pessoas que trago no coração.
    É um prazer observar a multiculturalidade formada pelos turistas de todo o mundo misturados com as nossas gentes na movida praça do Giraldo.
    Quanto ao comentário "parece que és de Beja" não nos podemos esquecer que lá, como cá, também existem imbecis que não sabendo elevar-se por si só, optam por rebaixar os outros.
    Comparar Évora com Beja é o mesmo que comparar Beja com Moura.
    Cada macaco no seu galho.
    Depois de termos o aeroporto e da câmara transformar a paisagem urbana num novo barreiro, haverá menos assimetrias (será ??).

    Em qualquer dos casos, nunca poderão levar-nos daqui o castelo de Beja e nem o Gonçalo Mendes da Maia http://www.worldlibrary.net/eBooks/Wordtheque/bp/aaacss.txt

    Parabéns ao H pelo bom blog.
    É continuar !

    J (nascido e criado e Beja)

    ResponderEliminar
  6. @J - Em total sintonia: os primeiros responsáveis são os políticos e as forças "pouco-vivas" da cidade, que não conseguem reunir-se em torno do que os une, continuando a enaltecer aquilo que os separa!
    Faz muita falta em Beja bairrismo do verdadeiro!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo02:10

    Realmente Évora é 'um mundo' à parte!!Mas, ao nivel de tudo: nas gentes, maneira de estar, ambição, orgulho...
    Conheço bem as 2 cidades, uma pq nasci nela, e a outra pq lá estudei durante 5 anos, e sei ver bem a diferença!!
    É uma pena especialmente p/a cidade e, principalmente p/os bejenses!E tb é de salientar q Évora tem beneficiado da proximidade à capital, c/a auto-estrada, está a 1h de caminho!!

    ResponderEliminar
  8. Anónimo21:03

    Não percebo porque é que as pessoas de Beja estão preocupadas por terem que vir a Évora apanhar o TGV. Eu não estou nada preocupado por ter que ir a Beja apanhar o avião, ainda bem que vai haver um aeroporto em Beja.

    ResponderEliminar
  9. @anónimo - Nao se trata de Evora: se fosse para Elvas, diria o mesmo!
    Apenas discordo que se invistam milhares num processo megalómano de TGV e depois se use como se fosse um Metro! Diria o mesmo se o Governo investisse milhoes em Beja para que o Aeroporto tivesse um voo Beja-Lisboa!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo00:10

    Continuo a não perceber: claro que nunca irei a Beja apanhar um avião para Lisboa como, suponho, ninguém virá de Beja a Évora para apanhar o TGV para Lisboa. Contudo, já irei a Beja apanhar um avião para qualquer lado do mundo, se isso me for conveniente e penso que, se a alguém de Beja der jeito vir a Évora apanhar o TGV para Madrid, Paris, Bruxelas ou Londres, também o fará, não deixa de ser mais perto que Lisboa e, por isso, ser mais conveniente. Ou o mal é a linha não passar por Beja?

    ResponderEliminar
  11. @anónimo - Gosto de Évora! E admiro os seus responsáveis politicos por tudo o que conseguiram para a região! Por mais que não goste, Évora é hoje a capital do Alentejo!
    O que não me impede de defender que o TGV, no contexto em que é pago com dinheiros publicos, é uma tolice parar em Évora! Não é, nem devia ser essa a filosofia do TGV, que em si mesmo, é questionável!

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!