terça-feira, julho 21, 2009

100 razões para amar Beja - 98

Agora que o tempo termina e coloco no papel as ultimas razões das cem que escolhi para amar Beja, provoco os leitores com uma inusitada razão, daquelas que vai gerar estupefacção e controvérsia! Porque muitos discordam da escolha, porque muitos se vão revoltar com a fundamentação!
Mas acho que o Call Center da Pt é uma excelente razão para amar a cidade! Confusos? Estupefactos por estar a elogiar algo onde se ganha muito pouco, parece que o trabalho é ruim e muito chato, onde a precariedade é gritante e a promoção profissional inexistente? Será que estou insano e comecei a elogiar um simbolo da sociedade descartável? Quiça... mas... acredite que ainda pensei falar nas caixas do Modelo ou Pingo Doce!
Vamos aos factos que motivam esta estranha escolha!
Não faço ideia de quantos funcionários tem o Call Center da Pt, mas são largas centenas e já teram sido algumas centenas, o que só por si justificava a escolha! Mas mais importante que isso, acho tremendamente importante a existência de trabalho em part time flexível, para pessoas sem muita qualificação. Obviamente não para fazer uma carreira (que deve ser hediondo), mas para uma primeira experiência no mundo laboral, usufruindo de um horário que permite fazer outras coisas, bem mais interessantes! Que pode ser a maternidade, as artes ou... estudar.
Perdi a conta de quantos alunos passaram pela Pt. Que fizeram as suas licenciaturas a trabalhar lá umas horas, sendo que de outra forma nunca teriam tido condições financeiras para estudar. E se tivesse outro trabalho, jamais teria tempo para conseguir estudar!
Gostemos ou não do modelo americano, o mau emprego tem duas vantagens inegáveis: ajuda as pessoas a ter ambição de procurar algo melhor e oferece tempo para desenvolver outras competências...

26 comentários:

  1. Anónimo01:03

    já o famoso ex ministro da economia falava das vantagens para o país da mão-de-obra barata...

    geração 500 euros (ou nem isso), o futuro de portugal!

    ResponderEliminar
  2. @anónimo - tente ler o que escrevi!

    ResponderEliminar
  3. H, concordo a razão de eleger o call center da Pt, uma boa razão para Amar Beja, porque, de facto o é. Conforme refere, é uma forma de se conseguir ganhar uns trocos. Porém quando afirma que é para pessoas com pouca qualificação não posso concordar consigo, isto porque:
    1.TODAS as pessoas que trabalham no call center da PT recebem formação adequada às funções que desempenham, logo estão devidamente qualificadas (não tenha a menor duvida);
    2. Sabia que existe na Pt de Beja uma linha da grand force (mais concretamente para onde se telefona quando os passageiros perdem as malas no aeroporto)? E que os trabalhadores que estão nessa linha são, geralmente professores que têm de dominar muito bem o Inglês, Francês, Espanhol e Alemão? Portanto qualificação académica também não é coisa rara naquele edificio, antes pelo contrário.
    Já agora acrescento que, durante 6 meses, existiu uma linha telefónica da ACT ( autoridade para as condições do trabalho)composta por uma equipa de nove pessoas, oito delas advogadas e uma jurista? Onde se respondiam às mais variadas dúvidas de trabalhadores, empregadores e muitas vezes senhores Advogados? Sabe quanto ganhávamos à hora? 2,30 euros, muito menos do que uma empregada a dias. Não deixa de ser curioso que o grande mentor deste projecto (ACT) foi precisamente um "ilustre" defensor do trabalho precário e que este "ilustre" quando há uns tempos me deu formação sobre Direito do Trabalho era totalmente contra o trabalho temporário e tempos depois o defendia porque todas nós, durante aqueles 6 meses assinámos contratos de trabalho temporário. Consegue descortinar o nome do mentor? Penso que não é muito dificil.

    ResponderEliminar
  4. Leia-se ...defensor do combate ao trabalho precário...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo02:23

    De facto...nunca me tinha lembrado de nada positivo que um call center pudesse eventualmente proporcionar...eis que...conseguiste arranjar pelo menos duas plausiveis:
    Flexibilidade para estudar e ter vontade de...

    ResponderEliminar
  6. Anónimo09:03

    Razão para amar é demasiado forte!!! Trabalho precário pago à la fille de la pute, não é razão para amar é razão para aceitar, pelos restantes argumentos apresentados fora a falta de qualificação, esse argumento é um pouco presunçoso sr Jurista professor académico que até tem alguns alunos que passam pela PT. Como Jurista devia preocupar-se com as práticas laborais e enxovalho de alguns preceitos do direito do trabalho que lá se passam, ou então não.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo09:45

    "...para pessoas sem muita qualificação...", a maior parte dos trabalhadores da pt, tem cursos universitarios, que são tirados enquanto trabalham lá e passados alguns anos por não conseguirem emprego na area do curso manteem-se a trabalhar na pt. De resto tens razão em quase tudo, os clientes sabe mais que nós, o que provoca muitas das reclamações, acrescento tambem que nunca pensei que os portugueses fossem tão mal educados, enfim posso dizer que aprende-se muito diariamente em muitos sentidos.
    Como trabalhador do call center, gostei mt do post.

    ResponderEliminar
  8. o que é facto é que a pt emprega muita gente ( penso que só o call center são já volta das 400 pessoas)e sem o call center tenho a certeza que beja ja teria ainda perdido mais jovens. Já passei por lá e apesar de detestar o trabalho não me fez mal nenhum. Adquiri muitas competências ao nivel de atendimento ao cliente, da assertividade e da tolerância.
    Não é o melhor trabalho do mundo mas está longe de ser o pior.
    É execelente para jovens estudantes que têm que contribuir financeiramente e os laços de amizade que se criam também são bastantes...
    E as galfes! Sim ouve-se de tudo naquele call...

    ResponderEliminar
  9. passem no shopping da guia e vão ver quantos jovens da cidade e da zona de Beja lá trabalham... até pensei que já estava no novo shopping de Beja (se é que vai mesmo ser feito, o que tenho serias duvidas).

    Querem trabalhar em beja? só existe a PT e o Macdonalds, se tiverem uma cunha podem ir para caixa no modelo, worten ou pingo doce.

    Beja é uma miséria em termos de trabalho.
    De todos os antigos colegas do liceu,Universidade(ESTIG) amigos e conhecidos, que prosseguiram os seus estudos na universidade e tiraram o seu curso tenha ele sido em Beja ou num outro lugar do pais.

    Apenas 1 pessoa trabalha em Beja, com um ordenado miserável para o qual nem precisava de ter tirado uma licenciatura para ganhar.

    O resto?? o resto esta a fazer pela vida fora desta cidade estagnada e sem soluções.

    ResponderEliminar
  10. Anónimo14:22

    é pena é que ainda existam pessoas a trabalhar na PT com licenciaturas concluídas porque Beja não dá oportunidades aos seus jovens que escolheram estudar cá ou até mesmo foram para fora mas decidiram regressar à sua terra natal e depois quando cá chegam sentem-se "obrigados" a trabalhar na PT (não é que tenha nada contra quem la trabalha)... Também outra desvantagem que encontro neste serviço é que quando ligamos para a linha 118 somos muitas vezes atendidos por brasileiros que não os entendemos nem eles nos entendem a nós....De salientar também que quem trabalha na PT em Beja recebe muito menos do que em qualquer outro call center....por isso nao acho que esta seja uma boa razão para amar Beja, seria sim se oferecem condiçoes (pelo menos que deixassem as pessoas ir à WC) para quem necessita de ganhar uns trocos ou que infelizmente não encontra outra oportunidade...

    ResponderEliminar
  11. @anónimo professor jurista académico - tente ler o que escrevi. Se não entender e tiver dúvidas, pergunte que hoje estou bem disposto!

    ResponderEliminar
  12. Anónimo21:17

    meu caro h.,

    entendo a sua opção pela escolha da pt. entendo mas não concordo! a pt pode ser 1 oportunidade para quem não tendo dinheiro disponivel possa aqui ir buscar algum para necessidades também elas imediatas.

    todavia, nos dias que correm o recorrer ao expediente pt serve para esses e para muitos outros que têm esse salário como unica fonte de rendimento. esse recurso é SEMPRE uma ultima oportunidade, um desespero de causa, dado pouco ou nada mais existir na cidade..

    a pt (ou santa casa de misericordia como gosto de lhe chamar) usa desse mesmo desespero para recrutar os seus funcionarios de call center e ditar a sua ordem!

    se é bom? inequivocamente não o será, até porque não conheço funcionario algum que preste horas nessa instituição que sinta orgulho maior por tal!

    ResponderEliminar
  13. Anónimo21:19

    ó h, se a PT, pelas razoes que aponta é motivo para amar beja, também a camara municipal o será, dado dar trabalho a muitissima gente nesta cidade!

    ResponderEliminar
  14. @ultimo anónimo - Nunca me viu atacar nenhum "dador" de trabalho, antes pelo contrário!
    @vários anónimos - gosto do sistema americano onde se estuda e trabalha, em part time! Gosto de part time. Não ignoro os problemas contratuais da PT.. mas.. não cumprir leis, não é culpa da lei!

    ResponderEliminar
  15. Anónimo22:57

    Pois eu trabalhei na Pt, e gostei muito, só sai, por força maior. Sempre fui a casa de banho.
    O pouco ordenado, vinha sempre a horas.
    Aprendi muito.
    E é de facto uma salvação par muitos jovens.
    Não me sinto inferior em nada por ter sido comunicadora no Call Center de Beja.

    ResponderEliminar
  16. Anónimo05:43

    razao para amar beja? PORRA do que esta gente se vai lembrar... teres trabalhado no callcenter afectou-te...

    ResponderEliminar
  17. Pois, sou de Beja, mas só hoje aqui cheguei,e lamento os 2 anos de atraso...Vou tentar pôr esta leitura em dia, dando desde já os Parabéns ao autor. Apeteceu-me comentar aqui, porque da lista que ainda não consegui ler toda,foi o post que mais me levou a querer dizer que...podia falar ou escrever horas sobre isso,mas não tenho tempo...Compreendo a razão do texto, mas concordo com os comentários, tal como o do GrimReaper. É assim MESMO! Tive uma curta experiência nesse sentido em Beja e em Lisboa, e hoje tenho uma grande experiência numa área do "Maravilhoso Mundo do Continente", em Lisboa, e posso garantir que esta apenas pode ser uma razão para amar Beja ou outra terra qualquer, quando a vida depois nos corre bem, o que deve ser o caso do autor H. e felicito-o por isso. Realmente, se a inteligência traz solidão e eventualmente capacidade para arranjar bons empregos, eu deveria neste momento sentir-me muito acompanhada (coisa que não sinto), por fazer parte da geração "parva" em que "para ser escravo,é preciso estudar", e viva os Deolinda... Sou licenciada, mas continuo aos 30 e tal anos a fazer trabalho escravo, que alguém com o 9º ano poderia fazer. E porquê? Porque em Beja houve em tempos um ISPA (já sei que está contemplado noutra razão para amar Beja) que me formou para ser...não psicóloga, mas paciente...(ia colocar aqui um "Lol", mas pensando bem é um acto um bocadinho adolescente e ...parvo)

    Vou continuar a ler o resto então, com imenso interesse e curiosidade...

    ResponderEliminar
  18. Ok...Afinal cheguei aqui com 4 anos de atraso...é o costume. Já estou habituada...

    ResponderEliminar
  19. Mas ainda bem que veio! Vou gostar de a ter por aqui!

    ResponderEliminar
  20. Muito obrigada então pela hospitalidade! Não esperava resposta alguma, muito menos tão rápida :)

    ResponderEliminar
  21. É a vantagem de receber no mail os comentários...
    Se for ao "passear pelo viagra" encontra 99 das 100 razoes para amar Beja!

    ResponderEliminar
  22. Sim, eu sei. Também os costumava receber,do meu blog, que entretanto fechei...ou melhor...deixei de lá escrever. Mas podia não estar na net a esta hora, por exemplo, e só ver o mail mais tarde...E sim, hei-de ir aí "passear", mas 100 razões leva tempo...Neste momento, tenho mais razões para "não amar Beja", nem terra nenhuma, mas isso agora são outras histórias...

    ResponderEliminar
  23. Nem todas as 99 que publiquei são razões de paixão por Beja. Um terço delas.. são razões menos boas para viver nesta cidade! Que é estranha! Mas que por vezes se entranha...

    ResponderEliminar
  24. Só para avisar que não estou mesmo a receber os comentários no meu mail...já activei a subscrição e nada...o que é...grave! Porque assim só se vier aqui de propósito, nem vou saber se alguém me enviar algum comentário ao meu. Tenho alguma intuição, mas a minha capacidade de adivinhação ainda não está assim tão desenvolvida...Não sei o que se passará com este serviço...

    ResponderEliminar
  25. Psique - Infelizmnete... nada posso fazer! Exceto... dar apoio moral...

    ResponderEliminar
  26. Agradecida :) Mas também vou precisar de apoio técnico...Logo tento arranjar um...

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!