quinta-feira, julho 30, 2009

Livros...

Que livro me aconselha para estas férias?

20 comentários:

  1. Anónimo09:49

    "Música e Silêncio" -Rose Tremain-Edições Asa.

    ResponderEliminar
  2. -Ilusões Perdidas-
    De Honoré de Balzac

    ResponderEliminar
  3. Anónimo11:03

    Ensaio sobre a Cegueira
    José Saramago

    ResponderEliminar
  4. O Hugo só fala em livro e não em livros. Daí a minha dificuldade em dar-lhe umas pistas. No entanto, se deseja apenas um, então aí vai: " Em busca do tempo perdido", do Proust. É uma obra que ainda não li e sobre a qual tenho ouvido bons comentários.
    Diga-me qualquer coisinha, s.f.f.

    ResponderEliminar
  5. Um casamento perfeito entre ficção e história deu origem a um romance que LI e gostei MUITO!
    Chama-se RIO DAS FLORES e o seu autor é MIGUEL SOUSA TAVARES!

    se ainda não leu...

    ResponderEliminar
  6. Anónimo14:30

    Os melhores livros de Língua Portuguesa deste Verão são:
    1º Leite Derramdo, Chico Buarque
    2º Jesusalém; Mia Couto
    3º Barroco Tropical, José Eduardo Agualusa
    E depois há uma pérola sobre o Alentejo chamado "Discurso do Sol", da autoria do bom amigo João Mário Caldeira.
    Abraço rijo do Paulo Barriga

    ResponderEliminar
  7. Anónimo15:06

    o do Liedson!!! ihihih

    ResponderEliminar
  8. Anónimo15:25

    Ok...

    ... Cal, de José Luís Peixoto

    ResponderEliminar
  9. Anónimo17:58

    "A Sombra do Vento" de Carlos Ruiz Zafón é sem dúvida dos melhores livros que já li. Combina deliciosamente romance com suspense, e um retrato impressionante de Barcelona nos anos da guerra-civil.

    Boas leituras :)

    AG

    ResponderEliminar
  10. Pois eu, agora que finalmente tenho tempo, vou-me dedicar a leitura da biografia do Nun´Alvares Pereira, escrita pelo Jaime Nogueira Pinto e tentar entender se houve de facto razões para a canonização do senhor ou não... vai ser um entre vários livros, já que é em Agosto que me posso finalmente abstrair da chatice do trabalho!

    com votos de boas férias,

    JH

    ResponderEliminar
  11. O Pequeno Príncipe - Saint-Exupéry
    (pode ser que em férias fique com melhor feitio...)

    ResponderEliminar
  12. Anónimo20:45

    A Ninfa Inconstante de Guillermo Cabrera Infante. Um romance fantástico, de um autor cubano. Apresentada como a obra prima da literatura cubana, é um livro de leitura compulsiva. As notas de amor são servidas com uma mestria exemplar: avesso às circunstâncias, distante da posse e próximo do intemporal. Fantástico...

    ResponderEliminar
  13. Anónimo20:45

    A Ninfa Inconstante de Guillermo Cabrera Infante. Um romance fantástico, de um autor cubano. Apresentada como a obra prima da literatura cubana, é um livro de leitura compulsiva. As notas de amor são servidas com uma mestria exemplar: avesso às circunstâncias, distante da posse e próximo do intemporal. Fantástico...

    ResponderEliminar
  14. já tentaste... a Lista telefónica, versão páginas amarelas de 1998?? se ainda encontrares algum exemplar! ehehehehe (não tinha piada estar tanta gente a responder ao que querias!)

    ResponderEliminar
  15. Luxinha22:53

    Ohhh prof, deixe-se de leituras e vá para a praia :) mas se o preferir uns livrinhos:

    -a praia do destino, de anita shreve

    -a noiva borgia

    -o crepusculo

    -e alguns de paulo coelho que adoro imenso.



    boas férias ex-prof.

    ResponderEliminar
  16. Esta gente tem um raciocínio (!) tão mas tão linear que ... não sabem mesmo ler nas entrelinhas ... levam-se tão a sério ... enfim! É o que há cá pelo burgo!

    ;)

    ResponderEliminar
  17. H
    Nenhum Olhar - José Luís Peixoto;
    Deste viver aqui neste papel descrito - António Lobo Antunes;
    Fica comigo esta noite - Inês Pedrosa;
    A noiva Judia - Pedro Paixão;
    por exemplo, pois há tantos e tão bons.

    ResponderEliminar
  18. Anónimo00:44

    O Canto dos Pássaros de Sebastian Faulks...

    ResponderEliminar
  19. Anónimo00:52

    Ou..."Da Democracia na América" de Alexis de Tocqueville tu que gostas de política...vais achar interessante

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!