quinta-feira, janeiro 22, 2009

Chamem-me o que quiserem...

Em plena crise literária, num momento de profundo desespero, voltei a tentar ler Saramago e o seu novo "elefante". Chamem-me todos os nomes, mas não gosto, não suporto, não tenho paciência para a arrogância de não usar pontos final e as letras minúsculas, mais as virgulas e o raio de uma história absurda. Digam o que disserem, mas com excepção do Levantado do Chão - que é brilhante - Saramago escreveu coisas razoáveis, outras medianas e muitas intragáveis!

13 comentários:

  1. Anónimo19:26

    Nem razoáveis, nem medianas, e intragáveis é só mesmo 'apelido'!!
    E os livros são um atentado à lingua portuguesa...regras gramaticais e de pontuação nem vê-las! O homem tem qq problema mal resolvido com o facto de ter 'nascido português', daí o ter ido viver p/ Espanha e dizer q o nosso país devia ter sido 'absorvido' pelos espanhóis! Por aqui, se vê...mais palavras para quê?!

    ResponderEliminar
  2. @h

    Já leu Daniel Silva? dos 8 da série Gabriel Allon li 6 entre Novembro e Dezembro (do outros 1 está esgotado e o outro ainda não saiu cá)

    aposto que serão do seu agrado pela envolvente da (hi)estoria, e pelo personagem.

    Qunto ao saramago... abominavel

    ResponderEliminar
  3. Anónimo21:23

    Cuidado quando se faz critica literária com alguma leviandade....

    ResponderEliminar
  4. Anónimo22:29

    Eu compartilho da tua opinião H. Eu sou daquelas pessoal q devora livros, e tudo o q começo a ler acabo. tudo menos Saramago, e já fiz mais do q uma tentativa, acredita.
    Estou à espera do teu livro, esse sim põe qq escritor a um canto com certeza...parabéns pela facilidade q tens na escrita, o q eu invejo.

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo23:54

    Lê o Ensaio sobre a Cegueira. Marca, mesmo para quem não é grande fã do escritor, como é o meu caso, e menos ainda do homem por detrás do escritor, pelo menos a avaliar pelas atitudes públicas. E já agora vê a versão cinematográgica do Fernando Meireles. Soberba.

    Carla

    ResponderEliminar
  7. H, subscrevo na integra o que escreu. Não gosto da escrita de Saramago e, não sei porquê também não gosto muito do velhote.

    ResponderEliminar
  8. Desculpem o erro, deve ler-se "escreveu".

    ResponderEliminar
  9. Tricosi10:23

    Concordo com a Carla, tentei começar por outro livro, o Memorial do Convento, e não consegui passar das 1ªs páginas (tentei mais que uma vez!), até que, toda a gente me sugeria o Ensaio sobre a Cegueira, esse sim consigo ler (ainda estou a meio) e entretanto fui também ver o filme, vale a pena. Mas apesar de gostar da história, concordo que a forma de escrever é horrível e custa a adaptação à mesma. O que mais me mete confusão é o Sr. separar os diálogos das personagens com uma simples vírgula seguida de uma letra maiúscula ... aberração!

    ResponderEliminar
  10. Ficar-me-ia mal comentar... Mas se alguma vez, assim por acaso, lhe der para comprar e ler um livro chamado À Sombra da Chuva, diga-me qualquer coisinha... (lá pelas bandas da mesma Verso de Kapa, do Sinto Muito - Lobo Antunes)

    ResponderEliminar
  11. @vida hi-fi: quem escreveu?

    ResponderEliminar
  12. ... se não for dissuasor... eu! Pronto, ok, eu sei... não sou conhecida como o Saramago! ;-)

    ResponderEliminar
  13. In some cases Viagrais the best solution
    Viagra Alternativemany people use
    is now available Viagra Online
    here you can find Viagra the best solution for ED treatment ,
    Viagra every 6 hours every day. Buy Viagra

    yes or no Viagra

    There are many online pharmacies were you can find

    Viagra
    online and prices will be much cheaper
    , Generic Viagra more over you can always Viagra On the street, Viagrafor money to
    Buy Viagra Online is the best.viagra no prescription

    In adition you can use Cheap Viagra you can buy Cheap Viagra online yes now you can buy Cheap Viagra

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!