sexta-feira, janeiro 02, 2009

Onde anda a crise?

No outro dia na mesa de uma marisqueira cheia, perguntavam-me “onde pára a crise de que tantos falam”, que surge nos telejornais e nos confunde quando ao lado da podridão percebemos que se esgotam as férias de luxo.
Meu bom leitor sedento da verdade revelada, o seu amigo H esclarece-o. Onde a crise se nota é na industria têxtil, espalhando-se desta, como um raio de diarreia, para toda a economia real.
Na outra noite contemplava com o coração apertado os efeitos da crise nas roupas de jovens donzelas, com idade de anjos e trejeitos de pêgas. Com efeito, sem dinheiro para comprar tecidos, vi consternado que pitas se vêm obrigados a usar pequenos cintos que fingem serem saias, usando o pouco tecido que consegue adquirir como tapa mamocas, que apenas cobre as tetas daquelas para quem a natureza não foi generoso.
Imagino a tristeza dos pais daquelas pequenas, quando elas vão naqueles preparados e em pleno inverno para o matadouro para a discoteca, tiritando de frio, sôfregas para que um macho qualquer lhes dê o calor humano de que precisam. Há quem pensa que elas consomem quantidades obscenas de álcool por motivos indecentes, quando a pura verdade é que as jovenzinhas repetem os ancestrais hábitos dos seus avós e a bebida é apenas o mata-bicho que as esquece do frio e lhes confere a necessária força na intelectual verga, para sobreviverem aos ambientes frios e inóspitos.
Neste momento o meu sábio e expedito leitor poderia procurar arruinar o meu sábio raciocínio, jogando-me na lama o argumento, considerando na sua razão que estas pobres meninas podiam comprar em tecidos o que gastam em bebidas! Como é ingénuo o meu bom intencionado leitor! Seja honesto consigo e comigo e diga-me se existem benfeitores que pagam para cobrir donzelas (usando o verbo, no seu sentido vestimental da coisa) com a mesma bonacheirice terna com que oferecem bebidas a estas meninas, altruisticamente, apenas para ver se elas ficam devidamente aquecidas.

9 comentários:

  1. Quando o nosso parque automóvel é um dos mais valiosos da Europa acho que está tudo dito.

    ResponderEliminar
  2. R...15:51

    O FACILITISMO E O APARECIMENTO DE "NOVOS RICOS", DEU ORIGEM À CRISE NA GESTÃO ECONOMICA DAS FAMILIAS PORTUGUESAS...PERDERAM O EQUILIBRIO NÃO SABEM ESTABELECER AS SUAS PRIORIDADES.
    EM RELAÇÃO A POUPAS REDUZIDAS, ACHO QUE A CULPA É DO GOVERNO!! EU SEMPRE FUI CONTRA A REDUÇÃO DO HORARIO DE TRABALHO SEMANAL!!! COM 42 HORAS SEMANIAS CONSEGUIAM-SE FAZER SAIS DECENTES, AGORA COM 38?!!E COM A MESMA EXIGENCIA DE PRODUÇÃO??!! O QUE SE PODE ESPERAR??

    ResponderEliminar
  3. O h tem muita razão. A crise, não é só económica e financeira, é essencialmente social. A mim tambem me dá um bocado (grande!) de impressão ver tantos miúdos nos bares e discotecas, a fingirem que são gente grande, a fumarem, a beber sem perceber muito bem porquê...e pior: o quê!!, a fazerem coisas que eu na sua idade só via nas novelas, e estarem para alí a roubar o tempo dos mais velhos e a perder um outro tempo muito mais precioso, o deles, o de serem efectivamente crianças e jovens. Penso que nesse aspecto a juventude está a crescer demasiado depressa. E contrariamente às publicidades, a Educação está cada vez mais ...lá longe. O que é mau, para a crise, pois claro! :D

    ResponderEliminar
  4. Anónimo12:47

    h, filho ês, pai serás, como fizeres assim acharás.Um dia, quem sabe, o macho man do meu filho estará frente a frente com a pitinha da tua filhoca....

    ResponderEliminar
  5. Eccomi a casa e di nuovo sul mio blog. La breve vacanza a Berlino è stata fantastica, molto freddo ma anche molto divertimento nei 50 mercatini natalizi sparsi in tutta la città.Come sempre il mio ricamo era nella borsa e così durante il viaggio ho realizzato il cuscinetto con la stella di Natale di PS, la rennina gli fa compagnia.

    ResponderEliminar
  6. I'm leaving to Berlin for the week end. I'm posting you this little work that I made for a stitcher friend to wish her Merry Christmas. See you next week.

    ResponderEliminar
  7. Due settimane fa sono stata a visitare la mostra delle amiche ricamatrici di Bareggio. Ci hanno deliziato con le loro miniature e la loro consueta accoglienza. Ecco un breve assaggio delle'prelibatezze ' che abbiamo visto: la prima foto vi mostra i disegni di 'The Cute Mermaid desings, la seconda è uno scorcio della splendida vetrina delle 'meravilgie..I went to visit a show in Bareggio close to Milan with some friends, those pictures can show you a little bit some beautifull things that those kind ladies have done. The first picts shows The Cute Mermaid designs collection .

    ResponderEliminar
  8. O todo aquello que organicemos, con lo que nos tropecemos y que esté relacionado con el hecho poético y artístico.

    ResponderEliminar
  9. Dai semplici disegni Prairie Schooler ho realizzato questi cuscinetti 'mignon' da appendere ai nastri dei pacchetti natalizi.
    From very easy Prairie Schooler designs I made those tiny pincushions for my Christmas gifts.

    ResponderEliminar

Respeite as opiniões contrárias! Se todos tivéssemos o mesmo gosto, andávamos todos atrás da sua namorada! Ou numa noite de copos, a perseguir a sua mulher!